segunda-feira, março 31, 2014

Saídas há muitas e para TODOS os gostos


Ultimamente não se fala doutra coisa, nas bancas da peixarada, que não seja a saída.
Ele é a saída limpa; a saída suja ou a saída mais assim, menos assim....
Desde Cavaco, passando pelo Coelho, Seguro e Portas tudo fala de «saídas»!!!
Evacuar?
Será?
Problemas de obstipação? 
Umas ervas bem verdes ou um clister de azeite bem quente dizem que resolve o problema!!!
Portas a propósito, ou talvez não, veio com uma saída à «maneira»!!!
A Zsa Zsa Gabor, Portas, veio dizer que «a saída será sempre limpa», por que faz sempre a «duchinha»!!!
Se ele o diz.......
A pescada do alto agradece!!! 

Investigação «inteligente»

Dizem os «inteligentes» que os tipos da GPS andam a ser investigados....por corrupção!!!
DE QUÊ??
CORRUPÇÃO!!!
Esperem lá. 
Quem lhes deu os milhões??
Sócrates e Coelho e...
Investigação por corrupção???
Há aqui alguém que se enganou .... 
....ou será que vai prescrever, com medalhão ao pescoço no dia da raça??
SÓ PODE!!!

Gostei de ler



Brincar aos riquinhos para brincar aos pobrezinhos

Assunção Esteves é uma personagem no sentido plano e caricatural do termo.
Nos romances, as Assunções surgem nos capítulos secundários para dar um colorido sociológico ou histórico ao cenário onde a personagem principal actua.
Ora, a nossa Assunção Esteves representa o colorido cómico de um certo Portugal, o Portugal da comédia snob, do nariz empinado por questões de nascimento. Sim, é o Portugal que brinca aos pobrezinhos, mas também é o Portugal que quer brincar aos riquinhos. Assunção Esteves encaixa na segunda espécie. Julgo que aqueles que brincam aos pobrezinhos tem uma palavra gira para descrever esta segunda categoria: possidónios. Palavra giríssima, sei lá.  
Como é evidentíssimo, a filha de um pobrezinho não pode chegar ao topo, é contranatura.
Apesar da origem humilde, Assunção Esteves aceitou o ethos pseudo-aristocrático da "Lesboa" que se repete em todas as povoações portuguesas com mais de, vá, 10 habitantes.
E a mutação não se ficou por aqui.
Segundo uma peça da Sábado, a Presidenta tem aquela obsessão típica pelo luxo. Ele é roupa de alta costura, ele é carteiras que custam 10% da sua reforma (valor da pensão: 7200 euros por 10 anos de trabalho), ele é um corrupio de assessores que trata como escravos coloniais, ele é gastos sumptuários: assim que chegou à Presidência da Assembleia, Assunção Esteves mudou a casa de banho do seu gabinete para não usar a mesma retrete do antecessor. Que magno problema viu Assunção Esteves no bumbum de Jaime Gama? 
Os regimes mudam, mas este Portugal não morre.
A comédia social parece que tem o dom da imortalidade.
Tal como em 1950, ainda temos fidalgos a viver em bolhas sem qualquer contacto com a realidade.
E, tal como em 1950, ainda temos fidalgos wannabe (gíria da língua inglesa, junção dos verbos "want" e "to be". É um termo pejorativo que se refere a pessoas que querem ser alguém ou algo que não são.), que querem à força brincar aos riquinhos para depois brincarem aos pobrezinhos. País giríssimo, sei lá. 

P.S.: Esta tem vergonha da profissão do pai. Outros há, que não tendo pai alfaiate, também lhes custa reconhecer a origem humilde. Outros ainda recusam-se a aceitar a profissão dos maridos e vai de os armar com antenas parabólicas, bem recheadas!!!!
Há de tudo, com ou sem armação!!!

A piada mais engraçada do mundo....

....ou como um coelho «chegou» a primeiro ministro, um portas a «bixe» e um cavaco a presidente.....

IV Reich

"Nós somos os únicos que cumprem horários. Somos os únicos que começam a trabalhar às nove em vez de às onze" […]. 
"Todos se riem dos alemães e dos austríacos, dos portugueses aos [europeus] do Leste, dos suecos aos sicilianos, não se pode levá-los a sério, porque eles têm todos só um metro e sessenta", afirmou Andreas Mölzer, eurodeputado austríaco. 
Estas palavras foram proferidas num comício do FPÖ em Viena no mês passado, mas só foram publicadas esta semana pela revista do jornal alemão Süddeutsche Zeitung.
A isto chama-se APOLOGIA DA RAÇA ARIANA, SEUS COBARDES!!!
A Europa vai a caminho de se tornar "o caos total".
Quem disse tal BARBARIDADE??
Os austríacos e alemães!!!
Como pode um coelho ser tão submisso a tais ditadores e MENTIROSOS NAZIS???

Pois é.....A SEITA!!!!

Futuro hipotecado....


A irritação (in)conveniente


Fútil


domingo, março 30, 2014

Com ou sem portagens.....

Olha-me para este......


