terça-feira, junho 30, 2015

OS CROCODILOS


A Grécia não descarta a possibilidade de recorrer à justiça para impedir a sua saída da zona euro no caso de um acordo fracassar.
"O governo grego vai fazer uso de todos os direitos legais ao seu dispor", refere Yanis Varoufakis.
"Estamos a aconselhar-nos e certamente vamos considerar a possibilidade de uma providência cautelar junto do Tribunal de Justiça Europeu. Os tratados da União Europeia não prevêem a saída do euro e recusamos a aceitá-la. A nossa pertença, à zona euro, não é negociável", declarou Varoufakis.
O facto do primeiro-ministro grego anunciar a convocação de um referendo para 05 de Julho, face à última proposta dos credores, provocou um verdadeiro terramoto na Europa.
Os hipócritas do costume já choram lágrimas de crocodilo…
Sentem as barbas a arder!
Os dirigentes europeus já lançaram uma campanha pelo 'sim', tentando convencer os gregos a não recusarem o euro.
Ou seja, os fanfarrões finalmente perceberam a gravidade da situação!
Até aqui … só fanfarronices e ameaças!
Como dizia Alberto Caeiro, «Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...»!
E que sentidos…

segunda-feira, junho 29, 2015

PANTOMINEIROS


 
Governo português em 'blackout' até que situação grega se resolva!
E os cofres cheios?
E o crescimento da economia?
E o facto de Portugal não ser a Grécia?
E a austeridade para que serviu?
RAZÃO TEM O PRÉMIO NOBEL DA ECONOMIA, ANDÁMOS A PAGAR OS PREJUÍZOS DA BANCA ALEMÃ!
SEJAM HONESTOS E RUAAAAAAAAAAAAAAAAAA....
PARA A PATAGÓNIA VENDER CHUPETAS AOS PINGUINS!

O Dia D


 
Afinal quem tem cu tem medo...
Já começam a tremer, como vara verdes, os hipócritas do crescimento da economia...
Razão tem o outro: «Falta denunciar a cobardia de tantos e a pequenina ambição de alguns. E a estupidez dos que pensam que os crocodilos poupam ao jantar os que os deixaram almoçar em paz.»!
Bem a propósito de uns cavacos, coelhos, portas & C.ª!

A VIGARICE

 
Assim se faz o progresso do país, à moda do coelho & portas!
Despedem-se trabalhadores para, logo de seguida, contratar assalariados a prazo a ganharem umas cascas de alho!
É o «púguesso» como diz a múmia!
CAMBADA DE ASSASSINOS!
Disto não falam os eunucos e os papagaios.
Assunto perigoso para ser comentado, não é padreca?

Quem tem medo...

 
Sendo o autor da denúncia um antigo militante do PSD;
Sendo o autor da denúncia, alguém que conhece as formas de actuar do Marcão;
Sendo o autor da denúncia, alguém que «lidou» e «pregou a ladainha» dos corruptos.
NADA ME ESPANTA QUE, CONHECENDO O «MODUS OPERANDIS» DA SEITA, TENHA PEDIDO PROTECÇÃO!
PIOR É SE A PROTECÇÃO ESTÁ FEITA...

O vizinho que se cuide...

 
Será que os «coelhos», «portas», «pires» e outros que tais perceberam a informação?
DUVIDO!
SÃO DEMASIADO ACEFALOS!

Também os há lá fora...

 
Jeroen Dijsselbloem é presidente do Eurogrupo.
Jeroen tem criticado duramente o novo Governo grego, alegando que os seus elementos não têm preparação, que não são sérios, que não são competentes.
Curiosamente, ou talvez não, descobriu-se que Jeroen mentira no seu currículo, alegando ter um Mestrado em Economia Empresarial que nunca existiu.
Não obstante, Jeroen não se demitiu, nunca pôs em causa as suas competências e seriedade para presidir ao Eurogrupo e não hesita em criticar a seriedade e competências dos outros.
Pois é, Relvas há os por TODO LADO!
São, provadamente em termos científicos, os imbecis, cobardes, eunucos, prepotentes e submissos das piores e mais austeras medidas que prejudiquem terceiros.
São uns vermes!

