quarta-feira, fevereiro 29, 2012

Rapazinhos....franganotes


O Alberto chamou-os de.....«rapazinhos»????
Percebido...
Ou será que «rapazinhos» significa os acéfalos que nos governam??? 

O faz de conta


O tempo que os deputados de uma qualquer Assembleia Municipal têm para estudar os regulamentos, posturas e outras deliberações é manifestamente MUITO POUCO!!
Seja no Porto, Guarda ou no Pico.....o problema é sempre o mesmo.
Os deputados que queiram realizar o trabalho de casa não o conseguem fazer na sua plenitude.
Tudo isto, para não falar do tempo dado para «apreciar» Orçamentos e Grandes Opções do Plano e Relatório e contas.
É bom que se recorde a certos «iluminados», que a grande maioria dos deputados não tem assessores e muito menos o tempo necessário e suficiente para análise cuidada dos documentos.
A maioria dos deputados têm a sua vida familiar e profissional.
SABEM?????
Uma reforma administrativa não devia ter nada a ver com agregações de freguesias mas, TUDO com o funcionamento, transparência, direitos e deveres dos autarcas.
Veja-se o que aconteceu na última Assembleia Municipal do Porto, onde era discutida(??) e votado um novo Código Regulamentar.
TUDO isto interessa, de que maneira, a uns quantos bastardos.....os mesmos lá, de cá ou da Patagónia!!!


A prova de vida

Uma Procuradora veio «contar» o depoimento de um cidadão, sobre um crime hediondo.
Tudo isto foi mil vezes pior que a tal fotografia, de Rosalina Ribeira, que «chocou» por aí tanta gente tão pudica.
E agora?
Vão comentar as declarações da Procuradora?
Já agora, será verdadeiro o relato???
Esta será a prova de vida para alguém....pois o visado já cá não está para confirmar ou negar.... 
E, por fim, tenho sérias dúvidas se TUDO isto, ou seja o conteúdo da entrevista não será por si só um CRIME.
E, será duplo crime.
Tenho muitas certezas.....
Mas, já se percebeu a oportunidade e a prova de vida para alguém....e, esse alguém, agradece com discurso fúnebre, ou será antes discurso de partida, num cais de lodo..... 

Barbaridades

E, a austeridade para esta escumalha é um divertimento.
Vejam só:

E, «last, but not the least» um Cavaco vem dizer:
«Mais austeridade para os novos pobres é impossível»!!!
Novos??? E os velhos pobres???
QUE VIGARICE!!!!!

terça-feira, fevereiro 28, 2012

Um tratamento VIP

A escola Afonso Albuquerque, a escola do regime - socratina, a que «recebeu» as remodelações dignas de uma escola de um país dos petrodólares, continua a ter tratamento diferenciado.
Não bastava ter beneficiado das obras que foram dignas de um regime a viver acima das possibilidades, quando havia e continuam a haver escolas que nem balneários têm para os alunos realizarem uma digna prática de uma disciplina que se devia chamar de Educação Física mas que, apenas é «ginástica»!!!
Mas voltemos às «regalias»!!!
A Câmara Municipal decidiu atribuir uma zona de estacionamento exclusiva para a escola «socratina»!!!
Uma das faixas de uma das artérias que «servem» a escola Afonso Albuquerque é reservada para aquela instituição.
Ali está a «reserva» dias úteis das 8:00h às 18:00h. Sem espinhas.....
Pergunta-se como pode um agente da autoridade «verificar» que o automobilista que ali estaciona, pertence à escola? Pode ser funcionário...pode ser um aluno....pode ser inclusive um cidadão que se deslocou ao estabelecimento de ensino para tratar de qualquer assunto e.............
Pois é.......
Ou seja inútil tal «reserva»!!!
E, mais inútil ainda se torna quando se sabe a dificuldade que é circular por aquela via em hora de entrada e saída dos períodos lectivos.
Mais inútil quando existe um espaço mais abaixo, até «servido» com uma porta de acesso à escola e que podia ser o tal estacionamento da escola....
Já agora qual a razão pela qual só a escola socratina tem tal privilégio???
Será pelo facto de alguns bastardos da cidade terem lá os filhos a estudarem e, serem elementos da Associação de Pais???
Pois é.....branco é, galinha o põe!!!!

Solidariedade com Paca Blanco e a sua luta



Informados dos dramáticos eventos (*) que têm atingido a activista Paca Blanco, bem conhecida de muitos de nós pelo seu envolvimento na luta pelo encerramento de Almaraz, luta pela protecção dos recursos do Tejo, e manutenção dos espaços em condições de sustentabilidade social e usufruto ecológico, vem os abaixo assinados manifestar por este meio a sua solidariedade pessoal, independentemente de outros envolvimentos que venham a desenvolver, e desta dar informação aos órgãos de comunicação social nacionais e do Estado espanhol.
É intolerável que a infracção da lei seja paralela ao ataque pessoal e espezinhamento dos direitos individuais de cidadania, num Estado democrático de Direito.
Aqui.

ROUBO

A Caixa Geral de Depósitos cobra 5,84 euros por informação verbal a clientes!!!
De acordo com as alterações ao preçário, também as certidões, as declarações ou as informações por escrito, relacionadas com contas de depósito, vão aumentar. Actualmente, a CGD cobra 30,75 euros (25 euros mais IVA a 23%). A partir de Abril, esta comissão aumenta para 33,82 euros (27,50 mais IVA).
Ao que chegou a agiotagem...ROUBALHEIRA....
E, isto num banco dito «público»!!!
É fartar vilanagem!!!

O GÉNIO HUMANO


Para que não se perca nem se esqueça a VOZ DA LIBERDADE e, principalmente, o génio do Zeca.
A não perder aqui
.

O conto do ...VIGÁRIO

Padre acusado de sacar fortunas a fiéis idosos!!!!
A troco de um "Diploma de Benemérito", idosos de Deão e Subportela, em Viana, emprestaram, sem juros ou data, 50 mil euros ao padre Adão Lima. As famílias tentam anular os "empréstimos" em tribunal".
No Tribunal de Viana do Castelo há, pelo menos, três pedidos de anulação de empréstimos feitos ao presidente da Direção do Centro Social e Paroquial de Deão. Os idosos, alguns sem herdeiros diretos, entregaram o dinheiro ao padre Adão da Silva Lima, depois de assinarem um "Contrato de Financiamento Particular de Mútuo sem Garantias Hipotecárias e sem Juros".
Ora cá está o célebre conto do vigário, aplicado na sua plenitude!!!
Esta, e outras igrejas, vão «sacando» o dinheiro e as propriedades aos idosos em troco do «céu» na outra vida...que caridosos!!
Esta faz lembrar um português que, no tempo da difusão da fé e do império, passou um cheque à família de um soba rico, a troco de todo o gado e terras que o régulo possuía.
O cheque deveria ser enterrado com o soba por forma, segundo o português «esperto», o defunto o vir a levantar na vida «eterna» junto do S. Pedro, no banco do Além!!! .
Afinal a história repete-se...apenas com outros contornos...mais macabros.....
Mas, o conto é será sempre do ...vigário!!!

A Carta

Governo quer saber situação financeira de todas as Câmaras.
O Governo enviou uma carta a todos os municípios solicitando informação completa sobre a situação financeira de cada autarquia. Na missiva, assinada pelos ministros Miguel Relvas e Vítor Gaspar, o Executivo pede urgência na resposta.
São dois os dados concretos pedidos nesta circular: o montante global da divida de curto prazo e o da divida de médio/longo prazo, elementos que - explica o Governo - vão permitir a recolha e análise de informação "absolutamente crucial" para conseguir uma visão global da situação financeira dos municípios portugueses.
Aí vem «bronca»!!!
Preparem-se o buraco será de tal grandeza que....vem aí mais e mais do mesmo...AUSTERIDADE...
Se juntarmos ao «buraco» o INCUMPRIMENTO, por parte do governo, no que às transferências obrigatórias dizem respeito...então a IMPLOSÃO É TOTAL!!!
PREPAREM-SE!!!!!

segunda-feira, fevereiro 27, 2012

Paladinos miseráveis


«A representação dos Estados Unidos em Portugal anunciou que, a partir de Março, a embaixada em Lisboa e o consulado geral em Ponta Delgada (Açores) vão deixar de emitir vistos de imigração para portugueses, passando o processo a ser assegurado pela representação norte-americana em Paris (França) - deslocação que terá de ser custeada pelo próprio candidato.»«Antecipando «um impacto muito grande na comunidade» com esta alteração da política de concessão de vistos, que entra em vigor em marco, José João Morais lamentou: «Nós aqui fazemos tanto pelos americanos, pelo Governo americano e depois tratam-nos desta maneira». Mas as culpas, frisou, são mais dos diplomatas portugueses que não têm «capacidade» para lidar com um país «muito difícil» como os Estados Unidos, que dos políticos americanos. E as mesmas culpas estendem-se a figuras como o Presidente da República e o ministro dos Negócios Estrangeiros, que «a única coisa que vêm cá [aos Estados Unidos] fazer é gastar dinheiro e passear», criticou.»
Esta notícia confirma aquilo que todos nós já sabíamos.....quando se fazem visitas ao estrangeiro é só passeio.....
Caravanas mais completas e recheadas que aquela embaixada que, em 1514, o rei D. Manuel de Portugal, mandou ao papa Leão X.
Só para impressionar.
Uma embaixada de obediência, como quase sempre, para fazer desfilar pela ruas de Roma o exotismo dos diferentes mundos que estavam sujeitos ao domínio português.
Mostrava-se assim, com aldrabices e aparências, um falso paladino da fé cristã, escondendo-se a patifaria dos roubos e saques a povos indefesos e o hediondo tráfico de escravos.
Só fingimentos.
Hoje como ontem, uns bacocos, parolos e provincianos partem com caravanas imensas, aviões cheios para nada fazerem.
Exemplo de tudo isto a notícia que nem todos são asnos e perceberam há muito a imbecilidade desta gente e canalha. 

