quarta-feira, fevereiro 25, 2015

Uns acéfalos

 

Com a chegada ao poder de figurantes de quarta linha, incompetentes, broncos, pastosos e gordurosos, surgem os discursos acéfalos, cretinos e patéticos.
Depois de um Conselho dito Nacional, a fazer lembrar slogans bolorentos do antigamente, vir dizer que os exames deviam acabar e que as retenções (mais um eufemismo para dizer reprovações) deviam terminar, ou imagine-se, os alunos deviam ficar «retidos» nalgumas disciplinas e aprovadas noutras, com a confusão total instalada, mais uma, nas escolas.
Para ajudar à festa só faltava que os Politécnicos viessem reivindicar o acesso às instituições, sem exames nacionais, sem prestarem provas, sem quaisquer critérios, a não ser a média das «classificações» do 12.º ano. Falo de «classificações» e não de avaliações, entenda-se!
Mas será que esta gente porca e imunda que não sabe o que é ensinar, nunca soube o que é aprender e muito menos sabe o que é conhecer, pode ter chegado a lugares onde se exige seriedade, rigor e COMPETÊNCIA?
POBRE PAÍS!
Já vieram com a conversa estúpida de reduzir o número de vagas das Universidades e Politécnicos do litoral e aumentar o número de vagas das instituições do interior do país. Como se a qualidade do ensino se medisse pelo número de vagas. A QUALIDADE DO ENSINO RESULTA DA SAÍDA PROFISSIONAL DOS CURSOS. E A SAÍDA PROFISSIONAL RESULTA DA QUALIDADE MINISTRADA.
ENTENDES COCHINO?
ÉS UM ACÉFALO!
Hoje os pais PAGAM, A BEM PAGAR, as licenciaturas, os mestrados e os doutoramentos.
LOGO EXIGEM QUALIDADE!
Já lá vai o tempo dos cursos para encher chouriças que muito jeito deram a certos filhos .... da mãe! Ganharam uns e pagámos TODOS!
Tempo de vacas gordas, agora escanzeladas!  
Só faltava mesmo que apenas as Universidades tivessem exames de admissão.
Era o fim da picada!
A exigência e o rigor só de um lado! 
E que tal, logo à nascença atribuírem todos os graus académicos das crianças em função do seu estatuto social?
Poupavam-se uns milhões!

 

terça-feira, fevereiro 24, 2015

Ponto de Vista

O nome de Sócrates e as constantes referências públicas aos contornos da sua estadia em Évora trazem constantemente à superfície o nome de um juiz que acabou por se tornar famoso, o juiz Carlos Alexandre.
Curiosamente, Carlos Alexandre foi o juiz que deu início ao processo que ficou conhecido como «processo Labirinto». Recordo aqui aos mais esquecidos que o processo Labirinto envolve altas figuras do aparelho de estado, algumas das quais se encontram já detidas. O processo recebeu o seu nome exatamente a partir do labirinto de influências que pretende desmontar. Essas influências arrastaram para a praça pública a Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública, mais conhecida por CRESAP. Trata-se de uma entidade criada pelo atual governo com o pretenso objetivo de proceder a uma pré-seleção de candidatos a altos cargos da administração pública, com base apenas na competência e no mérito. Em linguagem popular, poderia dizer-se que a CRESAP foi criada alegadamente para impedir que os bandidos chegassem ao poder.
Ora, estamos em Portugal. Não era difícil prever no que isto tudo ia dar. A infinita criatividade dos políticos lusitanos não tremeu perante o desafio que lhes foi colocado. Por essa razão, têm sido produzidos admiráveis exemplos de malabarísticas legitimações de nomeações supostamente filtradas pela CRESAP. Se existir um problema e se esse problema afetar os interesses dos políticos, eles conseguirão sempre ultrapassá-lo.
Não me refiro aqui apenas ao caso de Maria Antónia Enes, a senhora que era secretária-geral do ministério da Justiça e simultaneamente vogal não permanente da CRESAP, e que se encontra agora detida no âmbito do tal processo Labirinto do juiz Carlos Alexandre.
Nem me vou limitar ao mais recente escândalo das nomeações para as direções dos Centros Distritais da Segurança Social, cujas vagas foram ocupadas no âmbito de um concurso da CRESAP por 14 dirigentes que são, sem qualquer exceção, filiados no PSD ou no CDS.
Vou cingir-me a um escândalo bem mais caseiro, pela importância que pode vir a ter para os cidadãos do nosso distrito. E que também envolve a CRESAP. Bem como outras altas instituições do Estado. A história, revelada há dias num jornal nacional, conta-se em poucas palavras.
Um determinado gestor foi em 2010 e em 2011 condenado por crimes de abuso de confiança fiscal. Em 2012 foi nomeado presidente da ULS da Guarda. A CRESAP não detetou o registo criminal do gestor, vá-se lá saber porquê. Uns tempos depois esse gestor, conhecida a enorme dificuldade em encontrar no mercado local advogados disponíveis, celebrou um contrato de avença entre a ULS da Guarda e um advogado de Lisboa. Soube-se agora que a esposa do advogado em causa é, também ela, tal como a outra que está presa à guarda do processo Labirinto, uma vogal da CRESAP. E que foi adjunta do próprio secretário de estado da Saúde. Ascendeu há algum tempo ao cargo de secretária-geral do ministério da Economia e é, além disso, membro da Comissão de Prevenção da Corrupção. Que por sua vez é presidida pelo presidente do Tribunal de Contas, que é a entidade a quem compete fiscalizar e garantir o bom uso de dinheiros públicos. Bonito!
A cerejinha em cima do bolo é que o advogado em causa tem mais contratos de avença com outros hospitais públicos, tendo chegado a auferir a módica quantia de mais de 7 mil euros por mês, sem qualquer concurso público! Claro que estamos a falar de gente séria e de instituições que nos merecem incondicionalmente toda a credibilidade. E claro que se alguma coisa aconteceu que não se devesse ter passado, não foi certamente por mal.

