segunda-feira, fevereiro 29, 2016

ELES COMEM TUDO....

 
É FARTAR VILANAGEM!

sexta-feira, fevereiro 26, 2016

Até onde vai a HIPOCRISIA

 
Pode-se fazer todo o tipo de piruetas!
Pode-se fazer um número infinito de truques de ilusionismo!
Pode-se dar as cambalhotas possíveis e imaginárias!
Podem fazer o pino em cima de uma grade de cerveja!
Tudo, mas tudo, para enganar os incautos cidadãos.
Só faltava assistir ao reconhecimento da existência de Cristo pelo Bloco de esquerda!
Já acreditava em tudo, desde que vi um porco a andar de bicicleta…
CONFIRMADO!

Re(Lendo)


Miguel Torga - Diário II

Coimbra, 26 de Fevereiro de 1942 - É escusado: não há, de facto, progresso moral. Eu arda, se este meu amigo, sob o ponto de vista do respeito que se deve ao semelhante como homem, não está exactamente ao nível do mais reles e sinistro habitante das cavernas!
 
Hoje lembrei-me de Torga!
Com dedicatória, em papel higiénico, a certos acéfalos da nossa praça!

A fotografia como arte

 
Da série " Os meninos pastores da Etiópia, povo Suma ", pelo fotógrafo Hans Silvester, 2012.

ASININA

 
Joana Mortágua: “A abertura da ADSE a outras pessoas que não funcionários públicos (e respectivos familiares) “não faz sentido”, porque “estaria a alargar o acesso de utentes aos hospitais privados com prejuízo claro para o SNS”. Por isso, “a ADSE deve manter-se como um sistema fechado aos funcionários públicos e às suas famílias”
Para quem achava esta «dama» uma especialista em «tudo», eis a prova provada da sua INCOMPETÊNCIA!
É A HIPOCRISIA!
 

A propósito....

 
A lei até já foi aprovada…
Qual a razão para se falar, de novo, no assunto?
ESCONDER OS PROBLEMAS REAIS DOS PORTUGUESES?
MOSTRAR SERVIÇO?
SÓ PODE!
HIPÓCRITAS!

BRUTALIDADES

 
O Novo Banco (o BES BOM (??)) vai lançar no desemprego 500 trabalhadores!
O que mais impressiona na notícia é que esta medida FOI IMPOSTA POR BRUXELAS!
Afinal o que é Portugal para os bandalhos de Bruxelas?
O que diz a isto um governo do PS apoiado por uma «esquerda»?
Soube-se que o Banco de Portugal do Costa, o outro, apoia a medida!
Com a desfaçatez com que se lançam trabalhadores na rua não seria de TODO mais benéfico atirarmos para o lixo certos governantes, mandantes que no exercício das funções são IMBECIS E INCOMPETENTES?
Já agora quem avalia o trabalho desta maltrapilha?
Pois é…
Já agora são 500 ou 1000 trabalhadores?
 

A GOLPADA


 
Portugal é o 2.º país da UE onde impostos sobre a gasolina mais pesam!
TUDO GRAÇAS À IMPOSTA E IMPOSTORA MEDIDA DE UM GOVERNO PS. APOIADO POR UMA «esquerda»!
PARABÉNS!
CONSEGUIRAM QUE TODOS OS CIDADÃOS E, MAIS EM PARTICULAR OS MAIS DESFAVORECIDOS PAGUEM O MESMO QUE OS RICOS E ABASTADOS!
A ISTO CHAMA-SE DISTRIBUIÇÃO E EQUIDADE NOS IMPOSTOS?
VÃO CHAMAR BURROS À PUTA QUE VOS PARIU!

O Rascunho ....

 

O «rascunho» mesmo depois de passado a limpo, mantém- se …. LIXO!
 

quinta-feira, fevereiro 25, 2016

Um supersónico!


O carro mais veloz do mundo atinge 1610 km/h!

(Re)Lendo


Linha de rumo
 

Quem não me deu Amor, não me deu nada.

