terça-feira, maio 31, 2011

Esta é a saúde que nos querem impor


Esta é a saúde que o «acordo» IMPÕE!!!
Esta é a saúde que o Ps, PSD, e CDS não querem falar...
IMPOSTORES!!!!
Falem a verdade.....
Não falem do que não interessa.....
Sicko, de Michael Moore (2007), é um retrato do sistema de Saúde que os americanos não querem e que os portugueses que derem o seu voto aos três partidos que assinaram o memorando com a troika estão a pedir para Portugal.
Para quem não viu ainda e para quem quer voltar a ver, a versão completa do filme, legendada em português, poderá ser descarregada aqui.
Conscientemente vote!!!
Mas, conscientemente, saiba o que «eles» lhe querem impor!!!

Será verdade?

Dizem que o Governo demitido de Sócrates encomendou noventa BMWs de séries altas para entrega depois das eleições de 5-6-2011???
Verdade???

A LÓGICA DO CRETINO

Está tudo dito quando um primeiro-ministro afirma que uma despesa a menos é também uma receita a menos e que, por isso, o "défice fica igual". O que se pode dizer mais???
Ou seja: não vale a pena cortar nas despesas do Estado, pois teremos igualmente menos receitas.
Com esta lógica simplista (e altamente errada), como é que nos podemos surpreender que temos hoje a dívida pública mais elevada dos últimos 160 anos?
Como é que nos podemos lamentar por termos a maior dívida externa dos últimos 120 anos?
Como é que podemos ficar admirados se as execuções orçamentais dos últimos dois anos tenham sido tão medíocres?
Como é que nos podemos espantar por termos sido forçados a recorrer à ajuda externa?
E como é que nos podemos surpreender por o despesismo do nosso Estado continuar imparável e de excelente saúde?
Como?
Só com um cretino a governar......é que um cretino, é mesmo um cretino...sem dúvida!!!!

O sono dos cúmplices


No comício socialista no Porto, Mário Soares proclamou aquilo que muitos já sabiam: «Eu sou apenas fiel ao Partido Socialista.»
Alguém esperava ouvir outra coisa deste, como de outro qualquer da casta Soares???
Nem aos Portugueses em dificuldades, nem ao país na ruína, nem aos 900 000 desempregados, nem à classe média destruída, nem aos trabalhadores com salários em atraso, nem às famílias esmagadas por impostos, nem aos novos emigrantes, nem a um mínimo de decência, nada. Soares é fiel apenas ao Partido Socialista.
Os que engoliram a treta do «presidente de todos os Portugueses», que se lixem.
E os Portugueses sem cartão rosa que se danem.
Por cá, um senador da República é isto.
O tal que era fixe e, pelos vistos, também faz o outro (Sócrates) ser fixe, na boca de um tal Paulo Campos agora da Guarda!!!!!
Um dia ainda vamos ter uma salinha com o nome do «fixe»...
Apostar??? 
Ou será «casinha»????

segunda-feira, maio 30, 2011

Como se fazem os canalhas

Do «outro» candidato ao «emprego» de primeiro-ministro já muito se escreveu...
Atente-se, agora, no CURRÍCULO do homem que diz ser candidato ao emprego:
Nome: Pedro Passos Coelho
Morada: Rua da Milharada - Massamá
Data de nascimento: 24 de Julho de 1964
Formação Académica: Licenciatura em Economia – Universidade Lusíada,(concluída em 2001, com 37 anos de idade),  a do outro a Universidade Independente....engenheiro....
Percurso profissional: Até 2004, apenas actividade partidária na JSD e PSD; a partir de 2004 (com 40 anos de idade) passou a desempenhar vários cargos em empresas do amigo e companheiro de Partido, o Engº Ângelo Correia, tais como:
(2007-2009) Administrador Executivo da Fomentinvest, SGPS, SA;
(2007-2009) Presidente da HLC Tejo,SA;
(2007-2009) Administrador Executivo da Fomentinvest;
(2007-2009) Administrador Não Executivo da Ecoambiente,SA;
(2005-2009) Presidente da Ribtejo, SA;
(2005-2007) Administrador Não Executivo da Tecnidata SGPS;
(2005-2007) Administrador Não Executivo da Adtech, SA;
(2004-2006) Director Financeiro da Fomentinvest,SGPS,SA;
(2004-2009) Administrador Delegado da Tejo Ambiente, SA;
(2004-2006) Administrador Financeiro da HLC Tejo,SA.
Eis o “magnífico” CV do homem que pretende governar este País!
Um homem que nunca soube o que era trabalhar....até aos 37 anos de idadee, depois...bem depois amizades....
Um homem que, mesmo sem experiência de vida e de trabalho, conseguiu logo obter emprego como ADMINISTRADOR… em empresas do «amigo» Ângelo Correia, “barão” do PSD e seu tutor político!... E que nesse universo continua a exercer funções!...
É ESTE O HOMEM QUE FALA DE “ESFORÇO” NA VIDA E DE “MÉRITO”!
É ESTE O HOMEM QUE PRETENDE DAR LIÇÕES DE VIDA A MILHARES DE
TRABALHADORES DESTE PAÍS QUE NUNCA CHEGARÃO A ADMINISTRADORES DE
EMPRESA ALGUMA, MAS QUE LABUTAM ARDUAMENTE HÁ MUITOS E MUITOS ANOS NAS SUAS EMPRESAS, GANHANDO ORDENADOS DE MISÉRIA!
É ESTE O HOMEM QUE, EM TOM MORALISTA, FALA DE “BOYS” E DE “COMPADRIOS”, LOGO ELE QUE, COMO SE COMPROVA, NÃO PRECISOU DE “FAVORES” DE NINGUÉM PARA ARRANJAR EMPREGO!...
Este é igual ao «outro», o Sócrates...
Querem os dois o mesmo....o emprego de primeiro-ministro....
Como é que estes cavalheiros querem «chegar» ao almejado emprego???
NO DIA 5 DE JUNHO É PRECISO DIZER NÃO AO OPORTUNISMO!
Já se percebeu a razão pela qual só parasitas desta índole chegam a tal posto?

Para visitar

"Olhem à vossa volta e encontrarão temas que justificam a vossa indignação...encontrarão situações concretas que apelam à vossa implicação numa acção cidadã forte." STÉPHANE HESSEL
Não TE Cales.....NUNCA!!!

Os donos de Portugal

Os tais directores, gestores e outros que tais...que por IMPOSIÇÃO partidária estão em lugar de chefia...vão sentindo alguns calafrios...vai daí começam as ameaças, os abusos de poder, as prepotências e...o quero, posso e mando...
CHEGAM AO PONTO DE DIZER QUE OS FUNCIONÁRIOS QUE TRABALHAM PARA A INSTITUIÇÃO SÃO «SEUS» FUNCIONÁRIOS...
Seus funcionários???
Mas onde é que isto já chegou???
Um dia destes se o desejarem mandam os «seus» funcionários lá a casa limpar o pó, mudar as fraldas aos filhos e...quiçá seus escravos....
A escravatura foi abolida em Portugal em 1869....SABIAM????
ESCRAVOS???
MEUS FUNCIONÁRIOS????
O porte moral desta escumalha nem lhes devia permitir «ocupar» certos lugares....
Tudo isto com a complacência dos ditos «democratas» de urinol.....
RUA SUA PELINTRAGEM!!!!

Mentirosos compulsivos

A actual campanha eleitoral faz-me lembrar um presidente de uma junta de freguesia da Guarda, que não sabendo ler nem escrever...decorou um discurso para repetir, tipo papagaio, aquando da visita da presidente da câmara à freguesia....
O «presidente» lá decorou o que os «outros» lhe repetiam, incessantemente, à volta de uns copos de vinho na taberna da aldeia...
O discurso tinha sido «composto» por outros correligionários da santa irmandade partidária...
No momento de «falar», o «presidente», armado em grande intelectual, rapa de uma folha de papel, onde estavam uns escritos mal alinhados e ...fingiu que estava a ler....
Só que, esqueceram-se de avisar o falso orador, qual seria a posição correcta do papel...para não sair mal na fotografia.....o papel estava de pernas para o ar......e o «presidente» continuava a fingir...a fingir, suando as estopinhas.....e risada geral na assembleia.....como tinha de ser....por fim lá teve a Maria que mandar calar o triste figurante......
Nesta campanha eleitoral, os partidos que assinaram o acordo estão exactamente como o tal «presidente».....falam de tudo menos do essencial...ou seja como vai ser a vida dos portugueses.....fingem que o que interessa são os passarinhos a chilrear, as árvores a florir e ...as meninas a saltarem...o pior virá logo no dia 6 de Junho..quando a bebedeira passar e os agiotas exigirem tudo o que está no acordo...
No tal acordo que se recusam a falar os tais senhores do Ps, PSD e CDS....
Pois é....falsos oradores e mentirosos compulsivos...a moda pegou.....

sexta-feira, maio 27, 2011

A vergonha de ser português

Um tal de Sócrates anda por aí a dizer que tem orgulho ...no «seu» trabalho...
Só que, esquece-se disto:
319 000 portugueses matam a fome no Banco Alimentar!!!
Número de trabalhadores com salários em atraso cresceu 31 %!!!

