terça-feira, setembro 30, 2014

No vale das laranjas podres

 
Negar o acesso a documentos?
Bem se sabia que o caracter EXEMPLAR era só para alguns.
OUTROS, SÃO EXCLUSIVIDADES!
Ai! «dona» Vidal isto vai muito mal!
BARDAMERDA E CALADINHOS!

A DEMOCRACIA VAI REGRESSAR?

 
O POVO exige DEMOCRACIA!
ATÉ QUANDO OS DITADORES DA «ASSEMBLEIA» CHINESA VÃO PERMITIR TAIS PROTESTOS?
AGUARDA-SE OU ESTARÃO PARA APARECER MAIS CARTÕES DOURADOS?
VERGONHOSO APERTAREM AS MÃOS A CRIMINOSOS!
O «maoista» Crato deve saber como fazer em tais situações!
O «livrinho vermelho» não diz TUDO?

 

Em contramão


A Guarda tinha que estar em contramão com o que aconteceu a nível nacional, nas eleições no Partido Socialista.
Foi a única federação onde António, o Seguro, ganhou.
Espera-se que os dirigentes locais saibam tirar as devidas consequências com a derrota do Seguro!
Precisa-se, urgentemente, que se abram as janelas e se areje a poeirenta e húmida sede socialista.
Situada na rua Francisco dos Prazeres, ultimamente, poucos ou nenhuns prazeres tem dado aos militantes socialistas.
Apenas umas quantas aves de arribação «xuxam» por lá.
Já agora, não seria altura do Seguro deixar de ter paragem incerta.
Nasceu em Penamacor.
Filiado no PS da Guarda.
E vive nas Caldas!
Ao menos, em termos de poisos o Seguro é um valente!
Ooops!!   

segunda-feira, setembro 29, 2014

A HIPOCRISIA DOS CHIBOS

 
Em Hong-Kong milhares de cidadãos manifestam-se nas ruas contra a FALTA DE DEMOCRACIA que um governo tirano, ditatorial quer impor através de uma apelidada «reforma eleitoral», decidida pelos mesmos de sempre – os senhores feudais de Pequim.
Além dos manifestantes nas ruas, alunos da Universidade Chinesa de Hong Kong decretaram boicote às aulas e os trabalhadores da fábrica da Coca-Cola paralisaram em solidariedade com os protestos.
A CONSCIÊNCIA CÍVICA DESTES CIDADÃOS É EXEMPLAR!
PIOR SE LHES ACONTECE O MESMO QUE AOS DA PRAÇA DE TIANNANMEN.
Depois de três noites de confrontos com a polícia e de terem dormido ao relento nas principais ruas da cidade, os milhares de manifestantes pró-democracia continuam a ocupar o centro de Hong Kong.
Uma particularidade destas manifestações é o facto, dos manifestantes surgirem nas várias fotos que, por enquanto, vão circulando na Internet, sentados no chão ou segurando chapéus-de-chuva (o símbolo do movimento) e ostentando laços amarelos ou rosas como símbolo, de apoio ao movimento Occupy Central.
Os organizadores estimam que 80 mil pessoas tenham participado nos protestos.
Os media internacionais já descrevem estas movimentações - em que os manifestantes pedem mais liberdade na escolha dos seus representantes para as eleições de 2017, criticando a reforma eleitoral decidida por Pequim - como as maiores desde a ocupação da praça de Tiannanmen, há 25 anos.
Os órgãos de comunicação social estatais condenam o movimento, (onde é que já ouvi e li isto?) referindo que os manifestantes estão "amaldiçoados" e sabem que não é possível alterar a reforma definida pelo Congresso Nacional Popular.
MAS QUE DEMOCRACIA A DESTA ESCUMALHA PORCA!
Depois da «revolução cultural» até à CHACINA da praça de Tiannanmen quantos inocentes foram mortos só porque a única motivação, da sua revolta, era a luta pela DEMOCRACIA!
Ainda em Agosto, os imperadores de Pequim aceitaram o princípio de sufrágio universal para as eleições legislativas de 2016 e as executivas de 2017.
Mas, mais tarde vieram a dar o dito por não dito!
Consideram os eunucos de Pequim que a escolha do presidente executivo da administração da região terá de ser feita entre "pessoas que amem o país e amem Hong Kong" e o sufrágio universal deverá ser controlado: será formado um comité de nomeação que indicará dois ou três candidatos, que serão depois submetidos a sufrágio universal. Mas a indicação final caberá ao Governo Central Popular.
RICA DEMOCRACIA QUE UM GOVERNO DE ACÉFALOS CONSIDERA EXEMPLAR, E UMA MÚMIA LAMBEU OS CHISPES… TUDO EM TROCA DE MILHÕES CHEIOS DE SANGUE DE CHINESES.
Os EUA já vieram a público, através do cônsul norte-americano em Hong Kong, defender a liberdade de reunião e de expressão e liberdade de imprensa, sem apoiar qualquer dos grupos envolvidos (cobardes!). E pedem a todos os lados(??) que contribuam para reduzir as tensões e expressar opinião sobre o futuro da região de uma forma pacífica.
COM PACIFISMOS E BOLOS SE ENGANAM OS TOLOS!
Também o Reino Unido - que em 1997 devolveu a Pequim a soberania do território - revelou preocupação com a situação, que está a ser "cuidadosamente acompanhada" pelo Governo de David Cameron.
HIPOCRISIA DESTA ENFADONHA GENTE!
QUANDO SÃO OS DIREITOS HUMANOS VIOLADOS EM PAÍSES COMO A CHINA, CAUTELAS NA LINGUAGEM.
JÁ QUANDO SE TRATA DO ISLÃO, PORRADA QUANTO BASTE.
DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS.
A COR DO DINHEIRO MANDA MUITO!
HIPÓCRITAS!
Por cá a hipocrisia leva a que ninguém ouse acordar o sono dos sanguinários.
VELHACOS PORCOS E SEBENTOS!
 