É FARTAR VILANAGEM

 
E quem vai EXIGIR o dinheiro que nos ROUBARAM?
Ninguém!
Mas disto não falam os papagaios e os eunucos!
A Grécia é que lhes importa…
O ministério público vai continuar calado e mudo?
Bem, quanto à múmia foi a banhos… praia dos tomates!
Por que será que a moradia da múmia é a fêmea do Coelho?
INVESTIGUEM!
Ainda faltam as «comichões» das vendas dos CTT, TAP e da concessão do Metro e Carris!
INTERESSE DO PAÍS?
INTERESSE DA CORJA!
É FARTAR VILANAGEM!
A ORDEM É RICA E OS FRADES POUCOS!

domingo, junho 28, 2015

A HIPOCRISIA

O M&M na sua conversa da treta de ontem dia 27 de Junho de 2015, numa estação televisiva da maioria, vociferou asneira atrás de asneira!
Falou da Grécia, claro!
Assunto que interessa à corja para denegrir um governo que, bem ou mal, governa um país que quer ser soberano e que foi eleito DEMOCRATICAMENTE!
Bem se sabe que isso da democracia é coisa do passado. Para os filhos da puta, nascidos da família fascista, nazi e ditatorial, qualquer a espécie, eleições para o quer que seja, ACABARAM!
QUEM MANDA É A SEITA DOS PORCOS, NOMEADOS INTERPARES E, PARIDOS NUMA QUALQUER POCILGA ONDE CHAFURDAM A PIA DE ONDE COMEM E CAGAM!
Então não é que o M&M veio, piedosamente e com ar cândido de sacana, de chefe de quina da antiga mocidade portuguesa, comparar o referendo na Grécia sobre a austeridade, que lhes querem impor, à posição de Pilatos, na crucificação e morte de Cristo?
M&M pior que ser Pilatos que lava as mãos é ser-se JUDAS!
VENDER E VENDER-SE A TROCO DE PECHISBEQUES DE 4.ª mão!
ÉS UM EUNUCO!
Uma coisa é imporem-nos a austeridade a qualquer preço, para salvar a corja dos agiotas e CALARMOS!
OUTRA, BEM DIFERENTE, É NÃO ACEITAR IMPOSIÇÕES PARA CONDUZIR UM POVO À MISÉRIA!
FARTO DE PORCOS QUE CHAFURDAM NA MERDA!
Por fim, essa de comparares o Jorge Sampaio e o Guterres ao Barroso, cherne, é próprio de imbecil!
Mas que comparações!
Um «cherne» que mentiu sobre fotografias que nunca viu, sobre armas de destruição massiva que nunca existiram compará-lo com gente séria é no mínimo indigno.

PIOR!
PRÓPRIO DE PIOLHAGEM GEMINADA POR ESPERMATOZÓIDE MARADO!
VAI COMER DÚZIAS DE DANONINHOS!
VÊ LÁ SE CRESCES!

CRIME, SEM ESPINHAS!


A isto chama-se o quê?
Disto não falam os papagaios, os eunucos e os pantomineiros!
Para o cidadão, sem precisar de ir a uma Universidade e «tirar» curso de direito, ISTO É CRIME COM AGRAVAMENTO DE PENA!
CONDENADO!
Ó MARCO VAI PARA A PATAGÓNIA VENDER LEQUES AOS PINGUINS!
TU, o MENEZES, o chorão, e o Guilherme Aguiar entre outros…
São assuntos difíceis para a corja logo, como diz o padreca do Marcelo, não se comentam!
SÓ QUE PAGAM-SE!
OS CONTRIBUINTES!