Oh!! Durão, cherne de aquicultura, falso, de plástico com cheiro a resina, cada vez mais igual à porcaria que dejectas pela cloaca!!!
O «cherne» a usar as técnicas do «maoísmo» no que à «estratégia do palavreado barato e falso» diz respeito.
MANIPULAÇÃO DAS MASSAS!!!
Cherne vai para a Patagónia pentear pinguins!!!
Aqui já cheiras MAL!!!
Nem para servires um café ao Bush já serves!!!
Na história da Europa vais ficar com o cognome de EMPLASTRO DA MERDA!!!
Presidente da república portuguesa o «cherne»!!!
Eu EMIGRAVA, PARA SEMPRE!!!
Nem que fosse para a Conchichina!!!


Ensino Superior só para alguns!!!


Já houve tempos que muitas instituições esperavam sentados, pela época dos saldos, ou seja as vagas sobrantes eram «dadas» aos alunos com mais de 30 anos.
Desta forma, ganhavam os acéfalos dos directores bom dinheiro à pala de tais estudantes que pagavam, a bem pagar, os despesismos que se faziam pelas academias!!!
TUDO A BEM DA BOLSA DE ALGUNS, BEM IDENTIFICADOS!!!
Mas que, nem polícia nem ninguém queria saber dos dinheiros que eram desviados e entregues, de mão beijada, à escumalha que se vergava perante a submissão aos princípios «jurados» em papel molhado.
Que importava tal procedimento, se a vida era bela.....e o dinheiro era amontoado em baldes para depois ser depositado nos offshores das quintinhas?
Ganhas tu, Ganho eu, e TUDO na santa paz dos confrades da irmandade.
Agora, até os alunos com mais de 30 anos deixaram de se candidatar....
Razões mais que conhecidas.....
Um dia a casa começou a vir abaixo.....falta pouco, muito pouco, para ir TUDO ao charco...
Esperar pela pancada!!!

As vigarices da corja

Nas campanhas eleitorais tudo, mas tudo se promete e TUDO, MAS TUDO SE DÁ!!!
Noutros tempos ofereciam-se canetas, aventais, bonés e chupas pró menino e para a menina!!!
Depois veio a moda dos electrodomésticos.....
Saia um frigorífico para a Dona Estefânia da rua dos prazeres!!!
Saia um fogão para o «sacristão» da paróquia, pois então!!!
Agora, anunciam-se sorteios de um «audi» para portugueses falidos...não há pão, na mesa, mas há um «audi» à porta....olha que bem, mesmo em frente à «barraca»!!!
Agora, uma câmara municipal, a de Caminha, abrir inquéritos pela oferta de porcos....não lembra nem ao santo António em época de casamentos....
Se a moda pega, lá se vão muitos porcos e porcas no espeto ou sem espeto, abrir inquéritos para os fecharem logo de seguido....já fedam.....

 

Uma crista da onda, falhada


O Cavaco escavacou a pesca, com os fundos comunitários!!!
A Cristas perde 3,5 milhões de fundos....para a pesca!!!
Diz a «corja» que as regras não eram claras!!!
Claro que não, em águas profundas os peixes são cegos!!!

Mais um bem na vida......

Tens razão Monte ....NEGRO!!!
Há alguns, os da «casta da raça» a viverem BEM....
Para «eles», eunucos, a vida nunca esteve tão bem....
Ao longo destes 40 anos de democracia quantos como este se foram alcandorando nos cumes da «vida fácil»??
Seria interessante alguém fazer esse estudo....
Este, um exemplo de sucesso, do tal «empreendedorismo» do Relvas & C.ª!!!
É FARTAR VILANAGEM!!!! 




Os que estão bem ......


É por esta e por outras que um Cavaco «não quer» que nas próximas eleições europeias se discutam coisas de «amendoins»!!!
Um Catroga ganhar 490 mil euros, que importa isso???
O «vencimento» do Catroga chegava para pagar 1010 ordenados mínimos portugueses!!!
O «vencimento» do Catroga dava para pagar 1889 pensões de velhice e sobrevivência!!!
O «vencimento» do Braga de Macedo pagava 105 ordenados mínimos!!
E, dos outros é só fazer contas.....
Esta é a «casta da raça» que nada faz e enche os bolsos à nossa custa!!
Esta é a «casta da raça» que estão bem.....os tais que têm sempre uma almofada para dormirem o sono das sanguessugas!!!
Esta é a «casta da raça» que aconteça o que acontecer estarão sempre bem, dentro do arco do roubo, da pilhagem e da hipocrisia podre.
Esta é a «casta da raça» à qual milhões de portugueses deram sempre o voto, lamberam-lhes as feridas e curaram-lhes as maleitas da «sarna»!!
Percebes cochino a razão pela qual PAGAS A ELECTRICIDADE mais cara da Europa??
É A CANALHA, ESTÚPIDO!!!  

sexta-feira, março 28, 2014

O desenvolvimento humano em Portugal.....VERGONHOSO

O ministro da saúde do governo PSD+PP, Paulo Macedo, veio dizer que os portugueses consomem muitos medicamentos....
O grave da situação é que já há milhões de portugueses que já nem dinheiro têm para ir ao médico, para pagar tratamentos e ...MUITO MENOS PARA PAGAR MEDICAMENTOS!!!
PIOR É QUE HÁ SINAIS PREOCUPANTES DO AUMENTO DE DOENÇAS QUE SE JULGAVAM EXTINTAS!!!

