quarta-feira, julho 31, 2013

A não esquecer....e a comemorar


Hoje é o Dia Internacional do Orgasmo....
Ora cá está um dia interessante!!!

 ORGASMO

Deixa que eu te descubra, anónima paisagem,
Corpo de virgem que não amo ainda!
Fauno das fragas e dos horizontes,
Sonho contigo sem te conhecer…
Sonho contigo nua, a pertencer
Ao silêncio devasso e à solidão!
Num pesadelo, vejo amanhecer
O sol e o vento no teu coração!

E é um ciúme de Otelo que me rói!
Só eu não posso acarinhar a sombra
Do teu rosto velado!
Só eu vivo afastado
Dos teus encantos!
E são tantos
E tais!
Que eu não posso, paisagem,
Esperar mais!

Miguel Torga, Diário V


Mas que EQUIDADE???


Muito se tem falado, a propósito de coisa nenhuma, de «Equidade».
Por definição entende-se por equidade  
1. Igualdade.
2. Rectidão na maneira de agir. = IMPARCIALIDADE
3. Reconhecimento dos direitos de cada um.
4. Justiça recta e natural.
Ora NADA disto se verifica entre governantes e governados.
Se os primeiros (governantes) são pagos pelos segundos (governados), numa simples relação laboral uns são os empregados outros os empregadores.
Então, admitindo esta premissa pergunta-se quem consegue justificar que:
Função pública tem mais horas de trabalho enquanto Deputados podem vir a ter mais férias.
RESPONDAM OS VÁRIOS COMENTADORES DA TRAMPA QUE POR AÍ DEBITAM ASNEIRAS ATRÁS DE ASNEIRAS.
Respondam....
Já TODOS os cidadãos contribuintes conhecem a resposta parola, bacoca de lambe cus da maltrapilha.
Mas em frente.....
A resposta da escumalha nada me interessa......os favores PAGAM-SE!!!
Se juntarmos estas duas notícias, «Função pública tem mais horas de trabalho enquanto Deputados podem vir a ter mais férias.», é possível associar a distinção de “classes” que nos últimos anos se tem vindo a acentuar cada vez mais e, a relação laboral entre recebedores e pagantes.
Foi aprovado o diploma que prevê que os funcionários públicos passem a trabalhar 40 horas semanais.
Com os partidos de esquerda a votarem contra, pode dar-se o facto do diploma ser enviado ao Tribunal Constitucional, tendo em conta as declarações de Carlos Zorrinho (PS) ao Público, onde afirma que “neste contexto, o PS utilizará todos os meios políticos e constitucionais ao seu alcance para que estas leis não sejam aplicadas””.
E, lá vem a justificação de sempre do partido do [C]oelho.
O PSD argumentou com o cumprimento do memorandum da Troika, que tem colocado o pais numa crise que se agrava mês após mês.
Jorge Paulo Oliveira (PSD) explicou que este é um sistema que “investe nos trabalhadores, na sua requalificação e na sua experiência e, nessa medida, protege o seu direito fundamental ao trabalho”. A explicação não pareceu ter grande impacto nos restantes partidos, excepto no CDS/PP.
INVESTE???
Pois....
Já percebemos quem investe no despedimento de trabalhadores, na redução dos vencimentos e apoios sociais.
Investe, não é senhor deputado???
O touro investe!!!!
Só que os touros depois das investidas acabam nos matadouros.... invariavelmente...
Essa de se desculparem SEMPRE com a troika já foi chão que deu uva....agora nem uva mijona!!!
Mas há mais...muito mais....na tão anunciada e proclamada «equidade»....
Enquanto são pedidos sacrifícios aos Portugueses e em especial, aos funcionários públicos, existe a possibilidade do período de férias da Assembleia ser prolongado, dando mais a quem tem mais.
Segundo uma notícia do SOL , a abertura dos trabalhos parlamentares poderá ser adiada. 
Normalmente é feita a 15 de Setembro.
Lá está a «corja» a GOZAR férias à pala dos trabalhadores e, em particular daqueles a quem mais hostilizam e maltratam - os funcionários públicos.
HAJA DECÊNCIA!!!
Mas a escumalha não sabe o que é isso...
Perguntem aos [C]ratos, aos Gaspares, aos Isaltinos, aos Dias Loureiros e a tantos ouros da igualha, que vos ensinem.
Eles têm os manuais!!!!

terça-feira, julho 30, 2013

Mais uma «cratenice»


[C]rato mandou reduzir o número de turmas inicialmente acordadas com os Agrupamentos, Mega Agrupamentos e outros que tais.
[C]rato entretanto vem dizer que não haverá alunos sem escola.
Então das duas...três.
Ou aumenta o número de alunos por turma, ou despacha os alunos para os privados ...para lhes dar mais e mais dinheiro!!!
Soube-se que o Agrupamento de Cinfães, por exemplo, onde foram propostas 32 turmas do 1.º ciclo, agora com a nova decisão do [C]rato apenas 22 foram homologadas.
Percebem a razão dos milhares de professores que vão a caminho do desemprego?
[C]rato antes quer pagar aos privados que manter a escola pública!!
Pois é....mais uma «cratinice»!!!

A União Nacional


A União Nacional anunciada por um acéfalo teve hoje, na Assembleia da República, o seu primeiro acto para transformar Portugal num país de pobres, tristes e submissos cidadãos.
Um tal de Cavaco fez condicionar a aceitação, desejada e apetecida, do governo de «salvação nacional», à apresentação de uma moção de confiança.
Sabia o Cavaco que tal moção seria sempre aprovada.
Quis fazer de conta que havia confiança e fé na virgem.
Só que a coisa já não é virgem.
Salazar apresentava os planos quinquenais para a Assembleia Nacional os aprovar.
Bem sabia que apesar de existirem uns quantos que faziam barulho, a ala moderada, para convencer a Europa democrática que na ditadura sanguinária também havia oposição, os planos eram sempre aprovados.
Moderava-se mas não se mudava....comia-se!!!.
Mas, com ou sem ala, tudo o que Salazar queria aprovar e queria pouco, era sempre aprovado.
Naquela Assembleia Nacional onde se sentavam os carneiros e lambe-cus do regime nada se passava.
Pasmaceira total.
O povo não se identificava com Assembleias daquelas e, muito menos nacionais.
Hoje parece que uns quantos querem voltar ao mesmo padrão de assembleia.
Cozinhar as leis à la carte e dá-las a mastigar à populaça imbecil.
Hoje a União Nacional saiu do armário, fede mesmo carregada de naftalina.
Hoje, pela mão suja de Cavaco surgiu a União Nacional.
Logo a seguir vai chegar, em carro de bois, a nova mocidade...os jotinhas!!!
Depois virá a «legião» dos inúteis, parasitas que defenderão até ao último suspiro os gatunos que os sustentam.
A seguir surgirão os bufos e os vampiros prontos a beber o sangue fresco da manada.
Depois ainda virá o «época» para ser consumido nas casas de má fama.
E, por fim, com ou sem porte, surgirá a obrigatoriedade «A Bem da Nação», sempre com o selo do anel pontifício.
Para os que não se adaptarem ao regime aí estará o desterro e... se for caso disso a saída do aconchego do lar e partir para o ...degredo!!!
Por fim.... toque-se o hino!!!