Parabéns


"Parem o mundo, que quero descer", é uma das frases célebres dessa menina que detesta a sopa, filha de classe média de uma família de Buenos Aires e preocupada com a paz mundial e a realidade política da sua época.
"Não é verdade que todo o tempo passado foi melhor. O que acontecia era que os que estavam pior ainda não se tinham dado conta", reflectia, e advertia que "o mal da família humana é que todos querem ser o pai".
Parabéns Mafalda e a todos os que fazem as deliciosas aventuras contigo: Susanita, a que sonha casar-se e ter muitos filhos; Liberdade, a mais revolucionária; Felipe, o sonhador; Manolito, o comerciante e Guille, o irmãozinho e, sem esquecer a tartaruga Burocracia.
Parabéns a todos!
 

É FARTAR A PANÇA

 
E PODE?

A minha dúvida é saber QUANTO NOS CUSTA PAGAR A ESTE «LACINHO» AS TRÊS REFORMAS.

QUANTOS PORTUGUESES SÃO ATIRADOS PARA A MISÉRIA E QUE FICAM SEM QUAISQUER APOIOS?

ESTÃO OS PORTUGUESES DISPOSTOS A PAGAR ISTO?
EU NÃO!
É FARTAR VILANAGEM, A ORDEM É RICA!
Os bois e as vacas, por exemplo, possuem um estomago dividido em 4 partes: pança, barrete, folhoso e coalheira.

E ... a «festa» continua

 

Ora cá temos mais, e mais do mesmo....

A «festa» da outra só podia dar nisto!

Foguetes, e o apanhar de canas, com o prior a dançar no terreiro, com beatas bem atiçadas.

VAI DE RODA, VAI....

 

domingo, setembro 28, 2014

RECORDAR


Um azar dos Távoras, um Coelho ser 1.º ministro!

Quantas vezes dito...

Que a Tecnoforma é apenas uma pequena amostra, das incomensuráveis vigarices que neste país se fizeram (e continuam a fazer) com os fundos comunitários destinados à formação profissional, NINGUÉM O DUVIDE.
Que foram os que estavam mais próximos do poder os principais beneficiários das vigarices da formação profissional, NINGUÉM O DUVIDE.
Que o que se passou com a formação profissional, passou-se em todas as áreas onde houve subsídios, NINGUÉM O DUVIDE.
Que essa gandulagem que andou manifestamente a viver acima das suas possibilidades é substancialmente a mesma que agora nos diz que fomos nós que “andámos a viver acima das nossas possibilidades”, NINGUÉM O DUVIDE.
Tudo isto e muito mais que sobre o assunto se poderia dizer está dito.
Mas também está dito que a responsabilidade de Passos Coelho, a ter existido, prescreveu.
Que prescreveu a responsabilidade penal e também a responsabilidade fiscal.
Só não prescreveu…porque essa nunca prescreve, a responsabilidade política.
Ligeiramente ligado: Quem não se lembra dos famosos fundos europeus que uma UGT fez desaparecer?
Por onde anda o tal Torres Couto? DESAPARECEU!
E, não foi o M&M (Marques Mendes), o corneteiro do «reino laranja», que veio dizer que Coelho se reuniu «em segredo» com o actual presidente da UGT, para acertarem TUDO sobre o engodo, do aumento, do salário mínimo?
PARA QUE SERVE UMA UGT?

BARDAMERDA E CALADINHOS!

A vindima é de uns e o mosto de outros


Fornos de Algodres, um concelho do distrito da Guarda, está a braços com uma dívida assustadora: as despesas correntes são oito vezes superiores à receita.
Como se adivinha, o executivo está obrigado a recorrer ao empréstimo do conhecido Fundo de Apoio Municipal (FAM).
Só que empréstimos, em cima de empréstimos não resolve o problema.
Pelo contrário, AGRAVA-O!
O mais estranho, ou talvez não, é que consultando os contractos publicados pelo município «apenas» aparecem publicados 14 contratos e, nada se publica desde Dezembro último.
A boa gestão e a transparência não têm morada em Fornos de Algodres.
Aliás como outros municípios, mas isso fica para outra altura!
Será por isso, e por muito mais, que não interessa conhecer, que a última Assembleia Municipal não se realizou… POR FALTA DE QUOROM!
Ao que isto chegou!
Onde anda a justiça deste país?
A fingir que apanha droga, à caça da multa e dos pilha-galinhas, de umas desavenças conjugais e extraconjugais para servirem de capa a jornais sensacionalistas, e de tema a programas televisivos da pior espécie.
SÓ PARA ENTRETER!
EXIGE-SE TODA A VERDADE!
ONDE ESTÃO OS MILHÕES QUE FALTAM NOS COFRES DO MUNICÍPIO!
Ou será que anda por aí, um qualquer patrocínio a confrades «amigos», do (des)governo?
ESTOU FARTO DE CONTRIBUIR, À FORÇA, PARA ESTE PEDITÓRIO!
DISTO NÃO FALA A MÚMIA!