sexta-feira, junho 26, 2015

Podes limpar as mãos à parede, cochino


Um relatório do governo norte-americano denuncia violações de direitos humanos em Portugal.
QUE GRANDE NOVIDADE!
Todos nós, que por cá vivemos, sentimos e de que maneira o que o relatório vem agora dizer.
Só os crápulas ditadores da seita da Europa acham que não!
Eles e os chineses, esses paradigmas da liberdade e da democracia…
O relatório do Governo norte-americano aponta a Portugal várias violações dos direitos humanos, como violência sobre mulheres e crianças, tráfico de pessoas para exploração sexual e laboral e uso da força policial excessiva contra detidos.
OUVISTE COCHINO PAROLO?
OUVISTE CHIBO?
O relatório de 2014 do Departamento de Estado norte-americano, sobre direitos humanos, refere ainda, no que toca a más práticas de Portugal, a detenção de pessoas que procuram asilo, a discriminação e a exclusão social de ciganos, a diferença salarial entre homens e mulheres e a prática da mutilação genital feminina entre a comunidade da Guiné-Bissau residente no país.
Em particular, sobre o sistema prisional e judicial, o documento enumera o abuso e o uso da força excessiva da polícia e dos guardas prisionais sobre detidos e reclusos, a sobrelotação e a insalubridade das prisões, o menosprezo da Polícia Judiciária pelos direitos dos detidos, o tempo prolongado da prisão preventiva, a recusa do contacto de detidos com familiares e advogados e a integração no mesmo espaço de reclusos jovens com adultos e de presos preventivos com condenados.
Para Portugal, o relatório cita, em geral, dados de organizações não-governamentais, organismos estatais e documentos oficiais, de 2012 e 2013, salientando serem os mais recentes que foram disponibilizados.
O documento destaca que, nos primeiros 11 meses do ano passado, foram assassinadas 39 mulheres, por violência doméstica, crime cujas denúncias aumentaram 2,4 por cento em 2013 face a 2012.
A maioria das queixas de maus-tratos e outros abusos das forças policiais sobre detidos e reclusos, decorrentes do uso da força excessiva, recaía, em 2012, sobre a PSP (405) e a GNR (310).
Segundo o relatório, as prisões foram concebidas para um total de 12 591 reclusos, mas tinham, em Novembro, 13 938.
No emprego, as mulheres ganham, em média, menos 27 por cento do que os homens, apesar de a lei prever a igualdade salarial.
Sem mencionar números, o documento aponta um "vasto número" de ciganos a viver em acampamentos instalados em áreas isoladas, sem acesso a água ou luz, e, por vezes, separados com muros do resto da população. Refere também abusos da polícia.
Quanto ao tráfico humano, o Departamento de Estado norte-americano regista que, em 2012, havia 219 casos confirmados ou pendentes, sendo que 138 das vítimas eram sujeitas a trabalho escravo e 53 a exploração sexual. Do total de casos, 49 reportavam-se a crianças.
O trabalho escravo ocorria na restauração e agricultura, adianta o Departamento de Estado.
UM GOVERNO QUE SE VISSE RETRATADO DESTA FORMA, SE TIVESSE VERGONHA PEDIA DE IMEDIATO A DEMISSÃO! PARA DE IMEDIATO SER JULGADO POR MAUS TRATOS E POR CONDUTA INADEQUADA E LESIVA DOS INTERESSES DOS CIDADÃOS!
Se o não fizesse, então um Presidente da República digno desse nome, que jurou cumprir e fazer cumprir a Constituição devia fazê-lo nos altos interesses da Nação.
Só que a múmia só serve para esbanjar o que não lhe pertence…
VERGONHOSO!

quinta-feira, junho 25, 2015

E não vai preso?


 
VICE-PRESIDENTE DE PASSOS COELHO ACUSADO DE "VIOLAÇÕES SISTEMÁTICAS DA LEI" PELO TRIBUNAL DE CONTAS
O Vice-presidente do PSD recebe, por 19 vezes, “um forte juízo de censura” por parte do Tribunal de Contas, que analisou a gestão feita à Câmara de Gaia entre 2008 e 2012.
FAZ O QUE EU DIGO, MAS NÃO FAÇAS O QUE EU FAÇO!
É FARTAR VILANAGEM!
 