Encontro-me parado…

Olho em redor e vejo inacabado

O meu mundo melhor.

Tanto tempo perdido…

Com que saudade o lembro e o bendigo:

Campos de flores

E silvas…

Fonte da vida fui. Medito. Ordeno.

Penso o futuro a haver.

E sigo deslumbrado o pensamento

Que se descobre.

Quem não me deu Amor, não me deu nada.

Desterrado,

Desterrado prossigo.

E sonho-me sem Pátria e sem Amigos.

Adrede.

 
Ruy Cinatti

In O Livro do Nómada meu Amigo

(Re)Lendo


O sonho
 

Pelo Sonho é que vamos,

comovidos e mudos.

Chegamos? Não chegamos?

Haja ou não haja frutos,

pelo Sonho é que vamos.

Basta a fé no que temos.

Basta a esperança naquilo

que talvez não teremos.

Basta que a alma dêmos,

com a mesma alegria,

ao que desconhecemos

e ao que é do dia-a-dia.

Chegamos? Não chegamos?

– Partimos. Vamos. Somos.

 

Sebastião da Gama

In Pelo Sonho É que Vamos

(Re)Lendo


O vagabundo do mar
 

Sou barco de vela e remo

sou vagabundo do mar.

Não tenho escala marcada

nem hora para chegar:

é tudo conforme o vento,

tudo conforme a maré...

Muitas vezes acontece

largar o rumo tomado

da praia para onde ia...

Foi o vento que virou?

foi o mar que enraiveceu

e não há porto de abrigo?

ou foi a minha vontade

de vagabundo do mar?

Sei lá.

Fosse o que fosse

não tenho rota marcada

ando ao sabor da maré.

É por isso, meus amigos,

que a tempestade da Vida

me apanhou no alto mar.

E agora

queira ou não queira,

cara alegre e braço forte:

estou no meu posto a lutar!

Se for ao fundo acabou-se.

Estas coisas acontecem

aos vagabundos do mar.

Manuel da Fonseca

(Re)Lendo


O papão


Atrás da porta, erecto e rígido, presente,

Ele espera-me. E por isso me atrapalho,

E vou pisar, exactamente,

A sombra de Ele no soalho!

– “Senhor Papão!”

(Gaguejo eu)

“Deixe-me ir dar a minha lição!

“Sou professor no liceu...”

Mas o seu hálito

Marcou-me, frio como o tacto duma espada.

E eu saio pálido,

Com a garganta fechada.

Perguntam-me, lá fora: “Estás doente?”

– “Não!”, (grito-lhes)... “porquê?!”. E falo e rio, divertindo-me.

Ora o pior é que há palavras em que paro, de repente,

E que me doem, doem, doem..., prolongando-se e ferindo-me...

Então, no ar,

Levitando-se, enorme, e subvertendo tudo,

Ele faz frio e luz como um luar...

Eu ouço-lhes o riso mudo.

– “Senhor Papão!”

(Gaguejo eu) “por quem é,

“Deixe-me estar aqui, nesta reunião,

“Sentadinho, a tomar o meu café...!”

Mas os mínimos gestos e palavras do meu dia

Ficaram cheios de sentido.

Ter de mais que dizer..., ah, que maçada e que agonia!

Bem natural que eu seja repelido.

Fujo. E na minha mansarda,

Volvo-lhe: - "Senhor Papão!

“Se é o meu Anjo-da-Guarda,

“Guarde-me!, mas de si! da vida não.”

O seu olhar, então, fuzila como um facho.

Suas asas sem fim vibram no ar como um açoite...

E até no leito em que me deito o acho,

E nós lutamos toda a noite.

Até que, vencido, imbele

Ante o esplendor da sua face,

De repente me prostro, e beijo o chão diante de Ele,

Reconhecendo o seu disfarce.

E rezo-lhe: - “Meu Deus! perdão...: Senhor Papão!

“Eu não sou digno desta guerra!

“Poupe-me à sua Revelação!

“Deixe-me ser cá da terra!”

Quando uma súbita viragem

Me faz ver (truque velho!...)