A confraria é RICA, e os confrades são mais que muitos!

A múmia piou

A múmia piou.
Não veio falar do CAOS na justiça, na educação, no roubo à Segurança Social… NADA!
Falou do «amigo», «protegido» Coelho e da forma como se «desculpou» da exclusividade e dos «adiantamentos» da TECNOFORMA.
VERGONHOSO!
PARA QUEM TINHA DÚVIDAS SOBRE O CARÁCTER DA MÚMIA, TUDO EXPLICADO!
Não percebes cochino?

ÉS BURRO, TACANHO E BACOCO!

Só MENTIRAS

A 21 de Janeiro de 2010,  Passos Coelho (PPC) publicava o livro Mudar, editado pela Quetzal de Francisco José Viegas, (ex secretário de estado do (des)governo de PPC).
No livro, Coelho faz referência elogiosa ao seu mentor político – Cavaco.
Mas diz mais o Coelho.
Diz, por exemplo, que a crise global não é devida ao falhanço do modelo de economia de mercado e de Estado regulador, enunciando o “escritor”, em campanha na altura, o que segundo ele urgia fazer: o que efectivamente está a levar a cabo, da prioritária redução do défice (embora no livro negando-se aos impostos entretanto barbaramente aplicados via IVA e IRS, pois não! ESCONDE Coelho o que não interessa), à reavaliação das grandes obras públicas encetadas pelo PS, passando pela privatização da ANA, pela reforma da Justiça, pelos planos de co-financiamento da Educação com os cidadãos e, enfim, pela reponderação do Serviço Nacional de Saúde, na lógica de um Estado com renovadas funções: «(…) Se temos de gastar mais na saúde isso deve implicar gastar menos na educação; se gastarmos mais na educação, isso deve ter a contrapartida de gastarmos menos nos apoios sociais (…)»
ESTÁ ESCRITO DESTA FORMA!
CLARO E TRANSPARENTE!
E, ESPANTO DOS ESPANTOS, LEIA-SE A PÁGINA 65 do «livrinho» do PPC.
Aqui está:

MAS QUEM PODE DIZER QUE TUDO FOI EXPLICADO?
AS ALDRABICES SÃO CADA VEZ MAIS E DE MAIOR TAMANHO!
AS RELAÇÕES COM ANGOLA… COMEÇARAM A DAR FRUTOS!

UMA PISTA PARA A ALPISTA DOS CANÁRIOS!

A exclusividade

Coelho diz que permitir o levantamento do segredo bancário, para esclarecer muito do que ainda está no segredo dos «infernos», é algo que não está disposto a fazer, dado que não está disposto a fazer o “striptease” das suas contas bancárias por se tratar, nas palavras do primeiro-ministro, “de um direito fundamental à reserva pessoal”.
Pergunta: os requerentes do abono de família, dos complementos de solidariedade(?) e de outras esmolas também são abrangidos por este direito fundamental? Não? Porquê?
QUE BOM QUE É HAVER SIGILO BANCÁRIO!
QUEM NÃO DEVE, NÃO TEME!

Lola Benvenutti vende “exclusividade e não um corpo“.
parece estar em excelente tecnoforma.
Já no próprio (des)governo há quem trabalhe em exclusividade.
E, não é só de agora…
São os que praticam a “bi-exclusividade”: estou a lembrar-me da velha e sabidona matrona CDS (depois do “lifting” portiano, passou a cognominar-se, mui juvenilmente, de PP) que, desde que a metam no quentinho da alcofa, tanto se lhe dá ir com A como ir com B. Mas, lá está, já lá dizia o sapientíssimo Vinicius que o amor é eterno enquanto dura e a Dona PP sabe o exacto prazo de validade do seu irrevogável e fidelíssimo amor: cinco anos. Não me espantaria nada que, tendo o Coelho descurado a sua (Tecno)forma, o putativo dono do poleiro que se segue, o Costa do Castelo, ouça, brevemente, no seu ouvido um mavioso “O cavalheiro dança?”
E o tango vai prolongar-se por muitos e PÉSSIMOS anos.

POBRE PAÍS!

Uma linguagem IMPRÓPRIA


Coelho, que foi «guindado» a 1.º ministro, há muito que na linguagem que utiliza, mostra a pouca formação formal, informal e não-formal que possui, e não só, que cultiva.
Freud explica, convenientemente, tal linguagem digna de uma qualquer escola retórica, da pior espécie humana.
Linguagem como «salsicha educativa», «striptease das contas bancárias» para «deleite dos acusadores» … é algo próprio de alguém que vive do expediente dos becos de má fama.

