sexta-feira, fevereiro 25, 2011

Corta-Fitas

O Ruizinho, Pereira, ministro da Administração Interna, de um governo do Sócrates inaugura, finalmente, dia 26 de Fevereiro de 2011 o quartel dos Bombeiros de Vila Franca das Naves.
Atenção, INAUGURA ou seja, corta a fita.....
Pois os Bombeiros ainda não se mudam, da «garagem» onde funcionava o que era suposto ser o quartel, para o novo edifício.
Razão??
O «SIMPLES» facto da PT ainda não ter disponibilizado uma linha telefónica e....pela SIMPLES razão dos arruamentos ainda não estarem prontos.
Mas, que importa???
Importante é a ....FITA!!!
Fitas tristes!!!
Depois, o «ministro» irá a Trancoso entregar uns diplomas de um curso profissional que ....imagine-se, funcionou ali bem perto de Vila Franca das Naves, na Póvoa do Concelho!!!
Só propaganda e....GASTOS DE DINHEIRO!!!!
Que importa!!!
Importante é a rosa...
Qual?
O nome de rosa?
Talvez!!!!
O roseiral no seu espelendor da trampa!!!!

Provedor do aluno. Para que serve?

O provedor do aluno é uma figura criada pelo Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior (RJIES), em vigor desde 2007.
Passados três anos, após a sua «criação» importa saber a razão da sua existência.
Por exemplo, na Universidade da Beira Interior (UBI), na Covilhã, 427 alunos pediram ajuda ao provedor no último ano lectivo, o que representa cerca de sete por cento do universo estudantil da UBI.
Qual a razão de tão fraca procura?
No Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) o cargo foi ocupado mais recentemente, no início do ano lectivo, e a provedora Ana Maria Vaz recebeu 28 contactos.
Não dizem é o universo dos alunos.
Estranho!!!
A responsável pretende «apostar» na divulgação e reunir em breve com os conselhos pedagógicos e associações de estudantes das seis escolas do IPCB. “Nem todos os alunos estarão a par de que existe um provedor para os ajudar” em todas as matérias, desde assuntos pedagógicos até ao alojamento.
Pois é.......
Então APOSTE...que talvez alguém, para além da dama, venha a GANHAR!!!
Corridas de cavalos....e apostas....
Ana Maria Vaz, ex-presidente do IPCB e agora  «guindada» ao lugar de provedora, orgulha-se de já ter ajudado a reduzir uma tabela de multas que estava a ser aplicada aos alunos com documentação em atraso.
Mas, pergunta-se: Enquanto presidente a dama não se lembrou de REDUZIR(??) as multas???
Então???
Qual a razão pela qual só agora se lembrou???
ESTRANHA-SE!!!
 “O provedor serve de elo de ligação entre o aluno e os órgãos da instituição”, realça.
Faça o ELO que quiser....mas não se esqueça que há um lado que é o MAIS FRACO...sujeito às arbitrariedades dos poderes.
Percebe, dama???
No início do ano lectivo, Ana Maria Vaz prestou ainda vários esclarecimentos sobre as alterações às regras técnicas para atribuição de bolsas de estudo, face às dúvidas colocadas por alunos.
Esclarecimentos???
Conversa, pois estamos TODOS FARTOS....
No caso da UBI, o provedor do aluno é o inspector da Polícia Judiciária Pedro Pombo, dispensado das funções de investigação criminal enquanto ocupar o cargo na instituição onde estudou.
Ora nem mais...
Um provedor polícia e logo da JUDITE...BOA!!!!
Nem ao Veiga Simão, o que fala com «sotaque» da terra da maçã azeda, se tinha lembrado disso quando mandou os GORILAS para as Universidades.
Lembram-se???
Pois é...TEMOS MEMÓRIA!!!
O «comissário» suspenso diz isto, “sou alguém a quem os alunos podem recorrer, seja para o que for”.
Claro, RECORRAM a um comissário mesmo suspenso... NADA MELHOR!!!
Eheheheeh!!
As principais questões que já lhe foram colocadas, ao comissário «suspenso», dizem respeito às épocas de exames e às prescrições, número limite de anos que cada aluno tem para acabar um curso.