QUE ORGULHO???

As nomeações...camufladas


A VERGONHA NACIONAL

Afinal há dois textos diferentes do acordo entre Portugal e o FMI, a Comissão Europeia e o BCE. E existem diferenças substanciais entre os dois documentos.
Não chegava a humilhação de nos vendermos aos agiotas como ainda há dois textos...DIFERENTES!!!
A primeira versão foi assinada no dia 3 de Maio, às 13h40 minutos, pelo Governo socialista.
Relativamente a este texto, o PSD e o CDS enviaram cartas à "troika" comprometendo-se a aplicar as medidas caso façam parte do novo governo saído das próximas eleições.
No entanto, o texto final do acordo, assinado entre a Republica portuguesa e a Comissão Europeia na cimeira de 17 de Maio, em Bruxelas, é diferente.
Há várias alterações de prazos e de conteúdo.
Por exemplo, na primeira versão as alterações ao regime de indemnizações por despedimentos teriam de estar prontas até Setembro de 2011.
Na segunda versão, o prazo é encurtado dois meses, para o fim de Julho. Um prazo apertadíssimo para o novo Governo apresentar a proposta.
Outras diferenças substanciais dizem respeito ao sector da Justiça, nomeadamente ao Código do Processo Civil, e ao sector das Tele-comunicações.
A vergonha TOTAL dos portugueses.....
Uns senhores ditos poderosos ditam o quê, como e quando querem as leis...
Afinal que estado soberano é este????

O Livro PROIBIDO

São 408 páginas que provam à sociedade que estamos na presença de alguém........, que chegou onde chegou por nossa culpa.
Saibamos, humildemente e brevemente, reparar tal erro!
Um livro sobre Sócrates publicado FORA de Portugal!!!
Diz TUDO!!!
Qual a razão pela qual o livro não pode ser publicado em Portugal??
«Por ser importante, revelo abaixo a saga da publicação de mais um livro proibido e a necessidade de recurso à publicação nos EUA (na Lulu.com) para vencer os bloqueios da publicação em Portugal.
Comunicado ao grupo editorial Leya o meu propósito de edição do livro, recebi no próprio dia a manifestação do interesse na publicação.
Apresentei o conjunto de posts que compõem a II Parte do livro e o interesse da editora manteve-se - e cresceu quando depois entreguei a I Parte (a Introdução) na qual contava o contexto da pesquisa e as vicissitudes do afrontamento do poder quase-ditatorial do Governo.
Paralelamente, trabalhei ao longo de meses no desenvolvimento do livro, e investigando os novos factos.
Até que, em 27 de Fevereiro de 2009, entreguei à Leya uma versão preliminar da III Parte (a Conclusão) do livro, com a descrição de alguns factos novos e a interpretação de documentos inéditos.
A insistência constante da editora para que eu terminasse o livro foi substituída por um silêncio absoluto: nem mais um pio. Nunca mais se atendeu o telefone, nem se respondeu aos mails, nem às mensagens.
Nem, estranhamente, sequer se correspondeu ao pedido legítimo e formal de devolução do material entregue. Nada. Contactei outras editoras, mas também não tive êxito na edição do livro.
Uma delas – aparentemente insuspeita... - nem sequer respondeu ao mail que lhe enviei. E outra também recusou. Finalmente, já no final de Julho de 2009, uma editora mostrou-se interessada, oferecendo-me a possibilidade de colocar o livro para download pago e eu fazer o co-financiamento da edição impressa (co-financiamento que se destinava a prevenir o risco do bloqueio da distribuição e venda em prazo útil).
Alguém, do meio, explicou-me depois a dificuldade e receio de, no Portugal socratino, uma distribuidora fornecer, e as cadeias de livrarias e superfícies comerciais exporem e porem à venda, um livro intitulado... "O Dossiê Sócrates"...
Frustrada a tentativa de edição tradicional em tempo útil, sem meios para o co-financiamento da edição impressa, sem interesse numa versão digital paga, e sem a difusão natural e distribuição corrente nos pontos de venda, decidi contornar o obstáculo da edição, distribuição, exposição e venda, com a publicação integral gratuita do livro em linha e a possibilidade de compra para os leitores que queiram ler e ter o livro impresso.
O valor de compra do livro impresso cobre apenas o custo da edição, e com os portes, não é superior ao preço de edições similares no mercado.
Escolhi propositadamente um tamanho de papel mais longo, o qual permite um custo baixo (14,95 euros + 6,08 euros de portes = 21,03 euros).
Podia cobrar também pela edição digital; porém como o meu objectivo não é económico, mas político, o livro fica disponível para o download gratuito dos leitores.
As duas modalidades estão disponíveis na Lulu.com. Creio que a alternativa que escolhi responde à máxima difusão possível e conveniência dos leitores.
Afinal se o que está no livro é calunioso...há os tribunais para repararem TUDO!!!
Ou será que os próprios não acreditam na justiça DELES???
GRAVE MUITO GRAVE!!!
Se nenhuma editora não quis avançar com a publicação revela o mais escabroso do sistema político: A CENSURA....
Nada nos admira!!!
Há, no entanto, algo que não entendo....a intenção pode e deve ser a melhor....
Mas, a altura escolhida...eleições..... o efeito que se pretende, se é que algum objectivo haverá, não poderá «ajudar» o visado??
Ou seja, a vitimização do visado??
Já vimos o filme muitas vezes...com este ou com outros artistas.....cuidado!!!

Contas falsas....

Da próxima vez(??) que for a um restaurante confira a conta....
É que, nos tempos que correm, e correm bem mal para muitos, ainda há uns «espertos» ditos respeitáveis «empresários» que nos roubam a bem roubar...
Veja-se o caso da factura que se apresenta...



Se é dos que apenas «olham» para o número de bebidas e respectivos custos...
Se é dos que apenas conferem se os pratos foram os realmente consumidos...

Então, muito provavelmente, já foi ludribiado na CONTA...ou seja no valor a pagar...
Por acaso, mas só por um simples acaso ....já somou os valores???
Pois é...algumas das «máquinas» são adulteradas para tirarem vantagem, dos icautos....
Para isso, é só colocar na memória um valor que será transmitido à conta final, isto é, se na memória positiva for colocado 20,00, este valor fica no final da conta e não aparece no demonstrativo.
Foi o que aconteceu no caso presente....
Simples, Barato e dá LUCRO...
Da próxima(??) visita a um restaurante ...já sabe...faça a conta e....CUIDADO!!!

quinta-feira, maio 26, 2011

Quem escreveu?