Gostei de ler.....



“Não acredito que a nossa Constituição nos impeça de fazer o que qualquer sociedade desenvolvida faz”, diz o primeiro-ministro. 


Antes de mais nada era preciso que esta besta soubesse o que é uma sociedade desenvolvida. Para ele deve ser uma em que o poder financeiro é todo poderoso esquecendo que o que se procura não é criar ricos mas sim servir todo um povo com serviços e bem estar. As sociedades mais desenvolvidas que conhecemos foram as de países como a Suécia, Dinamarca ou Noruega em que os povos viviam com boas condições de vida,  protecção e serviços sociais dos melhores do mundo e sobretudo com a corrupção a níveis baixíssimos  
Mas não, para esta cavalgadura é exactamente o acabar com o estado e entregar o dinheiro dos nossos impostos aos seus amigos, favorecendo o amiguismo e o compadrio. 
Felizmente ainda temos uma constituição que ainda vai impedindo alguns abusos embora o seu guardião, o incompetente do Sr. Silva, não nos ofereça nenhumas garantias. 
Toda a atenção e sobretudo muita acção são necessárias para travar estes trafulhas e esta gente sem o mínimo e consciência social, cultura democrática ou escrúpulos. 
(Retirado daqui!!!)

Enquanto milhões morrem de fome.....


Que guardam estes broncos?
Que teme esta escumalha?

Afinal «ela» SABIA


Gaspar diz que 'foi claro' que Albuquerque 'estava informada'

Vítor Gaspar, que falava na comissão de inquérito parlamentar à negociação dos contratos swap, disse que esta conversa terá sido "muito perto do início do mandato" e que, sublinhou, foi o suficiente para perceber que a secretária de Estado do Tesouro "como profissional experiente nesta matéria estava de longa data informada sobre a existência e as características" dos swaps.
Se ele o diz......
Gostei, particularmente, da expressão «como profissional experiente nesta matéria estava de longa data informada sobre a existência e as características».
Melhor?
Não podia ser....
Percebeste Bronco?

Filhos de um Deus menor

Governo sem resposta para o apoio às crianças com autismo a atingir a maioridade
São pessoas que precisam de acompanhamento especial e estão a ser “abandonadas” pelo Governo. Faltam “respostas concretas e reais”.
O caso foi denunciado pelo DN na sua edição de 21 de Julho mas podem estar em causa “bastante mais de 100 pessoas”, seguindo uma fonte comunicou ao Tugaleaks.
Trata-se de crianças com uma dependência e que precisam de acompanhamento constante. O Ministério da Educação e Ciência este ano decidiu “apertar” com as escolas e instituições no sentido de alunos maiores de idade não frequentarem a escola.
Segundo o depoimento de Paula Castro, mãe de uma criança com autismo, “[e]u a Mãe fui informada HOJE que o meu filho só tem escola até 30 de Julho e depois olhe …. aumente-lhe a medicação e ele fica a dormir um ano em casa”.
Este não é um caso isolado segundo a Associação Vencer Autismo, pois “os números oficiais americanos” afirmam que “1/88 crianças sofre de uma perturbação do espectro do autismo; o que significa que é mais que diagnósticos de crianças com Diabetes, HIV e cancro juntos”.
Esta associação, com dois anos de existência, tem criado “inúmeras angariações de fundos para poder ajudar famílias com menores recursos a fazer o Programa Son Rise (que a Vencer Autismo trouxe a Portugal), desta forma estamos a dar aos pais ferramentas para que eles tenham uma intervenção directa no processo de desenvolvimento do seu filho“.
Ainda segundo a Vencer Autismo. em Portugal “não existe nenhum levantamento” sobre crianças autistas em Portugal. 
Paula Castro já recebeu uma resposta oficial, informando que “O Ministério da Educação e Ciência, através da Direção-Geral de Edução, ciente das preocupações das famílias de jovens adultos com deficiência, com mais de 18 anos, manifestou já, ao Instituto Nacional de Reabilitação do Ministério da Solidariedade e Segurança Social, total disponibilidade para colaborar no procura de soluções, no quadro das competências legais dos dois Ministérios.”
Cortes na educação nunca antes vistos
Já em 2012 foram cortados 600 milhões de euros ao sector da educação. Mas em 2013 a educação foi o sector que teve mais cortes orçamentais. Por exemplo, no ensino básico e secundário houve cortes na ordem dos 703 milhões de euros, valor esse que é metade da receita orçamental da Assembleia da República segundo o Orçamento de 2013 publicado no site da AR.
VERGONHA DE PAÍS.
Qualquer semelhança entre este país e o país do Nicolae Ceauşescu, com os célebres e tristes orfanatos é só coincidências....

Será assim tão difícil de entender????