O bando


O «banco» de um qualquer jardim, à beira-mar plantado, desde os tempos do «cavaquismo», passando pelo (des)governo de um Sócrates até um Coelho, tudo deu para o peditório....
Este banco foi o «local» perfeito para a bandidagem.
Durante anos o roubo e a corrupção foram a prática e muitos lucraram e ficaram ricos com as trafulhices ai feitas sem que hoje sejam chamados a qualquer responsabilidade. Também quem devia supervisionar o que por ali se passava não viu nada e hoje até foi promovido a vice-presidente do Banco Central Europeu.
Já ali foram «enterrados» 5 500 milhões o que nos custou a todos nós a roubalheira do BPN, brilhantemente explicado pelo deputado João Semedo.
Recordar que estes 5 500 milhões são mais que o valor do corte nos subsídios de Férias e Natal, mais que o aumento do IVA nos bens essenciais, mais que o aumento das taxas moderadoras ou aumento dos transportes.
É isso que nos estão a fazer pagar a nós enquanto dos culpados não há novidades.
Do dinheiro roubado não se conhece o paradeiro ou se tenta recuperar.
Depois ainda nos dizem que nunca houve tanta acusação por corrupção em Portugal.
MENTIROSOS.
Nós temos o dever de pagar a ROUBALHEIRA, não temos o DIREITO a saber o que se passou!!!
LADRÕES!!!!

Afinal há, sempre houve, alternativa

«Bjork, a mais emblemática das cantoras da Islândia, disse há uns meses que, como a maioria dos islandeses, teve um curso de choque frontal com a economia.
A Islândia sobreviveu muito dorida ao desmoronar da bolha financeira e, quatro anos depois, foi retirada do caixote do lixo pelas agências de notação. Para isso teve de deixar falir os bancos e de limpar uma classe política e empresarial que tinha feito do país um local um Pólo Norte existencial.
Hoje a Islândia pode dizer que é um sopro de calor que vem do frio. E que mostra uma alternativa à política cega, surda e muda da troika que está a fazer do sul da Europa um laboratório onde o neutrão da austeridade choca com o protão do crescimento.
O camião de dinheiro que vai ser despejado, mais uma vez, na Grécia é mais uma ilusão de óptica. Há uma diferença fundamental entre o sul e o norte da Europa que não poderá ser resolvida por uma moeda comum.
O euro é um bezerro de ouro para alguns, mas começa a ser um pesadelo de chumbo para quem nunca conseguirá, a sul, um equilíbrio com o norte da Europa. De empréstimo em empréstimo e de recessão em recessão nunca haverá um crescimento capaz de pagar as dívidas acumuladas.
Sem competitividade fora de uma moeda comum começa a ser uma utopia para os países mais fracos saírem deste colete-de-forças tecido entre Bruxelas e Washington. Se a Islândia continuasse a fazer parte da UE seria hoje um gelado sem cor. Seria um local de dor. O drama da Grécia, pelo contrário, não é uma canção de Demis Roussos.
É uma recessão sem fim com dívidas que nunca se poderão pagar. Os políticos portugueses deveriam pensar nisso.» - Fernando Sobral, no Jornal de Negócios.
Vagamente relacionado: «De acordo com uma sondagem da Universidade Católica para a RTP ontem divulgada, a maioria dos portugueses (62%) considera que o Governo liderado por Pedro Passos Coelho/relvas está a ter um mau desempenho. Mas uma maioria ainda mais ampla (73%) não encontra melhor alternativa em qualquer um dos partidos da oposição, julgando-os incapazes de fazer melhor. A falta de desígnio e de esperança propaga-se na medida direta da ausência de confiança e de expectativas. A democracia caminha por uma viela escura.» - Rui Bebiano, no “A terceira noite”.
Gostei de ler aqui.

Para que se compreenda






Este documentário dá conta e faz uma análise do programa de desapropriação que foi realizado contra as classes populares na Argentina, criado num contexto histórico mundial, através da traição de quem, prometendo uma maior protecção social, uma maior independência anti-imperialista, abandonaram as suas posições iniciais e aliaram-se ao capitalismo selvagem e anti-social americano.
Este documetário traça a política, social e económica de décadas de Menem e, traça o paralelismo com as responsabilidades, vítimas e beneficiários das actuais políticas neoliberais.
A não perder...para quem se interessa pela farsa de uns fantoches de sempre e as suas políticas.  

E o mais que quiserem.....

Só faltava mesmo esta.....
Contribuintes que pagam IVA têm de ter email nos CTT!!!
Segundo o Diário Económico, os contribuintes do regime de IVA vão ser obrigados, já a partir de abril, a ter um endereço eletrónico nos Correios para receberem as notificações do Fisco.
O valor máximo da multa para quem não abrir uma conta de e-mail nos CTT é de 3750 euros.
Já agora...a seguir ao email adquiram de imediato o «cartão do PPD ou do CDS» a «coisa» é mais fácil....e o grande líder Coelho sabe compensar....

Tudo na mesma, como a lesma

Pinto Monteiro deu a conhecer ao Parlamento a incapacidade do Ministério Público para executar as prioridades de investigação impostas por lei.
Mas. afinal em que ficamos???
Uns dias atrás o senhor dizia que nunca em Portugal se tinham levado a tribunal tantos casos de corrupção e agora, vem dizer que o Ministério Público não tem capacidade para executar as prioridades de investigação.
Entendamo-nos. Ou quer atirar areia para os olhos dos portugueses que lhe pagam o vencimento, sem que daí resulte quiasquer ganhos de produtividade ou, e pior ainda, os casos de corrupção são TANTOS que não há capacidade para os investigar....
A confusão de tudo isto, dá no que dá.....realeza inglesa, verdadeira Rainha de Inglaterrra, só mesmo!!!

Sim, senhor Coelho

GNR falidos pedem um milhão num mês!!!
Disparou corrida aos serviços sociais para empréstimos.
Os militares da GNR procuram cada vez mais os empréstimos para fazer face às despesas correntes.
Cavaco ouviste?
Depois não te venhas armar em parolo e dizer que te espantas com notícias destas....como o povo sofre, graças à brutalidade das políticas de um governo do Coelho.
Uma força para-militar como a GNR em que os seus efectivos estão a pedir apoios, aos serviços sociais, pode significar muita coisa....
Pois é.....
CUIDEM-SE TODOS!!!!!

domingo, fevereiro 26, 2012

Os espantalhos do costume


Um tal senhor Silva, eleito por uma abstenção enorme, vem dizer esta coisa estúpida, que se espantou com o valor do desemprego em Portugal.
Triste espantalho!!!
Onde vive este Silva??
Na redoma de S. Bento???
A tratar das galinhas, dos patos (devem ser mais que muitos), da colecção particular dos persépios???
QUE VERGONHOSO TER ALGUÉM COMO ESTE SILVA A PRESIDIR À MESA!!!
E, anda este «provedor» a provar chapéus, sapatos, malas de senhora e...a dizer esta parvoice saloia e bacoca: «os jovens empresários são a seiva de uma economia próspera».
Mas que parolo!!!
Tudo isto aconteceu num roteiro, que na Índia significa aquele que roteia cadeiras, o mesmo que palheiro.
Um palheiro da juventude na linguagem do «pogresso» do Silva!!!
Coitado do triste espanto.
Espante-se.....com ou sem espantalhos!!!
O Sr. Silva, o tal mestre da ciência económica, o tal que quando fosse Presidente ia utilizar os seus conhecimentos para resolver os problemas do país, não sabe nada sobre a realidade em que ele vive. Parece que só ele é que ficou surpreendido com os números do desemprego. (O Paços Coelho vê ali pieguice, o Álvaro realça a sua incapacidade e o Gaspar teimosia e fé, como a Cristas, também já tudo se resume a uma questão de fé).
Demita-se Sr.Silva, vá gozar a sua reforma para a Quinta da Coelha e ajude o o país desaparecendo.
Fazia um grande favor ao «pogresso»!!!

Triste realidade

Desempregados sem subsídio são mais que 300 mil!!!
Já se perguntaram de que vivem tantos cidadãos???
Querem-nos no assistencialismo das misericórdias, da caridadezinha e da sopa dos pobres.
A hossana do governo de um Coelho......
MISERÁVEL!!!!
ESTES DESEMPREGADOS SÃO CIDADÃOS PORTUGUESES COM DIREITOS!!!
Percebem seus eunucos???
Não, não percebem.....para quem sempre viveu com a carteira do «papá» na algibeira difícil perceber!!!
ACÈFALOS NOJENTOS!!!