 
 
E, se juntarmos a TUDO ISTO A FALTA DE HIGIENE QUE SE VAI VERIFICANDO EM MUITAS ESCOLAS, POR PARTE DE ALUNOS QUE CADA VEZ MAIS SURGEM COM PIOLHOS, POR AUSÊNCIA DE CONDIÇÕES DE LIMPEZA, ENTÃO A SITUAÇÂO É EXPLOSIVA!!! 
ESTAMOS BEM PIOR QUE NO SÉCULO XIX!!!
REGRESSÃO CIVILIZACIONAL!!!
 


Ponto de vista

Num programa televisivo, o actual presidente da câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, defendeu que a fixação de pessoas nos concelhos do interior do País deve assentar em dois eixos: captação de investimento privado através de mais benesses aos empresários, por um lado, e utilização dos numerus clausus para fixação de jovens estudantes e dinamização da economia local, por outro.
Ora, estas “soluções” de Álvaro Amaro para o problema do nosso despovoamento não passam de fórmulas gastas, que fracassaram em toda a linha. Basta olhar para o caso de Gouveia, onde Álvaro Amaro foi presidente durante 12 anos, para percebermos que estamos apenas perante declarações de circunstância que não conduzem a lado nenhum.
Álvaro Amaro tem a obrigação de saber que nunca vai obter aquilo que defende. Concorde-se ou não com a “solução” proposta, o problema é outro. Qualquer benesse oferecida a um empresário do interior é uma benesse a menos para um empresário do litoral. E qualquer vaga a mais no ensino superior do interior representa uma vaga a menos no ensino do litoral. Assim mesmo.
O problema do interior tem tudo a ver com o peso político relativo, ou antes com a falta dele. Existindo concelhos do litoral com mais eleitores do que todo o distrito da Guarda, pode bem dizer-se que estamos tramados.
Tudo isto é agravado pela crise. Casa onde não há pão… Recordemos que o próprio ministro da educação reconheceu que dos 159 mil alunos no ensino secundário, apenas 100 mil estavam em «condições» de se candidatar ao ensino superior, o que reduz, e muito, o pão na mesa. E desses 100 mil, apenas 41 mil se candidataram efetivamente, ficando pelo caminho, pelas mais diversas razões, os restantes 59 mil.
Mesmo que por mera hipótese se desviassem administrativamente os alunos do litoral para o interior, as condições financeiras da maioria das famílias portuguesas não lhes permitiria mantê-los por cá.
As causas para tanto despovoamento e acréscimo de crise no interior são múltiplas. Muitas delas, podem e devem ser assacadas ao xico-espertismo que infecta o empresário português, que apenas espera de um Estado fraco, as condições para explorar mão-de-obra barata, a par de subsídios e de equipamentos adaptados recorrendo ao dinheiro dos contribuintes.
Agora que o Estado está à míngua, a coisa agrava-se. Pode até a mão-de-obra escorregar para o preço da China, o problema é que o tempo dos subsídios e equipamentos de chave na mão já lá vai.
No meio de tudo isto Álvaro Amaro parece esquecer-se de que é presidente da Comissão Política Nacional dos Autarcas Social Democratas e que o seu partido, o PSD, faz parte do governo de Portugal. E que foi esse partido o grande responsável por hoje carregarmos a cruz das portagens, mecanismo que tem feito mais pelo cancro que corrói a estrutura económica e social do interior do que pimenta da Índia em focinho de cão.
Ironia do destino. No mesmo dia em que Álvaro Amaro apresentava estas ideias brilhantes, um jornal diário publicava um estudo sobre a desproporcionada dificuldade no acesso a cuidados de saúde no nordeste do país. Nessa zona, como também por cá, uma ida ao médico pode levar metade da paupérrima reforma que os cidadãos recebem. E disso, Álvaro Amaro não falou. É que isto é que é o verdadeiro despovoamento. E só há uma maneira de o evitar. Prevenir, abandonando a política de fechar tudo o que é Estado no interior, em vez de querer dar prebendas a empresários que se mudarão para Marrocos à primeira oportunidade.
A mim, o que me espanta, é que Álvaro Amaro anda por cá há tantos anos que deveria saber escolher aquilo que diz. Gandhi disse um dia que “palavra e ação juntas não andam bem”, a propósito da ideia de que a natureza trabalha continuamente, mas em silêncio. É por estas e por outras que, para Álvaro Amaro, certos momentos deveriam ser mesmo de ouro. Especialmente em frente a uma câmara de televisão.

Tenham um bom dia.

(Crónica na rádio F dia 24 de Março de 2014)

Documentário: Goldman Sachs - o banco que dirige o mundo


Goldman Sachs tornou-se um supra-poder mundial. Um banco “demasiado grande para cair”, que criou e vendeu activos tóxicos para enganar propositadamente os seus clientes e construir um império premiando dirigentes políticos que actuam ao seu favor. Um banco que manda em estados e governos, entre os quais o do nosso país.
José Luís Arnault, antigo braço direito de Durão Barroso e cujo escritório foi um dos intervenientes no processo de privatização da REN, ANA e CTTs, foi a última aquisição política portuguesa da Goldman Sachs.
Este documentário desvenda os mecanismos da Goldman Sachs para dirigir o mundo.
[fonte Inflexão]

Irritação ou Confirmação?