Como vai o ensino em Portugal? PÉSSIMO

Ficou-se a conhecer mais uma, das muitas VIGARICES que  se cometem contra a educação em Portugal.
Por educação entendemos todo o processo subjacente ao desenvolvimento do ser humano.
Já a formação compreende não apenas as aprendizagens dos sujeitos, mas a sua transformação e qualificação profissional.
Já agora, para os que não sabem e, para os que fingem não saber, dizer que a educação confere graus académicos e a formação níveis de especialização.
Após este esclarecimento vamos ao que nos levou a analisar mais uma das barbaridades cometidas por este governo e, em particular, pelo [C]rato que de sistema educativo não percebe nada.
Ainda julga que sistema educativo é um modelo de inputs e outputs, à moda dos Estados Unidos da América do Norte!!!
Já foi publicada a «lista» dos cursos a abrir nas escolas, sem indicação de que agrupamentos se tratam, do que se vulgarizou chamar, pomposamente, de «ensino vocacional»!!
São mais de 400, correspondentes a 3 000 escolas para mais de 10 000 alunos....
Que obra grandiosa!!!!
Ensino não tem nada e vocacional tem tudo o que permite a um aluno ou aluna «usufruir» de um estatuto de imunidade.
Os alunos do «ensino vocacional» podem obter a equivalência a um ciclo, nuns casos com a frequência de um ano, noutros casos com a frequência de dois anos.
Ou seja, no ensino regular os alunos para obterem o diploma do 3.º ciclo têm de frequentar a escola durante 3 (três) anos e, no fim sujeitarem-se a um exame que pode ditar ou não a sua retenção.
Mas, há retenções!!!
Já os «privilegiados» dos cursos inventados pelo Sócrates e que tanta crítica mereceram à corja que «chefia» o ministério da Educação, lembrar o que um Ramiro dizia em tempos, continuam a «formar» gente incompetente e, sem retenções, sem exames!!!
Pior, muito pior, é estarem-se nas tintas para as aulas, para o respeito pelos funcionários, quaisquer que eles sejam, sem respeito pelo equipamento pelos regulamentos e, principalmente sem valores nem princípios.
Um dia destes, um professor recebeu a mãe de dois alunos que tinham frequentado, com APROVEITAMENTO, um desses cursos de nada e coisa nenhuma.
A senhora vinha acompanhada da filha.
Depois das felicitações habituais, em particular no caso vertente, anos e anos sem sucesso e, em dois anos obtiveram, por «aclamação», o «diploma» do 9.º ano eis que, o professor, na sua experiência destas coisas perguntou à mãe pelo futuro próximo dos filhos.
A mãe com um ego enorme, como se os filhos fossem os «maiores» e «mais competentes» do planeta, respondeu peremptoriamente:
- O meu filho vai para engenharia, vai ser engenheiro. Daqui a seis anos é um engenheiro.
- Mas bem vê, retorquiu o professor, o seu filho não tem bases de Matemática nem de Física não o aconselho a seguir esse curso.
E, como fez um curso profissional na área da cozinha talvez fosse conveniente seguir essa área.
- Nem pensar. O meu filho não vai para uma profissão tão desprestigiante como a de cozinheiro....vai ser engenheiro.
O professor atónito face à posição daquela mãe, remeteu-se à conformação dos factos.
-Bem se assim o pensa....e, tu Joana (nome fictício) o que pensas fazer?
- Eu quero tirar o 12.º ano de mecânica numa escola profissional, que é muito mais fácil e depois seguir para a faculdade numa universidade particular.
- Mecânica!! - exclamou estupefacto o professor.
- Pois então...retorquiu a aluna.
- Mas tu, como o teu irmão, frequentaram durante dois anos um curso de cozinha e agora vais para Mecânica?? - respondeu o professor.
- Não gosto de cozinha e «isso» não é futuro.
Neste extracto da conversa pode-se concluir o «estado de sítio» em que a Educação chegou a este país.
Quando alguém lhe disser, que o país tem a juventude mais qualificada de sempre, lembre-se deste texto e da forma como «tudo» é conseguido....por muitos dos ditos «qualificados»!!
Um dia a casa vem abaixo, não demora muito tempo!!!
Se estás nas tintas para a escola;
Se não queres estudar;
Se insultas e maltratas funcionários;
Se não tens respeito pelos equipamentos;
Se queres ter um diploma seja ele qual for 2.º, 3.º ciclo ou secundário, sem NUNCA teres aberto um livro para estudar.
O TEU FUTURO É UM CURSO PROFISSIONAL.
Vem que o país precisa ainda mais de «acéfalos qualificados»!!!

Os segredos confessados


O Estado sou eu e a Virgem - Cavaco

segunda-feira, julho 29, 2013

Vale mesmo TUDO???

Já se sabia que quando a propaganda eleitoral, partidária não é de agrado dos partidos do «arco dos poderes», existem uns quantos zelosos lambe-cus que de imediato, se encarregam de a rasgar, num caso, noutro destruindo-a ou então colando anúncios de bailes, festas e outros eventos por cima da propaganda existente. A noção de propriedade desta gente é, assim muito duvidosa.
Acontece em tempo eleitoral e ....fora dele.
Até há um presidente de câmara, de Trancoso, que se dá ao desplante de ARRANCAR as estruturas e desta forma proibindo, de forma ditatorial, o livre exercício da propaganda partidária.
Mas, o mesmo senhor, afilhado do Cavaco, vai de protestar noutro concelho por uns quantos arruaceiros terem feito exactamente o mesmo que a excelsea senhoria faz em terras de Bandarra.
É a democracia à moda «deles»!!!
Mas agora algo de inovador surgiu.
Uns «propagandistas», achando-se «donos» de tudo, e de uma forma abusiva, não respeitando os espaços, mais concretamente as próprias rotundas, colocaram as estruturas de forma a prejudicarem a circulação rodoviária.
Que diz a tudo isto os serviços camarários.
Já actuaram?
E a polícia de segurança pública?
Estruturas dentro do espaço das rotundas?
Desde quando?
As fotografias são elucidativas dos estragos que fizeram na colocação das estruturas. Mas pior, muito pior, será se acontecer algum acidente na zona.
Recordar apenas aos mais distraídos que precisamente por causa da segurança foram mandadas retirar das vias rápidas, vulgo autoestradas, todo o tipo de publicidade que por lá existia.
Espera-se que, prontamente, as entidades envolvidas resolvam o problema que tais estruturas, que estão dentro da área da rotunda, estão a causar.




    


domingo, julho 28, 2013

O político mais DEMAGOGO E ALDRABÃO do país

Você compraria um carro em segunda mão ao PP (Paulo Portas)??
O «irrevogável» do vice já vem de há muito tempo....conversa da tanga, para enganar bacocos e parolos.
O senhor dono do partido dos contribuintes, o perfeito aldrabão de feira.
Este conseguia vender farturas em 4.ª mão, todas cuspidas e ranhosas como sendo «churros» importados da Tailândia.
Nestes dois curtos vídeos ficamos a saber muito sobre Paulo Portas.
Desvenda os seus ideais, a sua integridade, a sua força mas principalmente o seu humor NEGRO!!!
Paulo Portas garante que odeia o poder... que é contra o poder.
Garantindo que bastava um amigo dele chegar ao poder, ele passava logo para a oposição.... há piadas imperdíveis, e há hipócritas imperdoáveis.