ROUBO

Fisco sobe valor das casas 700%!!!
ROUBO...MAIS UM!!!!
LADRÕES E GATUNOS.
Vão ROUBAR para as estradas....já lá estão!!!!

A dança das cadeiras

E a vigarice continua.....
Depois de apresentarem um programa eleitoral e ganharem as eleições com ele e, aplicarem outro completamente diferente....
Eis que o «primeiro-ministro» e presidente do PSD defendeu hoje que a lei de limitação de mandatos foi feita para impedir os autarcas de se recandidatarem à respectiva câmara ou junta de freguesia, podendo estes candidatarem-se a outras autarquias.
"Esta é a claramente a minha interpretação, mas essa é uma questão que poderá, se houver duvidas, ser devidamente esclarecida", declarou Pedro Passos Coelho aos jornalistas, no final de uma reunião do Conselho Nacional do PSD, num hotel de Lisboa,
Segundo Passos Coelho, é "muito evidente" que a intenção de quem aprovou a lei de limitação de mandatos foi a de impedir "que alguém que se candidata a presidente de uma determinada câmara não se eternize à frente dessa câmara" e não "aplicar um castigo sobre as pessoas, dizendo 'o senhor já foi presidente de câmara, não pode voltar a ser aí nem em mais lado nenhum'".
O primeiro-ministro e presidente do PSD reforçou que "a intenção declarada dos legisladores" foi impedir que um presidente de câmara ou de junta "se tendesse a perpetuar à frente desse órgão, na medida em que dispõe de recursos importantes que podem criar uma situação de favor que aquele eleitorado em concreto se pode ver na necessidade de retribuir pela eleição".
Como este Coelho sabe a «vontade» do legislador???
Depois sai mal na fotografia...
O que se pretende com a limitação dos mandatos seu parolo, provinciano e aldrabão é só evitar que casos iguais ao do Isaltino, da Fátima de Felgueiras do major «valentão» e de TANTOS OUTROS se continuassem a verificar, fosse na câmara deles ou noutra qualquer...
Que bonito....um bastardo não se pode candidatar à «sua» câmara e vai de armas e bagagens com o séquito TODO para outra câmara vizinha, trocando com o «amigalhaço» com o qual até fizeram «acordos», «negociatas» interessantes para os dois...
BACOCOS....
Isto chama-se MENTIR e, pior muito pior dar COBERTURA AOS ROUBOS que se vão perpetuar no tempo e...principalmente no espaço.
Imagine-se o senhor de Gondomar agora transformado em senhor de Matosinhos!!!
O senhor de Viseu, o S. Mateus, transformado em S. Torcato!!!
A senhora do Coito transformada em senhora de Fátima!!!
E, por que não o S. João da Guarda em S. Macário!!!
Uma verdadeira reforma administrativa à medida e desejo dos bastardo....que bonito!!!
HAJA VERGONHA!!! 

Mais um a caminho do ...tachinho!!!!

"O PGR tem todo o poder de intervenção", diz Laborinho Lúcio, ex-ministro da Justiça de Cavaco Silva!!
Aqui a entrevista de lambe-botas!!!!
Este já se está a «fazer» ao piso....
Arranja-me um emprego....
Arranja-me um emprego
pode ser na tua empresa
concerteza
que eu dava conta do recado
e para ti era um sossego

Se em mandasse neles
os teus trabalhadores
seriam uns amores
greves era só
das seis e meia às sete
em frente a um cassetete
primeiro de Maio
só de quinze em quinze anos
feriado em Abril
só no dia dos enganos
e reivindicações
quanto baste ma non troppo
anda, bebe mais um copo
arranja-me um emprego

Para que serve um voto


 
A direita votou contra a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito que se impõe fazer ao BPN.
E não foram necessárias nem 24 horas para que os cálculos que o deputado João Semedo – no vídeo –­ fez sobre quanto nos custou o banquete promovido conjuntamente pelo socratismo e pelo cavaquismo pré e pós socratismo ficassem desactualizados.
O assalto ao bolso dos contribuintes: “Estado tem de emprestar mais 300 milhões para vender BPN”. 
Esta notícia  tem implícita uma venda obrigatória que não o é, a palavra “Estado” é escolhida na vez de “Governo” e o “tem de” aparece na vez da habilidade com que o negócio da venda foi feito à margem da Comissão de Acompanhamento das Reprivatizações, cujo parecer, este sim, é obrigatório
Temos o "direito" a pagar, mas não o direito de saber que vigarices são encobertas com o nosso dinheiro.
Agradeçamo-lo à utilidade dos votos daqueles que elegeram a actual maioria, mas também à não menos útil abstenção que permitiu que os partidos implicados no maior roubo de todos os tempos alguma vez praticado em Portugal obtivessem uma confortável representação parlamentar com mais de 80% de deputados eleitos.
Infelizmente o «estar nas tintas» para TUDO, dá nisto.
Os bastardos fazem TUDO o que os «amigos» lhes pedem e exigem.
ABRAM A PESTANA!!!

sábado, fevereiro 25, 2012

Pensamentos

“Sabemos que vamos morrer, mas não acreditamos. A Europa é a mesma coisa”- José Gil.
Uma entrevista imperdível...
Obrigatório ler e...pensar!!!!
Aqui.

O Fim da linha.......


Se as dívidas de 60 milhões de euros das autarquias aos transportadores privados não forem regularizadas, o transporte escolar pode ser paralisado. A ANTROP, Associação Nacional de Transportes Rodoviários de Pesados de Passageiros, vai explicar terça-feira qual o ponto de situação das empresas do sector, em dificuldades devido ao atraso nos pagamentos das autarquias.
O transporte escolar é garantido em todo o país por operadores privados e constitui, em muitas zonas do interior do país, o único meio de transporte possível das crianças para as escolas.
Já foi a ameaça do corte do fornecimento de medicamentos aos hospitais.
Agora os transportes escolares......
De corte em corte até ao corte final....o desaparecimento do país......

Crescer???

«SÓ UM EM CADA 40 JOVENS GANHA MAIS DE 900 EUROS, INDEPENDENTEMENTE DO GRAU ACADÉMICO»
E, ainda falam de crescimento....
Crescer???
Que crescimento????
Crescer na lama, no esgoto, na escravatura????
Só pode ser...com ordenados destes!!!!!

O saloio



Depois do visual dos óculos eis que...chegou o chapéu......
Cada vez mais parecido com o outro......

E o roubo é arrombo

Governo avaliza novo «empréstimo» de 300 milhões de euros ao BPN!!!
É FARTAR VILANAGEM!!!!!

A solução para nada e coisa nenhuma!!!

Ex-ministro da Economia Daniel Bessa mostrou-se pouco optimista.
Portugal sem crescimento nos próximos dez anos.
O ex-ministro da Economia Daniel Bessa afirmou este sábado, em Guimarães, que Portugal "não conhecerá crescimento" assinalável nos próximos dez anos, e terá de apostar em mercados fora da Europa se "quiser crescer".
Pode-se ler aqui.
E, disse mais: «Há um preço a pagar por erros que se cometeram e também por alteração das circunstâncias superiores que vieram tornar tudo mais difícil".
E ainda mais, confrontado com declarações optimistas de Cavaco Silva, o ex-ministro de António Guterres afirmou que "cada profissão tem as suas competências" e que seria impensável ter à frente dos destinos do país "alguém que difundisse discursos pessimistas" recusando, assim, um "cenário de ilusão".
TOMA E EMBRULHA QUE É DEMOCRÁTICO!!! 
E continuou....falando sobre o sector da construção, afirmou que oferecia do "próprio bolso" mil euros ao Estado para "lançar uma grande obra do regime" se essa fosse a demolição dos estádios de Aveiro, Leiria e Faro.
Este foi o chamado pontapé de bicicleta.....sem a dita!!!
"Se a obra deste regime for essa, que seria extremamente meritória, estou disposto a dar mais", adiantou, explicando que "estimularia a construção" e que "as empresas que fizeram estas obras ficariam agora felizes pela possibilidade de as deitarem abaixo".
Ora cá está a resposta pronta ao «chefe» dos empreiteiros que querem obras para ganharem o deles!!!
Mãos à obra....DEITAR ABAIXO OS ESTÁDIOS, E OS EMPREITEIROS A GANHAREM-NO.....
AO TRABALHO PRESIDENTES DE CÂMARA.......
O Cavaco diz que este ano já vai haver uns pozinhos de crescimento...
O Coelho, que é Passos, diz que no segundo semestre é que vai ser....a recuperação do emprego....
O Álvaro diz que o fim da crise está para breve....
Agora o Daniel, que é Bessa, do Ps (??) vem dizer que nem daqui a 10 anos haverá crescimento...
Os portugueses cada vez mais apertam o cinto...e SABEM QUE O AFUNDANÇO É FATAL....
Não mintam...nem hoje, nem amanhã, nem no tempo do PIU....haverá crescimento...

Aviões....e desvios!!!

Milhões voam de Angola para Madeira!!!