Um feira de vaidades


A câmara municipal da Guarda decidiu fazer do espaço público, ruas, praças, passeios e jardins lugar de feira.
Para uns, os poderosos, marcou-se o terreno – o mais visível, mesmo em frente à capela dos protectores.
Os outros, os vendedores de feira, relegados para as ruas, ruelas e becos sem visibilidade.
DESCRIMINAÇÃO INACEITÁVEL!
Depois a confusão das ruas cortadas ao trânsito, tanto que vociferaram, noutros tempos, pelo mesmo motivo. Agora, são eles a fazerem o espectáculo e a engolirem sapos vivos!
CALAM-SE!
Lá diz o ditado: « não há pior semente que a língua»!
Depois, onde estavam as estruturas de apoio sanitárias?
NÃO EXISTIAM…
A rua, o espaço para tudo…
Depois as centenas de militares, incluindo polícia de intervenção, a fiscalizar tudo e todos…
Qual a razão de terem transformado uma cidade calma e pacífica num estado de sítio?
Medo? De quê?
Pois…
A ideia de trazer para o centro da cidade os feirantes, habituados ao espaço degradante que o município lhes destina, pagando os seus impostos, revela a hipocrisia desta canalha. Os feirantes trabalham durante o ano num espaço sem condições, à chuva, ao frio, à neve, com calor, poeira e tudo o mais…
Quando interessa à canalha vai de os «chamar» para … a animação!
Claro está que, em época de crise motivada pela austeridade, imposta por um governo central da cor da maltrapilha que por cá se governa, tudo que seja arrecadar umas migalhas é sempre bem-vindo!
Mas exigem-se condições para quem vende e para quem compra!
Para isso EXIGIRAM EUROS PARA PAGAREM O ESPAÇO!
E, onde ficam os interesses dos outros comerciantes?
Os que, com casa montada, com impostos pagos, claro que não falo do bando dos chineses que não os pagam, com encargos mensais com empregados e outros deveres vêm os espaços ocupados?
Face à crise sabe-se como é o português. Se tiver hipótese de comprar por 5 não vai gastar 10.
Por fim, e como vem sendo hábito em eventos da venda da banha da cobra e pomadas que curam desde enxaquecas até a dores nas cruzes, lá veio uma eminência parda mostrar-se!
Desta vez uma figura de 4.º plano…e inclinado!
Um secretário de estado que CONVIDOU os portugueses a deixarem o conforto dos lares e a emigrarem!
Sim, esse mesmo!
Ou também vai negar que fez tal convite aos portugueses?
DEIXEM-SE DE MENTIRAS!
NÃO SEJAM COBARDES!
Um Cesário, secretário das comunidades (?), em terras da Ribeirinha, onde o despovoamento é uma realidade, o investimento NULO e onde só a parasitagem sobrevive à custa dos tachos…o resto vegeta!
Feiras, festas, romarias e outras propagandas são a forma encontrada para enganar os tolos…
No fim, apanhem as canas e já agora o lixo…pelo menos os das ruas, o outro, o das mentalidades, mais difícil…muitos interesses e marrecos mentais!

Um espectáculo único


Um espectáculo único e de rara beleza.

Para todos os que se interessam pelo conhecimento.

Para os outros...pérolas atiradas a porcos!

quarta-feira, junho 24, 2015

AVISO

S. João na Guarda?
Ou como forças de intervenção INVADIRAM as principais ruas da cidade...
A comunicação social vai esconder o acontecido?

À ESPERA!

Aldrabices


Há por aí canalha que aprendeu, na escola informal, a forma de aldrabar e se fazer chico esperto perante os outros!
Milagres?
Não os há, e muito menos no domínio do material.
No metafísico, cada um acredita no que muito bem quiser!
Em Dezembro de 2013 anunciava-se que a câmara da Guarda tinha uma dívida de 74 milhões de euros!
Anunciaram-se igualmente, com certo ar jocoso e hipócrita, o que os deputados não tinham dado conta, eheheheh, chamou-os de acéfalos com todas as letras, os compromissos assumidos em receitas correntes, de 6,8 milhões, e 3,6 milhões de receitas de capital. Que segundo o «grande líder» seriam de difícil execução!
Mas ninguém tugiu ou mugiu…
Contraiu-se novo empréstimo…
Aumentou-se desmesuradamente o IMI, com o apoio de deputados hipócritas; aumentou-se desmesuradamente o preço da água; aumentaram-se taxas e taxinhas e ninguém mugiu ou tugiu…
CALADINHOS E BARDAMERDA!
E, por fim anuncia-se uma redução na dívida dos tais 70 milhões de euros para 41 milhões!
Isto apesar das festas, festinhas, feiras e demais arrais para parolos jubilarem e dizerem que a cidade … «mexe»!
Não se dá conta de nada, mas se o dizem…
O que importava era que houvesse alguém na Assembleia Municipal que questionasse o senhor de cabra sobre o «milagre das laranjas»!
Que haja deputados que estendam a passadeira «laranja» para o meia-leca fazer as piruetas, as espargatas e danças de salão para iludirem os bacocos.
NÃO NOS ESPANTA!
Que a maioria que o apoia, directamente, engula sapos, nada que não se soubesse.
Agora que outros se calem, pactuem e se sujeitem à humilhação de serem comprados a troco de benesses, como aliás sempre o fizeram ao longo da vida, nada de espantar.
HAJA RESPEITO E DIGNIDADE!
Pelo menos alguns, já que outros não nos iludem com jogadas de bastidores e como vermes, rastejantes e nojentos!