Tinha de ser....
Então na UBI não haverá um elemento administrativo que saiba dar tais informações???
É preciso um......comissário «suspenso»???
VERGONHA!!!
E, o «suspenso», diz logo, "consegui junto dos órgãos competentes da universidade que os alunos que não acabem o curso no prazo previsto possam matricular-se a cadeiras isoladas, até mesmo em Medicina”.
Como é???
Um comissário, mesmo suspenso conseguiu que os alunos que não acabem o curso no prazo previsto, possam matricular-se a cadeiras isoladas, mesmo em Medicina.
Espanto dos espantos!!!
O que um comissário consegue que, um órgão como o Conselho Pedagógico, Científico ou o próprio Reitor NÃO CONSEGUE!!!
Espanto dos espantos!!
Pedro Pombo acredita que a criação do provedor do aluno levou “a um novo paradigma: os órgãos competentes estão mais centrados nos alunos e, em caso de dúvida, decide-se a favor do estudante”.
Leram bem???
O provedor CRIOU um «novo» paradigma, como um DEUS criou o Universo!!!
Simples e absoluto!!!
E TUDO, em caso de dúvida, acrescenta o comissário, A FAVOR DO ESTUDANTE!!!
Só na dúvida!!!
Nos outros NADA, está quieta mosca!!!
E diz mais o tal comissário.
Diz por exemplo que, “até há pouco tempo, se calhar as decisões pendiam mais para os serviços”.
Senhor provedor, senhor comissário isso é MUITO GRAVE, sabia???
O senhor Provedor «suspenso», implicitamente, afirma que houve decisões que foram contrárias à lei.....
GRAVE!!!
Quem investiga???
Apesar de o seu mandato terminar em Setembro, o senhor Pombo, o comissário «suspenso» diz-se disponível para outro, caso os estudantes o voltem a apoiar.
Claro...cargo vitalício....convém, pois então!!!
É que, no início do próximo ano lectivo, o provedor pretende dar atenção especial às praxes. “Não há casos graves, mas se calhar vou deslocar-me ao terreno para conjugar com os estudantes como são feitas as praxes”, referiu.
Conjugue senhor comissário.
Conjugue no presente, no futuro e....em especial no condicional.....
Conjugue o verbo no tempo e no modo que quiser....e, em especial desloque-se ao «terreno» talvez numa mota de água, que tal senhor suspenso???
Já agora....por simples curiosidade.
Não vos ouvi uma PALAVRA sobre PROPINAS, APOIOS SOCIAIS, CANTINAS, RESIDÊNCIAS esses sim temas preocupantes para os estudantes.
Sabiam???
Claro que não sabem, nem querem saber senhor@s comissári@s polític@s!!!
Fica a promessa de investigarmos outr@s comissári@s, ou seja Provedores......

Ladrões & Mentirosos

Milhares de alunos estão a ser notificados da perda ou redução das bolsas.
Nas universidades do Algarve e de Trás-os-Montes há quem tenha de devolver os apoios recebidos.
Dizem que o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, um tal de Gago, assinou(???) um novo despacho orientador, que altera algumas das regras e permitirá, DIZEM(!!!), "repescar" centenas de alunos que estão agora a ser excluídos.
A Direcção-Geral do Ensino Superior (DGES), no entanto, ainda não enviou às instituições esse despacho que deve ser aplicado a partir de 1 de Março (findo o prazo dado aos serviços para concluírem a análise de todas as candidaturas).
Apesar de Mariano Gago ter garantido, no Parlamento, depois das notificações entregues pelo Instituto Politécnico de Coimbra, que nenhum aluno teria de devolver dinheiro, a DGES "voltou a publicar listas de alunos que têm de devolver bolsas na Universidade do Algarve e na de Trás-os-Montes e Alto Douro".
Afinal em que ficamos???
Ou se repesca ou fica-se com a cana (de pesca) na mão???
Decidam-se!!!
Os alunos JÁ ESTÃO FARTOS DE MENTIRAS!!!