Que estou em frente do espelho,

Diante da minha imagem.

 

In As Encruzilhadas de Deus

José Régio

Os ROUBOS

 
Agora fica mais clara a intenção da «geringonça» em abrir as portas da ADSE a tudo e todos!
VAMOS LÁ ROUBAR MAIS, COM MAIORES DESCONTOS!
GRANDE GERINGONÇA!
TUDO PARA ENGANAR PAPALVOS!

A conquista espanhola



Depois da CAPITALIZAÇÃO da banca espanhola pelos impostos dos portugueses, eis que…
O ASSALTO AGORA É DIRECTO AOS BOLSOS!
ARROTA PELINTRA!
É A COLONIZAÇÃO ESPANHOLA…

A gerigonça



ATÉ QUANDO A GERINGONÇA VAI FUNCIONAR?
EIS A QUESTÃO!
SÓ ENQUANTO A ESTRADA FOR PLANA!
DEPOIS… QUANDO COMEÇAR A SUBIDA À SENHORA DA GRAÇA…
LÁ VAI TUDO AOS TRAMBOLHÕES!
VIVA A REINAÇÃO, QUE É TEMPO DE FOLIA!

quarta-feira, fevereiro 24, 2016

(Re)Lendo


Aluno que é aluno

O professor disserta sobre ponto difícil do programa.
Um aluno dorme,
Cansado das canseiras desta vida....
O professor vai sacudí-lo?
Vai repreendê-lo?
Não.
O rofessor baixa a voz,
Com medo de acordá-lo.
 
Carlos Drummond de Andrade

Aluno que é aluno


Ao que isto chegou....PODRIDÃO

 

Agora entendo a razão pela qual a brigada do reumático, chefiada por um Cavaco e um Machete, se preocupava TANTO com a revolta dos portugueses face ao regime assassino, criminoso e corrupto de Angola!
ISTO ANDA MESMO TUDO LIGADO!
QUEM DUVIDA OU COME DA PIA OU É ASININO!
CORRUPTOS E PORCOS!

E esta?

 
O «Tal» orçamento de quem, os ferrenhos defensores e apoiantes dizem MARAVILHAS não teve em ATENÇÃO ESTES CASOS!
HIPÓCRITAS!
AINDA VÃO É AUMENTAR AS PROPINAS!
ASSIM COMO OBRIGAM OS ALUNOS DO SECUNDÁRIO A PAGAR OS TRANSPORTES!
JÁ SABEMOS QUE SÓ OS FILHOS DOS RICOS PODEM ESTUDAR!
OS IMPOSTOS NÃO CHEGAM PARA AS SUBVENÇÕES VITALÍCIAS DOS POLÍTICOS DA TRAMPA!
FARTOOOOOOOOO DE HIPÓCRITAS!

A CORRUPÇÃO


PELO SEU BEM, POR FAVOR, FAÇA UMA LEITURA CUIDADA AO ARTIGO!
LÁ ENCONTRARÁ A MALTRAPILHA DE CORRUPTOS QUE FAZEM AS LEIS E DEPOIS DÃO PARECERES AO ESTADO E RECEBEM MILHÕES!
UM ESCÂNDALO VERGONHOSO!
É FARTAR VILANAGEM!


http://www.lusopt.com/portugal/1805-conheca-os-escritorios-dos-advogados-do-


A morte saiu à rua....


O povo saiu à rua para HOMENAGEAR um dos seus!
UM DOS QUE DA LEI DA MORTE SE LIBERTOU!
SEMPRE HAVERÁ ALGUÉM QUE GRITE PELO SEU NOME QUE CANTE AS SUAS INQUIETAÇÕES E REVOLTAS!
ATÉ SEMPRE ZECA!

 

Um rico filho...