Paulo Portas venderia a alma ao diabo, a troco de poder.
Não recebo dinheiro do estado, nem quero receber...
Não quero ser politico, não quero nenhum tacho do estado.
Não quero ser eleito…


Basta pum basta!!!
Uma geração que consente deixar-se representar por um Portas é uma geração que nunca o foi. É um coio d'indigentes, d'indignos e de cegos! É uma resma de charlatães e de vendidos, e só pode parir abaixo de zero!
Abaixo a geração!
Morra o Portas, morra! Pim!
Uma geração com um Portas a cavalo é um burro impotente!
Uma geração com um Portas ao leme é uma canoa em seco!
O Portas é um cigano!
O Portas é meio cigano!
O Portas saberá gramática, saberá sintaxe, saberá medicina, saberá fazer ceias pra cardeais, saberá tudo menos escrever que é a única coisa que ele faz!
O Portas pesca tanto de poesia que até faz sonetos com ligas de duquesas!
O Portas é um habilidoso!
O Portas veste-se mal!
O Portas usa ceroulas de malha!
O Portas especula e inocula os concubinos!
O Portas é Portas!
O Portas é Paulo!
Morra o Portas, morra! Pim!
Não é preciso ir pró Caldas pra se ser pantomineiro, basta ser-se pantomineiro!
Não é preciso disfarçar-se pra se ser salteador, basta escrever como o Portas! 
Basta não ter escrúpulos nem morais, nem artísticos, nem humanos! 
Basta andar com as modas, com as políticas e com as opiniões! 
Basta usar o tal sorrisinho, basta ser muito delicado, e usar coco e olhos meigos!
Basta ser Judas! Basta ser Portas!
Morra o Portas, morra! Pim!
O Portas nasceu para provar que nem todos os que escrevem sabem escrever!
O Portas é um autómato que deita pra fora o que a gente já sabe o que vai sair... Mas é preciso deitar dinheiro!
O Portas é um soneto dele-próprio!
O Portas em génio nem chega a pólvora seca e em talento é pim-pam-pum.
O Portas cheira mal da boca!
Morra o Portas, morra! Pim!
O Portas é o escárnio da consciência!
Se o Portas é português eu quero ser espanhol!
O Portas é a vergonha da intelectualidade portuguesa!
O Portas é a meta da decadência mental!
E ainda há quem não core quando diz admirar o Portas!
E ainda há quem lhe estenda a mão!
E quem lhe lave a roupa!
E quem tenha dó do Portas!
E ainda há quem duvide que o Portas não vale nada, e que não sabe nada, e que nem é inteligente, nem decente, nem zero!
Portugal que com todos estes senhores conseguiu a classificação do país mas atrasado da Europa e de todo o Mundo! 
O país mais submisso aos ditames da Merkel.
O país mais selvagem de todas as Áfricas! 
O exílio dos degredados e dos indiferentes! 
A África reclusa dos europeus! 
O entulho das desvantagens e dos sobejos!
O país dos corruptos irrevogáveis;
O país dos embustes políticos;
O país dos roubos dos senhores morgados; 
Portugal inteiro há-de abrir os olhos um dia - se é que a sua cegueira não é incurável e então gritará comigo, a meu lado, a necessidade que Portugal tem de ser qualquer coisa de asseado!
Morra o Portas, morra! Pim!, morra! Pim!
(Adaptação livre do Manifesto Anti-Dantas de Almada Negreiros)

Um texto de enorme oportunidade


O GRANDIOZO ACORDO ORTOGRÁFICO E A SUA LÓJIQA.
Fabuloso texto de Maria Clara Assunção sobre o Acordo Ortográfico.

De ir às lágrimas:
"Tem-se falado muito do Acordo Ortográfico e da necessidade de a língua evoluir no sentido da simplificação, eliminando letras desnecessárias eacompanhando a forma como as pessoas realmente falam.
Sempre combati o dito Acordo mas, pensando bem, até começo a pensar que este peca por defeito. Acho que toda a escrita deveria ser repensada, tornando-amais moderna, mais simples, mais fácil de aprender pelos estrangeiros .
Comecemos pelas consoantes mudas: deviam ser todas eliminadas .É um fato que não se pronunciam .Se não se pronunciam, porque ão-de escrever-se ?
O que estão lá a fazer ?Aliás, o qe estão lá a fazer ? Defendo qe todas as letras qe não se pronunciam devem ser, pura e simplesmente, eliminadas da escrita já qe não existem na oralidade .

Outra complicação decorre da leitura igual qe se faz de letras diferentes e das leituras diferentes qe pode ter a mesma letra . Porqe é qe "assunção" se escreve com "ç" "ascensão" se escreve com "s" ?  Seria muito mais fácil para as nossas crianças atribuír um som único a cada letra até porqe, quando aprendem o alfabeto, lhes atribuem um único nome.
Além disso, os teclados portugueses deixariam de ser diferentes se eliminássemos liminarmente o "ç" .
Por isso, proponho qe o próximo acordo ortográfico elimine o "ç" e o substitua por um simples "s" o qual passaria a ter um único som .Como consequência, também os "ss" deixariam de ser nesesários já qe um "s" se pasará a ler sempre e apenas "s" .
Esta é uma enorme simplificasão com amplas consequências económicas,designadamente ao nível da redusão do número de carateres a uzar. Claro, "uzar", é isso mesmo, se o "s" pasar a ter sempre o som de "s" o som "z" pasará a ser sempre reprezentado por um "z" .
Simples não é? se o som é "s", escreve-se sempre com s. Se o som é "z" escreve-se sempre com "z".
Quanto ao "c" (que se diz "cê" mas qe, na maior parte dos casos, tem valor de "q") pode, com vantagem, ser substituído pelo "q". Sou patriota e defendo a língua portugueza, não qonqordo qom a introdusão de letras estrangeiras.
Nada de "k" . Ponha um q.Não pensem qe me esqesi do som "ch" . O som "ch" será reprezentado pela letra "x".Alguém dix "csix" para dezinar o "x"? Ninguém, pois não ? O "x" xama-se "xis". Poix é iso mexmo qe fiqa . Qomo podem ver, já eliminámox o "c", o "h", o "p" e o "u" inúteix, a tripla leitura da letra "s" e também a tripla leitura da letra "x" .
Reparem qomo, gradualmente, a exqrita se torna menox eqívoca, maix fluida, maix qursiva, maix expontânea, maix simplex . Não, não leiam "simpléqs", leiam simplex .O som "qs" pasa a ser exqrito "qs" u qe é muito maix qonforme à leitura natural . No entanto, ax mudansax na ortografia podem ainda ir maix longe, melhorar qonsideravelmente .
Vejamox o qaso do som "j" .Umax vezex excrevemox exte som qom "j" outrax vezex qom "g"- ixtu é lójiqu?Para qê qomplicar ? ! ? Se uzarmox sempre o "j" para o som "j" não presizamox do "u" a segir à letra "g" poix exta terá, sempre, o som "g" e nunqa o som "j" .Serto ? Maix uma letra mud a qe eliminamox .
É impresionante a quantidade de ambivalênsiax e de letras inuteix qe a língua portugesa tem !
Uma língua qe tem pretensõex a ser a qinta língua maix falada do planeta, qomo pode impôr-se qom tantax qompliqasõex ? Qomo pode expalhar-se pelo mundo, qomo póde tornar-se realmente impurtante se não aqompanha a evolusão natural da oralidade ?
Outro problema é o dox asentox.Ox asentox só qompliqam ! Se qada vogal tiver sempre o mexmo som, ox asentox tornam-se dexnesesáriox .A qextão a qoloqar é: á alternativa ?Se não ouver alternativa, pasiênsia.É o qazo da letra "a" . Umax vezex lê-se "á", aberto, outrax vezex lê-se "â", fexado . Nada a fazer. Max, em outrox qazos, á alternativax .Vejamox o "o": umax vezex lê-se "ó", outrax lê-se "u" e outrax, lê-se "ô" . Seria tão maix fásil se aqabásemox qom isso ! qe é qe temux o "u" ? Se u som "u" pasar a ser sempre reprezentado pela letra "u" fiqa tudo tão maix fásil ! Pur seu lado, u "o" pasa a suar sempre "ó", tornandu até dexnesesáriu u asentu.
Já nu qazu da letra "e", também pudemux fazer alguma qoiza : quandu soa "é", abertu, pudemux usar u "e" .U mexmu para u som "ê" .Max quandu u "e" se lê "i", deverá ser subxtituídu pelu "i" . I naqelex qazux em qe u "e" se lê "â" deve ser subxtituidu pelu "a" .
Sempre. Simplex i sem qompliqasõex .Pudemux ainda melhurar maix alguma qoiza: eliminamux u "til"subxtituindu, nus ditongux, "ão" pur "aum", "ães" - ou melhor "ãix" - pur"ainx" i "õix" pur "oinx" .Ixtu até satixfax aqeles xatux purixtax da língua qe goxtaum tantu dearqaíxmux.Pensu qe ainda puderiamux prupor maix algumax melhuriax max parese-me qe exte breve ezersísiu já e sufisiente para todux perseberem qomu asimplifiqasaum i a aprosimasaum da ortografia à oralidade so pode trazer vantajainx qompetitivax para a língua purtugeza i para a sua aixpansaum numundu .
Será qe algum dia xegaremux a exta perfaisaum ?... I porqe naum?... FONTE