Ao ver as reportagens do Congresso do PS, a pergunta que mais frequentemente me ocorreu foi como é que os Portugueses, na angustiante situação que vivemos, olhariam para aquele espectáculo.
Um espectáculo que exibia uma incómoda exuberância de meios ao mesmo tempo que revelava uma montagem atenta ao mais ínfimo pormenor (com música, abraços e lágrimas). Mas de onde, na verdade, não brotava uma só ideia, uma só preocupação com o País, uma só proposta para o futuro...
Onde, pelo contrário, era bem visível a obsessão com o poder e a preocupação em bajular o líder no seu bunker, seguindo um guião e repetindo "ad nauseam" um só argumento, com uma disciplina de fazer inveja ao PCP!...
Ter-se-á atingido aqui o lúgubre apogeu do "socialismo moderno", esse híbrido socrático que ficará na história por ter esvaziado o Partido Socialista de quase todos os seus valores patrimoniais e diferenciadores, reduzidos agora a um mero videoclip.
Como na história ficará também a indigência intelectual e o perfil ético de tantos "senadores" do PS que subiram ao palco para - com completo conhecimento de causa sobre o gravíssimo estado do País - acenar cinicamente aos militantes e aos Portugueses, por puro e interessado calculismo político.
O Congresso assumiu a estratégia de Sócrates que é, há muito, clara: ignorar os factos e sacudir as responsabilidades. Inventando uma boa história, que seja simples, que hipnotize as pessoas e, sobretudo que as dispense de olhar para os últimos seis anos de governação, para os números do desemprego, do défice, da dívida ou da recessão. Ou de pensar nas incontornáveis consequências de tudo isto no nosso futuro. Eis o marketing político no seu estado mais puro, e mais perverso.
Esta história começou a ser preparada logo em Janeiro, quando era por demais evidente o que se iria passar com o nosso endividamento e com as nossas finanças públicas. Sócrates lançou então o slogan "Defender Portugal", insinuando subliminarmente que os adversários do PS só podiam ser adversários de Portugal.
Montado o cenário, faltava apontar os vilões. Primeiro, o inimigo externo, e para isso diabolizou-se o FMI, qual dragão que paira ameaçadoramente sobre as nossas cabeças, e contra o qual o herói luta com denodo. Um pouco mais tarde, com o chumbo do PEC IV, estava encontrado o inimigo interno. Um inimigo que "tira o tapete" ao nosso herói, exactamente quando este "ia salvar Portugal". Ferido, o herói não sai de cena. Ei-lo que se reergue, determinado, para mais uma batalha. Desce o pano, e agenda-se o segundo acto para dia 5 de Junho.
Há que reconhecer: tudo isto foi muito bem planeado, teatralizado e concretizado, de modo a que esta fábula funcione não só como um álibi para Sócrates mas, também, como uma "cassete" de campanha.
Montada a história, trata-se agora de repeti-la. É como se todos os dirigentes socialistas passassem a falar pelo teleponto do próprio Sócrates, como se todos tivessem esse teleponto dentro da própria cabeça - e isso, como vimos, funciona, pelo menos em mundos como o da "bolha" do Congresso de Matosinhos.
A força da história avalia-se pelo modo como deforma os factos e maquilha a realidade. Em Matosinhos, ela foi muito eficaz para esconder aquilo que na verdade mais perturba os socialistas: esta é a terceira vez que o FMI é chamado a intervir em Portugal, e, sendo verdade que veio sempre a pedido de governos liderados pelo PS, esta é a primeira vez em que vem devido a erros de governação do próprio PS.
Isto nunca tinha, de facto, acontecido: em 1977/78 o FMI veio por causa dos "excessos" revolucionários, e em 1983/84 para corrigir os deslizes do governo de direita, da Aliança Democrática. Em ambas as situações o PS apareceu, com a coragem de Mário Soares, a corrigir os erros de governações anteriores e a defender o interesse nacional. Desta vez é diferente: o FMI é chamado a Portugal justamente devido à acção de um governo do PS, dirigido pelo seu secretário-geral.
Para grandes males, grandes desculpas? É o que parece. Esta história inventada pelos conselheiros de Sócrates vai fazendo o seu caminho. Espalha-se com mais desenvoltura que um programa eleitoral, e consegue fazer com que muita gente, sem dar por isso, acredite no inacreditável: num dia o nosso primeiro-ministro estava "quase a conseguir salvar-nos", e no dia seguinte o chumbo do PEC IV abriu um buraco de 80 mil milhões de euros...
Não consigo conformar-me com este modo de "fazer política". Sofro, como milhares de socialistas, e certamente muitos mais portugueses, com este tipo de comportamento que joga no "vale tudo" para permanecer no poder. Ao arrepio de todos os valores, ignorando as mais elementares regras da ética, transformando a política num mero exercício de propaganda que se avalia por um único resultado: continuar no poder.
O Partido Socialista ficou reduzido ao álibi de Sócrates. Um secretário-geral que deu sem dúvida provas como candidato eficaz, mas que também já as deu como governante medíocre, conduzindo o País à bancarrota e à mais grave crise que o País já conheceu desde o 25 de Abril de 1974.
Foi com estes dados que o PS saiu do Congresso, à espera de um milagre eleitoral no próximo dia 5 de Junho. Mário Soares falava prudentemente, aqui no DN de anteontem, no risco de um duche gelado que entretanto o PS corre. Mas mesmo que tal não aconteça, não haja ilusões: ganhe ou perca, no dia seguinte às eleições este PS do álibi vai estar como estava na véspera - com uma mão-cheia de nada e outra de coisa nenhuma. Talvez, finalmente, a olhar para o abismo onde nos conduziu. E quanto a Portugal, o que será de nós?

Sabem quem escreveu tudo isto???
Manuel Maria Carrilho.....
Pois é...quando os eunucos são expulsos do banquete real revoltam-se.....
Coitados dos falsos, hipócritas e vígaros que só sabem jogar em vários tabuleiros....
Quando o eunuco é descoberto, enxovalhado na praça pública...coitado fica muito mal...
Pode abrir a cloaca que já nada nem ninguém lhe liga...
Só o escárnio e o escarro o ajudarão a apagar-se na cova da imbecilidade..... 

Que orgulho é esse???


Não acham que está na hora de o mandar bugiar para outro lado???
Por mim é já!!!

quarta-feira, maio 25, 2011

A TSU

Não, não é o que estão a pensar......
Chama-se Taxa Social Única!!!
As empresas vão passar a descontar menos para a Segurança Social.
O programa de austeridade da ‘troika', negociado com o Ps, PSD e CDS, prevê a redução da taxa social única, mas apenas a parte que é da responsabilidade dos patrões.
Dizem ELES que é uma das medidas mais importantes para aumentar a competitividade da economia.
Argumento mais falacioso!!!
Segundo o documento uma das contrapartidas pela ajuda externa, explica que o aumento da competitividade do país vai envolver "uma grande redução" nas contribuições dos patrões para a segurança social.
Para compensar o Estado pela perda desta receita e para não colocar em risco o sistema de pensões nacional, serão tomadas medidas que deverão passar por alterações na estrutura e nas taxas de IVA; cortes permanentes adicionais na despesa; e aumento de outros impostos que não tenham um efeito adverso na competitividade.
O documento refere ainda que a proposta poderá ser implementada em duas fases distintas, mas a primeira parte terá que avançar obrigatoriamente já no Orçamento do Estado para 2012.
A proposta, que permitirá reduzir os custos das empresas portuguesas, vai ao encontro do que já tinha sido sugerido pelo PSD.
Claro só podia.....
Esta notícia foi música para os patrões......que já defendiam, há muito a redução das contribuições para a segurança social.
Já este ano, o Banco de Portugal, outro que tal, publicou um estudo no qual analisava o impacto de uma subida de dois pontos percentuais no IVA, que permitisse a redução da taxa social única.
Na altura, uma das conclusões a que o supervisor chegou foi que tal medida teria um efeito positivo na competitividade das empresas e, por essa via, no crescimento económico.
O PSD diz que afinal quer baixar a TSU, não 4, mas 8 por cento.
Ora que bela música para os patrões.....
Em resumo, não se entende por que não aboli-la de uma vez por todas.
Se é para dar cabo da Segurança Social, se a opção é transferir as reformas dos portugueses para os activos dos balanços das empresas, uma redução para zero da Taxa Social Única evitaria uma longa e indesejável agonia, com a vantagem acrescida de abrir mercado para uma espécie de Segurança Social com aquela racionalidade que apenas se encontra no ADN das empresas privadas.
Claro, bem de ver...quem quer segurança «social» pague às seguradoras, defende o CDS e PSD e a ajudinha do Ps!!!
Depois, temos umas contas a ajustar com a burocracia dos contratos de trabalho escritos e com tempo indeterminado e, então, finalmente, estaremos em condições de pensar seriamente em livrar a nossa competitividade do fardo que as empresas carregam aos ombros de serem obrigadas a pagar uma contra-prestação pelo trabalho dos seus “colaboradores”, na linguagem neo-liberal.
Só que esta maltrapilha esquece-se que tipo de patrões temos em Portugal....
Parasitas, vivem, viveram e sempre vão viver à custa do estado....benesses e mais benesses....regalias e mais regalis....terrenos à borla.....impostos mais «suaves».....luz, água e outros bens oferecidos....fundos a perder de vista para se governarem....e quando a «coisa» começa a não lhes agradar fogem a toda a velocidade....deixando os trabalhadores na RUAAAAAA......com uma mão à frente e outra a trás....
Quem acredita que os 4% ou 8%, na versão PSD, vai contribuir para o desenvolvimento da economia?
Mais emprego???
IDIOTAS!!!
Só quem não conhece o que é o patronato português......ou finge não conhecer...ALDRABÕES!!!
As empresas a lucrar , o pessoal a trabalhar e o país a ir para a frente.
O lema da nova ordem social liberal quanto baste...
 O nosso destino sempre foi o Oceano.
Dizem que o fundo do mar é lindo.

A Espanha silenciada e verdadeiramente revolucionária.


Orgulloso de estar entre el proletariado es difícil llegar a fin de mes y tener que sudar y sudar "pa" ganar nuestro pan.
Éste es mi sitio, ésta es mi gente somos obreros, la clase preferente por eso, hermano proletario, con orgullo yo te canto esta canción, somos la revolución.
¡SI SEÑOR! La revolución, ¡SI SEÑOR!, ¡SI SEÑOR!, somos la revolución, tu enemigo es el patrón,
¡SI SEÑOR!, ¡SI SEÑOR!, somos la revolución, viva la revolución. "Estyhasta" los cojones de aguantar a sanguijuelas, los que me roban mi dignidad. Mi vida se consume soportando esta rutina que me ahoga cada día más.
Feliz el empresario, más callos en mis manos mis riñones van a reventar. No tengo un puto duro, pero sigo cotizando a tu estado del bienestar.
¡RESISTENCIA! Éste es mi sitio... En esta democracia hay mucho listo que se lucra exprimiendo a nuestra clase social. Les importa cuatro huevos si tienes catorce hijos y la abuela no se puede operar. Somos los obreros, la base de este juego en el que siempre pierde el mismo "pringao", un juego bien pensado, en el que nos tienen callados y te joden si no quieres jugar.
¡RESISTENCIA! ¡DES-O-BE-DIEN-CIA!