Os enganos da mula


O ministro Crato anuncia, com pompa e circunstância, o início do ano lectivo para uma semana depois do que inicialmente estava previsto.
Ou seja, os alunos vão ter mais uma semana de … férias!
A justificação «oficial» é a da distribuição equitativa dos períodos de aulas, pelos diferentes períodos.
Uma explicação que não colhe!
Desde logo, dado existir mais uma semana de férias há uma redução do período lectivo.
Assim sendo, como justificar, no final do ano as aulas de «remediação», «recuperação» para a pseudo preparação para os «famosos» exames?
Directores há, que obrigam os professores a «doarem» mais horas aos alunos!
Justificação NENHUMA!
Se para o ministério do [C]rato até há períodos e tempos a mais!
Percebe-se a lógica que preside a toda esta VIGARICE E VERBORREIA DO COURO CABELUDO!
Ou será que o adiamento da abertura do ano lectivo tem a ver com a colocação do exército nas escolas?
Atraso na colocação?
No meu tempo havia os «gorilas», agora «chicos»!
Já se sabe que os privados vão abrir a tempo e horas…
Quanto mais cedo melhor. Mais cedo começam a cair nas contas bancárias, dos empresários do ensino, as mensalidades!
Haverá pais que vão optar pela privada, em prejuízo da pública, já que não têm que se preocupar com o prolongamento das férias e a permanência dos filhos, sozinhos, em casa!
TUDO PENSADO PELA CORJA!
A ideia de prolongar ou reduzir o período lectivo é só tanga…
É o empreendedorismo… ESTÚPIDO!
PRIVADA, nos colégios, nos centros de explicações, nos centros de ocupação dos tempos livres …. TUDO PARA AUMENTAR AS CONTAS BANCÁRIAS!
Resta saber se vai haver dinheiro para tudo!

Feriado no Porto

 
Hoje há feriado na «barraca»!
Ó Maria arranja os pastéis de bacalhau, os «joaquinzinhos», os ovos verdes e o garrafão do tintol e vamos à praia com a canalha!
Carago, a vida de azeiteiro é a melhor!
Sim, porque não sou nenhum broeiro, carago!
Os gunas e os morcões que se f****!
Hoje que trabalhem eles!
Que se ponham a cavalo num quarto de sêmea!
Verguem a mola os morcões!
Eu cá vou à praia ver as touras!
Ó Maria vamos ou fazes serão?
Ou é tudo tanga e vais à Batalha?

Bandoleiros


O subsídio de desemprego, para os que o recebem e, são cada vez menos, DIMINUI 50 euros!
Logo de seguida, aparece nas televisões o ministro «motinha», do partido do «portinhas», a dizer que o número de desempregados diminuiu em Portugal!
BEM SABEMOS E CONHECEMOS COMO ISSO SE CONSEGUE!
Mas o que tem o cu a ver com a calças, «motinha»?
Vai enganar a mãe que te pariu!
Se diminuiu o número de desempegados mais razão para manter ou aumentar o subsídio de desemprego!
HÁ CADA PANTOMINEIRO!
CADA ESPERMATOZÓIDE MARADO!
FARTO DA CORJA!

Prémios para a corja

 
O CRIME compensa…
E de que maneira!
Estes são os exemplos que a juventude precisa?
NÃO!
A ISTO CHAMA-SE GATUNAGEM, CORRUPÇÃO E PREMIAR OS PARES DA CONFRARIA DA SANTA DO COITO!