 

VERGONHOSO MUNDO CÃO


Amnistia alerta para "repressão draconiana em nome da segurança".
Neste vídeo são dados a conhecer os países onde a REPRESSÃO É AINDA MAIOR!

terça-feira, fevereiro 23, 2016

É FARTAR VILANAGEM


PJ detém procurador do Ministério Público por suspeitas de corrupção.
O procurador do Ministério Público Orlando Figueira foi hoje detido pela Polícia Judiciária por suspeitas de corrupção e branqueamento de capitais.
Orlando Figueira, que trabalhou no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), está detido por suspeitas de ter cometido crimes económicos no exercício das suas funções como magistrado.
Segundo o Correio da Manhã, Orlando Figueira, em licença sem vencimento do Ministério Público desde 2012, terá alegadamente recebido luvas superiores a um milhão de euros para encerrar, sob o pretexto da "falta de provas", processos relacionados com altas figuras de Angola - arquivando directamente, como fez, ou levando ao arquivamento posterior de cerca de uma dezena de inquéritos que corriam, até 2012, sob a alçada do magistrado no DCIAP.
Entretanto o jornal adianta também que o advogado Paulo Blanco, defensor dos interesses do Estado angolano em Portugal, também é suspeito de branqueamento de capitais no mesmo processo, mas o causídico, contactado pela Lusa, negou que o seu escritório estivesse a ser alvo de buscas da PJ.
O Diário de Notícias avança na sua edição online que a Polícia Judiciária esteve a realizar várias buscas em bancos e empresas para recolher documentos sobre pagamentos feitos ao ex-procurador do Ministério Público.
De acordo com o mesmo jornal, a operação da Unidade Nacional Contra a Corrupção (UNCC) foi preparada em rigoroso sigilo no último ano e acompanhada de perto por Amadeu Guerra, actual director do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), onde Orlando Figueira trabalhou até Setembro de 2012.
Nesse ano, o antigo procurador do DCIAP saiu da magistratura do Ministério Público e mudou-se para a área de "compliance" do BCP. Mais recentemente, Orlando Figueira integrou a sociedade de advogados BAS.
O emprego no BCP também está sob suspeita. Segundo o DN, a avença com o banco terá sido mais uma forma de fazer chegar dinheiro ao antigo magistrado.
QUEM PENSA QUE VIVEMOS NUM ESTADO DE DIREITO OU É BURRO OU VIVE A MAMAR NAS TETAS DA PORCA DA POLÍTICA!
A ISLÂNDIA ENSINAVA COMO SE TRATAVA ESTA CANALHA!
 

Cuidado, já começa a enjoar!


A reposição das 35 horas semanais na administração central continua a envergonhar.
O governo não se compromete.
Os partidos que o apoiam lambem as patas e hipocritamente vão assobiando para o lado!
QUEM PODE FALAR NO MELHOR ORÇAMENTO DOS ÚLTIMOS ANOS SE CONTINUA A SER DISCRIMINATÓRIO EM RELAÇÃO A FUNCIONÁRIOS DO MESMO ESTADO?
Uns trabalham 40 horas semanais, os escravos, e os outros funcionários 35 horas!
Mas afinal quantos «estados» há neste país?
COBARDES!
Perguntar-se de uma forma titubeante, como o fez uma deputada de um partido que apoia o governo, é no mínimo, ser exactamente igual ao que Passos & Costa fazem perante uma Merkel!
"Este orçamento permite repor as 35 horas rapidamente? É ou não possível trabalhar para as repor antes de Julho?"
PERGUNTAS VERGONHOSAS!
PERGUNTAS QUE REVELAM O QUE ESTA GENTALHA DO BLOCO É: HIPÓCRITA!
SUBMISSA AO TACHO DOS LUGARES NO PARLAMENTO!
Já TODOS perceberam que não há, nem vai haver, lugar à reposição das 35 horas semanais!
É TUDO CONVERSA DE PEIXE DA LOTA!
DA MESMA PEIXARIA QUE O ANTIGO LÍDER DO BLOCO SE RECUSOU, EM PLENA CAMPANHA ELEITORAL, A VISITAR NUM MERCADO!
HIPOCRISIA QUANTO BASTE!
E os sindicatos que dizem?
CALAM-SE COBARDEMENTE!
E A CORREIA DE TRANSMISSÃO DO PCP?
QUEBROU?