Esta MENTE

A Ministra(??) do Trabalho vem dizer que o acordo com a "troika" aumenta protecção aos trabalhadores!!!
Das duas, uma!!!
Ou a senhora pensa que está a falar para acéfalos....
Ou então quer MENTIR, ALDRABAR OU ENGANAR...
Vá enganar para a Patagónia...se é que por lá admitem mentirosos....
TODOS os que já leram o «acordo» sabem bem que o despedimento por justa causa vai ser facilitado....desde que o patrão invoque pura e simplesmente, a «inadequação ao posto de trabalho» o trabalhador vai para a RUA....
Também diz a «dama» que o acordo beneficia, igualmente, os trabalhadores a recibos verdes: "Há o compromisso de estudar modalidades para alargar a protecção social aos trabalhadores por conta própria desde que estejam ao serviço regular de uma única empresa e que o desemprego tenha carácter involuntário".
MENTIROSA!!!
Como a língua lhe fugiu para verdade!!!
Reparem na subtileza do justificativo:«há o compromisso de estudar modalidades para alargar a protecção social»!!!
ESTUDAR???? Ao domingo à hora da missa ou durante a homilía do padre Inácio...pois então....também há uns que tiram cursos ao domingo...não é???
Diz ela que....o acordo «aumenta a protecção laboral»!!!!
Aumenta????
Onde e quando sua mentirosa???
Diga....diga onde...
Não há a coragem de chamar aos bois e vacas pelos VERDADEIROS NOMES???
Não tenho medo....já sou vítima de perseguição de TODO O TIPO..não me calarei NUNCA...percebeu senhora pindérica?
Perceba a senhora e os seus gordurosos e fervorosos apoiantes e lambe-botas...
FARTO DE MENTIRAS...
NÃO CALO.....
Passos Coelho mente...mas sabe e di-lo com toda a clareza...o ESTADO SOCIAL é para acabar...
Digam a verdade também seus hipócritas...o acordo que assinaram é o mesmo, seus TRAIDORES....
Ou será que o «inglês técnico» do outro não lhe permite traduzir convenientemente o «acordo»???
Já falam em mudar a Constituição....não vá neste, como nos casos do fim da Escola Pública e do fim do serviço público de saúde «tendencialmente» gratuito...não vá o Tribunal Constitucional dar uma de voto contra e ...depois temos a cabra nas couves...pois é!!!!
ALDRABÕES.....
Votem neles depois queixem-se......

E a VIGARICE dá MILHÕES

Corrupção na ex-DGV (Direcção Geral de Viação) com tabela de preços!!!
Pois é....TUDO TEM UM PREÇO...já dizia o outro....ou seria a outra??
Equipa da judiciária prende 6 pessoas!!!
Só????....e os outros???
Qual a razão pela qual só agora(??) se conhecem estas «lavagens»????
Estranha-se...ou talvez não....
Arriba país da lavagem de dinheiro...o futuro é TEU!!!!

A VIGARICE

Que uns, muitos, usem e abusem da falta de consciência política dos portugueses, já é NORMAL...
Agora, que outros porcos, feios e maus usem e abusem da inteligência de alguns portugueses é DEMAIS...
Vem tudo a propósito disto:
«PS dá bilhetes para oceanário a quem for a comício»
O PS está a oferecer aos militantes e apoiantes de Penafiel uma visita ao oceanário Sea Life do Porto, no domingo, como contrapartida da presença no comício com José Sócrates, no mesmo dia à tarde. Mais de 200 pessoas já reservaram lugar num dos vários autocarros que fazem a viagem até ao Porto, que também é oferecida pelo PS.
No convite, enviado por mail e por sms, os «xuxas» avisam que não pagam o almoço e que por isso cada um tem de levar a sua merenda.
Às 16h00, têm de embarcar rumo à praça D. João I, no centro do Porto, local do comício com Sócrates.
Quem não for ao comício arrisca-se a perder a boleia de regresso a Penafiel.
Contas feitas aos mais de 200 apoiantes que já reservaram lugar naquela viagem, o Ps gastará cerca de 1600 euros só para a visita ao oceanário.
E há ainda o aluguer dos autocarros.
Está o Tribunal ATENTO a todas ESTAS «OFERTAS»???
NÃO ACREDITAMOS....como sempre.....
Já lá diz o outro:«Portugal é um pais de lavagem de dinheiro»!!!
Quem investiga????
Está quieta «mosca»...a merda é mais que muita para alguns.....os do costume....

terça-feira, maio 24, 2011

Desta NINGUÉM FALA...mas outros sim

A chamada «campanha negra» deu em ......absolvição...
Pois é....as ditas perseguições caça às bruxas têm um sentido......o do prepotente e sanguinário contra os indefesos que não calam, sofrem e CUMPREM...caso contrário RUAAAAAAAAAA.....
É assim que dizem que se faz a democracia.....só que é a deles....a dos poderosos, cães-de-fila raivosos, prepotentes, arrogantes que obrigam os indefesos a cumprirem as ordens....
Os mandantes são assim .......tiranos e sanguinários....vivem do sangue dos que não calam, não se submetem, não pactuam....
Morrer se preciso for....mas com DIGNIDADE...que é coisa que os porcos não sabem, nem nunca terão.... 

Hoje e sempre Bob Dylan


Academia de luto

Estudantes de Lisboa cumprem dia de luto académico.
Os estudantes universitários de Lisboa decidiram marcar um dia de luto académico contra os cortes na Acção Social Escolar (ASE), a existência de propinas, as consequências do processo de Bolonha e o receio por novas medidas de austeridade.
Um assunto que tem passado despercebido na campanha eleitoral.....vá-se lá saber a razão...eheheheh!!
Há cada vez menos financiamento e cada vez mais desce a ASE, agravando as bolsas, e sobe o preço das cantinas..
Há uma enorme preocupação com as novas medidas negociadas com a troika!!!.
Medidas que podem piorar bem mais o sub financiamento e podem, inclusive, como já se tem falado, aumentar o preço da propina.
Mas, de tudo isto também não se fala......
Sabe-se a razão.........CLARO que sim.....

Os apoios....

Nos comícios do Ps na Guarda houve muitos apoiantes.....
O que não se diz é que as câmaras «xuxas» OBRIGARAM os funcionários a irem de bandeirinha para os comícios...
Houve mesmo câmaras que quase fecharam....tudo em transportes rodoviários pagos pela ...organização....
Que diz a TUDO isto, quem tanto fala de produtividade???
Pois é...assim se ganham apoios e votos....
Banif admite emissão de dívida com aval do Estado até 220ME
O presidente do Banif admitiu recorrer nas “próximas semanas” a uma emissão de dívida com aval do Estado, de até 220 milhões de euros, ao abrigo da linha de 20 mil milhões de euros em garantias.
“Estamos a ponderar a possibilidade de fazer emissões de dívida com aval do Estado. Mas essa situação é normal, outros bancos vão fazê-lo”, disse Carlos Duarte Almeida.
“Poderemos vir a pedir em breve. Poderá acontecer nas próximas semanas”, disse Almeida Duarte, à margem do Dia de Portugal na Bolsa de Nova Iorque.
Já lá estamos...a bancarrota!!!

Quem se segue???

Depois da Irlanda, Grécia e Portugal....já há mais uns quantos na calha da FALÊNCIA...
A Itália foi ameaçada com o corte de rating pela agência Standard & Poor's, depois de uma revisão do "outlook" de "estável" para "negativo".
Em causa está a incapacidade do executivo italiano em reduzir a dívida pública, a par de perspectivas de crescimento débil.
Depois a Fitch cortou o "outlook" da Bélgica.
Espanha, por seu lado, vê o risco da sua dívida pública subir ao nível mais alto deste ano, com as obrigações a 10 anos no mercado secundário a registarem uma taxa de juro de 5,614%, cerca de 263 pontos de base acima das obrigações alemãs.
Os analistas justificam esta aceleração da percepção do risco com os resultados das eleições municipais de domingo, mas também com o eventual contágio da situação grega.
Neste país discute-se o eventual alargamento do prazo de amortização da dívida, enquanto o Governo helénico promete acelerar o processo de privatizações e lançar novas medidas de austeridade.
Outro facto negativo foram as advertências do FMI ao Governo irlandês no sentido de acelerar as reformas estruturais.
Entretanto, o Governo de Berlusconi já disse, para acalmar os mercados, que irá intensificar as reformas e compromete-se a equilibrar o Orçamento público até 2014.
REFORMAS????
Só sabem falar em REFORMAS...ou seja DESEMPREGO...MISÉRIA...FOME....
A fórmula REPETE-SE....
Até quando???

As transferências... a GOSTO

Depois de secretário da Educação, depois de Director Geral da RTP, depois de Director Geral das Estradas de Portugal...TUDO COM A RUÍNA, FALÊNCIA E INCOMPETÊNCIA eis que este gorduroso transfere-se para uma empresa PRIVADA de obras públicas...
Almerindo Marques vai passar a liderar a construtora Opway a partir do dia 1 de Junho.
RECORDAR que a empresa é detida pelo Grupo Espírito Santo.
O ex-presidente da Estradas de Portugal admitiu apenas que "provavelmente a Opway precisa de uma reestruturação", mas garantiu que "a empresa está a trabalhar e vai continuar a funcionar normalmente".
Então não vai!!!!
Outro Jorge Coelho....TUDO NORMAL...
Ainda se admiram das lavagens......

Lavagem de...bons serviços à causa própria....