Uns mais que outros

 
A Universidade Lusófona caiu em desgraça!
Um dos seus «alunos» foi caçado com um diploma de «doutor» sem ter prestado provas da sua aptidão ou competências!
AZAR!
Muitas outras, instituições públicas e privadas, continuam a fazer EXACTAMENTE o que a Lusófona fez…
Só que ainda não «caçaram», nem nunca irão «caçar», uns que foram capachos e, após anos e anos de praia e campo, foi-lhes dada uma apostilha de «licenciado»!
Sim apostilha!
Não sabem sequer articular uma frase!
Só dizem asneiras!
Pontapés na gramática, no prontuário e no dicionário que se estranha como tenham alcançado a apostilha.
A única aprendizagem que fizeram foi a informal, alcançada com charlatões, ratos de porão, hipócritas da rua da «emenda» e capelões de galináceos capados e pitas maradas.
Será que os «que fingem ser professores» da corja, também não sabem escrever nem falar?
A julgar pela amostra, duvida-se da competência dos mesmos, em especial de um, a quem chamam de «chefe»!
Mais uns que ROUBAM E ASSALTAM os bolsos dos contribuintes!
É FARTAR VILANAGEM!
Dizer que a Lusófona demorou CINCO anos a cumprir ordens do Ministério da Educação e Ciência!
A Lusófona «regularizou» CINCO processos em 152!
Recordar que Relvas é o recordista das equivalências!
Conseguiu SÓ 160 créditos, faltando-lhe 20 créditos para a «apostilha» da licenciatura, como a do outro!
Ou seja, das 32 «disciplinas» que compunham a estrutura da «apostilha», só teve de se inscrever a 4!
ISTO É RECORD MUNDIAL!
SÓ IGUALADO AO COCHINO!
DIGNOS DE FIGURAR NO GUINESS DAS CORRUPÇÕES MUNDIAIS!
Só o 5.º lugar?
Vamos lá a rectificar esses critérios...
Se não....!

terça-feira, junho 23, 2015

S. João do Porto

 
Vamos ao S. João!
A música e a letra do José Mário Branco, SÓ PODIA!

DIZ NÃO!

https://referendoao90.wordpress.com/
 

VAMOS DIZER NÃO AO (DES)ACORDO ORTOGRÁFICO!


PERGUNTAR É UM DEVER CÍVICO


Alguém sabe alguma coisa sobre isto?
 
Um amigo fez o favor de me lembrar que em 12 Maio de 2015 enviei um mail no qual perguntava onde param as 17 Toneladas de Ouro emprestadas a um banco americano que faliu logo a seguir. Passou-se este "Belo Episódio de Telenovela" em 1990, tendo como intervenientes o Banco de Portugal e como Artista Principal o Aníbal Cavaco Silva que num acto tresloucado, só pode, nos deixou "encavados" com menos 17 Milhões de Gramas de Ouro que não lhe pertenciam nem ao Banco de Portugal e não me lembro de ter havido qualquer outro aval para tornar o avalista também responsável e conivente. Como não obtive resposta nem as Autoridades se pronunciaram nem tomaram qualquer medida de punição por tal Crime de Lesa-Pátria-Estado-Povo, volto a solicitar uma resposta pois isto de pagar todas as Cavalidades dos Governantes tem de ter um fim. 
12 de Maio de 2015
para PRESIDÊNCIA, PRESIDENTE, PRIMEIRO, MINISTRO, PGR, PROVEDOR, GRUPO Cidadania, Imprensa
Perguntar é um dever cívico…e o nosso Ouro "sôr" presidente?
Já lá vão uns anos e dos arautos da defesa e bom nome do nosso País, nada mais se ouviu sobre o assunto...
Comentadores e médias idem idem ...
Finalmente, ONDE ESTÁ O OURO?
Banco de Portugal perdeu 17 toneladas de ouro em 1990, com o amém de Anibal Cavaco Silva.
Vamos relembrar os GRANDES NEGÓCIOS, desta gentinha!
Os responsáveis pela bancarrota de Portugal.
MAIS PALAVRAS PARA QUÊ?
É assim que chegamos  a esta falência de Portugal.
Fazem falta agora estas 17 toneladas de ouro, 554 milhões de euros (32,6 euros/grama, cotação de hoje ), e ninguém é responsabilizado, que memória curta tem o ZÉ POVINHO ...
O Banco de Portugal - BdP "depositou" 17 toneladas de ouro, 554 milhões de euros  num banco falido de Wall Street, o Drexel Burnham Lambert, que encerrou no dia seguinte... grandes governantes temos no País e grandes gestores que tem o BdP.
Claro que a múmia paralítica de Belém, o Aníbal, já não se lembra, já está senil e com alzheimer, pobre diabo ...
E ainda se admiram de estarmos falidos...
Anda Zé Povinho, continuem a ver:
NOVELAS MORANGOS COM TRAMPA E OUTRAS (PARA NOS ADORMECER...) 
FUTEBOL
RELIGIÃO
FADOS
QUE VÃO VOTAR SÓ OS DO COSTUME.
Continuem a doar 500 milhões de euros, todos anos, para ( Angola \ Moçambique \ Guiné Bissau \ S.Tomé e Príncipe \ Cabo Verde \ Timor ). 
Dinheiro que certamente vai para os pobrezinhos africanos e timorenses,  ME ENGANA QUE EU GOSTO ............
CONTINUEM ASSIM...
Bem merecem o que aí vem...
Ramiro Lopes Andrade