O governo ficou irritado com a notícia publicada por alguma imprensa, dando conta que os cortes nas pensões, reformas e salários dos funcionários públicos SERIAM DEFINITIVOS!!!
O próprio Coelho, primeiro ministro em visita a Moçambique, ficou irritado com a notícia.
A escumalha das duas três.....
Ou acha que os portugueses são todos uns totós!!!
Ou acha que os portugueses ainda vão na conversa da treta e da teta da escumalha!!!
Podem fazer a figura de parvinhos, espantalhos em ceara ceifada, que já ninguém vai na cantiga da banha da cobra.
TODOS SABEMOS QUE A PANCADA (ROUBOS) SÃO DEFINITIVOS.
Não foram eles que disseram que NUNCA MAIS se voltaria aos vencimentos de 2010??
Então, quem se espanta?
OS ESPANTALHOS TÊM UM FIM TRISTE....FOGUEIRA!!!!

E, se um dia.....

Só falta mesmo uma múmia ou um «coelho» decretarem que o corte de cabelo em Portugal, teria de ser igual ao do figurante, «corte de cabelo à jacaré»!!!


quinta-feira, março 27, 2014

Uma pérola.....

Topem-me só esta “pérola” … exemplo magnífico da nossa proverbial capacidade de humor… eh, eh, eh!
  
DIA 05 DE MARÇO DE 2014 - EM PALMELA (Ministro da Administração Interna, na inauguração do posto GNR de Palmela)
 

quarta-feira, março 26, 2014

Alguém sabe explicar?

O ministro da saúde do governo PSD+PP foi a Manteigas inaugurar um centro de saúde!!!
Até aqui TUDO parece normal.
Mais placa, menos placa, descerrada com o nome de um ministro qualquer, é «coisa» vulgar neste país!!
Desde o tempo em que um presidente descerrou uma placa num wc, já TUDO é possível!!
Manteigas como se sabe, é a santa terrinha de um Gaspar - o «gasparzinho» que deu às de vila Diogo...do governo de Coelho & Portas!!!
O que já é estranho, MUITO ESTRANHO, é que o ministro Paulo Macedo não foi «acompanhado» na inauguração pelo administrador da Unidade Local de Saúde da Guarda!!!
Sabendo-se que o centro de saúde de Manteigas pertence à Unidade Local de Saúde da Guarda, mais estranha a ausência do senhor Vasco Lino, putativo administrador da Unidade Local de Saúde da Guarda!!!
Alguém questionou a falta do administrador???
Falta de verbas para fazer deslocar o senhor Lino a Manteigas???
EHEHEHEH!!!!
Pois é.....
Perguntas inconvenientes e provocadoras....
Para acompanhar numa sala de cinema bem perto da «sua» casa!!!!
A corrida terminou, nova volta e siga a banda da marinha!!!

PUTARIA

Especialmente dedicada ao "sr ministro" Poiares (virá de poia) Maduro pelas suas "brilhantes" declarações proferidas em 05/02/2014, acerca da sustentabilidade das reformas...

PUTARIA é comparar a Reforma de um Deputado com a de uma Viúva.
PUTARIA é um Cidadão ter que descontar 35 anos para receber Reforma e aos Deputados bastarem somente 3 ou 6 anos conforme o caso e que aos membros do Governo para cobrar a Pensão Máxima só precisam do Juramento de Posse.
PUTARIA é que os Deputados sejam os únicos Trabalhadores (???) deste País que estão Isentos de 1/3 do seu salário em IRS.
PUTARIA é pôr na Administração milhares de Assessores (leia-se Amigalhaços) com Salários que desejariam os Técnicos Mais Qualificados.
PUTARIA é a enorme quantidade de Dinheiro destinado a apoiar os Partidos, aprovados pelos mesmos Políticos que vivem deles.
PUTARIA é que a um Político não se exija a mínima prova de Capacidade para exercer o Cargo (e não falamos em Intelectual ou Cultural).
PUTARIA é o custo que representa para os Contribuintes a sua Comida, Carros Oficiais, Motoristas, Viagens (sempre em 1ª Classe), Cartões de Crédito.
PUTARIA é que s. exas. tenham quase 5 meses de Férias ao Ano (48 dias no Natal, uns 17 na Semana Santa mesmo que muitos se declarem não religiosos, e uns 82 dias no Verão).
PUTARIA é s. exas. quando cessam um Cargo manterem 80% do Salário durante 18 meses.
PUTARIA é que ex-Ministros, ex-Secretários de Estado e Altos Cargos da Política quando cessam são os únicos Cidadãos deste País que podem legalmente acumular 2 Salários do Erário Público.
PUTARIA é que se utilizem os Meios de Comunicação Social para transmitir à Sociedade que os Funcionários só representam encargos para os Bolsos dos Contribuintes.
PUTARIA é ter Residência em Sintra e Cobrar Ajudas de Custo pela deslocação à Capital porque dizem viver em outra Cidade.
Esta deveria ser uma dessas correntes que não deveriam romper-se pois só nós podemos remediar TUDO ISTO.
ALÉM DISSO, SERÁ UMA PUTARIA SE NÃO REENVIAREM.
 