Pois é o enriquecimento ilícito aumenta a olhos vistos...só não vê quem não quer...
Qual a razão de se venderem só prédios de valor mais elevado???
Qual a razão de se venderem, em elevada percentagem, os carros topo de gama???
E as férias....
Paraísos fiscais??? Cá dentro lá para fora....
Isto tudo com a complacência de autoridades, mandatários e outros que tais...
É a gatunagem completa...

O que TODOS já sabiam....

O prémio Nobel da Economia, Paul Krugman, disse que “está claro que Grécia, Irlanda e Portugal não podem e não poderão pagar as suas dívidas”.
Quem foram os IRRESPONSÁVEIS que assinaram um acordo de empréstimo sem saberem o montante dos juros???
Só os IRRESPONSÁVEIS do Ps, PSD e CDS....
Agora já admitem renegociar a dívida....
Estes IRRESPONSÁVEIS são o típico parolo provinciano,  bacoco e mal traduzido do francês... que aceita TUDO quanto lhe querem impingir sem olharem aos custos....
Percebem a razão pela qual o país cheou ao estado de miséria que chegou???
INCOMPETENTES....ACÉFALOS.....BACOCOS.....PAROLOS...
Renegociar a dívida, pois então.......mas quem duvida???

Os (des)ajustes

O ministro da Defesa, Augusto Santos Silva, autorizou a Direcção–Geral de Armamento e Equipamentos de Defesa a gastar nove milhões de euros na compra de rádios para os 10 helicópteros NH 90, que serão entregues ao Exército entre 2012 e 2017. A compra será efectuada por ajuste directo a uma empresa italiana.
A isto chama-se um «governo de gestão»????
Dizem que não há dinheiro para vencimentos, para manutenção, para pagar à Segurança Social mas.....para rádios...
PERCEBI!!!!
INTERESSANTE!!!

Já chegou...a 1.ª tranche.....


Foi enviado ao Cavaco, o cheque com os milhões da primeira de muitasssss tranches que por aí vão chegar.....
Curioso o facto do cheque ter sido endossado a Cavaco.....é que o Teixeira não estava ao serviço...meteu férias de «campanha», não a eleitoral, mas a da conquista da Abissínia.....
Atente-se num pormenor, deveras interessante, a assinatura do ex-director geral do FMI...no mínimo curiosa.....
Vão já para a taberna comer bacalhau frito e vinho rançoso seus gatunos...o dinheiro já chega para a desgraça...
VIVA A FESTA QUE O VINHO DURE ATÉ ACABAR O «GUITO»....depois vem mais...então não é.....

A última...ceia????


Será de facto a última ceia???
Ou será que ainda vão «mamar» mais 4 anos???
Está na tua mão, ou seja no teu voto, DECIDIR.....

segunda-feira, maio 23, 2011

Sócrates versus Futre

Futre anunciou a contratação do jogador chinês, para angariar fundos para relançar o futebol do Sporting!!!
Sócrates aproveitou a «ideia» e, vai daí, contratou indianos, paquistaneses, guineenses e tantos outros para «encher» os comícios, como se fosse o mesmo que encher chouriças ....
Será que os porcos no espeto já são caros de mais???
É que por cá, porcos não faltam.......

Sócrates aprende todos os truques, dos melhores mestres da «vida fácil»!!!


A Frase da SEMANA

José Manuel Mota da Romana assina um artigo num jornal da Guarda, onde diz SÓ ISTO:« O actual Governador Civil da Guarda só conhece o distrito pela janela do comboio».
Excelente!!!
Já o tinhamos vindo a dizer há muito, este actual Governador Civil da Guarda é o típico guardador de cabras!!!

A não perder o artigo...no Terras da Beira....

Lugares vagos.....

Ultimamente, por circunstâncias talvez não tão diferentes como se possa imaginar, abriram duas vagas para lugares importantes e bem semelhantes...
Um é o de líder da Al Qaeda e...outro de Director do Fundo Monetário Internacionacional....
Será que, em época de crise, não haveria TODA a conveniência de ser uma e uma só pessoa a desempenhar as duas funções???
Seria muito interessante ver o Director do FMI a dirigir a Al Qaeda.....
Interesses não muito divergentes.....
Pois então.....

O ensino que vamos tendo....

Que uns jornalistas, analistas e outros que tais balconistas venham defender, a qualidade do ensino que se verifica neste nosso país, é lá com eles.
A acefalia deles e o cartão de crédito dourado que lhes deram para as mãos permite-lhes dizer TODAS as barbaridades que quiserem em defesa do patrãozinho...
Agora que as provas são irrefutáveis disso ninguém duvide...
Saber contar até 8 bastava para responde a uma questão do teste de Física do ...9.º ano!!!
No Teste de Físico-Química do 9.º ano identificavam-se os planetas do sistema solar e depois pedia-se aos alunos para dizerem quantos são os tais planetas.....
Eheheheheh!!!!
Estão a chamar BURROS AOS ALUNOS não percebem????
Contar até oito ou dividir 1 por 0,2 - podendo recorrer à calculadora - era o suficiente para obter a cotação máxima em algumas das questões do teste intermédio de Físico-Química do 9.º ano, feito este mês nas escolas.
A prova, elaborada pelo Gabinete de Avaliação Educacional (GAVE), do Ministério da Educação, está a gerar perplexidade entre professores e cientistas, fazendo renascer as acusações de "facilitismo" no sistema de ensino.
Os acéfalos que defendem com unhas e dentes os cartões, que dizem a isto????
São tão incompetentes e acéfalos como os senhores e senhoras que elaboraram as prova...só isto...
Já agora, por acaso os tais doutos conhecedores, de TUDO E NADA, e acérrimos cães e cadelas defensores do «facilitismo» sabiam que nem TODOS os alunos das escolas realizam as chamadas provas de aferição, supostamente feitas para aferir qualquer coisa????
Pois é....
Há alunos que são «convidados» a faltarem às provas ou pura e simplesmente NÃO AS REALIZAM...
Qual a razão??
Não sabem???
Então são tão inteligentes e doutos os comentadores defensores que não lhes ocorre a certeza que os alunos que não as realizam é  para enganarem as estatísticas da calamitosa situação em que o país se encontra, incluindo aquilo que pomposamente chamam de «ensino»...
Calem-se seus porcos que, de jornalistas comentadores e analistas apenas têm os cartões dourados.......
Para já.......
O jornalismo dos bancos e banqueiros já percebeu que tanta «lambidela» cheira mal.....

Afinal quem duvidava???

Sócrates aceita Passos e Portas no seu Governo...
Aceita por que o «acordo» assim o deseja...e MANDA...
Falando após o comício de Castelo Branco, para uma televisão bancária..... José Sócrates salientou que, ao contrário da actuação de Pedro Passos Coelho e Paulo Portas, "nunca fez nenhuma questão com as lideranças dos outros partidos". 
"Na nossa democracia cada partido escolhe a sua liderança", declarou. 
Perante a insistência na pergunta se aceita Paulo Portas e Pedro Passos Coelho como seus ministros, o secretário-geral do PS respondeu: "Já disse  que sim, que estou disponível."  
"Desde início que tenho insistido que é preciso criar um clima de diálogo, quaisquer que sejam as lideranças dos partidos", afirmou.  
No entanto, José Sócrates recusou-se a responder se aceita ser ministro num Governo liderado pelo presidente do PSD.  
"Eu não me entrego a essas elaborações e a esses cenários. O que importa é que não haja sectarismos e que todos os partidos se disponibilizem para o diálogo", afirmou.
Pergunta-se...
Com tantos salamaleques e cortesias...onde fica o Estado Social que um Sócrates enche a boca???
Na cloaca...pois então....
PASPALHOS.....
Votem neles e depois não se queixem....

domingo, maio 22, 2011

Se a estupidez pagasse multa......

Já estamos TODOS FARTOS das «bocas» do incompetente...Sousa Tavares!!!
No final do último debate entre Sócrates (o maior defensor mundial do Estado Social!!) e Passos, reuniu-se um painel na SIC Notícias!!!
Tudo até aqui parece normal...mas, só parece!!!
Só, por que como diz o Artur Portela hoje em dia há jornalismo, salvo algumas excepções, que quer assaltar o poder; outro jornalismo quer substituir o poder; outro jornalismo de luta de galo contra galos que cantam de jornalistas; outro, é jornalismo de processos de intenção; outro, do ódio, do azedume, da pátria finada; outro, jornalismo feirante; outro de auto-feirante; mas há ainda o jornalismo-rock e o jornalismo-rei; o jornalismo do self e do self-marketing; o jornalismo badana; o jornalismo que se entrevista a si próprio a entrevistar-se a si próprio; o jornalismo que monta feiras de opinião que são verdadeiros jogos de massacre; o jornalismo pré-fabricado.
Na maioria dos órgãos de comunicação mistura-se de tudo...inclusive jornais de bancários ou banqueiros ou banquistas,,,,,e mesmo de balconistas....
No tal painel ouviu-se de tudo...incluindo o mais abjecto e indigno comentário sobre as nossas vidas em comunidade:.
O senhor Sousa Tavares teve já frases tais como   “os professores são a classe de parasitas mais bem paga do país” e outras «peixaradas» que não vale a pena repetir....
Sobre as frustrações deste tipo na escola nada sei.
Por isso, assunto encerrado.
Mas o que ouvi, da personagem, foi o mais primitivo ataque ao que chamamos Estado Social.
Ao ponto de dizer que… – isto: «mas porque é que uma pessoa no interior acha que, por se sentir mal, tem de ter uma ambulância à porta para a levar ao hospital mais próximo? Então não tem vizinhos?
Alguém por acaso já se demarcou desta frase do senhor Tavares???
Os candidatos pela minha região, a Guarda, CALAM????
VERGONHOSO!!!
«O secretário-geral do PSD, Miguel Relvas, admitiu esta quinta-feira, no julgamento do caso Portucale, que tentou agilizar alguns processos no final do Governo de gestão PSD-CDS (2004) e que funcionava como "coordenador" político entre partidos e elementos do Executivo."Funcionei como coordenador e nunca como mensageiro. Saí do Governo para fazer a ligação política com o CDS. A minha intervenção foi visível e passou por tentar acelerar e criar condições para que alguns processos fossem resolvidos", afirmou Miguel Relvas, que depôs como testemunha no caso Portucale, que está a ser julgado nas Varas Criminais de Lisboa.» [CM]Expliquem TUDO...e já agora uma acareação com o PP (Paulo Portas) também era conveniente....ELEMENTAR.....