Em 1990, a Drexel Burnham Lambert, um dos principais bancos comerciais na época, foi à falência envolvida no escândalo dos junk bonds de Michael Milken, homem da grande Finança acusado de extorsão e fraude.
Poucas pessoas sabem que o Banco de Portugal (óbvio...) tinha emprestado 17 toneladas de ouro ao banco.
Ouro que simplesmente evaporou, numa altura em que era cotado a 380 Dólares por onça.


A memória é curta. 
Já ninguém se lembra se não for recordado. 
Mas é verdade que em 1990 o Banco de Portugal foi notícia de caixa alta por uma má razão: 
17 toneladas de ouro das suas reservas, entregues a uma então prestigiada instituição financeira de Wall Street, que acabava de declarar falência, estavam mal paradas.
Não deixemos que os nossos (des)governantes nos continuem a sujeitar a estes vexames.
(Recebido por mail)

Gostei de ler


Uma pérola de texto!

Desconheço o autor, mas acho que qualquer de nós gostaria de o ter escrito. 
PORTUGAL: QUE FUTURO? 
Mais de 50 anos de vida. 
Sou filho de gente humilde. Filho da aldeia. Filho do trabalho. Desde criança fui pastor, matei cordeiros, porcos e vacas, montei móveis, entreguei roupas, fui vendedor ambulante, servi à mesa e ao balcão. Limpei chãos, comi com as mãos, bebi do chão e nunca tive vergonha.
Na aldeia é assim, somos o que somos porque somos assim. Cresci numa aldeia que pouco mais tinha que gente, trabalho e gente trabalhadora.
Cresci rodeado de aldeias sem saneamento básico, sem água, sem luz, sem estradas e com uma oferta de trabalho árduo e feroz.
Cresci numa aldeia com valores, com gente que se olha nos olhos, com gente solidária, com amigos de todos os níveis, com família ali ao lado.
Cresci com amigos que estudaram e com outros que trabalharam. Os que estudaram, muitos à custa de apoios do Governo, agora estão desempregados e a queixarem-se de tudo. Os que sempre trabalharam lá continuam a sua caminhada, a produzir para o País e a pouco se fazerem ouvir, apesar de terem contribuído para o apoio dos que estudaram e a nada receberem por produzir.
Cresci a ouvir dizer que éramos um País em Vias de Desenvolvimento e ... de repente éramos já um País Desenvolvido, que depois de entrarmos para a União Europeia o dinheiro tinha chegado a "rodos" e que passamos de pobretanas a ricos "fartazanas".
Cresci assim, sem nada e com tudo.
E agora, o que temos nós? 
1. Um país com duas imagens.
- A de Lisboa: cidade grandiosa, moderna, com tudo e mais alguma coisa, o lugar onde tudo se decide e onde tudo se divide, cidade com passado, presente e futuro.
 - E a do interior do país, território desertificado, envelhecido, abandonado, improdutivo, esquecido, pisado.
2. Um país de vícios.
-Esqueceram-se os valores, sobrepuseram-se os doutores. Não interessa a tua história, interessa o lugar que ocupas.
-Não interessa o que defendes, interessa o que prometes.
-Não interessa como chegaste lá, mas sim o que representas lá.
-Não interessa o quanto produziste, interessa o que conseguiste.
-Não interessa o meio para atingir o fim, interessa o que me podes dar a mim.
-Não interessa o meu empenho, interessa o que obtenho.
-Não interessa que critiquem os políticos, interessa é estar lá.
-Não interessa saber que as associações de estudantes das universidades são o primeiro passo para a corrupção activa e passiva que prolifera em todos os sectores políticos, interessa é que o meu filho esteja lá.
-Não interessa saber que as autarquias tenham gente a mais, interessa é que eu pertença aos quadros.