(Peço desculpa pelos erros) lol
Erros a definir... ainda.

Lição de HISTÓRIA

Se uma criança consegue explicar através de uma sátira corrosiva o sistema político vigente, bem assim como os valores e a moral dominante.
Qual a razão, pela qual é assim tão difícil aos «adultos» perceberem tais posturas do império?
UM BURRO VELHO NÃO APRENDE LÍNGUAS!!
NÃO É POR SER VELHO!!!
É POR SER BURRO.


Pois é.....não sabe inglês?
Vá-se queixar ao [C]rato e outros que tais.
Exija que lhe devolvam os impostos que sustentaram a pança dos governos que não permitiram que fizesse uma aprendizagem rigorosa da língua inglesa.
TEM DIREITOS!!
SABIA??? 

Música

Os tristes pobres portugueses fazem as tristes tardes chuvosas de verão.
A música, sempre a eterna música, que nos ajuda a vencer a ditadura.

O candidato oficioso do PS na Guarda


O candidato oficioso do PS, à câmara municipal da Guarda, deu a conhecer as suas «linhas» programáticas.
Oficioso pela simples razão que há um «oficial»!!!
Aqui ficam algumas das propostas e.....riam-se, mas baixinho, não vão os adversários perceberem que há petróleo no beato!!!!
Vejamos:
- criar uma bolsa de emprego “online”;
- um Gabinete de Apoio ao Orçamento Doméstico e Familiar;
- implementação do “Cartão do Idoso”, "que oferecerá descontos aos mais velhos nas actividades que a Câmara Municipal promover ou onde ela esteja a participar".
- estudo de um sistema de SOS – Idoso para protecção das pessoas que vivem sozinhas;
 -Promete (??) que será "exigente para com o actual Governo e para com o futuro Governo (??)" para que seja concluída a segunda fase do hospital;
- construção do novo Quartel da GNR(??);
- a electrificação da linha da Beira Baixa;
- lutar(??) pelas Indústrias Criativas nas áreas mais nobres do design(??);
- apostar na ligação das empresas às escolas sejam de nível superior, UBI e IPG, sejam ao nível do ensino profissional, como por exemplo a Ensiguarda". 
CUIDADO SENHOR IGREJA!!!
VAI DOAR MAIS TERRENOS AOS RAIMUNDOS???
OLHE QUE ANDA POR AÍ UM SEU EX CAMARADA QUE TEM PATROCÍNIOS NA ÁREA!!!
CUIDE-SE!!!
E, a melhor de TODAS as medidas anunciadas: «temos outras ideias a pôr em prática a curto prazo».
Pois!!!
Ficámos todos elucidados.
Brilhante senhor Igreja!!!
E quer o senhor Igreja ser o próximo presidente de quê???
Pois!!!
Quer um conselho? Conselho com «s» não com «c», entende?
Desista enquanto é tempo.
A sua candidatura é um embuste.
Foi patrocinada por gente que lhe aperta a mão e, com a mesma mão cumprimenta efusivamente o seu ex camarada!!!
Não se iluda.
Isto para não falar dos nomes anunciados para a sua lista.
Arquitecto Joaquim Carreira;
Depois......a advogada Graça Cabral, filha de Antero Cabral Marques, só para rir....pois é;
Seguir-se-á Graça Cabral e depois Daniel Osório, filho do ex-deputado Carlos Santos.
Cuide-se.
Vá para dentro, que o frio da Guarda queima!!!!
Ao fim de mais de 30 anos de PS na câmara da Guarda nunca nenhum outro partido conseguiu conquistar o poder.
Teve que haver uma cisão, tipo a de Avignon, dentro das hostes, para que os «papados» marianos caíssem.
É obra!!!!