Terá sido o mesmo avião que levou os «amigos» do Cavaco do BPN???
E, é com esta gente que um governo de um Coelho, dito de Passos, negociou a «venda» do BPN ao BIC???
BIC esfera fina, BIC esfera grossa cada um escreve com a que lhe dá mais jeito.....

A lei...da rolha

Ouvi hoje, nos telejornais, que no PPD/PSD ia acabar a «lei da rolha»!!!
Afinal sempre havia a rolha e a lei da mesma...
Bem que me parecia por certas posições que andaram a circular na tasca da tia Albertina....
Desapareceu uma garrafa de Colares com...rolha e tudo.....
A lei...pois é!!!!

Memória curta e perna longa!!!

António José Seguro alerta para perigo de "o interior morrer" se não forem tomadas medidas!!!
Mas esta gente não tem memória????
Quem iniciou o processo das portagens???
Quem iniciou o encerramento das escolas???
Quem quis iniciar o processo de encerramento dos serviços públicos???
Quem travou a aplicação das verbas do PIDAC???
Quem esqueceu os projectos estruturantes de vias de circulação, como a IC7 e IC37 que ainda hoje BLOQUEIAM o desenvolvimento de toda uma região como a de Seia e Gouveia???
Lembra-se senhor deputado eleito pelo círculo da Guarda, senhor ex-secretário de estado Paulo Campos??? Pois é......
Quem esqueceu as populações, sem ter em conta com um plano de apoio aos milhares de desempregados que resultaram do encerramento de empresas???
Onde está o plano de desenvolvimento regional que colmatasse tal crise social??? Os call center não chegam, nem chegaram e, são empregos precários baseados na exploração vergonhosa da mão-de-obra.
Os incentivos que anunciaram para a localização de empresas deu em quê????
NADA E COISA NENHUMA!!!!
O projecto das «aldeias históricas» que já vinha do tempo do Cavaco deu em quê???
Apropriação indevida e escandalosa dos fundos...comunitários por parte de uns quantos que depois o governo de um Sócrates...esqueceu....de INVESTIGAR!!!
HAJA VERGONHA!!!

Os cobardes afilhados dos bastardos


A violência contra as crianças é um crime hediondo.
COBARDES E ASSASSINOS!!!

As imbecilidades

Cavaco Silva diz que é importante que o país comece a dar sinais de recuperação este ano!!!
Este Cavaco está a querer gozar com a cara de quem???
Vá gozar com a mãezinha dele......
JÁ NÃO HÁ PACHORRA PARA ATURAR IMBECIS!!!!

quinta-feira, fevereiro 23, 2012

quarta-feira, fevereiro 22, 2012

O empregado de mesa...de sempre!!!!

"Vamos ter uma nova Europa depois da crise", diz Durão Barroso.
Que Europa senhor Barroso???
Pois já percebi.....
Já agora não haverá por aí umas armas de destruição maciça???
Davam jeito, pois era!!!!!
ALDRABÕES.

terça-feira, fevereiro 21, 2012

COMO GOSTEI DE LER ISTO.......

Numa Terça-feira Gorda com serviços públicos abertos para as poucas moscas que ousam nascer nesta época do ano ainda marcada pelo frio, o Carnaval decidiu pregar uma valente partida aos seus detractores, adeptos da via do descalabro austeritário. Quase quatro anos depois da Islândia ter entrado em bancarrota, o país recuperou o estatuto de grau de investimento para a Fitch. A agência, a única que atribuiu nota de default à Islândia, melhorou hoje a classificação da dívida islandesa de BB+ para BBB-, deixando de avaliar o país num nível considerado lixo e admitindo mesmo a hipótese de rever em alta a sua notação num futuro próximo.
"A restauração do ‘rating' da Islândia para grau de investimento reflecte os progressos que foram feitos na restauração da estabilidade macroeconómica através do avanço de reformas estruturais e na reconstrução da qualidade de crédito desde a crise bancária e cambial de 2008", referiu o director da Fitch, Paul Rawkins. O responsável da Fitch referiu ainda que "está em curso uma recuperação económica promissora, a reestruturação do sector financeiro está bem adiantada, enquanto a dívida pública sobre o PIB está próxima de atingir o pico graças a um programa de consolidação orçamental robusto".
A Islândia era já um exemplo de que existe outro caminho que não o da cedência incondicional às imposições de credores externos com outros interesses que não propriamente a recuperação económica dos países intervencionados, entre elas a implementação de uma reconfiguração social e a salvaguarda dos interesses do seu sector financeiro. Torna-se agora também um caso de sucesso comprovado de relançamento de uma economia que, mercê da ganância de banqueiros delinquentes, colapsou em 2008, que contrasta com os autênticos descalabros provocados pelos planos de austeridade implementados em países como Grécia, Portugal, Irlanda, Hungria ou Roménia. Os islandeses arriscaram pela solução que lhes pareceu ser a mais justa e a melhor para eles. Estão agora a colher os frutos. Portugal vê-se a afundar mais e mais a cada dia que passa. Nós contentamo-nos com os elogios daqueles que colhem os frutos dos nossos sacrifícios. E nada mais natural do que elogiarem-nos a obediência. Estamos a trabalhar para eles.
Em capítulos anteriores:
1. Talvez não tenha havido país onde a crise financeira se tenha feito sentir de forma tão dramática como na Islândia. Com certeza todos se lembrarão da bancarrota que sucedeu à catadupa de bancos que faliram. Pois bem. Depois disso, não houve lá cantigas que falam de responsabilidade, sentido de Estado ou medo dos mercados que surtisse o efeito desejado por quem costuma usar esse expediente para se fazer eleger. Os islandeses souberam fazer uma autêntica revolução, absolutamente democrática, e tiveram a coragem de querer mudar de vida. Neste processo, os islandeses correram com a direita que então detinha o poder, esvaziaram a esquerda prostituída ao liberalismo que se propunha adoptar as mesmas soluções que os primeiros e fizeram das eleições a oportunidade para mudar de vida, pondo aos comandos do destino do país uma coligação de esquerda formada por social-democratas, feministas, ex-comunistas e Verdes. Em referendo, com aproximadamente 93 por cento dos votos, recusaram que fosse a sua sociedade a pagar o buraco financeiro gigantesco aberto pela ganância de banqueiros delinquentes. Prenderam quantos destes ladrões puderam. Asseguraram o controlo da sociedade sobre o sistema financeiro nacionalizando os três maiores bancos. Mandaram os credores externos esperar. E elegeram uma assembleia constituinte em 27 de Novembro de 2010 incumbida da redacção de uma nova Constituição capaz de limitar os excessos de um capitalismo que lhes provocou um sabor tão amargo e de catapultar de novo a Islândia para uma trajectória de progresso e de justiça social. (ler mais e ver filme)

2. O tal país que mandou o FMI às malvas, prendeu os banqueiros delinquentes, promoveu a reforma antecipada da parcela da sua classe política que se dispunha a vender o seu povo à agenda neoliberal e colocou os credores à espera. A Islândia, lembram-se? De acordo com estimativas do próprio Fundo Monetário Internacional (FMI), a Islândia vai fechar 2011 com um crescimento do PIB de 2,5%, prevendo-se novo crescimento de 2,5% para 2012 – números que representam quase o triplo do crescimento económico de todos os Estados-membros da União Europeia – que em 2011 ficarão pelos 1,6% e que descerão para os 1,1% em 2012. A taxa de desemprego no país vai ainda descer para os 6%, contra os actuais 9,9% da zona euro, que vai coleccionando novas vítimas da agenda de retrocesso civilizacional à medida que o tempo passa e uma solução é retardada o mais possível para que o neoliberalismo tenha tempo para impor as suas leis. (ler mais aqui).

AFINAL HÁ OUTRA SOLUÇÃO PARA A ROUBALHEIRA QUE SE INSTALOU POR CÁ!!!
SÓ QUE OS CORRUPTOS, LADRÕES, GATUNOS E GORDUROSOS VÃO PARAR À CADEIA......SEM APELO NEM AGRAVO....
PERCEBERAM????
Pois nunca perceberão porque os interesses de uns, os gatunos, são muitos.....
GOSTEI DE LER PORQUE É REAL, VERDADEIRA E DIGNA.
PORQUE É E SEMPRE FOI POSSÍVEL....
Alguém por acaso, mas só por um acaso ouviu, leu isto nalgum PASQUIM????
NADA!!!!
CALARAM, METERAM A VIOLA NO SACO E FORAM DAR BANHO AO CÁGADO....OU TERIA SIDO AO COELHO????

As panelas de pressão!!!

Houve tempos que as panelas de pressão faziam parte do «trem» de qualquer cozinha.
Utilizavam-se, normalmente, para cozinhar a sopa, a feijoada, os ossos e o cozido português....
Ou seja, quando se queria cozinhar para muita gente, com muitos ingredientes e condimentos utilizava-se a panela de pressão!!!
As panelas de pressão voltaram...................em especial a pressão!!!
Um Procurador Geral da República veio dizer que nunca, mas nunca sofreu pressões!!!!
Agora, em dia de Carnaval, a ministra da Justiça, amiga de peito do Marinho Pinto, foi ao Parlamento «explicar», aos seus pares, a razão do encerramento de alguns tribunais!!!
Explicou-se em dia de Carnaval......coincidências!!!!!
No final da «explicação» veio dizer.....como o outro....que nunca irá ceder a .....PRESSÕES!!!
Pois é.....as panelas do cozido em pressão.....