Mas, quem escolhe um líder destes, que utiliza tal linguagem, só merece o que tem e ... igual entre pares! 

RICO REMEDEIO


Passos Coelho, um homem tão remediado, mas tão remediado, que ainda há uma semana não se lembrava se tinha ou não recebido dinheiro da Tecnoforma/CPPC.
QUE ESTRANHO REMEDEIO!
MAS AINDA PIOR.
O REMEDEIO DESTE COELHO É GANHAR (?) 70 MIL EUROS/ANO?
SABE O COELHO QUANTOS MILHÕES DE PORTUGUESES NÃO GANHAM NUMA VIDA DURA DE TRABALHO, AQUILO QUE O PUTATIVO LIMPA POR ANO?

HAJA RESPEITO E HUMILDADE!

ARROTA PELINTRA


E assim se enganam tolos, acéfalos e brutinhos.
ATENÇÃO: Há carteiristas a bordo!

MAIS UM ROUBO


Vieram com a tanga do aumento do salário mínimo, conseguido com o sangue, suor e lágrimas dos trabalhadores, pois serão eles que o vão PAGAR!
Salário mínimo CONSEGUIDO pela «BENESSE» dada aos patrões com a redução da taxa social única.
Agora, vem-se a saber que para compensar esta «baixa» nada melhor que ROUBAR, mais uma vez os trabalhadores: «CORTE NO ABONO»!

ESTA CORJA É PIOR QUE UM ESTADO DE SÍTIO!
LADRÕES E GATUNOS ATÉ DIZER BASTA!
E, ainda gastam milhões em estudos sobre a natalidade
Milhões pagos pelos tristes dos contribuintes a um Azevedo da seita!
TODA A GENTE SABE COMO RESOLVER O PROBLEMA DA NATALIDADE: AUMENTO DA QUALIDADE DE VIDA E DO BEM ESTAR SOCIAL DA POPULAÇÃO.
Ouviste Azevedo?
Vai tocar tangos para a tua rua, aqui já cheiras mal.
TU E A CORJA!
QUEREM ENGANAR, VÃO ENGANAR ACÉFALOS E BRUTINHOS QUE VOS BAJULAM!
ESTUDO DA TRAMPA!

sexta-feira, setembro 26, 2014

Assombramento…


 
Como diriam os nossos vizinhos espanhóis… «não acredito em bruxas, mas que as há, há!».
A «estória» conta-se em poucas palavras, mas teve muitos e frutuosos rendimentos para uns quantos.
Estava-se em 2005 – ano de eleições autárquicas!
Jorge Leão, empresário de pouca monta na pequena vila de Celorico da Beira, surge na crista das obras do «rejuvenescido» município da Guarda.
Cada presidente … tem o «seu» empreiteiro de estimação!
Tipo «cartão de visita», de andar sempre no bolso pequeno, dos casacos.
Serve de adorno e, muito útil em apresentações ou na falta delas! 
Leão adquire um espaço na zona do Torreão (rima e é verdade!), em pleno centro histórico da Guarda.
E, decide apresentar uma proposta, nos serviços de urbanismo da câmara da Guarda, para construção de uma vivenda.
Projecto entregue, projecto APROVADO!
TINHA DE SER!
Na altura, houve queixa para o IPAR e tudo o que fosse «autoridade» para cancelar a obra.
NADA NEM NINGUÉM LIGOU ÀS QUEIXAS APRESENTADAS!
CONTRUIU-SE, E TUDO NA PAZ DOS ANJOS!
BARDAMERDA E CALADINHOS!
O IPAR chegou mesmo a afirmar que os materiais da construção da vivenda respeitavam os materiais da região…
ACÉFALOS!
Se o problema fossem os materiais!
O problema ESTAVA, E ESTÁ, na construção da vivenda em pleno Centro Histórico e … EM CIMA DA MURALHA!
ROUBANDO ESPAÇO, QUE ERA PÚBLICO, E ONDE OS GUARDENSES PODIAM DISFRUTAR DA PAISAGEM, E DA SUA MURALHA.
A MURALHA NÃO PODIA EM CASO ALGUM SERVIR DE MURO À VIVENDA!
MAS SERVIU E SERVE!
E, A CONSTRUÇÃO CONTRA TUDO E TODOS REALIZOU-SE!
COM DIREITO A PISCINA E TUDO!
UM ABUSO DO PODER, DE TODO O TIPO DE PODER!
Mas que as há…
Algum tempo depois, a empresa do Leão não foi suficientemente valente e … foi ao charco!
Pior para os trabalhadores … 150 para o desemprego!
Com a falência da ARL, a dita empresa de Leão, sucedem-se as hipotecas…
E, numa delas surge a vivenda do Centro Histórico.
É uma das casas mais caras da Guarda, mas já foi vendida.
Após várias tentativas, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) conseguiu «livrar-se» da vivenda.
Dizem que custou ao novo proprietário, dono de uma óptica na cidade, a módica quantia de um milhão de euros!
Óculos precisam-se a bom preço!
Mas a grave crise financeira e imobiliária que o país vive tem gorado todas as hipóteses de venda de muitos dos imóveis que o banco público Caixa Geral de Depósitos, como principal credor da construtora, detém como credora de empréstimos superiores a 8 milhões de euros.
Para já, a dita vivenda continua, ilegitimamente, em local que não lhe devia pertencer.
Até quando?
Pois…

Vai uma viagem? Com «segurança»!