Seguro ....na Guarda

E, mais uma vez, lá veio o Seguro à Guarda.
Veio, virá quantas vezes forem precisas para «segurar» as ovelhas.
É que andam por aí umas quantas, tresmalhadas, que estão a pôr o redil em alvoroço!!!
Os lobos uivam pela noite.
Os cães de..... guarda são aqueles «adornos», de mau gosto, que muitos saloios colocavam nos carros e abanavam a cabeça sempre que a viatura tremia. E TREME!!!
E por fim, a confusão ainda é maior quando o pastor se sente tudo menos «seguro»!!
Consta que os lobos já atacaram o rebanho e fizeram lauto pasto lá para os lados do «moinho» de vento.
Pela calada da noite, fala-se mas com cuidado.
Não vá aparecer coisa que desagrade aos carneiros do rebanho.
Seguro fala de tudo ...menos da Guarda.
Seguro, segurou-se à barca do «governo» para não ter que se justificar, nem pedir justificações a outros.
Seguro é o mesmo de sempre. A negação do nome.
Tem medo do confronto.
Será que hoje vale a pena confrontar?
Logo o Seguro e os inseguros?
É que as dívidas são tantas e de tal monta que o seguro morreu de velho, logo o inseguro morre novo.
Seguro diz que a política "está a ser descredibilizada por gente que promete uma coisa e faz outra completamente diferente".
"No momento de crise em que passamos tantas dificuldades, em que há tantos portugueses a sofrer, tantos portugueses a passarem sacrifícios, temos que ser fiéis à nossa palavra, temos que ter confiança nos homens que nos governam, quer seja numa Junta, numa Câmara ou no Governo do país" disse o Seguro.
Cala-te Seguro que ainda cais na lama.
A quem se referia o Seguro? Aos da «linha» ou fora da «linha»? Seja claro!!!
Seguro não sabe, não quer ou até ignora que os lobos montaram atalaia graças aos préstimos concedidos em tempos de candidato, com causa dita única.
Falsidades. Serviram-se para se guindarem a lugares de topo.
Acantonaram-se, lambuzam-se com os óleos e o sebo das purificações beatificadas, fora dos locais habituais de culto - as igrejas, e vai daí trocaram os sermões das parábolas pelo leite da cabra.
Seguro veio à Guarda....dizem!!!
Seguro não sabe, não quis chamar os bois!!!
Os seguros riram-se e continuarão a rir-se das tristes figuras que por aí vão desfilando.
Eles sabem que tacho dado também lhe corresponde uma tampa.
Esquecem-se é que as tampas têm a marca do fabricante.
Irrevogável.

Os negócios dos mandantes


João Atanásio era chefe de gabinete de Queiró, secretário de Estado substituído, e assinou documentos sobre instituto que lhe pertenceu.
Antes de entrar para o governo, em Abril de 2011, o chefe de gabinete do secretário de Estado do Ensino Superior, antes da «remodelação», vendeu a sua parte do ISLA- Lisboa aos americanos da Laureate Internacional Universities. 
Mais tarde, participou já no Ministério da Educação no processo de passagem daquele instituto a Universidade Europeia – que já estava pensado pelos americanos desde a compra.
João Atanásio, chefe de gabinete do secretário de Estado João Queiró, foi um dos sócios da sociedade que detinha a Ensilis, SA – dona do ISLA-Lisboa. 
E, meses depois, assinou um documento no processo de alteração de estatuto para Universidade Europeia, quando já estava no ministério: uma comunicação datada de 21 de Junho de 2013, informando Vítor Magriço, actual director-geral do ensino superior, de um despacho de João Queiró.
Segundo o jornal i apurou, desde o início que a transacção levantou dúvidas ao ministério e à Direcção-Geral do Ensino Superior (DGES). 
Aliás, no próprio processo aberto pela DGES – que o i consultou – é possível verificar que a tutela só ficou a conhecer esta transacção através da comunicação social.
Esta ainda diz que tomou conhecimento, há outras que dizem (MENTINDO) que não receberam...NADA!!! 
A notícia da Lusa anexada ao processo, que saiu quatro dias após a venda aos americanos, já salientava o objectivo de transformar o instituto em universidade: “ISLA integrado em rede internacional planeia expansão e passagem a universidade”. Meta que viria a ser alcançada este ano com Atanásio no governo.
Os negócios da corja acontecem a cada pontapé numa pedra.
Quando se vai para o governo, já se sabe ao que se vai......
Para quando o pontapé nesta escória social?
Logo a começar em ti, Silva de Boliqueime!!!
Já agora, só a título de informação pode-se consultar a página do «senhor» governo, sobre nomeações aqui,  e verificar que João Anatásio, era chefe de Gabinete do Ministério do [C]rato, com 45 anos nomeado a 04-07-2011 e .....AUFERIA UM VENCIMENTO DE 4 229,91€.
 PERCEBIDO???

A ROUBALHEIRA na Madeira do Alberto João

A ROUBALHEIRA na Madeira não se fica apenas, e já não era pouco, pela distribuição dos favores políticos ao nível governo.
O régulo IMPÕE a sua ORDEM, a seu belo prazer, indo agora até aos domínios da corja do partido que o sustenta.

Para uns, os cortes anunciados.....para outros, os sacrifícios não passam do papel.
 

sexta-feira, julho 26, 2013

Vamos contar mentiras

Em dezembro do ano passado, as empresas públicas tinham 113 swaps celebrados com os bancos, entre os quais 56 considerados problemáticos. 
Estes contratos representavam perdas potenciais de 3,1 mil milhões de euros.
Leram bem?
3,1 mil milhões de euros!!!
Desde então o Estado chegou já a acordo com nove bancos para cancelar um total de 69 contratos: Barclays, Société Générale, Nomura, Credit Suisse, Goldman Sachs, Morgan Stanley,  BNP Paribas,  JP Morgan e Deutsche Bank. 
No caso deste último, ao contrário de todos os anteriores, o cancelamento formal dos contratos e o respetivo pagamento das perdas assumidas ainda não aconteceu mas deverá concretizar-se em breve.
Os 69 swaps que foram alvo dos acordos, dos quais 40 tóxicos, representavam perdas potenciais de 1492 milhões e foram fechados com um pagamento a rondar 1000 milhões. 
O que representa um desconto médio a rondar 30%.
Houve ainda outro contrato - Transtejo com o Barclays - que venceu em fevereiro.
Os restantes swaps ainda em vigor representam perdas potenciais na ordem dos 1,6 mil milhões. 
A maior fatia diz respeito aos 13 contratos do Santander, em particular sete classificados como problemáticos, onde o buraco é de 1,3 mil milhões.
Agora a lista dos contratos:


O espaço em constante expansão

Nascimento de um super-sol captado pelo ALMA.
A melhor vista de sempre do nascimento de uma estrela gigante, que poderá atingir 100 massas solares, acaba de ser obtida pelo supertelescópio ALMA, no Chile. 
Na Nuvem Escura de Spitzer (área a preto) pode ver-se a formação de estrelas que tem quinhentas vezes a massa do Sol - a maior alguma vez descoberta na Via Láctea - e ainda não parou de crescer.


Viagens na minha terra....