-Não interessa ter políticos que passem primeiro pelo mundo do trabalho, interessa é que o povo vá para o c...*
 3. Um país sem justiça.
-Pedófilos que são condenados e dão aulas passados uns dias.
-Assassinos que matam por trás e que são libertados passados sete anos por bom comportamento!
-Criminosos financeiros que escapam por motivos que nem ao diabo lembram.
-Pessoas normais que passam a vida a enriquecer, e que jamais têm problemas, ou há alguém que questiona tais fortunas?
-Políticos que desgovernam um país e depois "são colocados em altas posições mundiais”.
-Bancos que assaltam um país e que o povo ainda ajuda a salvar.
-Um povo que vê tudo isto, joga e entra no sistema, alimentando a máquina que tanto critica e chora.
4. Um país sem educação.
-Quem semeia ventos colhe tempestades.
-Numa época em que a sociedade global apresenta níveis de exigência altamente sofisticados, em Portugal a educação passou a ser um circo.
-Não se podem reprovar meninos mimados.
-Não se pode chumbar os malcriados. Os alunos podem bater e os professores nem a voz podem levantar. Entrar na universidade passou a ser obrigatório por causa das estatísticas.
-Os professores saem com os alunos e alunas e os alunos mandam nos professores.
-Ser doutor, afinal, é coisa banal. 
5. Um país que abandonou a produção endógena.
-Um país rico em solo, em clima e em tradições agrícolas que abandonou a sua história.
-Um país que julga que uma mega fábrica de automóveis dura para sempre.
-Um país que pensa que turismo no Algarve é que dá dinheiro para todos.
-Um país que abandonou a pecuária, a pesca e a agricultura.
-Que pisa quem ainda teima em produzir e destaca quem apenas usa gravata.
-Um país que proibiu a produção de Queijo da Serra artesanal na década de 90 e que agora dá prémios ao melhor queijo regional.
-Um país que diz ser o do Pastel de Belém, mas que esquece que tem cabrito de excelência, carne mirandesa maravilhosa, Vinho do Porto fabuloso, Ginginha deliciosa, Pastel de Tentugal tentador, Bolo-rei português, Vinho da Madeira, Vinho Verde, lacticínios dos Açores e Azeite de Portugal para vender.
-E tanto, tanto mais... que sai da terra e da nossa história. 
6. Um país sem gente e a perder a alma lusa.
-Um país que investiu forte na formação de um povo, em engenharias florestais, zoo técnicas, ambientais, mecânicas, civis, em arquitectos, em advogados, em médicos, em gestores, economistas e marketeers, em cursos profissionais, em novas tecnologias e em tudo o mais, e que agora fecha as portas e diz para os jovens emigrarem.
-Um país que está despovoado e sem gente jovem, mas com tanta gente velha e sábia que não tem a quem passar tamanha sabedoria.
-Um país com jovens empreendedores que desejam ficar mas são obrigados a partir.
-Um país com tanto para dar, mas com o barco da partida a abarrotar.
-Um país sem alma, sem motivação e sem alegria.
-Um país gerido por porcaria. 
E agora, vale a pena acreditar? 
Vale.
Se formos capazes de participar, congregar novos ideais sociais e de mudar. 
Porquê acreditar?
Porque oitocentos anos de história, construída a pulso, não se destroem em 40 anos. Porque o solo continua fértil, o mar continua nosso, o sol continua a brilhar e a nossa alma, ai a nossa alma, essa continua pura e lusitana e cada vez mais fácil de amar.

(Recebido por mail)

segunda-feira, junho 22, 2015

Assaltos

QUEM NOS PROTEGE?
Que cacem as multas que quiserem e lhes apetecer…
Agora até os motociclistas e ciclistas não escapam, com a aparência que TUDO é feito, para a SEGURANÇA!
Segurança de quê e de quem?
Pois… entendi!
VALE TUDO!