José Albano o presidente da distrital do Partido Socialista, da Guarda, reiterou o seu apoio a António José Seguro!
Até aqui tudo dentro do que é «normal», sendo que Albano é incondicional apoiante do António, o Seguro!
Mas, para o caso das «coisas» não correrem bem, isto é, o seu «apoiado» não ganhar, vai de lembrar que quando António Costa foi eleito, pela primeira vez, presidente da Câmara de Lisboa contou com o apoio de «nove autocarros de Celorico da Beira».
Entendes COCHINO?
Já agora quem pagou tal romaria à senhora do Coito?
Pois…
Já lá vai o tempo das «idas» aos santuários a … pão e água… agora, bem regadas com vinho e acompanhadas de sandes de porco e de porca…
Segura-te, antes que a carroça tombe, e lá se vai a «tachada»!

E o seguinte é.....


Depois de tantos e tantos a saírem do poder e, de imediato, a passarem-se para o mundo empresarial que já NADA ESPANTA que outro, e outro, SIGAM AS PISADAS...
FARTAR VILANAGEM... ACABA-SE UM, HÁ LOGO OUTRO A SEGUIR!
BARBA OU CABELO?

Um soba «livre»!


Da esquerda para a direita Tolentino Nobrega (jornalista Público); Michael Blandy (CEO Grupo Blandy proprietário do DN Madeira);  (Lilia Bernardes, jornalista DN Nacional); José Câmara (administrador Grupo Blandy) e Ricardo Miguel Oliveira (director do DN Madeira).

Eis o nível a que chegou o jornal do PSD Madeira: ou dá para rir ou para  processá-lo por“crime de injúria”.

Como pode uma «Alta Autoridade» para a comunicação social, uma Procuradoria-Geral da República, um Provedor da Justiça, um tribunal ou uma polícia ficarem cegos, surdos e mudos perante tais ofensas?
SÓ NUM PAÍS ONDE A DEMOCRACIA É UMA PALHAÇADA!

A ratoeira vai ficar vazia


Dizem que hoje, Coelho irá responder às perguntas dos deputados da Assembleia da República (AR), sobre o famoso caso Tecnoforma.
Até pode responder…
Mas, as respostas já estão «engatilhadas» para que o Coelho tenha, mais uma vez, a exemplo de outros pares e ímpares, saída em ombros da «faena»!
As respostas são simples…
Coelho vai dizer que «sim senhor, recebeu da Tecnoforma uns míseros «trocos», poucos, mas tudo em senhas para comer na cantina universitária, em ceroulas, fio dental para as amigas da 24 de Junho, preservativos, senhas de metro e autocarro e compras na loja do chinês no Intendente.
E, «voilá» NENHUM destes «mimos» é causa de crime, nem obrigação de serem declarados às Finanças…
Assim, se escapuliu um Coelho à ratoeira …
Sobre o que fazia Coelho na Tecnoforma, a coisa é fácil de responder… se o «senhor» quiser responder, claro!
Coelho assessorava um tal de Miguel Relvas…
Relvas assessorava um tal de Coelho…
Marques Mendes (M&M) assessorava os dois e ainda o Ângelo Correia…
Todos «abriam» portas (do Portinhas, eheheh!) e SEGURAVAM-NAS para passarem as maquias… que depois serviam para as «tosquias»!
FARTAR VILANAGEM…
A POLÍCIA, A JUSTIÇA O MINISTÉRIO PÚBLICO ESCONDEM E ESCONDEM-SE …
TRISTE, POBRE E ATRASADO PAÍS…
NOTA FINAL: A Tecnoforma, que está a ser investigada(??), depois de ter IDO À FALÊNCIA, vai dar uma conferência de imprensa, no mesmo dia, das explicações do Coelho n AR!
Se a empresa está falida quem, juridicamente, pode assumir o quer que seja em nome da Tecnoforma?
O CÃO DE GUARDA?
SÓ PODE!

Coleiras e mais coleiras para cães e cadelas

Prémios, condecorações e ofertas na Assembleia da República (AR) somam um milhão e meio de euros em cinco anos!
ARROTA PELINTRA!
Entre 2004 e 2010 a Assembleia da República gastou um total de 1 512 026,00 € em “prémios, condecorações e ofertas”. 
Os valores de 2014 são superiores aos de 2013.
Estarmos em crise não é sinónimo de cortar em tudo o que podemos. 
Há coisas, como “prémios, condecorações e ofertas” que prevalecem. 
Nos últimos cinco anos, foram mais de um milhão e meio de euros para este tipo de coisas. Ninguém sabe quem são as pessoas condecoradas ou que tipo de ofertas, porque o Orçamento da Assembleia da República não o indica.
Ainda assim, os números oficiais, retirados da própria página da Assembleia da República são os seguintes:
2014: Prémios, condecorações e ofertas 83.316,00
2013: Prémios, condecorações e ofertas 81.710,00
2012: Prémios, condecorações e ofertas 102.910,00
2011: Prémios, condecorações e ofertas 155.740,00
2010: Prémios, condecorações e ofertas 473.948,00
2009: Prémios, condecorações e ofertas 614.402,00
Total: 15 12026,00€
O cidadão está a pagar condecorações, não se sabe bem a quem, sem uma lista das pessoas condecoradas acessível ao público.
Este ano, mesmo em crise, a Assembleia da República vai gastar mais cinco milhões de euros segundo o orçamento para 2014.
Eis alguns exemplos do que continua a aumentar:

Despesas de funcionamento: 
No Orçamento da AR de 2013 as despesas de funcionamento eram de 66 616 233,00. 
Mas no Orçamento da AR de 2014 este valor aumentou para 71 899 829,00. 
Na prática, são mais 2 milhões para as “Despesas com pessoal”. Na parte “Outras despesas de segurança social” o valor aumentou também de 2 548 345 para 4 313 434 euros.
O dinheiro que fica de parte: A “Dotação Provisional”, ou o dinheiro que é colocado de parte com para algum gasto não previsto ou uma emergência, em plena época de crise aumenta quase dois milhões de euros: de 3 milhões, em 2013, para quase 5 milhões em 2014.
Despesa de capital: Passa e 3 874 390 para 4 913 886 valor que é atribuído a manutenção do edifício. 
Muitos Portugueses não terão este valor para gastar em vida, mas a Assembleia decide investir 466 mil euros em informática e 705 mil euros para software.
Não é só a câmara da Guarda a não ter opensource.
Claro, é preciso encher os bolsos a certos amigos... do software!
LÁ, COMO CÁ!

quinta-feira, setembro 25, 2014

À SOLTA


Doze jihadistas de origem portuguesa, e com passaporte nacional, estão identificados como membros das brigadas de vários grupos terroristas – Estado Islâmico (EI), Ahnaral-Sham e a Frente al-Nusra.
PROCURAM-SE COM OU SEM DESCULPAS!
AVISA-SE A POPULAÇÃO QUE É GENTE MUITO PERIGOSA!
FECHEM AS PORTAS, JANELAS E TRANQUEM AS SALGADEIRAS!

É FARTAR VILANAGEM


Fraude Director do IEFP embolsou 500 mil euros com fraude
O esquema passava por aprovar a atribuição de subsídios para um programa desenvolvido pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e fingir que eram criados postos de trabalho. Enquanto isto acontecia, o director de serviço e técnico superior do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) em Penafiel, José Alberto Teixeira de Matos, punha dinheiro ao bolso. No total, a fraude valeu 4,5 milhões de euros, informa o Jornal de Notícias.

O director de serviço e técnico superior do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), José Alberto Teixeira de Matos, está a ser acusado de ter recebido mais de 500 mil euros para aprovar a atribuição de subsídios, através do programa Iniciativas Locais de Emprego (ILE).

O anúncio HIPÓCRITA


Salário mínimo sobe para 505 euros já em Outubro
O salário mínimo vai subir para 505 euros.
Este aumento de 17,8 euros (depois dos descontos) terá efeitos a partir de Outubro.
Uns deitarão foguetes, apanharão as canas e irão às televisões do REGIME vangloriarem-se de tamanha… façanha!
Um perfeito DISPARATE!
Um engodo para burros, acéfalos e tacanhos mentais.
Para que servem 17,8 euros?
Ou seja cerca de 0,59€ por dia?
Nem para um café!
VERGONHOSO!
A isto chama-se GOZAR COM A CARA dos portugueses.
Mas se o valor em si é a TRAMPA que é, que dizer da forma ardilosa como o aumento foi conseguido.
UMA PESCADINHA COM RABO NA BOCA!
Ou seja, paga o trabalhador o próprio aumento.
Em troca do aumento do salário em 17,8 euros, os descontos das empresas para a Segurança Social vão descer em 0,75 pontos percentuais, mas só para os contractos já existentes. No entanto, esta redução apenas deve abranger os trabalhadores que recebem a remuneração mínima (485 euros) e que obrigatoriamente serão aumentados para 505 euros quando o novo montante estiver em vigor.
Esta gente deve pensar que TODOS são acéfalos, brutos e estúpidos para se deixarem embalar por cantigas do BANDIDO!

Não bastava já termos, em muitos casos, de pagar e, pagar bem, para trabalhar, só nos faltava uma corja hipócrita, asinina e necrófaga tentar enganar o Zé.
HAJA RESPEITO PELA INTELIGÊNCIA DOS QUE TÊM MAIS DE UM NEURÓNIO!