 

terça-feira, março 25, 2014

Um novo welcome......


O «novo» posto de turismo da Guarda foi inaugurado com pompa e circunstância pelo presidente da câmara, Álvaro Amaro.
Agora, já não se chama «posto de turismo»!!
Passa-se a chamar «Welcome Center»!!!
À «boa maneira» do ALLGARVE do «senhor dos «corninhos»!!!
Tudo a ver!!!
Desde logo pelo frontispício piroso até à designação do «posto»!!!
PAROLADA!!!
Já agora, só para os mais distraídos, na varanda que se vê na foto funcionava a Legião Portuguesa do tempo da ditadura!!!
Lembram-se??? Coincidências!!!

Um 10 de Junho...em festa!!!

 

Assim vai o «passeio»!!!!

 

Um «outro» .....demagogo!!!

 
Álvaro Amaro presidente da câmara municipal da Guarda, eleito pelo PSD, convocou os trabalhadores, para uma reunião geral.
A RGT (Reunião Geral de Trabalhadores) à boa maneira do «dito» PREC, só com uma diferença, só um é que fala e debita ordens.
O «chefe» falou mais de DUAS horas!!!
Diz a «ordem de serviço» que a reunião tinha como objectivo explicar a nova estrutura orgânica da autarquia!!!
Explicar??? Tão difícil entender tal estrutura??? Ehehehe!!!
Isso mesmo, um monólogo de DUAS horas!!!
Num monólogo explica-se ou impõe-se???
Um caçador não sabe o que é explicar, sabe MATAR!!!
Houve mesmo quem tivesse dormitado com tanto blá, blá, blá....
E, ainda falam dos discursos do Fidel, do Brejnev ou de um qualquer kim .....
Há mais do tipo por este país fora....
FALAM, FALAM MAS NÃO DIZEM NADA!!!
Dizer que a dita RGT teve lugar no Teatro Municipal da Guarda, que esgotou!!!
Já agora como justificar o encerramento dos serviços camarários, em tempo de CRISE, para se realizar a dita RGT????
TUDO A BEM DA NAÇÃO!!!!

E a festa dura, dura, dura...


O próximo a prescrever!!!
VAI UMA APOSTA???

O país está melhor? EM ROUBOS, SIM!!!




E POR FIM.....


O PAÍS ESTÁ MELHOR!!!!!
PAROLOS, PROVINCIANOS E TRAPACEIROS!!!




A CORTE NA ALDEIA

A CORTE NA ALDEIA
Cavaco, a excelsa múmia de serviço, decretou que o dia da «raça» fosse comemorado na Guarda!!
Por mim, até podia ser na Patagónia, não me revejo em tais farsas e muitos menos a participar na imposição das coleiras aos cães e cadelas do servilismo!!!
Álvaro Amaro, o AA, «trabalhou» para que o «amigo» Cavaco fizesse a «festa» na cidade da Guarda.
Quanto vai custar a vinda da «corte» à aldeia?
Nada que uns cortes salariais, nas reformas e pensões não paguem....nem que para isso o POVO morra de fome!!!
Cuidado, dia 10 de Junho a parolada vai vestir fato da gala e tomar banho, pelo menos não devem cheirar mal dos sovacos, já não se dirá o mesmo da boca, dentes podres, hálito a alho .....