quarta-feira, fevereiro 23, 2011

A Revolução

Por detrás de todos os sistemas de valores, de todos os juízos particulares, encontram-se, geralmente, duas atitudes fundamentais.
Desde que os homens reflectem sobre a política oscilam entre duas interpretações diametralmente opostas.
Para uns, a política é essencialmente uma luta, um combate, pois o poder permite aos indivíduos e aos grupos que são seus detentores assegurar o seu domínio sobre a sociedade e aproveitar-se dele.
Para outros, a política é um esforço para fazer reinar a ordem e a justiça, pois o poder assegura o interesse geral e o bem comum contra a pressão das reivindicações particulares.
Para os primeiros, a política serve para manter os privilégios duma minoria sobre a maioria.
Para os segundos é um meio de efectuar a integração de todos os indivíduos na comunidade e cria a Cidade justa de que já falava Aristóteles.
Vem TUDO a propósito das «convulsões», revoltas que as ditaduras, dos países árabes estão a sofrer no presente momento.
Uma, atrás de outra sucede-se a queda das ditaduras suportadas pelos petrodólares e apoiadas pelos poderosos que ao longo da história mandaram às urtigas os DIREITOS HUMANOS em benefício próprio, do capitalismo, leia-se.
Foi assim desde a independência desses países.
Chegou a hora do AJUSTE de contas.
Os povos já não suportavam mais a fome, a miséria e a tirania de uns fantoches usurpadores telecomandados das superpotências.
Por isso, a vergonhosa campanha de uns quantos libertinos que temem pelos seus ideais, pelas suas posturas político estratégicas face ao avanço das quedas ditatoriais e das perdas de influências nos submundos dos jogos de poderes.
Não é senhor Pacheco??
Tempos idos de pseudo revolucionário, de enganos e vícios bem escarnecidos...nas paredes!!!

Nova viagem à roda da parvónia


«Que à nossa face envelhecida e dolorosa a reflicta o espelho com que a vemos; mas que nos seus traços de fadiga ou de aflição a reconheçamos como nossa. Só na loucura se perde a identidade de quem somos.» - Vergílio Ferreira