Afinal ele já sabia que...... não era competente!!!

Há que admitir... o homem tinha consciência de si próprio e das suas grandes limitações!

Esta é a EUROPA FORA DA AGENDA

Professores gregos ocupam TV pública


Esta é a EUROPA QUE NÃO FAZ PARTE DA AGENDA!!!
Esta é a Europa que nos querem impor....
Esta é a EUROPA QUE NÃO QUEREMOS...
SOLIDÁRIOS COM ESTES CIDADÃOS EUROPEUS QUE LUTAM COM DIGNIDADE...
HOJE ELES, AMANHÃ NÓS!!!

Esta é a EUROPA fora da Agenda



Que se perceba que o que está acontecer nas Portas do Sol, em Espanha, não é folclore nem intoxicação...acredito que MUITO VAI MUDAR .....
O sistema capitalista deu O BERRO..MORREU...
5 milhões de desempregados....CRISE SOCIAL....FOME...MISÉRIA
ESTA EUROPA NÃO ESTÁ NA AGENDA CAPITALISTA...
ACORDARAM PARA A REALIDADE...E OS OUTROS????
DORMEM O SONO DOS ENGANADOS???
ACORDAR É PRECISO...
O sistema eleitoral da REPRESENTATIVIDA ACABOU...GORDUROSOS RUAAAAAAAAAAA!!!
Exigimos um sistema PARTICIPATIVO...de CIDAdÃOS PARA CIDADÃOS...
ACABOU....
VIVA A REVOLUÇÃO.....

ROUBALHEIRA...

Ainda têm o desplante de chamar a «isto» ESTADO SOCIAL???
Segundo a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), "Cerca de 20 administradores acumulavam funções em 30 ou mais empresas distintas, ocupando, em conjunto, mais de mil lugares de administração, entre eles os das sociedades cotadas", lê-se no relatório anual sobre o Governo das Sociedades Cotadas em Portugal!!!
O caso mais extremo refere-se a um administrador que pertencia aos órgãos de administração de 62 empresas.
Os dados são referentes ao ano de 2009, e demonstram que esta prática não é uma excepção: mais de 75% dos 426 administradores desempenhavam funções de administração em mais de uma empresa.
Por cada um destes lugares recebiam, em média, 297 mil euros por ano, ou, no caso de serem administradores executivos, 513 mil euros.
O valor máximo registado para a remuneração média paga a este tipo de administradores foi de 2,5 mil milhões de euros e o valor médio mínimo foi de 49 mil euros.
Regalias quase exclusivas do sexo masculino e com mais de 50 anos, já que apenas 5,6% dos cargos de administração (25) eram exercidos por mulheres, enquanto a idade média dos administradores executivos era de 53,6 anos e a dos não executivos de 56,2 anos.
Além dos salários elevados, cerca de um em cada quatro administradores recebeu parte da sua remuneração proveniente de outra empresa do respectivo grupo.
No caso das empresas do modelo dualista o rácio aumenta para dois em cada quatro administradores. "A CMVM não considera independente quem receba remunerações de subsidiárias", diz o regulador. A instituição tece ainda críticas à falta de independência dos auditores, já que, em média, entre as empresas integrantes do PSI 20, apenas 51,6% das remunerações pagas aos auditores se referem a serviços de auditoria. "Estes valores significam que as empresas de maior dimensão e liquidez contratam às auditoras externas um volume muito relevante de outros serviços (incluindo de fiscalidade), o que poderá colocar em causa a sua independência e originar importantes conflitos de interesse na prestação de tais serviços, os quais evidentemente poderão (e tenderão) a ser resolvidos de forma contrária às conveniências dos accionistas", refere a CMVM.
Qual a diferença entre estes prostitutos e as prostitutas das estradas?
Num caso usam gravatas e fatos «exclusivos», noutros têm exclusividade de lugares.....
Votem neles a 5 de Junho...eles agradecem.....e ainda vos CHAMAM TOTÓS....
É FARTAR VILANAGEM!!!

Um nacionalismo bacoco e populista

Um dia, o político mais bacoco, populista, demagógico e sovina que já deu à estampa neste país, PP ( o tal Paulo Portas) decidiu instaurar um dia ....não teve a coragem e o arrojo de lhe chamar dia nacionalista, dia da raça (dos cães e cadelas, dele!!) mas, chamou-lhe dia da defesa nacional!!!
Podia ser o dia dos sobreiros, o dia dos submarinos, o dia do leito do rego...mas não...chamou-lhe defesa «nacional»...
Vai daí....«obrigou» os jovens que completam 18 anos a «participar» numa palhaçada de «manobras» e «programa de variedades» para se gastarem uns milhares de euros e....fazer de conta que umas forças armadas existem...para além das «missões» a que vão, para cobrar uns valentes euros..... 
De resto...guerra não há....mas «xicos» dos espertos, dos de mais elevada patente, por metro quadrado, há os em barda.....nos quartéis a brincarem à guerra....
Neste cenário, inventado por um acéfalo, um dia tinha que acontecer....uma jovem que foi «comemorar» o tal dia ....morre por que....imagine-se «partiu-se» um cabo de aço...
Ou seja, o material podre, velho e obsoleto dá em tragédia quando é utilizado.....
Deixem-se de brincar ás comemorações de dias dos «xicos» e deixem os jovens em paz......
Brinquem aos dias do cão, da cadela e outros que tais e.....comprem uns jogos de «pc» e entretenham-se nas casernas a jogar...sempre evitam tais tragédias...
Dizem que «abriram» inquéritos!!!
Pois...já se conhecem os resultados...«acidente»!!! e a culpa morrerá «sempre» solteira....
VERGONHOSO!!!

sexta-feira, maio 20, 2011

Este é o PEC DELES...só FARTURA...TU PAGAS!!!


UMA MEDIDA DA MAIS ELEMENTAR JUSTIÇA ! FAZ-SE FINALMENTE ALGO PELOS MAIS DESFAVORECIDOS DESTE PAÍS .
A partir das próximas eleições europeias, que em Portugal se realizam a 7 de Junho, os eurodeputados vão passar a ganhar um vencimento único. No caso dos portugueses, o aumento vai para o dobro do que ganhavam até aqui. De 3815 euros passam para os 7665 brutos. Isto sem esquecer outros subsídios...
...Em consequência do novo estatuto, e feitas as contas aos descontos a que são submetidos os salários, os parlamentares portugueses passarão a ganhar, em valor líquido, 5963 euros, quando, até aqui recebiam 2525 euros líquidos por mês.
..., o chamado "subsídio de estadia" aos deputados. Esta ajuda de custo, no valor actual de 287 euros diários...
...os eurodeputados são pagos pelo Estado membro de origem...
Que tal?
Vamos lá congelar os salários de 1.000?, reduzir os de 5.000? e aumentar o dos nossos deputados para o dobro, ou seja 7.665? brutos, 5.963? líquidos!
Coitados... tão pouco... tomem lá mais um subsídiozinho de 287(??)X 20 dias = 5.740?!

As vigarices são mais que muitas...