Mais e mais do mesmo.......


Santos Silva tinha cartão milionário....

O tal que «tinha um gosto especial em malhar numa certa esquerda» afinal tinha um cartão milionário.....
Seria o cartão que lhe permitia ter o «malho»!!!!!
Pois é...... um cartão de crédito com 10 000 euros por mês e, o secretário de Estado, Marcos Perestrelo dispunha de igual montante.....grande malhação ...nas finanças públicas!!!
Já sabe quando o ouvir e ver numa televisão «pimba» lembre-se DISTO...cartão milionário de 10 000 euros!!!
PERCEBEU?????
ARROTA PELINTRA!!!!

Só os mais fracos SOFREM

Aumento do IRS para reformados é partida de Carnaval diz BE.
As novas tabelas de retenção na fonte de IRS para os pensionistas e reformados publicadas na passada semana em Diário da República de vem ser uma partida de Carnaval de Passos Coelho e Paulo Portas acusou ontem o Bloco de Esquerda que já pediu explicações por escrito ao ministro das Finanças.
Já se sabia que este Governo decidiu cortar lhes os subsídios de Natal e de férias Mas agora as novas tabe las de retenção do IRS são agravadas para os pensionistas apesar de o seu rendimento ter sido reduzido dis se o deputado bloquista Pedro Filipe Soares em conferência de imprensa citado pela Lusa Trata se de uma re tenção abusiva de IRS através da qual o Estado está a fazer um empréstimo a taxa zero à custa dos mais vulneráveis a quem reduz o dinheiro para fazerem face ao seu dia a dia acusa o BE.
As novas formas de cálculo basea das em 12 meses deveriam implicar uma redução do imposto mensal a reter. Mas tal só acontece no caso dos funcionários públicos enquanto para os pensionistas são agora aplicadas taxas de retenção superiores às que existiam quando recebiam 14 meses.
ROUBO É O QUE ISTO É!!!!
É O «CUSTE O QUE CUSTAR»!!!!
Pieguice da trampa......é o que é, mais nada!!!!

segunda-feira, fevereiro 20, 2012

A abstenção virulenta


Esta abstençao virulenta, ou seja peçonhenta, só podia ser mesmo isto......
«O líder socialista insiste que a troika deve dar mais tempo a Portugal para a consolidação das contas públicas. No final de um encontro, que durou cerca de uma hora e meia, António José Seguro reconheceu que há pontos de vista divergentes entre o PS e a troika.»
Bem se percebe esta da «consolidação» das contas......pois é...Paris, de França......

A «teoria» do Vaticano --- beatas!!!

Há coisas na igreja, nomeadamente, na apostólica e romana que sempre ao longo da vida me fizeram muita confusão...
Muita coisa....confissões....hóstia como corpo de «cristo» ......coleira branca e.....principalmente as saias....
Nunca percebi, nem quero perceber, a razão de tais vestes.
Mas, agora vou percebendo a razão pela qual na igreja apostólica romana os signatários são só homens e ........usam saias.
A mulher deve poder ficar em casa, ou, se trabalhar fora, num horário reduzido, de maneira que possa aplicar-se naquilo em que a sua função é essencial, que é a educação dos filhos.Assim diz o novo cardeal Manuel Monteiro de Castro.
De uma assentada, decreta-se que o papel da mulher no espaço público é indesejável, que o papel do homem na educação dos filhos é secundário, que uma família com filhos só pode ter um homem e uma mulher, e que os obstáculos à opção de constituir uma família com filhos nada têm a ver com o desemprego e a crescente precariedade das relações de trabalho.
Será que no reino de Ratzinger a ignomínia faz parte das provas de acesso a cardeal?
Para esta seita já se percebeu o lugar da mulher......
Qual a razão pela qual as mulheres continuam a aceitar tamanha discriminação e serem as mais beatas???
Pois é......coisas de beatas......ou de cinzeiros????

A Europa dos trabalhadores contra o capital


Espanha: Manifestações massivas contra “reforma laboral injusta”
Centenas de milhares de pessoas manifestaram-se neste domingo em 57 cidades de Espanha, convocadas pelas centrais sindicais Comisiones Obreras e UGT sob o lema “Não à reforma laboral injusta”.
Os manifestantes pediram a convocação de uma greve geral em todo o Estado espanhol.
Na Galiza, no País Basco e em Navarra está convocada greve geral para 29 de Março.
As causas das manifestações são as mesmas que em Portugal, na Grécia, na França na Itália.......
Protesto contra a alteração das leis laborais e a facilitação dos despedimentos.
A «forma» como um capital e seus lacaios encontram para fazer face à CRISE que eles próprios provocaram é só uma: REFORMA LABORAL CONTRA OS DIREITOS DOS TRABALHADORES!!!
Este capital não sabe o que é o trabalho!!!
Sempre tiveram tudo à cão.......TUDO, MAS TUDO DADO PELOS LACAIOS.....

O «Nascer»


O Silva depois de ter «fugido» dos adolescentes...eis que quis emendar a «coisa» e vai de promover as jornadas «Nascer em Portugal»!!!
Podia ser «nascer na China», «nascer em Angola», «nascer em Boliqueime», nascer na Pixa» ou «nascer em TIBALDINHO»...mas não..... foi em Portugal.....
LINDO, COMOVEDOR.....ENTERNECEDOR.......PIEGAS, MAS MARIALVA!!!!!
Lá estiveram os «amigos» do costume....ilustres palestrantes, oradores da botija.
O Carlinhos dos Funerais, o Penteadinho, o Cospe Fino, o Papo-Seco, a Carlota da Facada ou o Mão-de-Ferro tudo, mas tudo com «provas» dadas na feitura do «nascer em Portugal»!!!
A «conferência» foi realizada bem longe dos jornalistas...assim numa espécie de RETIRO que, nestas coisas de «nascer» e, principalmente «fecundar», pois a primeira sem a segunda não é possível (ou será que, com o governo do Coelho já é possível???), deve ser feita no recato da alcofa...só mostrada por tele.....vigilância!!!
Só que o «Nascer» não se ficou por orações beatas.....
Vai de convocar a «comissão do Relvas», sobre o desemprego, mais os donos do BIC, do BNP fundadores incluídos, Dias Loureiro, seu reverendo conselheiro, o Álvaro Sobrinho, o Mira Amaral e o Jorge Ferro Ribeiro de Macau para analisarem a situação «nascida» das relações incestuosos que se verificam ali por Angola e a saída, do lugar de Procurador, com licença, sem vencimento deixando o caso nas mãos da cândida, Cândida Almeida.
Coitadinha da alminha...com tanto trabalho a assessorar o senhor de Porto de Ovelha e....agora mais esta....
A reunião será feita às cinco, hora do chá e dos pasteis que a Maria foi comprar à pastelaria, agora que já se recompôs do período menstrual.....
Esperam-se as «novas»....lá para a hora do jantar!!!

As máscaras

Ficou-se a saber que a «troika» vai reunir com os deputados dia de Carnaval.....
Pior Carnaval não podia acontecer....
Lembro-me de uma piada que se passa no filme “Família Addams”.
Quando toda a família já está mascarada para o baile de máscaras, aparece a filha mais nova na sua roupa habitual.
Aí, alguém pergunta: “Então, não te mascaraste?”
Ao que a miúda responde: “Eu estou mascarada. Estou mascarada de psicopata.”
Os psicopatas do costume com os patos que metem as patas onde não DEVEM......
O Psico explica bem o motivo da escolha do dia.....
Freud explica ......se gostarem mais.......
Com ou sem máscaras vão para o baile ..........ou será cortejo???