A CRESAP aparece no meio disto tudo como aquele colégio eleitoral de Hong Kong que tem por função selecionar 3 candidatos à presidência do território. Todos vindos da China. Ao menos, aqui em Portugal os candidatos nunca poderão ser acusados de serem como os candidatos fantoches de Hong Kong. Pelas simples razão de não terem os olhos em bico. 
Muito bom dia!

(Crónica na Rádio F - 23 de Fevereiro de 2015) 

E agora... o mesmo de sempre!


O que tem de diferente o Syriza?


Os analistas de meia-tigela, meia-foda ou lá o que quiserem chamar, andam todos excitados, alegres e contentes com as reviravoltas das negociações do governo grego com o Eurogrupo.
Sei, reconheço, que há motivos para o povo grego estar apreensivo. Mas também, quem não está, nesta europa dominada pelo fundamentalismo de um Schauble e de uma Merkel, guardados pelos cães de fila do costume?
Mas, há uma coisa que a escumalha, porca e sebenta tem que se lembrar: OS GREGOS NÃO ESTÃO A NEGOCIAR COM FUNCIONÁRIOS, FIGURANTES DE 4.ª CATEGORIA, DE UMA QUALQUER INSTITUIÇÃO AGIOTA. NEGOCEIAM DIRECTAMENTE COM OS CHEFÕES, REPRESENTANTES DA AGIOTAGEM COBARDE E NAZI!
Esta é a grande diferença!
Percebes cochino?
Não percebes nada, és um asno preso à estaca, à espera da cenoura que te indique o caminho para a mesinha de voto, para o dares à maltrapilha do costume!

segunda-feira, fevereiro 23, 2015

UM GÉNIO


Há 28 anos morria Zeca Afonso.
O MAIOR DE ENTRE TODOS!
AQUELE QUE DA LEI DA MORTE SE LIVROU!
Alguém ouviu uma referência em qualquer estação de rádio, de televisão ou nos jornais?
É ASSIM QUE UM PAÍS TRATA OS SEUS MAIORES FILHOS?

As VIGARICES


Quando uma Luís, dita de Maria, serviçal do ministro da guerra (na Alemanha as finanças designam-se de guerra), um tal Shauble, vem dizer que Portugal é um exemplo da vitória sobre a austeridade. Uma espécie de exército do Hitler a fugir da Rússia, após o desastre de Leninegrado. Quando um Coelho vem dizer que a mesma austeridade já passou e a «troika» saiu de Portugal… e que tudo isto foi um sucesso, igualzinho ao da «banqueira do povo»!
E, depois do Portas ter vindo dizer, em tom de escárnio, que sempre, mas sempre, concordou que a intervenção da «troika» em Portugal tinha sido uma falta de dignidade para com os portugueses…a exemplo da passagem bíblica, não fosse o Portas um cristão, do Pilatos a lavar as mãos no sangue dos inocentes.
E, depois de uma múmia continuar fechada, a sete chaves, no sarcófago dos nojentos.
E, depois de um ministro emérito, um tal de Machete ter vindo dizer que a «troika» devia fazer «reparações» ao país, sem especificar quais.
Eis que a DÍVIDA PÚBLICA VOLTOU A SUBIR EM 2014, CHEGANDO AOS 128,7% do PIB.
Mas que chatice!
Logo agora que tudo estava a «correr» tão bem!
Que o Martelo, o candidato da laranjada ao lugar de supra-sumo, a «piscar o olho» ao Portas ao chamar-lhe de «espertalhão» e a dar um valente puxão de orelhas ao Coelho.
Eis que que a dívida subiu sete décimas face a 2013.
E, a balança de rendimentos, que mede o saldo dos pagamentos feitos e recebidos com juros, rendimentos, dividendos e remessas, foi negativa em cerca de 2,5 mil milhões de euros.
Pois é…
Ainda vos vou ver a ENGOLIR, tudo o que têm dito do amigo «alemão»!