Isto é mesmo tudo gente de porte FINO....
Um cheque sem provisão de mais de 500 mil euros entregue em outubro de 2005 pelo então vice-reitor da Universidade Independente, Rui Verde, à empresa Teixeira Duarte para pagar a construção do pólo da UNI em Luanda dominou a sessão de julgamento...do caso INDEPENDENTE...a universidade do diploma do Sócrates...
Na audiência de hoje foram ouvidos em tribunal os engenheiros civis Pedro Sousa Barros e Hélder Matos, ambos da Teixeira Duarte, que estiveram ligados ao acompanhamento da obra em Angola, a qual foi concluída em 2004.
Pedro Sousa Barros relatou que para pagar dívidas relacionadas com a obra, contratualizada entre a SIDES - sociedade detentora da extinta UNI - e a Teixeira Duarte, Rui Verde entregou-lhe pessoalmente um cheque num valor superior a 500 mil euros, mas ao ser depositado no banco verificou-se que o mesmo "não tinha provisão".
A Teixeira Duarte-Engenharia e Construções, SA, foi uma das empresas lesadas pela Universidade Independente (UNI), tendo-se constituído assistente (colaborador da acusação) no processo em julgamento no Tribunal de Monsanto, Lisboa.
Questionado pela procuradora do Ministério Público sobre quem era o "rosto" da SIDES, com a qual a Teixeira Duarte contratualizou a construção daquele pólo universitário em Luanda, a testemunha respondeu que eram os arguidos Rui Verde e Amadeu Lima de Carvalho (alegado acionista maioritário da SIDES).
Os arguidos estão pronunciados por crimes de associação criminosa, abuso de confiança, fraude fiscal, burla, corrupção e falsificação de documentos. Lima de Carvalho e Rui Verde chegaram a estar presos preventivamente.
Em fevereiro de 2009, após uma investigação iniciada em 2006, o MP acusou 26 arguidos por crimes de associação criminosa, fraude fiscal qualificada, abuso de confiança qualificada, falsificação de documento, burla qualificada, corrupção ativa/passiva e branqueamento de capitais, entre outros ilícitos.
 Destes, o juiz de instrução decidiu levar 24 a julgamento, mas entretanto, o antigo presidente da instituição António Labisa faleceu.
A crise na UNI começou com suspeitas de irregularidades no funcionamento da instituição, tendo-se verificado em fevereiro de 2007 sucessivas reviravoltas no controlo da instituição e da empresa que a detinha, a SIDES, disputadas por duas fações em litígio.
A instituição foi encerrada a 31 de outubro de 2007, por decisão do ministro do Ensino Superior.
Gago encerrou a universidade sem que muita coisa tivesse sido esclarecida....nomeadamente certidões, diplomas e outros emolumentos que tais......
Uma universidade que trabalhava TANTO, inclusive aos domingos (à hora da missa???), concerteza não tinha saldo bancário para pagar as «obras».....
Claro que não....

Chegou a época das ....comendas das cabras


Ao longo do ano, quer seja agrícola, quer fiscal, quer religioso ou outro qualquer que marca as confrarias, há sempre um dia de lava-os-pés!!!
Como se sabe, a lavagem dos pés, para além da figura litúrgica, é um sinal de LIMPEZA.....
Lavam-se os pés para que o «sulfato da peúga» não incomode os que connosco convivem, trabalham, etc..... 
Uma questão de limpeza...
Mas, voltemos aos calendários....
No distrito da Guarda e, quiçá, no resto do país sucedem-se as visitas ministráveis, com ou sem secretária, com ou sem programação.
Inventa-se tudo para uma visita...que o combustível está barato.....e o governo é de campanha...eleitoral, entenda-se!!!
Desde a inauguração do elevador dos paços do concelho, passando pela inauguração do monumento à mulher do soldado desconhecido, ou revisitando pela enésima vez o lar dos idosos da freguesia de S. Bento, até à igreja de S. Gonçalo tudo são capelinhas a visitar que muitos devotos vai trazer à santinha da Ladeira....
Mas, o que está mesmo a «dar» são as condecorações.....
Num jornal cá do burgo, lia-se que o ministro da Administração Interna tinha «autorizado» o Governador «civil» a atribuir comendas....
Vai daí, numa semana entregaram-se comendas a «antigos» presidentes de câmara......
Depois, deram-se medalhas a instituições (algumas, vá~se lá saber o critério) e a outros personagens...
Tudo gente fina....gente prestigiada...gente que GANHOU e BEM com a postura.....
Para alguns foi de tal ordem de grandeza a POSTURA que foram parar à CADEIA...
Lembram-se???
Agora são comendas, (en)comendados e ...pelos vistos (re)comendados...
Um dia destes ainda assistiremos à comenda da «ordem da cabra»!!!
Então não são 150 000 cabras que vão ajudar a combater os fogos este ano???
Em vez de empregos prometidos...há cabras!!!
VIVA A ORDEM DA CABRA.....
Cabras, cabrões e cabritinhas....tudo a mamar!!!
A BEM DA NAÇÃO......da CABRADA!!! 

Vandalismo

O vandalismo continua....na Guarda!!!!
A noite de 19 de Maio de 2011 foi de verdadeiro vandalismo, em especial na zona da Praça Luís de Camões, vulgo «praça velha»!!!
As imagens são elucidativas.....
Por onde param as autoridades????

quarta-feira, maio 18, 2011

Um quarto com vista para ....o prédio vizinho


Imagine o leitor que habitava uma casa, numa qualquer cidade, vila ou lugarejo deste País.
Que a sua habitação tinha janelas, portas que davam para a rua....
Imagine que o seu prédio era arejado, limpo e com condições mínimas de habitabilidade...
Até aqui tudo parece correr bem....
Parece, por que são apenas suposições.....
Um dia, acorda com um enorme barulho de máquinas, compressores, caterpillars, bulldozers e outras maquinarias a arrasarem todo o prédio que lhe é contíguo....
Será que vão recuperar os prédios abandonados......
Será???
Nada disso......em vez de recuperarem os prédios vão construir um prédio ENORME com dezenas e dezenas de apartamentos....
Mas, pior.....muito pior é que o dito prédio vai «encostar» a um prédio já existente....que se alguém sair de casa dá de «caras» com a janela do prédio...se por acaso for a janela do wc da vizinha...imagine-se a «cena» que se irá proporcionar.....
O sucedido existe e pode ser «admirado» ali no Largo de São João....na Guarda dos EFE´s, sendo um de Formosa...
Só que formosora não se pode nem deve falar nesta aberração urbanística.....um atentado à segurança dos cidadãos e pior.......... à qualidade de vida dos cidadãos da Guarda...mas disso JÁ TODOS ESTAMOS HABITUADOS....
Outros interesses se levantam.....tudo em prol dos empreiteiros.....dos impostos ...e dos porcos no espeto......SEMPRE.....
Um dia a casa vem ABAIXO....

A demagogia rima com libertinagem

Uma das grandes aldrabices do governo de um aldrabão que chegou a primeiro ministro foi e é o ensino dito profissional....
A «modalidade« socratina de passear os livros fingindo que se aprende!!!
Aos alunos do ensino dito «normal» exige-se alguma aprendizagem...algum saber...
Neste ensino dito «profissional» os hipotéticos alunos, por que de alunos apenas têm o nome, paga o contribuinte uma mensalidade......para além de pagar o funcionamento das escolas ditas «profissionais».....
Milhões e milhões de euros desperdiçados nesta falsa «formação».....
Depois admiram-se de termos por cá uma «troika»....
A mentira do século, já o dissemos e voltamos a reafirmá-lo, é o ensino...e, em especial o ditoso profissional...
Daqui por uns anos a hecatombe serão estes jovens que «os fazem acreditar» que sabem e NÃO SABEM RIGOROSAMENTE NADA....
Sabem bem menos, do que um adulto do século passado que concluía a quarta classe no curso acelerado de adultos para poder tirar a carta de condução......por que nesse tempo não se vendiam diplomas....essa modalidade veio anos depois.....
Mas, hoje dia, com os «profissionais» tudo ganha para depois se perder na qualidade do ensino...
Ganham os formadores com tachos ....ganham os directores tachos...ganham as empresas que «recebem» os formandos incompetentes....há na Guarda uma empresa que só ela tem 14 formandos ditos profissionais....numa empresa que funciona num vão de escada....
Tudo ganha....PERDEM OS JOVENS iludidos pelas falsas promessas de aprendizagem de nada e coisa nenhuma....

terça-feira, maio 17, 2011

segunda-feira, maio 16, 2011

O APAGÃO...

Desde quarta-feira, dia 11 de Maio de 2011, até sábado, dia 14 de Maio de 2011, houve um apagão em certos blogs «ligados» ao blogger.....
Um verdadeiro apagão em TUDO...
Ou me engano muito ou houve aqui mãozinha da reacção....
Pois é....eles andam aí...cuidem-se......
Eu já os mandei à mãezinha da santa do coito.....e ao pai (deles) do santo de pau.....
E, ainda a procissão não saiu do adro......

As manhas de um PP


O Estado português foi "capturado por grandes grupos", proporcionando "bons negócios em que toda a gente quer estar".!!!!
Prudente sobre a polémica da redução da taxa social única e do IVA, que já se demonstraram tão demolidoras no campo das intenções de voto, Paulo Portas quer aumentar as penas por crimes de fraude fiscal.
Nada como a moralidade do CDS para pôr Portugal no bom caminho.
Será que o PP vai começar pelos submarinos???
Ou será pelo casino Lisboa???
Ou será ainda pelos sobreiros???
Saberá o PP que na Alemanha credora, o caso dos submarinos está a ser julgado nos Tribunais???
Pois é....
No Portugal devedor, o moralismo anda por aí à solta, a fazer campanha pela angariação de votos que legitimem mais e melhores negócios....
Com ou sem recurso a falsos gráficos e outras «jogadas» de bilhar...só se forem...de bolso....

domingo, maio 15, 2011

Os três da ...vida eirada

Difícil, difícil ...não é arranjar um Nobre!!!
É arranjar três......