segunda-feira, março 24, 2014

CIM - Conselho de Impolutos Mandantes


Para que serve um conselho Intermunicipal (CIM)?
A cambada que sempre viveu, e vive, à custa das tetas da porca da política, inventaram um «poiso» onde se albergam da chuva (crise).
No caso presente chamaram-lhe Comunidade Intermunicipal.
Para que serve?
Para dar guarida a uns quantos «donos dos ovos» que não sabendo fazer mais nada do que aldrabarem os pobres cidadãos, encontram nestes «poisos» o melhor dos confortos para manterem o status e angariarem algum pecúlio.
Depois de «cozinhados» os nomes que deviam presidir  à
Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM),
com Mário Jorge Branquinho a presidir à mesa da Assembleia Intermunicipal, enquanto Amaral Veiga (Trancoso) e José Armando Serra dos Reis (Covilhã) foram , respectivamente,  «nomeados» vice-presidente e secretário daquele órgão. Tudo na santa paz dos órgãos. Consensos entre PS e PSD+CDS, bem de ver!!!
Já surpreendente foi a rejeição dos nomes de António Ruas e José Gomes, propostos para ocuparem os lugares de secretários executivos da CIM. Foram chumbados pela maioria dos membros da Assembleia Intermunicipal.
Pergunta o leitor quem são os «personagens» CHUMBADOS?
E pergunta bem….
O senhor  António Ruas foi presidente da Câmara de Pinhel eleito pelo PSD.
O senhor Jorge Brito foi antigo presidente socialista na Câmara de Seia.
Só que Jorge de Brito mandou às urtigas tal indigitação.
E, sendo assim houve necessidade, por parte da «comissão», de encontrar outro nome para a substituição.
E, espanto dos espantos, é indicado para o lugar de segundo secretário executivo José Gomes, antigo vereador do PSD na Câmara da Guarda e antigo director de Estradas da Guarda. Mas há mais. José Gomes foi indigitado pelo senhor Álvaro Amaro, actual presidente da câmara da Guarda, pelo PSD, a feitor da sua lista candidata às últimas eleições autárquicas. Só que, vá-se lá saber a razão (eheheh!!)  Gomes é preterido por Amaro e não faz parte da lista. Ou seja, Amaro acolheu os nomes propostos e excluiu o do promotor.
Agora, para compensar de tais atitudes vai de convidar Gomes para segundo secretário EXECUTIVO!!!
Só que os membros do CIM CHUMBARAM o nome de Gomes e de Ruas!!!
Mas para que a «coisa» não apareça e pareça luta de galos da Índia, nova reunião dos executores já está marcada e agora com a presença de um elemento do governo central. Pois é, a coisa «pia» mais fino!!!
Manuel Castro Almeida, secretário de Estado do Desenvolvimento Regional vai participar em tal reunião para que as coisas sejam «acordadas» nos «consensos» e para que não se voltem a repetir tais votações fora dos contextos previamente aprovados.
Logo depois da votação ser conhecida, o presidente da CIM das Beiras e Serra da Estrela, o senhor Vítor Pereira lamentou que a proposta, que resultou de uma «votação democrática» no seio do Conselho Intermunicipal, tivesse sido rejeitada.
Democrática???
No seio de quem??? Pois dos mesmos que mandam!!!
De resto, no final dos trabalhos, Vítor Pereira, presidente putativo da CIM, não escondeu ter ficado surpreendido com a votação, mas observou que «as regras democráticas foram observadas» e que a Assembleia Intermunicipal «tem a última palavra com a sua própria dinâmica e correlação de forças».
Bonitas palavras de salão com punhos de renda.
E o chá?
O presidente da CIM defende (claro que defende, pois então) que António Ruas e José Gomes «estão capacitados» e «à altura do exercício do cargo».
Mas quem diz o contrário??
EHEHEHEHEH…. Gaba-te cesto que vais para a vindima!!!
Mas disse mais o tal Vítor Pereira (tem nome de treinador de futebol, não haverá engano??) quando questionado se os membros da CIM teriam reprovado os nomes ou por serem duas pessoas do PSD, o presidente da CIM ( o tal treinador de futebol) terá dito esta coisa interessante: «prefiro destacar que o que nos une é muito mais importante do que o que nos divide, daí que as questões partidárias, de natureza ideológica, devem ser relegadas para segundo plano e o que deve prevalecer é a eficácia, a eficiência e os objetivos que norteiam a existência destas comunidades».
BRAVO, BRILHANTE (APLAUDA-SE O SENHOR VP (vítor pereira), POIS ENTÃO)!!!
Se não é o Seguro a dizê-lo, que o digam os correligionários.
Quando se trata de porcos no espeto e cerveja a correr pelas gargantas a festa é da Constança, em terra de BOA PANÇA!!!
Dia 28 há mais festa!!!
Aguardam-se novidades.
Até por que há urgência de entregar até final do mês na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro o plano estratégico de desenvolvimento intermunicipal.
Mas para isso tudo está acautelado.
Está uma empresa privada a «trabalhar»  na «coisa», para que os tachos estejam salvaguardados!!!
Sobre a «chumbada» que levou o senhor Ruas, o de Pinhel, do PSD, veio dizer esta coisa absolutamente digna de um regime tipo Coreia do Norte: «defendo que as votações deveriam ser individuais»!!!
Individuais???
Peçonha!!!
Alergia???
Mas «não posso dizer que perco por estar o meu nome ou por estar o nome do colega», afirmou, sustentando, no entanto, que «as votações deveriam ser individuais e nesse caso ver-se-ia quem é que estava a mais».
Pois é….onde está o colégio executivo?
O ex-presidente da Câmara de Pinhel reconheceu que «a democracia é feita destas situações» e que «quem se sujeita a votações tem que estar preparado para as vitórias e para as derrotas». Ainda assim, o senhor ruas proposto para primeiro secretário executivo não escondeu ter ficado com «”a pulga atrás da orelha”» por causa da votação.
Pulga atrás da orelha??
Senhor Ruas isso será pulga ou piolho?
Questionado se espera manter a confiança da CIM para uma nova votação, o ex-autarca, Ruas, frisou que «isso vai depender muito(??) do que o Conselho Intermunicipal decidir sobre essa matéria e depois de ponderar aquilo que eventualmente me possam ou não propor(??) tomarei uma decisão», que terá de ser «ponderada» e que «terei que tomar a frio juntamente com os presidentes de Câmara», sublinhou.
Este Ruas a cada cavadela…minhoca!!!
Mas afinal quando se é indigitado para 1.º, 2.º ou 3.º secretário impõem condições?
Que condições, DIGA-O SENHOR RUAS!!!
Falta-lhe coragem? Pois é.
Decisões ponderadas a frio??? O que é isso?
Frio? Não serão ponderadas «on the rocks” senhor Ruas?
Esta gente é mesmo bacoca e parola!!!
Pergunta-se, quem votou nesta gente para este órgão?
Eu não fui!!!
Foi você caro contribuinte?