Ainda e sempre o ....acordo...o ortográfico

Ainda e sempre o acordo...o ortográfico..estupido!!!
Agora é um brasileiro Paulo Franchetti, crítico literário, escritor e professor titular do Departamento de Teoria Literária da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Desde 2002, dirige a Editora da Unicamp, numa entrevista à Tantas Páginas.
«TP. O que acha do acordo ortográfico? Acha mesmo que, como dizem os editores portugueses (e muitos intelectuais), o acordo foi uma gigantesca maquinação brasileira para permitir que os livros brasileiros entrem livremente no mercado português e no africano, acabando com a indústria portuguesa do livro?
PF. O acordo ortográfico é um aleijão. Linguisticamente malfeito, politicamente mal pensado, socialmente mal justificado e finalmente mal implementado. Foi conduzido, aqui no Brasil, de modo palaciano: a universidade não foi consultada, nem teve participação nos debates (se é que houve debates além dos que talvez ocorram durante o chá da tarde na Academia Brasileira de Letras), e o governo apressadamente o impôs como lei, fazendo com que um acordo para unificar a ortografia vigorasse apenas aqui, antes de vigorar em Portugal. O resultado foi uma norma cheia de buracos e defeitos, de eficácia duvidosa. Não sei a quem o acordo interessa de fato. A ortografia brasileira não será igual à portuguesa. Nem mesmo, agora, a ortografia em cada um dos países será unificada, pois a possibilidade de grafias duplas permite inclusive a construção de híbridos. E se os livros brasileiros não entram em Portugal (e vice-versa) não é por conta da ortografia, mas de barreiras burocráticas e problemas de câmbio que tornam os livros ainda mais caros do que já são no país de origem. E duvido que a ortografia seja uma barreira comercial maior do que a sintaxe e o ai-meu-deus da colocação pronominal. Mas o acordo interessa, é claro, a gente poderosa. Ou não teria sido implementado contra tudo e todos. No Brasil, creio que sobretudo interessa às grandes editoras que publicam dicionários e livros de referência, bem como didáticos. Se cada casa brasileira que tem um exemplar do Houaiss, por exemplo, adquirir um novo, dada a obsolescência do que possui, não há dúvida que haverá benefícios comerciais para a editora e para a Fundação Houaiss – Antonio Houaiss, como se sabe, foi um dos idealizadores e o maior negociador do acordo. O mesmo vale para os autores de gramáticas e livros didáticos – entre os quais se encontram também outros entusiastas da nova ortografia. E não é de espantar que tenham sido justamente esses – e não os linguistas e filólogos vinculados à universidade – os que elaboraram o texto e os termos do acordo. Nem vale a pena referir mais uma vez o custo social de tal negócio: treinamento de docentes, obsolescência súbita de material didático adquirido pelas famílias, adequação de programas de computador, cursos necessários para aprender as abstrusas regras do hífen e outras miuçalhas. De meu ponto de vista, o acordo só interessa a uns poucos e nada à nação brasileira, como um todo. Já Portugal deu uma prova inequívoca de fraqueza ao se submeter ao interesse localista brasileiro, apesar da oposição muito forte de notáveis intelectuais, que, muito mais do que aqui, argumentaram com brilho contra o texto e os objetivos (ou falta de objetivos legítimos) do acordo.»

Gostei de ler......

Manuel António Pina: “Os políticos tratam-me sempre bem. São umas putas velhas.”
«O pior que pode acontecer aos poetas é irem parar à lapela dos políticos, mas mesmo isso é uma gota no universo.»

Papas e milho

Corrupção no Vaticano
Afinal qual a admiração???
Desde tempos idos que TUDO se passa por ali....Banco Ambrosiano....corrupção.....mortes....
lavagem de dinheiro.....
Só que....é um «estado» e...religioso....
Já agora quando apresentam as contas do santuário de ...Fátima????
Pois é......tudo na paz dos «anjos»!!!!

E «ele» já anda por cá.....

Que sofreguidão um tal de Passos comia queijo e pão centeio na Feira do Queijo em Gouveia...
A quem passou despercebida tal imagem???
Parecia mesmo, um daqueles saloios que até parecem nunca terem provado o queijo da Serra e vai...de açambarcar como o Silva a comer bolo rei....o mesmo «boneco»...heheheheh!!!
Mas, depois à saída da «prova» e na presença de um Álvaro Amaro, que naquele dia veio de propósito do poiso habitual, Coimbra, de onde gere os destinos da Câmara de Gouveia e de um deputado eleito ...um tal de Peixoto...que também atacou o queijo...as vaias foram as que a comunicação social «quis» mostrar...
Houve mais e bem mais.....
Para calar a opinião pública este Coelho encheu o peito e vai de falar com alguns ...mas só alguns dos manifestantes....com os que os «capangas» deixaram para o retrato de família......
Os outros....NADA!!!!
O senhor Silva não deve ter ficado com os cabelos em pé......
Mas, depois dos retratos de ocasião com os figurantes que sempre aparecem nestas alturas para se fazerem notar e notados.....mais de nada a comunicação social quis mostrar...
Foi pena....muito mais havia que mostrar mas....
Já agora, ficou-se a saber que o Passos «reforçou» e de que maneira a segurança....
Passos Coelho teria um corpo de segurança com 10 membros mas, há cerca de um mês, a equipa terá aumentado para 15 elementos da PSP.
Qual a razão num momento de redução de custos....
Então não somos um Português Suave???
Depois do Silva ter FUGIDO de uns adolescentes....depois do Álvaro, ministro da economia, e do Gaspar, ministro das Finanças, terem aumentado a segurança ...só faltava o Coelho!!!!
Mas este Coelho só teve garganta para uns...poucos cidadãos..dos outros FUGIU...só que a comunicação social caguinchas não mostrou...olha o tacho!!!!!
Onde é a próxima?????...........a feira do queijo!!!!

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO

Um grupo de amigos de 50 anos discutia para escolher o restaurante onde iriam jantar.
Finalmente decidiram-se pelo Restaurante Tropical porque as empregadas eram jeitosas e usavam
mini-saia e blusas muito decotadas.
10 anos mais tarde, aos 60 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante. Decidiram-se pelo Restaurante Tropical porque a comida era muito boa e havia uma
excelente carta de vinhos.
10 anos mais tarde, aos 70 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante. Decidiram-se pelo Restaurante Tropical porque tinha uma rampa para cadeiras de rodas e
até um pequeno elevador....
10 anos mais tarde, aos 80 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante.
Finalmente decidiram-se pelo Restaurante Tropical.
Todos acharam que era uma grande ideia porque nunca tinham ido lá antes...
Vai-te rindo, vai...que a tua vez há-de chegar...

sábado, fevereiro 18, 2012

Não ao Acordo Ortográfico

O Inglês também é diferente quando falado e escrito no Reino Unido ou nos States....  E não deixa de ser o idioma mais usado como referência internacional.
São como eu CONTRA O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO???
SE SIM, fiquem a saber que EXISTE UMA FORMA DE TRAVAR O ACORDO e ainda podemos ir a tempo. Tudo é possível.
Só temos de fazer duas coisas: dar uma assinatura, e ESPALHAR PELOS AMIGOS.
Espalhem por todos os que conheçam a ver se vamos a tempo.
Neste site têm tudo explicado, e links para o site do movimento:
http://www.portuguespt.com/
Leiam o site, é rápido. Ele explica o que fazer. E tem links para o movimento. Está tudo escrito.
Mesmo que não assinem, ao menos REENCAMINHEM O PROTESTO, porque o segundo que perdem com o forward, poderá ajudar a nossa língua.
A nossa Língua Materna Agradece!
......
Para quem acha que o Acordo é bom, ficam aqui algumas razões:
1. Este é apenas o 1º de outros acordos que se seguirão, diz-se até que este foi insignificante, se este prosseguir, os outros serão imparáveis. O que virá nos próximos? Se lá se fala "tu quer" (Gaúchos) ou "você quer" acho que iremos um dia falar igual. Entre outras coisas lol.

2. O "C" de Directo serve para algo. Para os Brasileiros é mudo porque eles acentuam todas as sílabas como os Espanhóis. Nós não, precisamos de ter o "C" para nos dizer que "directo" é lido como "diréto", senão seria como coreto ("corêto"), cloreto ("clorêto"), luneta ("lunêta"), não dizemos "lunéta" nem "cloréto" nem "coréto" não é? Vamos ler "direto" como? "dirêto"? Enfim, o "C" serve para algo cá, no Brasil não, mas cá serve.

3. Vai ser bonito falarmos Egipto com o P e lermos Egito sem o P. E como as crianças aprendem o que é Egipto na escola e não em casa (não andamos a falar no Egipto a crianças de 3 ou 4 anos), irão aprender a falá-lo como "Egito" sem "P", mesmo que os pais falem com "P".

4. Vamos ensinar um Inglês como? Dizer-lhe «olhe, você aqui lê EGITO mas NESTE CASO específico, fale "EGIPTO" finja que existe lá um "P" imaginário, finja que é como o "EGYPT" do seu país, mas escreva só "EGITO" não tente perceber, o Português é assim! E olhe há egípcios, egiptólogos, tudo tem P mas no Egipto é EGITO, sem "P"!» - É isto que vamos dizer ao ensinar Português?

5. E que mal tem "pêlo" ter o acento? É mais bonito escrever: "agarrar o cão pelo pelo"?...

6. Não há qualquer desvantagem em em existir Português-PT e Português-BR, como há Inglês diferente em UK e USA (doughnut e donut), como com o Espanhol onde "coche" na Espanha será "carro" na América do Sul, etc. Cá só há desvantagens e custos com o Acordo. Seremos o único ex-colonizador a escrever e falar como a colónia (por algum motivo obscuro). Não nos entendemos assim? Só pouparíamos dinheiro e neurónios.

7. Peçam a um Brasileiro para dizer "Peniche" e verão a palavra que sai de lá. Isto porque o Português-PT tem muito mais riqueza fonética e até linguística que o Português-BR. Aprendemos facilmente o Português-BR e eles não aprendem tão facilmente o Português-PT porque lhes falta essa prática no range maior de sons que a nossa língua contém, havendo até quem diga que somos os melhores a aprender línguas e sotaques devido à riqueza da nossa língua. Vamos aproximar-nos do Português-BR porquê?

8. Corretora Oanda, movimenta triliões por ano, é a maior corretora cambial do mundo, traduziu os seus manuais para Português-PT. Isso mesmo, nada de Acordo, nada de Português-BR. Português-PT. Porque vamos nós andar a alterar o Português e mostrar-lhes que afinal fizeram a escolha errada? Entre muitas outras empresas.