Com a devida vénia aqui fica um texto imperdível.
Diz-me onde moras… (por Miguel Esteves Cardoso)
“Um dos grandes problemas da nossa sociedade é o trauma da morada. Por exemplo, há uns anos, um grande amigo meu, que morava em Sete Rios, comprou um andar em Carnaxide.
Fica pertíssimo de Lisboa, é agradável, tem árvores e cafés. Só tinha um problema. Era em Carnaxide.
Nunca mais ninguém o viu.
Para quem vive em Lisboa, tinha emigrado para a Mauritânia!
Acontece o mesmo com todos os sítios acabados em -ide, como Carnide e Moscavide. Rimam com Tide e com Pide e as pessoas não lhes ligam pevide.
Um palácio com sessenta quartos em Carnide é sempre mais traumático do que umas águas-furtadas em Cascais. É a injustiça do endereço.
Está-se numa festa e as pessoas perguntam, por boa educação ou por curiosidade, onde é que vivemos. O tamanho e a arquitectura da casa não interessam. Mas morre imediatamente quem disser que mora em Massamá, Brandoa, Cumeada, Agualva-Cacém, Abuxarda, Alformelos, Murtosa, Angeja, ou em qualquer outro sítio que soe à toponímia de Angola.
Para não falar na Cova da Piedade, na Coina, no Fogueteiro e na Cruz de Pau.
(…)
Ao ler os nomes de alguns sítios – Penedo, Magoito, Porrais, Venda das Raparigas, compreende-se porque é que Portugal não está preparado para entrar na Europa.
De facto, com sítios chamados Finca Joelhos (concelho de Avis) e Deixa o Resto (Santiago do Cacém), como é que a Europa nos vai querer integrar?
Compreende-se logo que o trauma de viver na Damaia ou na Reboleira não é nada comparado com certos nomes  portugueses.
Imagine-se o impacto de dizer “Eu sou da Margalha” (Gavião) no meio de um jantar.
Veja-se a cena num chá dançante em que um rapaz pergunta delicadamente “E a menina de onde é?”, e a menina diz: “Eu sou da Fonte da Rata” (Espinho).
E suponhamos que, para aliviar, o senhor prossiga, perguntando “E onde mora, presentemente?”, Só para ouvir dizer que a senhora habita na Herdade da Chouriça (Estremoz).
É terrível. O que não será o choque psicológico da criança que acorda, logo depois do parto, para verificar que acaba de nascer na localidade de Vergão Fundeiro?
Vergão Fundeiro, que fica no concelho de Proença-a-Nova, parece o nome de uma versão transmontana do Garganta Funda.
Aliás, que se pode dizer de um país que conta não com uma Vergadela (em Braga), mas com duas, contando com a Vergadela de Santo Tirso?
Será ou não exagerado relatar a existência, no concelho de Arouca, de uma Vergadelas?
É evidente, na nossa cultura, que existe o trauma da “terra”.
Ninguém é do Porto ou de Lisboa.
Toda a gente é de outra terra qualquer. Geralmente, como veremos, a nossa terra tem um nome profundamente embaraçante, daqueles que fazem apetecer mentir.
Qualquer bilhete de identidade fica comprometido pela indicação de naturalidade que reze Fonte do Bebe e Vai-te (Oliveira do Bairro).
É absolutamente impossível explicar este acidente da natureza a amigos estrangeiros (“I am from the Fountain of Drink and Go Away…”).
Apresente-se no aeroporto com o cartão de desembarque a denunciá-lo como sendo originário de Filha Boa.
Verá que não é bem atendido. (…) Não há limites. Há até um lugar chamado Cabrão, no concelho de Ponte de Lima !!!
Urge proceder à renomeação de todos estes apeadeiros.
Há que dar-lhes nomes civilizados e europeus, ou então parecidos com os nomes dos restaurantes giraços, tipo: Não Sei, A Mousse é Caseira, Vai Mais um Rissol. (…)
Também deve ser difícil arranjar outro país onde se possa fazer um percurso que vá da Fome Aguda à Carne Assada (Sintra) passando pelo Corte Pão e Água (Mértola), sem passar por Poriço (Vila Verde), e acabando a comprar rebuçados em Bombom do Bogadouro (Amarante), depois de ter parado para fazer um chichi em Alçaperna (Lousã).»
(Miguel Esteves Cardoso)
PS. Só faltou referir o Triângulo Erótico da Bairrada (Ancas, Bustos, Mamarrosa)!

A este triângulo eu acrescentaria ainda as vizinhas: Nariz e Rego! Façam uma visita à Bairrada e vejam pelos vossos próprios olhos…
Por terras da Beira Alta os nomes vão na mesma esteira.
Vejamos alguns... Terreiro das Bruxas (Sabugal), Tibaldinho (Viseu), Rocamonde (Guarda), Bendada (Sabugal), Meios (Guarda), Trinta (Guarda), Vale da Mula (Pinhel), Forcalhos (Sabugal), Alfaiates (Sabugal) e tantas outras.
Há sempre um Portugal desconhecido.

VERGONHA DE GOVERNO

Depois de uma vida a ser explorado, um trabalhador vê-se na situação de desempregado.
Culpa do capitalista que nunca investiu, que nunca quis modernizar a empresa, que só existiu para explorar a mão-de-obra barata, à custa dos subsídios a ...fundo perdido, de benefícios de toda a ordem e espécie, de factores de produção mais e mais baratos.
Este trabalhador que a única coisa que possui é a força de trabalho, para vender, a preço da uva mijona...um dia está na situação que nunca pensou estar - desempregado.
Acenam-lhe com o subsídio de desemprego.
Que subsídio??
Esta corja diminuiu o período de vigência do subsídio e...pior CORTOU no valor do mesmo.
Ordens da troika??? Qual delas???
Cavaco - {C]oelho e Portinhas também é uma troika....
Ficou-se a saber, dados do INE - logo oficiais - que meio milhão de desempregados, registados, não recebe subsídio, mas o valor real ultrapassa a fasquia de um milhão 
UMA SITUAÇÃO DE VERGONHA SOCIAL.
Esta corja já pensou como podem sobreviver estes cidadãos (ainda são cidadãos portugueses, ou será que que já lhe retiraram esse direito??) sem qualquer rendimento?
SABEM???
Não, não sabem.
Gente de outra laia e sem princípios nem valores.
Acenam-lhes com a porta de saída do país???
O «conforto do lar» como um dia um acéfalo lhe chamou!!!
Cambada!!
Se fosse um banco, com ladrões a geri-lo, logo havia milhões para o socorrer...o tal processo sistémico que tanto convém a certos filhos da mãe.
Mas, como sempre a corja MENTE.
Segundo as contas de Eugénio Rosa, economista da CGTP, o desemprego real é de 1 482 100 (uma taxa de 26,1%). 
Assim, mais de um milhão de desempregados, mais precisamente 1 089 000, não recebem subsídio. 
O que significa que só cerca de 3 em cada 10 (26,5%) está a receber uma prestação.
LESTE SILVA O QUE O ESTUDO DIZ???
Já sei que tens dificuldades patológicas em leres documentos...só entendes linguagem de vacas!!!
Já sabemos....
Até quando esta ROUBALHEIRA??
Haja dignidade e respeito pelos trabalhadores e suas famílias.
PEDIR MUITO???