O poder absoluto


As escutas, as fugas de informação, o escândalo do sistema informático na Justiça, o regabofe nos tribunais são os condimentos necessários e suficientes para a instalação de um estado policial.
O «todo-poderoso», ex-super espião, Silva Carvalho denunciou, em sede de comissão parlamentar, a prática habitual de acesso a dados telefónicos de portugueses, por parte dos serviços das secretas.
ESTA PRÁTICA É ILEGAL NUM ESTADO DE DIREITO!
O problema é que não vivemos num estado de direito!
VIVEMOS NUM ESTADO PRÉ-DITATORIAL!
Podem vir os constitucionalistas com TODOS os pareceres e mais um que, nada nem ninguém me consegue provar que não estamos nesse estado!
Só deixaremos de estar em pró-ditadura, no dia em que HOUVER CONDENAÇÕES E PRESOS OS CORRUPTOS E OS EUNUCOS!
CANALHA PORCA!

domingo, fevereiro 22, 2015

Ou ficas «cadelinho», ou ....


Há meses que se sabe da história…
Mas o ‘Expresso’ só agora acordou e o governo, com o cheirinho a ‘presidenciais’, também despertou agora.
São curiosos e bizarros estes ‘timings’ do governo e de Balsemão.
Sim por que Balsemão & Governo do Coelho é só serviços de entrega de «encomendas»!
Só percebo que certa «gentalha dita do reviralho» trabalhe para um pasquim e para uma televisão do pimba.
Mas isso são outras contas…
Voltemos à Misericórdia do Santana…
A Misericórdia de Lisboa liderada por Santana Lopes deu a ganhar, desde 2012, cerca de dois milhões de euros, com pelo menos 18 contratos públicos, a um conjunto de dez empresas quase todas acabadas de constituir, todas elas pertencem a pessoas que têm participações cruzadas nessas empresas e nas empresas que estavam também a “concurso” nesses contratos. E o mais notável é que essas pessoas, em que se destacam os nomes de Afonso Viola e Fernando Catarino Narciso, um engenheiro reformado da Portugal Telecom e figura destacada dos TSD (Trabalhadores Sociais Democratas) e do PSD de Lisboa, começaram, com a liderança de Santa Lopes da Santa Casa, a trabalhar com a instituição na venda de tudo e mais alguma coisa. 
Empresas de serviços de telecomunicações vendem ao mesmo tempo mobiliário e até fraldas descartáveis!
É fartar vilanagem…
Agora, o «Motinha» decidiu investigar a santa da casinha!
Já se sabe que tudo isto tem um objectivo, limpar a imagem do Santana e dar-lhe crédito para estar calado e apoiar o padre Martelo, em toda a linha…
Ou te calas ou lá se vai o tacho!
E depois, o que ias fazer?
NADA!

Nunca fizeste NADA!

*cadelinho= mistura de calado e quieto.

É FARTAR GATUNOS


E vais pagá-la por muitos e, mal fadados anos, graças à ganância dos agiotas e dos seus capangas!
GATUNOS!

Mais um....«amigo» da confraria a governar-se e bem!


Não me importo NADA que o senhor Barbosa, o militante do PSD, e actual presidente do Automóvel Club de Portugal aufira o vencimento que se diz ter por mês: 21 MIL EUROS!
Desde que CUMPRA, escrupulosamente, com TODOS os impostos devidos, NADA contra!
O que já sou CONTRA é um «grupelho» de sócios permitir atribuir ao figurante tal vencimento.
As quotas de sócio não são pequenas…
Mas, diga-se em abono da verdade que só é sócio quem pode!
Agora que há uns que vivem com vencimentos escandalosos, face à miséria que campeia pelo país é no mínimo VERGONHOSO!

sábado, fevereiro 21, 2015

O padre MARTELO

O padre Marcelo iniciou a visita pascal...
Em Maçainhas o padre Marcelo deu continuidade à campanha eleitoral para a presidência da República!
Uma dúvida, no entanto, confunde os meus neurónios!
As eleições para Presidente da República não são depois das eleições legislativas?
Lá para Janeiro de 2016?
Pois... entendi!
Na jantarada do abade Marcelo não faltaram os habituais frades das festividades laranjas e... ao que se diz, também por lá foram vistos certos figurantes de outros pomares, bem camuflados, escondidos em mantas de ... papa!
Não fosse Maçainhas terra dos cobertores de ... papa!
Com papas, farelos e água se faz a comida dos galináceos!
Marcelo não te esqueças que a Manuela do Leite já tem mais de 35 anos!
Só que há uma diferença!
Uns serviram-se do estado NOVO para alcançar poleiros.
Outros, NUNCA FORAM COBARDES, deram o peito às balas!
Não percebes?
Compra um dicionário... estou farto de NEO NAZIS, pior quando andam encapotados!
Não esteve a TVI ... esteve a SIC!
Ora agora vais tu, ora agora vou eu...