9. Querem que os livros escolares de 2012/13 sejam já com o novo acordo. As crianças serão ensinadas neste primeiro passo a lerem e escreverem de forma diferente. Não é assim opcional a mudança como nos querem fazer querer. A mudança é obrigatória, é imposta nas escolas, já está nos media, etc. Não podemos escolher continuar como estamos porque daqui a uns anos será mesmo errado. Os Brasileiros cortam "C" e "P" e podem ler da mesma forma, nós não! Esqueçam a dupla grafia...

10. O que é que o povo mandou? Inquéritos em que umas 65% das pessoas rejeitaram o acordo, umas 30% não saberem o que é e o resto diz que sim? E que salvoerro umas 28 em 30 universidades e editoras consultadas disseram que não? Além de muitos linguístas? Porque é que é aprovado o acordo contra a vontade do próprio povo? Mesmo uma petição com 120.000 assinaturas foi apresentada a 50 deputados dos quais 49 faltaram e uma apareceu e ignorou. Para ir mesmo à Assembleia, só com  uma ILC!

11. Os Portugueses devem estar mesmo no fundo. A falar do glorioso povo do passado e ninguém quer saber da língua. Os Espanhóis nunca aceitariam  um acordo destes para os obrigar a falar como os Argentinos! Os Bascos, são apenas uns 100.000 ou 200.000 a falar Basco, nunca desistiram até ao fim e agora têm até a língua Basca como oficial no seu pequeno "país". Só o Português é que deixa andar e desleixa a língua e deixa que outros façam o que querem dela...

12. Estamos nós a defender letras como "C" em Directo que realmente não são inúteis, têm a sua função, e lá fora há línguas que mantêm letras desnecessárias, como "Dupond" ou "Dupont" em Francês que nunca apagaram nem apagarão o T só porque não é lido!! Vamos apagar porquê? Somos burrinhos e é difícil para nós percebermos para que servem?

13. Há mais falantes nativos de Inglês mais Espanhol juntos (Espanhol mais ainda que Inglês), que passam de um bilião de nativos, e mais de 2 biliões de falantes não nativos das mesmas, do que os 200 milhões de Brasileiros. Estarmos a afastar a língua de 2 biliões de pessoas para ficarmos mais próximos do Brasil é disparate. Mais uma vez, para facilitar a vida aos Brasileiros, vamos dificultar a vida a quem quer aprender Português lá fora e tornar a língua inconcisa como visto acima. Vejam: "Actor" aqui, "Actor" no Latim, "Acteur" no Francês, "Actor" no Espanhol, "Actor" no Inglês, "Akteur" no Alemão, tudo com o "C" ou "K", e depois vêm os Brasileiros com o seu novo: "Ator" (devem ser Influências dos milhões de Italianos que foram para o Brasil e falam "attore" lol). Algumas outras: Factor, Reactor, Sector, Protector, Selecção, Exacto, Baptismo, Excepção, Óptimo, Excepto, etc, "P", "C", etc. Estamos a fugir das origens, do mundo, para ir atrás dos Brasileiros. Quanto amor não?

14. Alguém quis saber do resto dos países que não falam da mesma forma que os Brasileiros? Só o Brasil é que interessou ao Acordo (já que Portugal foi o que cedeu).

15. O Galego-Português da Galiza, o da variante da AGLP, é mais parecido com o Português de Portugal neste momento que o próprio Português-BR. Os Brasileiros têm alterado a língua sem se preocupar com o resto do mundo, porque é que temos de ser nós a pagar pelos seus erros e prepotencia?

16. ODEIO instalar um software e ver que vem tudo em Português do Acordo, e fóruns também, em que uma votação é uma "ENQUETE" (sei lá como foram inventar isto), em que um utilizador é um usuário, em que "apagar" é "DELETAR" (do "Delete" Inglês, por incrível que pareça nos seus dicionários), ou Printar, ou etc. Por vezes sou obrigado a utilizar softwares em Inglês para aguentar... Como haverá agora Português-PT e -BR ao gosto de cada um, se só existirá um "Português"? Eu quero sites e softwares que eu entenda e na minha língua e isso SÓ É POSSÍVEL mantendo o -PT e o -BR separados! Senão será tudo misturado para sempre! E depois lá vamos nós "enquetar" (votar) e coisas assim...

17. A prova do ponto 16, é que o próprio Google Translator já só tem o "Português" e tudo o que escreverem ficará no Português-BR, e até "facto" que ainda não mudará já aparece lá como "fato", é bom que nos habituemos pois será o que virá nos próximos acordos, bem como "oje", "abitação", etc.

18. No Brasil mesmo não sofrendo as alterações que temos, há milhões contra o acordo também por coisas tão insignificantes como o acabarem com o "trema"!!! Vejam na net!! E nós com alterações tão brutais, ainda estamos contentes e sem fazer nada!!!

19. Existirão sempre pseudo-intelectuais em todas as línguas que irão dar a vida pelo acordo (sem querer ofender ninguém), achando que é o ideal, e que salvará o país e que dará emprego ao país, e até que sem isto a lígua Portuguesa morre e haverá um "Brasileiro". A variante Português-BR nunca poderia ser uma língua independente como "Brasileiro" só pelas alterações que fazem, não há esse perigo, teria de ser radicalmente mudada (nunca acontecerá) de propósito para o efeito. Não inventemos. A variante Português-BR nunca poderia ser considerada outra língua. E não deixem que pseudo-intelectuais nos tratem como burros só porque defendemos a língua. Tudo o que é chicos espertos e pessoal com manias irá para a defesa do acordo (existirão também pessoas decentes a defendê-lo é certo).

20. Nada impede que haja uma espécie de concordância mais simples em que digam apenas que incluímos palavras deles e nossas num dicionário universal mas SEM IMPOR regras a ninguém, e que no futuro cada um dos países só alterará a SUA PRÓPRIA variante com acordo dos outros, sem impingir aos outros essas mudanças, apenas para evitar que as mudanças no Brasil possam ir ainda mais longe e arruinar ainda mais o Português. Nada impede isso.

21. Com o Português unido, qual ficará a bandeira oficial? Já vejo por todo o lado a bandeira do Brasil no Português, mas se tivesse Brasil para Português-BR e a Portuguesa para Português-PT, ainda era aceitável, apesar de sabermos que só há uma bandeira oficial que é a Portuguesa, mas é difícil impedir o patriotismo Brasileiro, mas com tudo unido, haverá a tendência das empresas para adoptarem a bandeira do país que tem mais população, o Brasil, mais valia termos variantes.

22. Cada vez que me lembro que lá já escrevem quase todos "mais" em vez de "mas" porque falam no fundo "mais" com o sotaque e eles têm a tendência de passar para a escrita a forma como falam, no futuro não será de admirar que nós sejamos em futuros acordos obrigados a escrever também: "eu fui lá MAIS não vi ninguém"...

23. EXISTEM FORMAS DE TRAVAR ESTE ACORDO! Petições ou clicarmos num LIKE no Facebook não faz nada. Há uma ILC em movimento que será entregue em breve, prazo final para impedir esta desgraça. É chato porque temos de imprimir um miserável papel e enviá-lo, porque é entregue na Assembleia, mas quem é que diz ser contra e fica sem agir? Se 20 pessoas assinarem, fica a 2 cêntimos cada o envio dessas assinaturas para o correio. É só colocar num marco de correio! Houve uma ILC antes, e entrou na Assembleia, e anulou uma lei de Arquitectura. As ILC's podem ter esse poder. É uma forma do POVO LEGISLAR. Do povo criar leis, e acabar com leis. O governo fez isto sem apoio de ninguém e nós podemos tentar fazer algo para corrigir.

24. Há mil outras razões para dizer não ao acordo, mas... para quê? Estas não chegam?

25. Para terminar fica uma frase de Edmund Burke: "Tudo o que é necessário fazer para que o mal triunfe, é que os homens bons nada façam." Neste caso, tudo o que é necessário fazer para que o Acordo triunfe, é que NÓS continuemos à sombra da bananeira, e deixar o tempo passar. Porque o Acordo foi aprovado e se ninguém lutar contra ele, ele já cá anda.

Se estas razões forem sufientes para vocês, ou se pura e simplesmente querem um Acordo mais bem feito, então vamos agir. Basta uma assinatura e as instruções estão no site acima.
Nada é garantido à partida mas vamos-nos ficar sem dar luta?
Se não quiserem assinar, por favor enviem aos vossos contactos.
SOMOS PORTUGUESES E TEMOS DIREITO A MANTER A NOSSA LÍNGUA.

sexta-feira, fevereiro 17, 2012

Quem tem medo da VERDADE???


A justificação «esfarrapada» de que o primeiro-ministro não vai ao parlamento pela razão de que nunca nenhum chefe do governo foi chamado a uma comissão é no mínimo RIDÍCULA!!!
Por nunca nenhum ter sido «chamado» a manter-se o princípio NUNCA, MAS NUNCA NENHUM primeiro-ministro lá irá....
Que bonito......
Os debates quinzenais são uma obrigação parlamentar inerente ao facto de ser primeiro responsável pela política governamental; ir a uma comissão é uma obrigação constitucional a que qualquer cidadão está obrigado.
NADA DE MISTURAS!!!!