Foram os contribuintes que são ROUBADOS nos seus salários, pensões e reformas para sustentarem tais abutres???

O avarento banqueiro


Certo dia um dos mais importantes banqueiros do país  estacionou o seu Mercedes topo de gama, novinho em folha,  em frente da sede do seu Banco, disposto a exibir, a todos quantos o vissem, o seu poder económico.
Logo que abriu a porta para sair, um camião passou a toda velocidade e arrancou completamente a porta do flamejante Mercedes!
O banqueiro ligou imediatamente para a polícia, e dentro de minutos chegou o carro-patrulha.
Antes que o polícia tivesse oportunidade de fazer alguma pergunta, o banqueiro começou a gritar histericamente que o Mercedes tinha sido comprado no dia anterior e alguém tinha de pagar pelos estragos que o seu carro sofrera.
Quando finalmente se acalmou, o Polícia abanou a cabeça, incrédulo, e disse:
- Eu não posso acreditar quão parvo o senhor é.
- Como pode dizer tal coisa? -  retorquiu o banqueiro espantado com as palavras do agente e à beira da apoplexia
 O  polícia respondeu:
- O  senhor ainda não se  apercebeu que perdeu o seu braço esquerdo? Deve ter sido arrancado, provavelmente quando o camião bateu em si. Está tão preocupado com os seus bens materiais, que não reparou no mais importante.
O banqueiro, horrorizado, dá conta então que lhe falta o braço e solta um grito de sofrimento:

- Merda, perdi o o meu Rolex !!!

Gostei de ler




"Está em curso o processo de subdesenvolvimento do País"

As medidas que o anunciam, longe de serem transitórias, são estruturantes e os seus efeitos vão sentir-se por décadas.
As crises criam oportunidades para redistribuir riqueza. Consoante as forças políticas que as controlam, a redistribuição irá num sentido ou noutro. Imaginemos que a redução de 15% do rendimento aplicada aos funcionários públicos, por via do corte dos subsídios de Natal e de férias, era aplicada às grandes fortunas, a Américo Amorim, Alexandre Soares dos Santos, Belmiro de Azevedo, famílias Mello, etc. Recolher-se-ia muito mais dinheiro e afetar-se-ia imensamente menos o bem-estar dos portugueses. À partida, a invocação de uma emergência nacional aponta para sacrifícios extraordinários que devem ser impostos aos que estão em melhores condições de os suportar. Por isso se convocam os jovens para a guerra, e não os velhos. Não estariam os super-ricos em melhores condições de responder à emergência nacional?
Esta é uma das perplexidades que leva os indignados a manifestarem-se nas ruas. Mas há muito mais. Perguntam-se muitos cidadãos: as medidas de austeridade vão dar resultado e permitir ver luz ao fundo do túnel daqui a dois anos?
Suspeitam que não porque, para além de irem conhecendo a tragédia grega, vão sabendo que as receitas do FMI, agora adotadas pela UE, não deram resultado em nenhum país em que foram aplicadas - do México à Tanzânia, da Indonésia à Argentina, do Brasil ao Equador - e terminaram sempre em desobediência e desastre social e económico. Quanto mais cedo a desobediência, menor o desastre.
Em todos esses países foi sempre usado o argumento do desvio das contas superior ao previsto para justificar cortes mais drásticos. Como é possível que as forças políticas não saibam isto e não se perguntem por que é que o FMI, apesar de ter sido criado para regular as contas dos países subdesenvolvidos, tenha sido expulso de quase todos eles e os seus créditos se confinem hoje à Europa. Porquê a cegueira do FMI e por que é que a UE a segue cegamente? O FMI é um clube de credores dominado por meia dúzia de instituições financeiras, à frente das quais a Goldman Sachs, que pretendem manter os países endividados a fim de poderem extorquir deles as suas riquezas e de fazê-lo nas melhores condições, sob a forma de pagamento de juros extorsionários e das privatizações das empresas públicas vendidas sob pressão a preços de saldo, empresas que acabam por cair nas mãos das multinacionais que atuam à sua sombra.
Assim, a privatização da água pode cair nas mãos de uma subsidiária da Bechtel (tal como aconteceu em Cochabamba, após a intervenção do FMI na Bolívia), e destinos semelhantes terão a privatização da TAP, dos Correios ou da RTP. O back-office do FMI são os representantes de multinacionais que, quais abutres, esperam que as presas lhes caiam nas mãos. Como há que tirar lições mesmo do mais lúgubre evento, os europeus do Sul suspeitam hoje, por dura experiência, quanta pilhagem não terão sofrido os países ditos do Terceiro Mundo sob a cruel fachada da ajuda ao desenvolvimento.
É uma democracia pós-institucional, quer porque quem controla as instituições as subverte (instituições criadas para obedecer aos cidadãos passam a obedecer a banqueiros e mercados) quer porque os cidadãos vão reconhecendo, à medida que passam da resignação e do choque à indignação e à revolta, que esta forma de democracia partidocrática está esgotada e deve ser substituída por uma outra mais deliberativa e participativa, com partidos mas pós-partidária, que blinde o Estado contra os mercados, e os cidadãos contra o autoritarismo estatal e não estatal. Está aberto um novo processo constituinte. A reivindicação de uma nova Assembleia Constituinte, com forte participação popular, não deverá tardar."
(Boaventura Sousa Santos in Visão.)