Leituras

Não me parece que o mundo empresarial, pelo menos a curto prazo, esteja muito preocupado com ter falta de mão-de-obra.
Em primeiro lugar, tem havido um programa substancial de produção offshore nos últimos 30 anos. Não só de trabalho manual mas também de análise de dados.
Pelo mundo fora há muita mão-de-obra barata.
Há pouco tempo, a IBM anunciou incentivos para tentar levar o seu pessoal, norte-americano, a mudar-se para a Índia, onde poderiam viver com salários mais reduzidos.
Mas as elites partem do princípio de que poderão manter uma mão-de-obra suficientemente vasta como uma parte menor da população, aquilo que Marx chamava de exército industrial de reserva.
Pois é, depois ainda dizem que o filósofo está desactualizado.
Querem é que se esqueça a importância ACTUAL DA SUA TEORIA!
Mas, importa relacionar tudo isto, com a opinião que tais elites pensam sobre a educação pública.
Os desenvolvimentos que têm ocorrido fazem TODOS parte de um grande esforço para MINAR a educação pública por completo, basicamente para a privatizar, o que seria uma grande benesse para o poder privado.
O poder privado NÃO GOSTA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA, por vários motivos.
Um é o princípio no qual se baseia a educação pública, que é ameaçador para o poder.
A EDUCAÇÃO PÚBLICA BASEIA-SE NUM PRINCÍPIO DA SOLIDARIEDADE.
Um verdadeiro cidadão deve SENTIR QUE DEVE PAGAR para que TODAS as crianças possam ir à escola.
A APRENDIZAGEM FORMAL É UM INVESTIMENTO DE UM POVO.
Tudo isto, é contrário à doutrina de que devemos simplesmente cuidar de nós mesmos e deixar que todos os outros se DANEM, um princípio básico das regras empresariais.
A educação pública é uma ameaça a esse sistema de crenças porque pressupõe um sentido de solidariedade, de comunidade, de apoio mútuo.
O mesmo se aplica à Segurança Social, ao Serviço Nacional de Saúde e outros serviços que DEVEM caber no que se designa por SOLIDARIEDADE.
Existe um esforço ardente para DESTRUIR a Segurança Social, ainda que não existam justificações económicas para o fazer, pelo menos que sejam justificativas.
MAS A GULA DAS SEGURADORAS É INCOMENSURÁVEL. E, a essa gula não resistem partidos de direita e os pseudo socialistas.
Mas a Educação Pública e a Segurança Social são resíduos de uma concepção perigosa de que estamos todos no mesmo barco e que temos de colaborar para criar melhores condições de vida e um futuro melhor.
Quando se está a tentar maximizar os lucros ou o consumo, a colaboração passa a ideia errada. Tem de ser escorraçada das mentes das pessoas.
A SOLIDARIEDADE dificulta o controlo das pessoas e impede-as de serem objectos passivos do poder privado.
Por isso, é preciso ter um sistema de propaganda que anule quaisquer desvios ao princípio da subjugação aos sistemas de poder.
IMPORTA ter consciência que há grandes esforços para substituir as escolas públicas por sistemas semiprivados (vide o caso da PARQUE ESCOLAR, da «festa» da «dona Lurdinhas», ministra de Sócrates e do Partido Socialista, e continuada por [C]rato, Coelho & Portinhas!), que continuariam (continuam!) a ser sustentados pelo público mas seriam geridos de forma mais ou menos privada, como é o caso das escolas subvencionadas.
Não há quaisquer provas que sejam melhores.
Tanto quanto se sabe, SÃO ATÉ PIORES EM TODOS OS ASPECTOS!
Mas, esta privatização das escolas MINA a solidariedade e o apoio mútuo – ideias perigosas que prejudicam o poder concentrado.


Bibliografia:

- CHOMSKY, Noam, MUDAR O MUNDO. Lisboa, Bertrand Editora, 2014.

quarta-feira, setembro 24, 2014

Como se fabrica um «acordo»

Nos tempos em que os reis mandavam, numa noite escura, à entrada de dezembro, o rei veio à varanda do seu iluminado palácio e reparou que a cidade estava escura como breu.
Chamou o seu primeiro-ministro e ordenou-lhe:
- Antes do natal quero ver a cidade toda iluminada. Toma lá 500 cruzados e trata já de resolver o problema.
O primeiro-ministro chamou o presidente da câmara e ordenou-lhe:
- O nosso rei quer a cidade toda iluminada ainda antes do natal. Toma lá 250 cruzados e trata imediatamente de resolver o problema.
O presidente da câmara chama o chefe da polícia e diz-lhe:
- O nosso rei ordenou que puséssemos a cidade toda iluminada para o natal.
Toma lá 100 cruzados e trata imediatamente de resolver o problema.
O chefe da polícia emite um edital a dizer:
“Por ordem do rei em todas as ruas e em todas as casas deve imediatamente ser colocada iluminação de natal.  Quem não cumprir esta ordem será enforcado”.
Uns dias depois o rei veio à varanda e, ao ver a cidade profusamente iluminada, exclamou:
- Que lindo! Abençoado dinheiro que gastei. Valeu a pena.