Mais e mais do mesmo...ROUBO

No dia 18 de Janeiro de 2012, foi publicado, em Diário da República, um despacho do gabinete do ministro das Finanças, Vítor Gaspar, a determinar que « (...) aos chefes de gabinetes ministeriais que não tenham residência permanente na cidade de Lisboa ou numa área circundante de 100 km, é concedida habitação por conta do Estado ou atribuído um subsídio de alojamento, a partir da data do início de funções.»
Os «felizes» contemplados deste privilégio governamental são os chefes de gabinete do Secretário de Estado da Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional, do Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, do Secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social, da Subsecretária de Estado Adjunta do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, bem como o ex-chefe de gabinete do Secretário de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa, o qual só exerceu funções de 28 de Junho a 4 de Setembro.
A «estes» príncipes não se aplica a mobilidade...POIS É!!!!!
Até quando esta ROUBALHEIRA?

quinta-feira, fevereiro 16, 2012

Afinal...já se sabe a razão!!!

A não ida de Cavaco à escola António Arroio ficou-se a dever, segundo a agência lusa e, segundo o mesmo informador das conversas entre Domingos e os dirigentes do FCP, ao facto de ter vindo, de repente, o período à Maria. 
Tudo explicado!!!!

Este é o «provedor» de quê???


Não foi este senhor Silva, que um dia uns quantos parolos o colocaram em Belém a segurar a vela, que disse recentemente que era o «Provedor» do povo???
Claro que as auto coroações, auto-promoções, auto convencimentos e, principalmente, as auto-proclamações dão nisto....auto-destruição!!!
Então o «dito» Provedor TEVE MEDO, ficou retido em casa e não foi a uma «visita» à escola António Arroio...onde os alunos o esperavam para lhe apresentarem um ROL infindável de queixas sobre o funcionamento da escola.
AINDA HÁ CORAGEM.
O meu respeito e admiração por aqueles jovens que não calam, não deixam submeter aos ditames da direcção e APONTAM as condições em que são obrigados a trabalhar.
CORAGEM E FRONTALIDADE, COLUNA VERTEBRAL!!!
Não temem por que não têm empregos em vista!!!
Algumas das reivindicações, aliás já apresentadas a um Sócrates que FUGIU pela porta dos fundos.....
NÃO HÁ CANTINA!!!
NÃO HÁ INTERNET!!!
NÃO HÁ SALAS DE AULA DIGNAS DESSE NOME!!!!
NÃO HÁ MATERIAIS.....MAS HÁ PROPINAS CARAS!!!!
ONDE OS ESTUDANTES TÊM PAGAR UMA EXORBITÂNCIA PELOS PASSES!!!
ONDE NADA FUNCIONA....MAS SE PAGAM PROPINAS ELEVADAS!!!
VERGONHA que um senhor Silva dito «provedor» se recuse a ir ...para não sofrer o vexame que um tal de Sócrates sofreu quando lá foi!!!
MUITO BEM!!!
Afinal as manifestações também servem para alguma coisa...não são só para mostrar lá fora que somos um povo «Português Suave»!!!
Li hoje que face a algumas ameaças, o ministro das finanças e o da economia reforçaram a guarda dianteira e traseira....eheheheh!!!
Pois é...CUIDEM-SE.
NEM TODOS SÃO PAPALVOS, NEM BURROS!!!!
FARTOS DA ESCUMALHA!!!!
Isto não foi pieguice foi MEDO......
Lembro-me na fase final do regime ditatorial do Marcelo, em pleno pavilhão dos desportos, em Lisboa, o locutor de serviço, Fialho Gouveia LEU o discurso do ministro da Educação por que não teve coragem de o fazer pois seria literalmente apupado e assobiado....
Fim de regime na altura...
COBARDES......como sempre.
Só se sentem fortes quando têm por perto os das viseiras e bastões....assim são os cobardes!!!!

Memórias

Por que a memória deve AJUDAR-NOS a lembrar o que era um país triste, pobre e miserável como o Portugal dos anos 60.
Por que GOSTEI DE LER aqui vos deixo uma crónica que, para os que viveram aqueles tempos vão-se recordar da miséria de um país, para os outros, os mais novos que aprendam o que era a pobreza, a miséria a arrogância de uns quantos que nos pisavam e atiravam para a emigração, guerra e se resistisses a tortura e a cadeia.
Pois é....isto não se aprende na escola.
Eles sabem bem a razão pela qual não vos querem a ouvir as misérias de um povo.
Aqui fica o texto.
Obrigado Isabel do Carmo!!!
«O primeiro-ministro anunciou que íamos empobrecer, com aquele desígnio de falar "verdade", que consiste na banalização do mal, para que nos resignemos mais suavemente. Ao lado, uma espécie de contabilista a nível nacional diz-nos, como é hábito nos contabilistas, que as contas são difíceis de perceber, mas que os números são crus. Os agiotas batem à porta e eles afinal até são amigos dos agiotas. Que não tivéssemos caído na asneira de empenhar os brincos, os anéis e as pulseiras para comprar a máquina de lavar alemã. E agora as jóias não valem nada. Mas o vendedor prometeu-nos que... Não interessa.
Vamos empobrecer. Já vivi num país assim. Um país onde os "remediados" só compravam fruta para as crianças e os pomares estavam rodeados de muros encimados por vidros de garrafa partidos, onde as crianças mais pobres se espetavam, se tentassem ir às árvores. Um país onde se ia ao talho comprar um bife que se pedia "mais tenrinho" para os mais pequenos, onde convinha que o peixe não cheirasse "a fénico". Não, não era a "alimentação mediterrânica", nos meios industriais e no interior isolado, era a sobrevivência.
Na terra onde nasci, os operários corticeiros, quando adoeciam ou deixavam de trabalhar vinham para a rua pedir esmola (como é que vão fazer agora os desempregados de "longa" duração, ou seja, ao fim de um ano e meio?). Nessa mesma terra deambulavam também pela rua os operários e operárias que o sempre branqueado Alfredo da Silva e seus descendentes punham na rua nos "balões" ("Olha, hoje houve um ' balão' na Cuf, coitados!"). Nesse país, os pobres espreitavam pelos portões da quinta dos Patiño e de outros, para ver "como é que elas iam vestidas".
Nesse país morriam muitos recém-nascidos e muitas mães durante o parto e após o parto. Mas havia a "obra das Mães" e fazia-se anualmente "o berço" nos liceus femininos onde se colocavam camisinhas, casaquinhos e demais enxoval, com laçarotes, tules e rendas e o mais premiado e os outros eram entregues a famílias pobres bem-comportadas (o que incluía, é óbvio, casamento pela Igreja).
Na terra onde nasci e vivi, o hospital estava entregue à Misericórdia. Nesse, como em todos os das Misericórdias, o provedor decidia em absoluto os desígnios do hospital. Era um senhor rural e arcaico, vestido de samarra, evidentemente não médico, que escolhia no catálogo os aparelhos de fisioterapia, contratava as religiosas e os médicos, atendia os pedidos dos administrativos ("Ó senhor provedor, preciso de comprar sapatos para o meu filho"). As pessoas iam à "Caixa", que dependia do regime de trabalho (ainda hoje quase 40 anos depois muitos pensam que é assim), iam aos hospitais e pagavam de acordo com o escalão. E tudo dependia da Assistência. O nome diz tudo. Andavam desdentadas, os abcessos dentários transformavam-se em grandes massas destinadas a operação e a serem focos de septicemia, as listas de cirurgia eram arbitrárias. As enfermarias dos hospitais estavam cheias de doentes com cirroses provocadas por muito vinho e pouca proteína. E generalizadamente o vinho era barato e uma "boa zurrapa".
E todos por todo o lado pediam "um jeitinho", "um empenhozinho", "um padrinho", "depois dou-lhe qualquer coisinha", "olhe que no Natal não me esqueço de si" e procuravam "conhecer lá alguém".
Na província, alguns, poucos, tinham acesso às primeiras letras (e últimas) através de regentes escolares, que elas próprias só tinham a quarta classe. Também na província não havia livrarias (abençoadas bibliotecas itinerantes da Gulbenkian), nem teatro, nem cinema.
Aos meninos e meninas dos poucos liceus (aquilo é que eram elites!) era recomendado não se darem com os das escolas técnicas. E a uma rapariga do liceu caía muito mal namorar alguém dessa outra casta. Para tratar uma mulher havia um léxico hierárquico: você, ó; tiazinha; senhora (Maria); dona; senhora dona e... supremo desígnio - Madame.
Os funcionários públicos eram tratados depreciativamente por "mangas-de-alpaca" porque usavam duas meias mangas com elásticos no punho e no cotovelo a proteger as mangas do casaco.
Eu vivi nesse país e não gostei. E com tudo isto, só falei de pobreza, não falei de ditadura. É que uma casa bem com a outra. A pobreza generalizada e prolongada necessita de ditadura. Seja em África, seja na América Latina dos anos 60 e 70 do século XX, seja na China, seja na Birmânia, seja em Portugal. - Isabel do Carmo (Público, 28 de Novembro de 2011)