Nuvem de pó


Segundo o astronauta britânico Tim Beak há uma nuvem de poeira sobre a Península Ibérica.
JÁ SE SUSPEITAVA!
Com tanta acefalia à solta…
Mas esta nuvem de poeira parece ter origem no norte de África e tem como consequência uma temperatura muito agradável e pouco habitual no Inverno!
A fazer fé, na formulação teórica do astronauta, as temperaturas amenas vão continuar, excepção feita às noites… bem gélidas!
Aí a nuvem deve esconder-se, ou como no deserto, a temperatura baixa e muito!
Do que não nos livramos é da cretinice e imbecilidade que invade certas mentes…aí a poeira é permanente!  

Ponto de vista


Hoje, por se tratar de um tema que não pode deixar de interessar à maioria dos ouvintes na casa dos 50 ou 60 anos, vou falar da aprovação pelo Governo das novas regras sobre as reformas antecipadas. Uma pesquisa rápida sobre o assunto permite constatar que o atual Governo se limitou a recuperar o "regime transitório" aprovado pelo anterior Governo. As enormes penalizações já existentes, essas, mantêm-se no essencial. A única verdadeira novidade consiste na possibilidade de o trabalhador poder agora obter um cálculo prévio daquilo que ficará a receber, decidindo depois em face disso se quer ou não avançar em definitivo com o processo de antecipação da sua reforma.
 Deixando aqui um exemplo, até agora um trabalhador com uma carreira contributiva de 40 anos de descontos obrigatórios, por exemplo alguém que tenha 55 anos de idade e que tivesse começado a trabalhar aos 15, não podia, ainda assim, requerer a reforma antecipada por não estar cumprida outra condição fundamental, a de ser suficientemente “idoso”.
A partir de agora pode fazê-lo, mas apenas em teoria. De facto, descobrirá que vai receber apenas 176 euros mensais, valor bastante inferior aos cerca de 260 euros da pensão mínima. Esta situação é suficientemente dissuasora e transformadora da eventual antecipação de reforma numa miragem. Na prática as pessoas vão continuar a ter de trabalhar até muito mais tarde, podendo nalguns casos, por maioria de razão aqueles que começaram a trabalhar muito cedo, ter de construir carreiras contributivas superiores a 45 ou 50 anos para poderem ter direito à reforma completa.
Quando ainda não era primeiro-ministro, António Costa disse que quem pensa como a direita acaba a governar como a direita. E de facto não disse mentira nenhuma. Num tempo em que o desemprego sexagenário irá continuar a arrastar-se por aí, a par de uma redução de 0,75% na TSU para os empregos menos qualificados, constata-se que o dinheiro que existe para financiar esta borla governativa aos patrões é exatamente o mesmo que não existe para garantir velhices dignas a quem não teve o direito a gozar a sua juventude.
O governo quis deixar no ar a imagem de uma recompensa para as carreiras contributivas mais longas dando de facto com uma mão – a tal possibilidade de reforma antecipada – mas tirando logo tudo com a outra – a penalização que fará com que ninguém recorra a tal mecanismo inútil.
Em vez de uma redução, quer na idade da reforma, pelo menos das carreiras contributivas mais longas, quer no horário semanal de trabalho, facilitadoras por si só de um alargamento do número de pessoas empregadas, o governo optou afinal por mais uma operação de cosmética política.
Aquilo a que se assiste cada vez mais é a uma série interminável de apostas na continuidade que vão sendo demagogicamente vendidas como alterações de orientação da política económica, quando definitivamente não o são.
É difícil explicar aos portugueses os meandros destas decisões sobre carreiras contributivas e reduções de pensões. O governo recorre por isso à maquilhagem das deliberações na proporção inversa do mérito das políticas implementadas. Quanto mais a política é parecida ou igual à do anterior governo, mais o atual governo se esforça por nos tentar convencer do contrário, deixando na cabeça dos menos esclarecidos uma confusão do tamanho da sua necessidade em terem um dia uma pensão suficientemente digna e justa.
O Ilusionismo é a arte performativa que tem como objetivo entreter o público dando a ilusão de que algo impossível ocorreu. Os praticantes desta atividade designam-se por ilusionistas ou mágicos. Será que este governo quer dar às seguradoras o que o outro deu aos bancos?
E, já agora, onde fica a subvenção vitalícia dos políticos no meio desta ilusão?
Ou será que essa subvenção é um direito adquirido para uns e um encargo fiscal para muitos dos outros?
Responda quem souber e quiser.
Tenham um muito bom dia.
 