Os três da vida eirada.......
Isso mesmo......em calão....
Cocó, Ranheta e Facada....

Foi a banhos....e levou os pentelhos

Depois de tantos pentelhos que incomodam, e de que maneira, quem não sabe....
Já TODOS percebemos, o que quer o PSD dizer, com a famosa frase de Catroga, na reacção ao programa da Troika: ‘Nós vamos ser muito mais radicais no nosso programa do que a troika, vamos ser muito mais radicais.’
Está lá TUDO no programa do PSD.....soluções mais liberais e mais radicias....
Mas não era só isso.
Afinal, o discurso também tem de estar à altura de tanta ambição.
Depois do "terrorismo", das comparações com "Hitler", das considerações sobre membros do governo que "deviam estar presos", depois dos pentelhos e da pentelheira o autor dos mesmos foi a banhos...
Isso mesmo, soube-se que Catroga foi apanhar...banhos...... para Copacabana......andava com stress....foi dar banho aos pentelhos...e já agora que fique por lá, ele os pentelhos e ...os chatos do costume....nestas coisas de pudicas....e públicas.....pentelheiras.....

Vira-casaca

Local: Feira do Livro em Lisboa.
Fernando Nobre e a comitiva de bandeiras laranja estão a terminar a visita à Feira do Livro...
Um cidadão de cabelos brancos, ar sério e com o rosto marcado pelas amarguras de uma vida dirige-se ao «doutor» em tom grave:
«O senhor enganou-me! Estive consigo na Associação 25 de Abril e o senhor enganou-me!”.
Fez-se silêncio....a música calou....o barulho dos megafones foi cortado por um rajada de vento frio, gélido como se o inverno tivesse passado por ali....arrepiou até à medula...frio cortante, mau prenúncio...prenúncio de morte .....passou por ali......inertes os corpos balançaram na alameda......

Os submarinos de um PP

O PP (Paulo Portas para os amigos) MENTIU no debate com Sócrates, quando disse que tinha sido em Portugal que tinha subido mais a dívida púlica na zona euro entre 2005 e 2011.


Para pôr o seu gráfico a mentir, PP usou o velho truque do ilusionista fotógrafo, retirando dele os países cuja dívida tinha crescido mais do que a portuguesa (Irlanda, Grécia, Reino Unido e Letónia). Depois, para a coisa ficar um pouco mais negra, ainda falsificou os rácios da dívida sobre o PIB, aumentando cirurgicamente o de Portugal de 27,2 para 30,2% e, para que o fosso para Espanha e França ficasse maior, diminuindo os destes países de 26,7 para 17,7% e de 20,5 para 15,2%. (…)’
Os submarinos do PP a funcionarem.....
Para subir nas sondagens e, quiçá, aumentar o número de deputados é preciso MENTIR???
O jornalismo de sarjeta devia lavar a cara e dar uma mangueirada neste LIXO TODO...
São uns hipócritas e mentirosos como o autor de tamanha tramóia...
Que jornalismo de submissão é esta corja???

Até onde chega a HIPOCRISIA

Um Nogueira Leite vem agora dizer que o Estado português foi "capturado por grandes grupos", proporcionando "bons negócios em que toda a gente quer estar".!!!!
Até onde chega a HIPOCRISIA......
Então este Leite, Nogueira, esquece-se do lugar que ocupa......é um homem do grupo Mello, um dos grupos rentistas mais bem sucedidos na captura de bens públicos, uma figura que circula entre PS, PSD e um certo tipo de negócios, defendendo a privatização do que tem muito valor de troca e o encerramento daquilo que só tem muito valor de uso, como bibliotecas e polidesportivos, e privilegiando a descida brutal dos salários dos outros.
Este e outros «donos de Portugal», Mira Amaral, Joaquim Ferreira do Amaral, Murteira Nabo e Luís Todo Bom e Jorge Coelho falam de ...pança cheia.....cospem no prato da sopa.....
HIPÓCRITAS.......
A economia portuguesa agora deixou de ser uma economia viável....claro os tempos das vacas magras vão chegar...acabaram-se os amigos do Cavaco e do Sócrates...siga para bingo.....

Arco austeritário

Este artigo vem publicado no «Le Monde Diplomatique» e traduz, com toda a clareza, o que nos espera com a venda do país à «troika»....
Tudo o resto nem pentelhos são.....e nem a irresponsabilidade de um tal de Sócrates pode esconder TUDO...
«(...)No fogo cruzado das acusações sobre a dissolução do Parlamento, marcadas por uma fulanização que prenuncia já a ligeireza política do debate que aí vem, tiveram de passar vários dias até que os media recentrassem a informação em matéria relevante para compreender o que se passava. Quando Pedro Passos Coelho publicou um artigo no The Wall Street Journal [1], destinado a tranquilizar os «mercados internacionais» quanto ao sentido da votação do seu partido, lá se disse aos portugueses que o Partido Social Democrata (PSD) se recusou a viabilizar o mais recente PEC por entender que as propostas de austeridade do governo «não iam suficientemente longe».
Perceberam????
«O «arco austeritário», de que fazem hoje parte o Partido Socialista (PS) e as formações à sua direita, mantinha-se portanto intacto. De facto, para se observar as fendas que abrem por toda a parte, o sítio para onde se deve olhar é para a vida concreta das pessoas que são atingidas pelas políticas de austeridade.
É aí que o desemprego e a precariedade, os baixos salários e a degradação dos serviços públicos e do Estado social, já em curso ou em projecto, revelam o verdadeiro rosto da tão falada «oportunidade» que a crise representa: para o neoliberalismo, a resposta austeritária é um salto de gigante no sentido da regressão social e da exploração laboral.
Este programa, que constrói sociedades cada vez mais marcadas por desigualdades socioeconómicas, como acontece em Portugal, é indissociável de um processo de financeirização das economias no âmbito do qual os Estados desistiram do controlo político dos mercados e aceitaram ser seus dependentes. É também indissociável, no caso dos países europeus, e sobretudo das economias periféricas, da aceitação de uma integração desastrosa na União Europeia que hoje constrange enormemente quaisquer possibilidades de recuperação.
Mas este programa seria também incompreensível sem a capacidade que os meios de comunicação social têm hoje de delimitar o campo do possível, afunilando o pluralismo de perspectivas e generalizando, no caso vertente, a ideia de que não há resposta viável à crise que não seja a austeridade. Não o fazem discutindo as vantagens e as desvantagens dessa resposta, convocando para o debate os seus defensores e os seus opositores. Fazem-no pres¬supondo que o austeritarismo é um campo consensual (mesmo que desagradável...) e, mais ainda, que é o único quadro possível e realista para a governação do país.
É isso que explica, por exemplo, que as referências na comunicação social ao que podia ser chamado um «arco da austeridade» surjam sempre na forma de «arco da governação». Mais do que exprimir a vontade de quem se opõe à austeridade de participar ou não na governação, este discurso sinaliza que esse arco não admite os anti-austeritários. É aliás curioso o modo como, recentemente, até se tem generalizado mais a expressão «arco da governabilidade». Já não se trata apenas de identificar os que terão direito a aceder à governação, mas de definir quem é que, uma vez lá chegado (e, em rigor, nunca se sabe que surpresas as eleições reservam), poderá ter condições de assegurar a «governabilidade», isto é, garantir alguma estabilidade nacional e internacional na condução das políticas.
Não deixa de ser paradoxal para a democracia que seja justamente quando a crise chega à política e quando a instabilidade, estrutural ao funcionamento do neoliberalismo, ameaça traduzir-se também em processos eleitorais mais frequentes, que os cidadãos estejam a ser chamados para eleger representantes que, a menos que contestem os caminhos da integração nacional na União Europeia, e a relação desta com instituições como o Fundo Monetário Internacional (FMI), terão uma fraquíssima autonomia de decisão política.
Por outro lado, cada vez que o espaço mediático é ocupado, sem contraditório, por quem recorre a todos os dispositivos retóricos para encobrir os (evitáveis) efeitos corrosivos da austeridade e para insistir nas vantagens de ter no poder o «arco da governabilidade», é caso para pensar nas consequências que poderá ter para a estabilidade de todo este edifício comunicacional um escrutínio cidadão continuado das respectivas práticas jornalísticas e representações da sociedade.
É caso também para pensar na importância que os movimentos populares e toda a luta no terreno social poderão ter, neste contexto político-económico, para impedir que em breve sejamos todos confrontados com uma outra dimensão da crise, tão anunciada quanto a social e a política, que é a da corrosão dos laços de confiança e de solidariedade que tende a desintegrar as comunidades onde se permite o aprofundamento imoral das desigualdades, num fosso que de um lado acumula arrogância e do outro sofrimento. Que neste mês de Abril, 37 anos depois de a democracia ter saído à rua, os portugueses saibam recuperar na contestação ao «arco da austeridade» o que essa contestação representa de mais nobre: a defesa do «espírito da igualdade».
POLÍTICAS DE DESIGUALDADE, O arco da austeridade, por Sandra Monteiro