… E foi assim que Portugal começou a funcionar …

Um vírus no sistema

Já TODOS perceberam que a revista «Sábado» ERROU, por omissão ou por dolo, no que diz respeito a Passos Coelho ter recebido 50 mil euros mensais da empresa Tecnoforma. 
Bastava que a revista tivesse consultado os serviços do Parlamento e… saberia que COELHO ENTRE 1995 e 1999 NÃO TINHA QUALQUER REGIME DE EXCLUSIVIDADE COMO DEPUTADO.
SÓ QUE AGORA O BICO DO PREGO VIROU-SE …
NÃO TENDO REGIME DE EXCLUSIVIDADE, COELHO SOLICITOU A ALMEIDA SANTOS, À ÉPOCA PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA, O SUBSÍDIO DE REINTEGRAÇÃO, RESERVADO A DEPUTADOS EM EXCLUSIVIDADE.
MAS COELHO NÃO ESTAVA EM EXCLUSIVIDADE!
Vai daí, Almeida Santos – mãos largas com o que não lhe pertence – entregou a Coelho a quantia de 60 mil euros!
SEM MAIS NEM MENOS!
UM BODO!
Na «cartinha» que Coelho escreveu a Almeida Santos, o deputado referia que «apenas» tinha recebido entre 1991 e 1999, além do seu ordenado como deputado, cerca de 25 mil euros de colaborações com alguns órgãos de comunicação social, actividade que, de acordo com a Comissão de Ética, não é incompatível com o regime de exclusividade.
EXCLUSIVIDADE? MAS QUE EXCLUSIVIDADE?
Se só entre 1991 e 1995 é que «foi exclusivo»?
De acordo com o jornal o “Público”, metade desses 60 mil euros respeitava ao primeiro mandato de Passos Coelho (1991-95), relativamente ao qual a lei então em vigor concedia a todos os deputados, em exclusividade ou não, o direito ao subsídio de reintegração. Uma alteração à lei aprovada em 1995, fez com que, a partir daí, tal subsídio de reintegração ficasse reservado aos eleitos em exclusividade.
Ora, segundo o gabinete do secretário-geral da Assembleia da República veio esclarecer, Passos Coelho não teve qualquer regime de exclusividade enquanto exerceu funções de deputado entre Novembro de 1995 e de 1999.
Como podia Coelho ter solicitado e RECEBIDO tal maquia?
Já agora, as Finanças saberão dizer, se Coelho declarou TODAS AS VERBAS RECEBIDAS? Incluindo as da Tecnoforma?

SERIA EXEMPLAR… A EXPLICAÇÃO!
E já agora, ficou-se a saber que a declaração de rendimentos que Pedro Passos Coelho estava obrigado a entregar no Tribunal Constitucional após terminar o mandato como deputado, em 1999, não consta do arquivo da 4.ª secção daquele órgão de soberania, confirmou a agência Lusa.  
Após 1995, data a partir da qual as declarações podem ser consultadas nos termos legais, o actual primeiro-ministro entregou uma declaração de rendimentos em Dezembro desse ano, e mais três, em Abril de 2010, 2011 e 2014. 
A lei determina que, no prazo de 60 dias contando da cessação de funções que tiverem determinado a apresentação da declaração anterior, os titulares de cargos políticos devem entregar uma actualização.
QUAL A RAZÃO PELA QUAL NÃO FOI OBRIGADO A APRESENTÁ-LA?
No entanto, no arquivo da 4.ª secção do TC, não existe uma declaração final, que deveria ter sido entregue no máximo 60 dias após o fim do segundo mandato de Pedro Passos Coelho, iniciado em 1995 e que terminou a 23 de Outubro de 1999.
Na declaração entregue em Dezembro de 1995, em que indica como profissão principal estudante, não existe qualquer referência a rendimentos, apesar de Pedro Passos Coelho ter exercido o mandato de deputado, que é remunerado, desde o início da legislatura, 26 de Outubro de 1991. 
Segundo a declaração, Passos Coelho não exerceu, pelo menos nos dois anos anteriores (prazo para a menção obrigatória destes dados) quaisquer cargos sociais em sociedades comerciais ou civis, nem qualquer actividade profissional. 
Nos arquivos da 4.ª secção do Tribunal Constitucional existem mais três declarações posteriores a 1995, uma entregue em Abril de 2010, na qual Passos Coelho indica como profissão principal gestor de empresas e rendimentos de trabalho dependente de 96.391,18 euros e as datas de início e termo dos cargos que exerceu em oito empresas e aos quais renunciou em simultâneo a 29 de Março de 2010.
Fomentinvest SGPS, Fomentinvest CGP, SA, Fomentinvest Ambiente, Tejo Ambiente, Ribtejo, SA, HLC Tejo, SA, Lusofuel, SA e MCO2 foram as empresas indicadas, nas quais Pedro Passos Coelho exerceu cargos de administrador, entre Março de 2006 e 2010. 
Duas declarações subsequentes foram entregues em 2011 e em Abril de 2014. Na primeira, Passos Coelho indica as funções que exerceu como presidente do PSD, desde Abril de 2010, com rendimentos de trabalho dependente de 119.728,97 euros.  
Na actualização de Abril de 2014, mantém-se a referência ao cargo de presidente do PSD, com rendimento de trabalho dependente de 92.498,35 euros.
Querem acreditar numa coisa?
TUDO ISTO VAI PARAR AO LIXO!
As condenações exemplares são para enganar TOLOS E ACÉFALOS!
BARDAMERDA E CALADINHOS!
Há muita coisa em jogo... na bisca lambida!