(Crónica rádio F  - 22 de fevereiro de 2016)

(Re)Lendo


O que é?

Estou sem dinheiro, podias emprestar-me qualquer coisa? duas semanas sem trabalho, estou liso.
Disse-lhe que lhe emprestava tudo o que pudesse e que a palavra vergonha estava banida das nossas conversas.
Mas é a verdade, tenho vergonha, os pais é que ajudam os filhos, o contrário é uma vergonha e eu sei que tu não tens muito.
Interrompi: eu zango-me, quanto precisas?
Não sei, depende de me aparecer algum trabalho.
Disse-lhe que trazia pouco comigo, mas a casa era ali perto e tinha lá o meu dinheiro.
Atravessámos o jardim e o quarteirão seguinte: é aqui, último andar, sótão melhorado.
O meu pai olhou para cima com pouco interesse e não quis subir, era mais decente conhecer primeiro o Filipe.
Trouxe-lhe quinhentos euros e expliquei-lhe que agora tenho algum dinheiro, não é muito e não é emprego que dure, mas enquanto houver há e é dele sempre que precisar. (p. 328)

PAULO CASTILHO
O Sonho Português
(2015)

(Re)LENDO


ANTES ASSIM

Só preciso da luz
e das manhãs claras
que se fodam as sónias
que se fodam as saras

Só preciso do vento
assobia e dobra as canas
que se fodam as luzias
que se fodam as anãs

Pois se é às manhãs
que entrego as manias
mas se é às canas
que conto as desditas
sape gato anãs
ide embora ó ritas

E nem mesmo os pedros
se venham pôr nisto
não me venham cá padres
não me venha o ministro

Só preciso dum cuco
na serra da estrela
chegam-me os sobreiros
bastam-me as bolotas
que se fodam os carros
que se fodam as motas

Pois se às cotovias
entrego as desditas
e se aos riachos
confio as manias
pra que quero pedros?
sape gato primas
ide embora ó tias

João Habitualmente

segunda-feira, fevereiro 22, 2016

A MENTIRA

Esta notícia prova duas coisas execráveis, num país em que o estado de direito devia ser uma regra e não uma brincadeira.
A primeira é que os serviços não funcionam!
Já o sabíamos!
E pior, que os serviços não fazem «passar» entre si as informações relevantes!
A segunda, tão ou mais grave que a anterior, é que querem fazer dos portugueses uns «totós»!
Acredito que o Serviço de Fronteiras não soubesse que o Vara estava impedido de sair do país?
QUE SEJAM HIPÓCRITAS E ACÉFALOS, LÁ COM ELES!
AGORA FAZEREM DOS OUTROS ANJINHOS!

ALTO E PÁRA A BAGUNÇA!

sábado, fevereiro 20, 2016

A União Europeia ACABOU!


Com o acordo conseguido pelo Cameron e com o amochar da Alemanha e, a submissão (já habitual) dos outros, a União Europeia chegou, DE FACTO, ao fim!
Podem gritar, espernear ou até, hipocritamente, dizer que nada se passou que NADA PODE TRAVAR O FIM DA UNIÃO EUROPEIA!
Dizer, como o referiu um Cameron, que o Reino Unido só estará na União Europeia naquilo e, quando lhe disser respeito, o que é senão o abandono do barco!
DEIXEM-SE DE SER HIPÓCRITAS!
ACABOU-SE!
THE END!
CÉST FINIT!
ES ENDETE!
SE TERMINÓ!
QUEM ACREDITA QUE OS INGLESES VÃO VOTAR SIM NO REFERENDO DE JUNHO?
ÉS UM ACÉFALO!
Coitadinhos dos eurodeputados, dos tecnocratas, dos gordurosos e dos parasitas!
ACABOU-SE A TACHADA!