Rir não paga imposto...para já!

Na escola a professora tentava puxar pelo espírito criativo da turma.
- Luisinha, és capaz de nos dizer alguma coisa em verso?
E responde a menina:
- Fui à praia, apanhar conchinhas, veio uma onda molhou-me as coxinhas!
Diz a professora:
- Muito bem. 
E tu, Joãozinho, também serás capaz de rimar de improviso?
- Claro, Sra. Professora. – responde prontamente o Joãozinho.
- Então diz lá. – desafia a professora
Diz o Joãozinho:
- Fui à praia
apanhar mexilhões
veio uma onda
molhou-me os… tornozelos.
- Mas isso não rima!!! – corrigi a professora.

E responde o Joãozinho:
- Pois não, porque a maré estava baixa .


Para animar

Estava um garoto todo esticado a tentar chegar a uma campainha.
Passa um polícia e pergunta se queria ajuda.
 - Sim Sr. Guarda, será que podia ser o senhor a tocar à campainha por mim?
O polícia assim fez.
E berra o garoto:

 - Agora fuja que eles costumam atirar água...


As Armadilhas do Passado


«Estudemos as coisas que já não existem. É necessário conhecê-las, ainda que não seja senão para as evitar. As contrafacções do passado tomam nomes falsos e gostam de chamar-se o futuro. Esta alma do outro mundo, o passado, é atreita a falsificar o seu passaporte. Precatemo-nos contra o laço, desconfiemos dela. O passado tem um rosto, que é a superstição, e uma máscara, que é a hipocrisia. Denunciemos-lhe o rosto e arranquemos-lhe a máscara.» 

Victor Hugo, in 'Os Miseráveis'

A Falta de Cultura Ética da Nossa Civilização

«Creio que o exagero da atitude puramente intelectual, orientando, muitas vezes, a nossa educação, em ordem exclusiva ao real e à prática, contribuiu para pôr em perigo os valores éticos. Não penso propriamente nos perigos que o progresso técnico trouxe directamente aos homens, mas antes no excesso e confusão de considerações humanas recíprocas, assentes num pensamento essencialmente orientado pelos interesses práticos que vem embotando as relações humanas. 
O aperfeiçoamento moral e estético é um objectivo a que a arte, mais do que a ciência, deve dedicar os seus esforços. É certo que a compreensão do próximo é de grande importância. Essa compreensão, porém, só pode ser fecunda quando acompanhada do sentimento de que é preciso saber compartilhar a alegria e a dor. Cultivar estes importantes motores de acção é o que compete à religião, depois de libertada da superstição. Nesse sentido, a religião toma um papel importante na educação, papel que só em casos raros e pouco sistematicamente se tem tomado em consideração.
O terrível problema magno da situação política mundial é devido em grande parte àquela falta da nossa civilização. Sem «cultura ética», não há salvação para os homens.»

Albert Einstein, in 'Como Vejo o Mundo' 

Einstein e Noam Chomsky - ENCONTROS MAIS QUE PROVÁVEIS.

sexta-feira, fevereiro 20, 2015

INDIGNAÇÃO

 
 
Percebes a razão pela qual um país foi atingido na sua DIGNIDADE?
ÉS UM ACÉFALO, PORCO E GATUNO!
UM DOS CULPADOS FOI O BARROSO, O CHERNE TEXUGO, QUE AGORA FOI CONTRATADO PELA CATÓLICA!
ESTÃO BEM UM PARA O OUTRO!

AVISO

 
Já sabem, evitem consultar páginas que tenham algo a ver com o governo do Coelho & Portas e outros AFINS!
SÃO POTENCIAIS SITES TERRORISTAS!
CUIDADO!