E o melhor cartoon de imprensa de 2014 é... português !

O Grande Prémio da edição deste ano do Press Cartoon Europe distinguiu Rodrigo de Matos, por um trabalho publicado no último ano no semanário Expresso. 
A distinção internacional foi-lhe atribuída por um trabalho publicado no Expresso Economia onde retrata a forma como o apuramento da selecção nacional de futebol para o Mundial no Brasil distraiu toda a gente da difícil situação económica atravessada por Portugal.
Pontapés numa bola são o melhor álibi para uma corja que dá pancadas FORTES aos portugueses.
Tudo ligado: o «melhor» dos analfabetos dos pontapés vai levar 3 (TRÊS) jactos particulares para o tal Brasil!!!
É assim o obscurantismo saloio!!! 

domingo, março 23, 2014

Paris já está a arder?

A França está esta noite em estado de choque.
O movimento populista, Frente Nacional (FN), dirigido por Marine
le Pen, surge em primeiro lugar, na primeira volta das eleições autárquicas, em diversas cidades francesas.
Na Crimeia russos INVADEM instalações militares onde antes 
estavam ucranianos!!
SINAIS MUITO PREOCUPANTES!!!
O nazismo, o fascismo e as ditaduras ameaçam.
SÃO CÃES RAIVOSOS QUE JÁ NÃO MOSTRAM SÓ OS DENTES.
QUEREM MAIS....SÃO VENAIS!!!
Eu sei de que lado da barricada me vou posicionar.Outros nem tanto!!!

VERGONHOSO



Sabugal, concelho do distrito da Guarda, em 2011 (CENSOS) tinha 12.544 habitantes e mais de 40% de população com 65 ou mais anos, sendo altamente desertificado - com uma densidade populacional de 15,2 hab./ km² para uma média nacional de 114,5 hab./km².  (Fonte:PORDATA/INE). E como deve haver um grande número de residentes a reclamar dos campos pelados, no dia 14 do passado mês, dia dos casais, a autarquia lá lançou um par de concursos públicos para aplicar relva sintética nos estádios municipais do Soito e do Sabugal por135.355,00€ e 186.100,70€, respectivamente. São mais de 320 mil euros em algo, aparentemente, prioritário para uma autarquia de um país que nem tem dinheiro para comprar bolas.

(Acedido em http://madespesapublica.blogspot.pt/, em 23/03/2014)

.....com o equinócio de Março.....

ALDRABÕES

O país está melhor?
Então não está........



O corneteiro

Ora como o corneteiro do regimento quase nunca se engana e, raramente tem dúvidas, tais são fidedignas as origens das fontes, ATENÇÃO À PANCADA!!!
"Cortes em 2015 vão ser entre 1,5 e 1,7 mil milhões", diz Marques Mendes, à porta o tendes!!!
Para Seguro os cortes vão ser de 2 mil milhões!!!
Eles que se entendam quanto às previsões.
Uma coisa é certa, A PANCADA VAI SER FORTE!!!
Quando o mar bate na rocha quem se LIXA É O MEXILHÃO!!!
Já agora, não disseram que a 17 de Maio acabava a vigência da troika?
Foi anunciado, num congresso de jotinhas do PP, nas Caldas, um relógio, a contar o fim da intervenção, com anúncio tipo fim de ano, champanhe, foguetes e canas para apanharem ali para o largo do Caldas???
É que com tantas Caldas, só mesmo um dos Caldas!!!
  


Medricas


- Ah não me venham dizer
que é fonética a poesia !
Serei tudo o que disserem
por temor ou negação:
Demagogo mau profeta
falso médico ladrão
prostituta proxeneta
espoleta televisão.
Serei tudo o que disserem:
Cidadão castrado, não!

in SANTOS, Ary dos. - Resumo. Lisboa, 1973(Adaptado).

sábado, março 22, 2014

Tudo como dantes, no quartel de Abrantes


O governo prepara-se para intimidar os militares e restringir-lhes o direito cívico de participarem na vida pública.
A quem pode lembrar tamanha tramóia?
Só a uns acéfalos, podres e bolorentos!!!
Então, os advogados, economistas, banqueiros, professores e quiçá .....FDP e respectivas mães, também deviam perder o «DIREITO DE REGRESSAREM»!!!
ABJECTO!!!
Digam que querem expulsar os militares e acaba-se a pulhice!!!
Qualquer dia ração de cão!!!  

Lei da ROLHA


É A LEI DA ROLHA, ESTÚPIDO!!!
Se eles, entre pares, fazem isto, imagine-se do que são capazes de fazer a quem NUNCA foi por ou com eles!!!
A DEMOCRACIA À MODA DE ESPARTA, EHEHEHEH!!!