SAIAM PITAS QUE A GALINHA DOS OVOS DE OURO ACABOU!  

sexta-feira, fevereiro 19, 2016

Gostei de ler


«Uma empresa chamada “Work 4 U – Gestão de Carreiras” colocou esta semana na internet um anúncio que dizia: “Receba sem compromisso, um estagiário durante 2 dias!” E por baixo: “EXPERIMENTE GRÁTIS”. Exactamente assim, com este vocabulário. Em pleno século XXI, na Europa, é possível publicar um anúncio destes, sem uma única informação adicional. A como sai cada estagiário ao quilo? Não dizem. Em que condições está a dentição dos estagiários? Omitem. As grilhetas vêm de origem ou são um extra? Não revelam. Como podem as empresas tomar decisões informadas se o marketing falha desta maneira? É esta a sociedade moderna em que queremos viver?
O resto do anúncio é igualmente insatisfatório. Diz assim: “Condições de pagamento à Work4U: 1 ano de estágio a pronto: 969€ (desconto 15% – poupa 171€); 6 meses a pronto: 510€ (10% desconto – poupa 60€); Pagamento mensal: 95€/mês (pago em débito directo)”. Como é evidente, saúda-se que os estagiários estejam em promoção, mas creio que os preços continuam a ser demasiado elevados. Não quero com isto menosprezar o valor do trabalho da Work4U. Recrutar e comercializar estagiários é uma actividade difícil, porque gente desesperada para entrar no mercado de trabalho costuma ser má de aturar. Choradeiras, perguntas parvas (por exemplo: “Dentro de quantos anos começarei a receber um salário?”) – enfim, há de tudo, e é realmente exasperante. Mas o empresário que busca trabalho gratuito e depois é confrontado com um pagamento sentir-se-á burlado, e com razão.
O mercado do trabalho gratuito necessita de regulamentação urgente, para evitar situações como esta, que roçam a imoralidade. Sobretudo porque esta tabela de preços é concluída com uma nota inaceitável: “Acresce IVA e taxa de activação de 60€ por estagiário”. Ou seja, ao que parece, mesmo depois de efectuado o pagamento, a empresa recebe o estagiário desactivado, e só após o depósito da taxa de activação consegue que ele comece a desempenhar tarefas. No entanto, não é fornecido um PIN ou um PUK, para o caso de o estagiário bloquear no serviço. 
Mas o escândalo maior vem no rodapé do anúncio: “Apoio ao estagiário: Adicionalmente, é a sua empresa que define o valor mensal de apoio que pretende pagar ao estagiário, para custo de transporte e alimentação.” Mais uma alcavala inopinada imposta pela Work4U, numa manobra que se aproxima perigosamente da vigarice e da exploração. Só no fim do anúncio, e em letras pequenas, nos é comunicado que estes estagiários pretendem não só alimentar-se e fazer-se transportar para a empresa que os acolhe como ainda têm a intenção de cobrar essas despesas extravagantes. Ao preço de 969€ anuais por cada estagiário, será demais esperar que seja a própria Work4U a construir uma senzala, ainda que provisória, dentro da empresa ou na sua vizinhança, senzala essa na qual os estagiários possam pernoitar? Convém corrigir estes pormenores, para que a comercialização do trabalho gratuito possa reaver o prestígio que já teve noutros séculos.» - Ricardo Araújo Pereira, na Visão.