A INDIGNAÇÃO


 
Esta a reportagem da SIC transmitida no jornal da noite, do dia 19 de Fevereiro de 2015, onde só os da PANÇA CHEIA, OS EUNUCOS, OS PORCOS, OS NEO NAZIS, OS ACÉFALOS, OS LAMBE BOTAS, OS IMBECIS, OS IGNORANTES, OS GATUNOS E LADRÕES não conseguem ver como um povo está ser exterminado pela AUSTERIDADE que rima com Alemanha.
OS CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO VOLTARAM.
A forma como estas e outras pessoas vegetam são a forma contemporânea de isolar os povos, de os fechar entre arames farpados.
QUEM NÃO SE INDIGNA É IGUAL À ESCUMALHA PORCA!

quinta-feira, fevereiro 19, 2015

Revelado o 4.º segredo de Fátima



Gostei de ler


 
O unanimismo mata.
Mata a liberdade pensamento, o sentido crítico e a capacidade para inovar.
Os partidos políticos do século passado tinham no unanimismo, no seguidismo bacoco e absoluto um imperativo total para que os seus membros conseguissem galgar, internamente, os degraus da pirâmide hierárquica.
Nos partidos do século passado subia-se não em função dos méritos próprios (meritocracia) mas em função da capacidade de seguir o líder e da capacidade (por intuição ou lobbying interno) de identificar e seguir quem estaria bem posicionado para assumir funções de liderança.
Estas prácticas e métodos eram desenvolvidos até ao limite e ensinados desde tenra idade nas Juventudes partidárias que assim se foram decompondo de genuínas e úteis escolas de cidadania e em academias de treino e formação de seguidistas e aparelhistas profissionais dando um contributo decisivo para estes partidos fechados à sociedade civil, aparelhados e cristalizados que hoje temos.
De facto, quebrar hoje o Seguidismo acéfalo e acrítico só pode ser feito de uma forma e essa forma é acabar com as juventudes partidárias: fábricas de maus hábitos e de condutas convergentes quando os partidos – para se reformarem – precisam mais do que nunca de pensamento e palavra divergente, de oposição interna frontal viva e dinâmica, pública, sem medo de anacrónicas acusações de divisionismo ou “traição”.
Precisamos de partidos vivos, rápidos a reagir a uma realidade que muda a uma velocidade que não pára de crescer e estes novos partidos não se fazem com Seguidistas, fazem-se com Cidadãos capazes de rupturas, que cultivem um raciocínio autónomos e divergentes, abrindo-se assim à sociedade civil e a todos aqueles que as velhas lógicas piramidais, seguidistas e dos aparelhos foram repelindo da actividade político-partidária comum.
Aqui!

O tabu


Cavaco Silva evita falar de Ricardo Salgado. Diz que não falou sobre o BES, mas falou. “Eu já reparei que alguns dos senhores [jornalistas] e alguns políticos disseram e escreveram que o Presidente da República fez alguma declaração sobre o BES. É mentira. É mentira. Alguns invocam uma declaração que eu fiz na Coreia. Na Coreia em fiz três declarações sobre o Banco de Portugal e mais nada”, dizia Cavaco Silva à comunicação social na altura.
No entanto, a mesma citação directa de Cavaco Silva disse que “o Banco de Portugal tem sido peremptório e categórico a afirmar que os portugueses podem confiar no Banco Espírito Santo dado que as folgas de capital são mais que suficientes para cumprir a exposição que o banco tem à parte não financeira, mesmo na situação mais adversa”.
ENTÃO FALOU OU NÃO FALOU?
Ainda há-de estar para nascer alguém mais sério do que ele!
Foi o que disse... depois de comer bolo-rei!
Então não há-de?
Ou será que quis dizer «hadem»?

CENSURA


 
Já não é a primeira vez que os jornalistas são alvo de CENSURA por parte da segurança de Cavaco!
Aconteceu, por exemplo no 10 de Junho na Guarda.
Activação de um inibidor de telemóvel e FOTOGRAFIAS APAGADAS!
É ASSIM QUE SE EXERCE A DEMOCRACIA, SEU PAROLO?

O tal que cheira MAL


Podem usar os gongorismos arrogantes que quiserem!
Podem até fazer o pino em cima da sanita, com a tampa levantada!
Podem dizer o que NUNCA foram!
Podem lamber as botas de quem quiserem…
Cavaco tem 36 assessores.
Para uma múmia é um número excessivo!
Alguém que não fala de nada, não se compromete e raramente diz o quer que seja sobre a vida dos portugueses são assessores a mais!
O valor pago a cada assessor, ao contrário do que acontece com o Governo, não está publicado online.
De acordo com o site da Presidência da República, Cavaco tem 36 assessores. Já TODOS sabemos que Cavaco GASTA, ESBANJA, mais dinheiro que a «casa real espanhola»!
As áreas dos assessores são as mais diversas, mas a que mais chama à atenção é o Gabinete do Conjugue, que tem 1 assessora.
Exactamente, GABINETE DO CONJUGUE!
Para que serve tal gabinete?
Tomar chá e comer bolinhos ou ensinar Cavaco a comer bolo-rei… com a boca fechada?
Além do gabinete do conjugue, existe ainda um consultor para os “Assuntos da Saúde” e uma consultora para os “Assuntos da Politica da saúde”.
«Saúde» a mais para NADA!
Onde esteve Cavaco na crise das urgências?
Na privada, a ver «Chicago», como dizia o outro!
Sobre todos estes assessores, nada se sabe em termos da sua remuneração, pois, ao contrário do que é publicado no Site do Governo, no site da Casa Civil não se fala de números.
Qual a razão?
NÃO SÃO PAGOS PELOS NOSSOS IMPOSTOS?
ONDE ESTÁ A TRANSPARÊNCIA?
FARTO DE PARASITAS, SEJAM PULGAS, PIOLHOS OU OUTROS QUE TAIS!