Isto é um governo???

Depois de personagens do circo do ROUBO do BPN fazerem parte desta «coisa» a que chamam «governo», eis senão que, a cereja no topo do bolo: 


FAVORES COM FAVORES SE PAGAM!!!
Esta corja é o quê???
Bando a quem se dá o nome de «governo», com os altos patrocínios do Silva.
PORCO DE PAÍS!!!

Interesse público


Uma cidade Espanhola declarou parte da sua dívida ilegítima, dizendo por isso “não pagamos” a uma dívida que não foi feita a pensar nos cidadãos.
A 25 de Junho, através de uma moção apresentada com a colaboração do Grupo de Auditoria da Dívida de Badalona, foi possível reconhecer a ilegitimidade de parte da sua dívida, pois a mesma não foi feita tendo em conta os interesses da população.
Especificamente, são declarados ilegítimos os juros dos empréstimos ICO, que o BCE cobra aos bancos a 1% e estes emprestam aos municípios a 5% ou mais para pagar fornecedores. 
A aprovação desta moção representa uma mudança de paradigma, uma vez que nenhuma administração pública havia declarado antes uma dívida como ilegítima, explica o site do Comité para a Anulação da Dívida Pública Portuguesa.
O site do CADPP  congratula-se com esta medida, agradecendo a ”todas as pessoas, tanto do grupo Auditoria Badalona como exteriores a ele, que colaboraram e tornaram possível de muitas maneiras que ontem pudéssemos apresentar esta moção e dar um passo em frente contra o capitalismo e a ditadura financeira que nos estrangula. Juntos, podemos!” 
Lá como cá o partido que Governa a cidade é acusado de falta de transparência
Nem tudo são rosas nesta cidade. 
Partidos e sindicatos da oposição ao Partido Popular (PP), quem governa este momento a cidade, queixam-se de falta de transparência na escolha de cerca de 200 desempregados para trabalharem numa empresa municipal durante alguns meses, empresa essa onde o PP tem uma maioria.
São 204 desempregados, que, durante alguns meses, podem receber 520EUR por mês.
Pode acontecer em Portugal?

O Comité para a Anulação da Dívida Pública Portuguesa tem vindo a desenvolver acções e esclarecimentos sobre a dívida pública em Portugal. 
É opinião de alguns dos membros que a dívida, muita dela, não é legítima.
Académicos de vários quadrantes afirmam que não é de todo afastada esta possibilidade, mas que o monopólio dos partidos e a forma como se coligam entre eles pode dificultar em muito uma cidade Portuguesa conseguir o mesmo que Badalona.
OS INTERESSES DELES, ACIMA DOS INTERESSES MUNICIPAIS....COMO SEMPRE!!!
Em hora de eleições(??) autárquicas quem ousa levantar o problema???

quinta-feira, julho 25, 2013

A HIPOCRISIA DO COSTUME

Esta é a farsa dos partidos.
Mostra porque devemos perceber que eles são todos iguais, pois os interesses que representam e que os controlam, são sempre os mesmos. 
Pactuam com a banca, no saque público.
Quem se esqueceu dos ataques ao social perpetrados por um Sócrates?
" Isto não é uma opinião, isto é um facto matemático.
"O dinheiro público, está a ser extraído do país pelo ps, pelo psd e cds, através de um sistema criado por todos eles em sintonia.
NÃO SE DUVIDE!!!
Os partidos continuam a fingir que não sabem de nada.
Os países flagelados pela crise, são países que estão a ser roubados pelos bancos, pelo comércio e impostos.
Deveria dizer-se ás pessoas que os vossos governos foram comprados, para não fazerem legislação que trave os interesses dos poderosos, pois se o fizessem perdiam os financiamentos políticos.
Descubra para onde são desviados os seus impostos, tornando vãos os seus sacrifícios.
Para além dos desvios levados a cabo pela corrupção politica, que já conhecemos, há ainda a máfia da banca, nacional e não só.
Porque estamos a descontar para a banca e não para o estado.
Porque a banca domina os governos e ele obedecem e escravizam os contribuintes.
Eles também assinaram a morte lenta dos portugueses.
NÃO ESQUEÇAM!!!
Já agora, lembram-se disto?

MEMÓRIA CURTA E PERNA LONGA!!!

O bater no peito ou o abanico?


Esta notícia deve gerar uma nova crise governamental.
A fazer «fé» no espectáculo dos abanicos do Cavaco, do Portinhas, do Passos nos Jerónimos, aquando da tomada de posse do novo cardeal de Lisboa...
Imagine-se a corrida que vai haver, agora que Roma «manda fechar seminários portugueses», para ficarem com a chave dos casebres.
Os benditos «religiosos» não vão chegar para as encomendas!!
Vai ser uma festa......
Já agora, não era Portinhas que andava a ver de um palácio para assentar os seus aposentos reais agora que é vice???
Vá Paulinho tens muito por onde escolher.....
Assenta Paulinho, mas assenta bem...não te vás picar no.....assento!
Mentes perversas!!!

Encriptado???


Esta do «encriptado» faz-me lembrar a CORRUPÇÃO que campeia em TODOS os departamentos MUNICIPAIS por este nosso país de bananas governados por SACANAS!!!
Dúvidas?
Leia-se o livro, «Da Corrupção à Crise» do insuspeitável Paulo Morais!!!

Alguém escolhe os companheiros de cela?


Segundo um vespertino, Isaltino, o todo-poderoso de Oeiras, ex-psd, ex-ministro e ex tanta coisa.... partilha cela com homicida e três predadores sexuais.
Pergunta-se, então, se os «vips», da flor do estrume, têm direito a escolher cela?
Se não, então qual a razão da notícia?
A ser verdade tal informação, esta comunicação é sensacionalista.
Faz apelo ao sentimentalismo bacoco dos portugueses, à pieguice do [C]oelho e à colaboração beneditina do patriarcado Mariano....
Coitados dos pobres de espírito, deles será o reino dos bem aventurados....
Ámen!!!
Que o «senhor» o acompanhe para bem longe!!!