terça-feira, fevereiro 16, 2016

A HIPOCRISIA



O Conselho Geral do Politécnico da Guarda decidiu aumentar em 50 euros as propinas para o próximo ano lectivo, 2016/2017.
Ora sabendo-se que o aumento das propinas é, no caso do politécnico da Guarda, para pagar salários que, em tempo de vacas gordas «entraram» ao serviço.
A Associação de Estudantes já veio dizer que não concorda com o aumento e que vai tomar posições radicais face à decisão.
Aliás, quem ler o comunicado da Associação de Estudantes e o comparar com a tomada de posição da Coordenadora distrital do Bloco de Esquerda, da Guarda, verá que o que muda são as siglas. O RESTO TUDO IGUAL!
Mas esta tomada de posição da Coordenadora distrital é mais do mesmo: HIPOCRISIA!
DUPLAMENTE HIPÓCRITA!
Em tempos, o Politécnico da Guarda decidiu, quando Jorge Mendes era presidente,  aumentar em 50 euros o valor das propinas. E, o então presidente da Associação de Estudantes VEIO PARA A COMUNICAÇÃO SOCIAL DEFENDER O AUMENTO.
Chegando mesmo a dizer que «O AUMENTO ERA UM MAL NECESSÁRIO»!
Em troca do aumento, os serviços sociais comprometiam-se a abrir as cantinas durante o fim de semana!
COMO SE A ABERTURA FOSSE ALGO DE EXTRAORDINÁRIO!
A ABERTURA DAS CANTINAS ERA E É UM DIREITO DOS ALUNOS!
SABIAM SEUS ACÉFALOS?
Logo depois, o «acordo» foi rasgado e as cantinas voltaram a fechar ao fim-de-semana!
TRAIDORES!
TRAIRAM OS COLEGAS!
QUEM É ACTUALMENTE JORGE MENDES?
Nada mais, nada menos que um «novo» aderente do Bloco de Esquerda, candidato pelo Bloco de Esquerda às últimas eleições legislativas e… PROVEDOR DO ALUNO NO POLITÉCNICO DA GUARDA!
E QUE DIZ UM PROVEDOR DO ALUNO, OU MELHOR ESTE PROVEDOR, AO AUMENTO DE 50 EUROS NAS PROPINAS?
CALA-SE!
ESCONDE-SE!
ISTO É SER PROVEDOR DO ALUNO?
OU SERÁ QUE A FUNÇÃO LHE PERMITE APENAS A CAÇA ÀS BRUXAS DENTRO DA INSTITUIÇÃO?
QUE DEMOCRATA É ESTA GENTINHA!
E QUE DIZER DA «NOVA» POSIÇÃO DO ANTIGO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO  DE ESTUDANTES AGORA COORDENADOR DISTRITAL DA GUARDA?
NA ALTURA VENDERAM-SE POR UM PRATO DE LENTILHAS!
HOJE, JÁ NÃO HÁ LENTILHAS, MAS HÁ HIPOCRISIA!
SE UM DIA ALGUÉM QUISER MEXER NA MERDA, A FOSSA VAI REBENTAR E SALTARÁ PARA MUITO HIPÓCRITA QUE FEZ E FAZ «FORTUNA» NA IMUNDICE!
SÓ QUE NÃO HÁ CORAGEM… MUITOS E VARIADOS INTERESSES A BOIAR NA PESTILENTA, NAUSEABUNDA E CONSPURCADA ÁGUA DO PÂNTANO!
Gostei, francamente gostei, da resposta de um Constantino, actual presidente do Politécnico da Guarda, quando reagiu ao facto da Associação de Estudantes, pela voz (??) do presidente, ter dito que iam endurecer a luta…face ao aumento!
«AGARREM-ME QUE LHE BATO»!
Constantino veio logo dizer «que há limites para a contestação e é importante não prejudicar a imagem do Politécnico da Guarda»!
PERPOTÊNCIA, SOBRANCERIA E AUTORITARISMO NÃO FALTA!
O «reizinho na barriga»!
Os tiranos têm sempre por hábito julgarem-se eternos…
NUNCA O SÃO!
UM DIA CAEM DO PEDESTAL!
Ameaçar-se alguém que hipoteticamente quer fazer valer os seus direitos, é próprio dos cobardes!
IMAGEM?
Que imagem?
Se houvesse coragem a imagem seria a de um monstro unicórnio!