Assim se fazem os sacanas canalhas

 
Os trabalhadores da função pública vêm os rendimentos do trabalho DIMINUÍDOS e, os parasitas das «CHEFIAS» são AUMENTADOS!
Os «eleitos» foram aumentados em mais de 220 euros!
A diferença entre os que mandam e os súbditos AUMENTA desmesuravelmente!
É FARTAR VILANAGEM!
 
 

GATUNOS

 
Já não lhes bastava o desemprego e ainda os GATUNOS lhes roubam no subsídio!
Mas eles, a CORJA PORCA E LADRA, ATÉ SUBSÍDIO DE REINTEGRAÇÃO TÊM!
VERGONHOSO!
HUMILHANTE É ISTO JUNCKER!
HUMILHANTE E DESUMANO!

O Homem Irracional


Cubram-no de todos os bens terrenos, mergulhem-no na felicidade com a cabeça imersa de modo a só umas bolhas rebentarem à superfície; dêem-lhe uma prosperidade económica tal que não tenha mais nada que fazer senão dormir, comer doces e tratar da continuidade ininterrupta da história universal - então ele, o homem, mesmo assim, só por ingratidão, por maldade, far-vos-á uma pulhice qualquer. Arriscará até os doces e desejará propositadamente o mais prejudicial dos absurdos, o mais antieconómico disparate, unicamente para misturar com toda essa sensatez positiva o seu nocivo elemento fantástico. Desejará conservar precisamente os seus sonhos fantásticos, a sua estupidez mais ordinária, unicamente para confirmar a si mesmo (como se fosse assim tão indispensável) que as pessoas continuam a ser pessoas e não teclas de piano em que sejam as próprias leis da natureza a tocar, mas prometendo tocar a tal ponto que se tornará já impossível desejar qualquer coisa para além do calendário.
Mais ainda: mesmo que o homem se tornasse realmente uma tecla de piano, mesmo que tal facto lhe fosse provado por meio das ciências naturais e da matemática, não ganharia juízo, mas faria, de propósito, qualquer coisa contra, apenas por ingratidão; só para continuar na sua! Lançará pelo mundo uma maldição, e como só o homem sabe amaldiçoar (é o privilégio dele, e o que mais o diferencia dos outros animais), e apenas com uma maldição conseguirá o que quer, ou seja, convencer-se-á que é homem e não uma tecla de piano! Se disserem que também isso pode ser calculado pela tábua - o caos, as trevas, a maldição - e que a própria possibilidade de cálculo prévio fará parar tudo, e a razão vencerá - então o homem tornar-se-á louco por essa ocasião, só para não ficar subjugado à razão e poder continuar na sua! Tenho fé nisso, assumo a responsabilidade por isso, porque todo o assunto humano consiste, na realidade, em o homem provar a si mesmo, a cada instante, que é um homem e não um pistão!

Fiodor Dostoievski, in 'Cadernos do Subterrâneo'
 
Este texto vem a propósito de umas declarações HIPÓCRITAS de um tal Junker, agora elevado à categoria de chefe da cozinha de Bruxelas. Diz o Junker, o tal da fuga aos impostos no Luxemburgo, esta coisa abominável: «Pecámos contra a dignidade dos portugueses e dos gregos», reconhecendo «o quanto a acção da troika PREJUDICOU países em DIFICULDADE»!
SEU HIPÓCRITA!
NÃO HÁ QUEM TE DIGA NAS FUÇAS O QUE ÉS?
MANDA UMA MISSIVA AOS PALERMAS DO GOVERNO PORTUGUÊS E AO CAVACO!
PODE SER QUE DEIXEM DE SER TÃO LAMBE-CÚS DA MERKEL!
ESTOU FARTO DE PANTOMINEIROS.

segunda-feira, fevereiro 16, 2015

Mais um...

Já havia os das reformas douradas!
Agora ficou-se a saber que Zeinal Bava recebia, por mês, a módica quantia de 150 000 euros!
Isto depois de ter sido aconselhado a sair da administração da OI; depois de ter sido «encoleirado» por um Cavaco; depois de ter «doado» à RioForte 900 milhões de euros, que vamos ter que pagar; despediu-se (ou foi aconselhado a ‘renunciar’) com uma ‘compensação’ de 36 meses. O que associado a outras alcavalas perfaz a ‘módica’ quantia de 5 milhões de euros.
LERAM BEM?
Uns míseros 150 000 euros por mês e uma compensação de mais de 5 milhões de euros por se ter despedido!
Enquanto uns morriam de fome e caiam na miséria fruto da austeridade «alemã», outros GOZAVAM com tudo e todos!

VERGONHOSO!

Um EXEMPLO

Enquanto um Eurogrupo decide a vida de milhões de europeus, um país pequeno dá lições de DEMOCRACIA!
A Islândia ensina como se pode estar de bem com os cidadãos, EXIGINDO AOS CORRUPTOS QUE PAGUEM O QUE USURPARAM!
Pois é!
O Supremo Tribunal da Islândia acaba de impor uma condenação histórica a três antigos altos cargos e um accionista do Kaupthing Bank, que foi a maior instituição financeira do país antes do espoletar da crise financeira em 2008 e falir por acumulação de grandes dívidas.
A sentença considerou como provado que o Kaupthing Bank financiou a maior parte da compra de 5% das suas próprias acções, no valor de mais de 170 milhões de euros, através de uma sociedade ligada a um xeque do Qatar pouco antes do colapso da instituição financeira. As penas impostas oscilam entre os quatro e os cinco anos e meio.
Trata-se do veredicto mais pesado por fraude financeira na história da Islândia, classificaram os media locais. O Supremo Tribunal mantém assim a sentença de um tribunal de primeira instância proferida em Dezembro de 2013 e em alguns casos subiu mesmo as penas.
O ex-presidente executivo do banco, Hreidar Már Sigurdsson, sofreu a pena mais pesada - cinco anos e meio -, enquanto o ex-presidente do conselho de administração, Sigurdur Einarsson, foi condenado a quatro anos de prisão. Por sua vez, Ólafur Ólafsson, um dos principais accionistas do banco, e o director da subsidiária em Luxemburgo, Magnús Guðmundsson, tiveram penas de quatro anos e meio.
O encarregado do governo islandês que investigou os bancos locais no seguimento do abalo que atingiu o sistema financeiro mundial após a crise de 2008 afirmou ontem que a decisão do Supremo Tribunal é um sinal para que outros países avancem para casos semelhantes e de que nenhum indivíduo é demasiado importante para ser processado. "Este caso envia uma forte mensagem que irá levantar a discussão", declarou Olaf Hauksson à Reuters.
PERCEBESTE COCHINO PORCO?
Nem todos os processos deste âmbito levados a cabo na Islândia tiveram o mesmo resultado. Contudo, o esforço que a Islândia tem levado a cabo no sentido de atribuir responsabilidades aos banqueiros locais parece diferir da realidade dos EUA e do resto da Europa em particular, onde poucos banqueiros têm sido chamados a assumir responsabilidades pelo colapso financeiro das instituições onde trabalhavam e das implicações sobre os próprios países.
Alguns até se passeiam por essas ruas e avenidas com ostentação e sobranceria ou gozam os prazeres das praias de Cabo Verde ou o sol dos offshores!
Outros gatunos que roubaram outras instituições fazem vida boa, à custa de subornos, enganos e falsificações.
É FARTAR VILANAGEM!

E o largo do Caldas «virou» Ministério da Economia?

O dirigente «máximo» do CDS na Madeira, José Manuel Rodrigues, solicitou uma reunião ao ministro da economia, o Pires … de Lima!
A notícia até parece «normal»!
Só que o «chefe máximo» do CDS da Madeira foi um dos deputados da maioria que VOTOU CONTRA O ORÇAMENTO DE ESTADO de Coelho & Portas!
Vai daí, Portas temendo qualquer confusão ali para os lados da Avenida da República, marcou a reunião para o Largo do Caldas!
E, sob os altos patrocínios do vice do governo lá reuniram o Pires e o José Manuel Rodrigues.
No final, rezam as crónicas houve despedidas afectuosas entre Portas e o presidente regional do CDS!
Do Pires nada foi dito...
Uma dúvida no entanto ficou por esclarecer.
O Largo do Caldas, ou seja a sede do CDS, vai passar a funcionar como presidência dos conselhos de ministros?

Fica a dúvida!  

Eles andam aí....

A reunião do EUROGRUPO, uma seita de gente democraticamente eleita (eheheheh!), deu, no que à Grécia diz respeito, em nada!
Ou seja, o grupo de eunucos que lambem as botas à Merkel e ao ministro das finanças da Alemanha (recuso-me a escrever o nome do figurante, faz-me lembrar o sinistro tempo das SS’s), afinaram pelo mesmo diapasão.
Recusaram discutir o quer que fosse com o governo grego.
Eleito democraticamente!
Apenas apresentaram um texto onde era exigido que o governo grego assina-se a sua capitulação perante a arrogância germânica e os lacaios europeus.
Um texto que queriam que fosse CONFIDENCIAL!
É assim que a maltrapilha enche a cloaca com a palavra DEMOCRACIA?
Mas que democracia?
TIRANIA! DITADURA!
A prova de que TUDO estava acertado entre a escumalha está na frase do tal ministro das finanças alemão quando disse antes da reunião do EUROGRUPO ter lugar: «tenho pena dos gregos terem elegido um governo de irresponsáveis»!
Que foi que o Hitler disse da resistência francesa?
Pois é…
Está-lhes na massa do sangue…
A Europa está a caminho de um novo conflito, não se duvide!
Só que a grandeza das consequências serão incomensuráveis em vidas humanas!

Os ratos e ratazanas preparam-se para abandonar o barco… e, por fim ver-se-á onde fica a democracia?

Ó MENDES, TU MENTES!

O País é Pequeno e a Gente que nele Vive também não é Grande
Em tempos disse que Portugal estava culturalmente morto. Talvez o tenha dito em determinado momento, mas também o diria hoje porque Portugal não tem ideias de futuro, nenhuma ideia do futuro português, nem uma ideia que seja sua, e vai navegando ao sabor da corrente. A cultura, apesar de tudo, tem sobrevivido e é aquilo que pode dar do país uma imagem aberta e positiva em todos os aspectos, seja no cinema, na literatura ou na arte - temos grandes pintores que andam espalhados pelo mundo. Mas o Almeida Garrett definiu-nos de uma vez para sempre e de uma maneira que se tem de reconhecer que é uma radiografia de corpo inteiro: «O país é pequeno e a gente que nele vive também não é grande.» É tremenda esta definição, mas se tivermos ocasião de verificar, desde o tempo do Almeida Garrett e, projectando para trás, efectivamente o país é pequeno (...), mas o que está em causa não é o tamanho físico do país mas a dimensão espiritual e mental dos seus habitantes.

José Saramago, in 'Uma Longa Viagem com José Saramago (2009)' 

Vem tudo a propósito de um Mendes, que MENTES, dizer na homilia de sábado, véspera do advento do padre Marcelo, que a venda do «Banco Novo» por 2,5 milhões ou 3 milhões era um bom negócio!
PURA E SIMPLES ALDRABICE DO MENDES.
Ó MENDES, TU MENTES!
A serem verdadeiros tais valores, o que se desconfia de quem vem, o CONTRIBUINTE PORTUGUÊS, o Zé e a Maria que pagam os ROUBOS da corja, teria de pagar qualquer coisa como de  900 milhões a 1 400 milhões de euros para pagar a «operação» da maquilhagem de transformar, de um dia para o outro, um BES num Banco Novo e Banco Velho!
ARROTA PELINTRA!
BOM NEGÓCIO?
Claro Mendes, só se for para a tua corja...
Ó Mendes vai vender pentes aos macacos para a Gorongosa!
Razão tinha o Almeida Garrett:  «O país é pequeno e a gente que nele vive também não é grande.»
O exemplo está no Mendes!

sábado, fevereiro 14, 2015

Dia dos namorados


Poema da Queca

É uma terra danada,
Um paraíso perdido.
Onde todo mundo fode,
Onde todo mundo é fodido.

Fodem moscas e mosquitos,
Fodem aranha e escorpião,
Fodem pulgas e carrapatos,
Fodem empregadas com o patrão.

Os brancos fodem os negros
Com grande desprendimento,
Os noivos fodem as noivas
Muito antes do casamento.

General fode Tenente,
Coronel fode Capitão.
E o Presidente da República
Vive fodendo a nação.

Os Frades fodem as freiras,
O padre fode o sacristão,
Até na igreja de crente
O pastor fode o irmão…

Todos fodem neste mundo
Num capricho derradeiro,
E o danado do Dentista
Fode a mulher do Padeiro.

Passos, depois de eleito, se tornou um fodedor
Não fode o Cavaco, mas fode o trabalhador,
O Ministro fode o deputado
Que fode o eleitor.

Parece que a natureza
vem a todos nos dizer,
Que vivemos neste mundo
Somente para foder.

E, meu nobre amigo
Que agora se está a entreter,
Se não gostou da poesia
Levante-se e vá-se foder!


Autor Desconhecido – Também, pudera… se fosse conhecido, estava fodido!

Subvenções para que vos quero...


Mas afinal quem é que manda aqui!
OS PARTIDOS!
TRANSPARÊNCIA?
Mas o que é isso?
Na democracia representativa o povo só manda quando vota. E mesmo aí é enganado, é corrompido, é manipulado, é estupidamente gozado pelos mesmo do costume.
Só quem quer é que vai na cantilena da corja.
Percebes cochino?
Não percebes nada!
És um GATUNO COMO ELES!