Tudo se passa como se o problema fosse legitimado por uns iluminados que se arvoram em paladinos da defesa da cultura da «prenda», do «arranjinho», da cortesia e tudo o mais que, em verdadeiro rigor, é apenas a ponta da forquilha, factor C – a cunha nacional.
Instituição nacional, que vai tendo, cada vez mais, os seus putativos servidores, funcionários zelosos que ao primeiro sinal de conveniência se apressam a servir o chefe.
Belos préstimos e salamaleques recebe-se a dita «prendinha»!!!  
Ficou-se, inclusivamente, a saber que até um ex-presidente da República Portuguesa recebeu as «chamadas prendinhas»!!
Desde uma galinha, até relógios, canetas e outras prendas que nem foram mencionadas.
Isto revela ao que o País chegou: um bando de corruptores, corruptos, vendilhões, compradores e traficantes que se governam desgovernando.
Sempre foi assim, desde a nossa fundação até hoje.
Grave, muito grave é NADA acontecer a quem recebe ou dá.
Ninguém é ingénuo, não há almoços grátis.
Ou será que os há?? Os ingénuos, claro!!!
Os poderes são feudais.
Os feudos ainda são rurais, no tempo e no modo.
Interligam-se, sub-repticiamente, nos meandros das convivências e conivências.
As cortesias do costume....
Influencia-se para não se ser apanhado...
Mas, não se julgue que «as prendinhas» são só ao nível superior....
NADA DISSO.....
Cá por baixo, nos serviços, nos institutos, nas mercearias, tascas e outras regedorias, O MESMO.....
Quem investiga??? Ninguém, pela simples razão que os que investigam também não têm as mãos livres…..
Denunciar??? Para quê???
CORRUPÇÂO TOTAL!!!
Que educação é esta???
Bem sei, que não se aprende nos bancos da escola mas, será difícil acabar com tudo isto???
Difícil, pois é ...........
Temos, então, que um antigo Presidente da República, que ocupou o cargo simbolicamente mais importante do Estado, se gaba de durante o seu mandato ter recebido "prendas de Natal" que "não cabiam em três salas". E acrescenta que "nunca comprei uma caneta ou um relógio mas nunca me senti minorado na minha honestidade por causa disso". E exemplifica dizendo: "Esta caneta que uso foi-me oferecida. Mas não sei dizer quem ma deu".
Terá, Jorge Sampaio, consciência do efeito público que estas suas declarações provocam?
Mas, será que um Sampaio percebe, ou não quer perceber, que o recebimento de prendas é algo que NUNCA, EM CAUSA NENHUMA, SE DEVERIA VERIFICAR.
Nem receber, nem tentar aliciar para DAR, ou sequer OFERECER!!
O que eu gostaria de ter ouvido um antigo Presidente da República dizer era: "Posso ter ofendido imensa gente durante o meu mandato, mas garanto que todas as prendas que me enviaram foram devolvidas pelos serviços da Presidência. E só uso canetas compradas por mim ou oferecidas pelos meus familiares e amigos". E acho que é isto o que os cidadãos têm o direito de esperar do mais alto magistrado da Nação. Do mais alto e de TODOS os que exercem funções públicas.
Isso sim, seria um BOM começo para que MUITA COISA MUDASSE NESTE PAÍS.
Isto sim, seria a forma como um qualquer cidadão, desde o mais «magno» até ao mais ordinário, se deveria comportar.
Aceitar canetas, relógios, viagens, bilhetes para jogos de futebol é o mesmo que aceitar a «ridicularia» de uma galinha.
EXACTAMENTE O MESMO!!!
Mas, também um Ângelo Correia acabou por se baralhar e contradizer-se.
Primeiro, afirmou que era normal fazer ofertas, depois que só se dava prendas a amigos e por fim que davam também a administradores de empresas com quem mantinha relações comerciais.
Esclarecedor….
E que dizer de um Catroga, Eduardo ex-ministro da Economia de um Cavaco, o tal dos 9 000€ de reforma, que veio dizer que  admitiu ser normal receber ofertas e até «brincou» ao dizer que, quando saiu do Governo, o seu Natal passou a ser mais "reduzido".
Não há paciência!!!!
Pois é...depois há uns lixos tóxicos que nos asfixiam e MATAM!!!
Para uns FARTURA, para outros FACTURA!!! 
Agora, outro «caso» vai a julgamento…..
Ao fim de cinco anos, vai começar o «Caso Portucale».
É conhecido como o caso de um ilustre e célebre cidadão (??) designado de Leite Capelo Rego.
Mais um «caso» que vai começar...para encher noticiários, jornais, televisões, rádios, revistas e..talvez até, quem sabe a Maria ou a Caras!!!
TUDO PARA NADA!!!
Virão os habituais «defensores» jurar pela «honra» da tia de Cascais, que já morreu no tempo da D. Maria, sem Capelo e, muito menos Leite e Rego, que não e não que os senhores são «digníssimos» chefes de fila, que até costumam dar uma esmolinha ao cego da igreja da Senhora do Coito; todos os domingos vão à missa, comem hóstias e deliciam-se com o terço da irmã Boavida; e, repetirão até à exaustão que os «senhores» tratam bem os cães, gatos, pássaros e passarinhas da família; que não e não, que os «doutos» são figuras da mais fina «estirpe» que alguma vez uma rameira pariu na maternidade da senhora dos aflitos.
Só cortesias, abonos e mais abonos... de uma justiça cuja virgindade foi perdida nos tempos da padeira, quando o forno cozia o pão misericordioso e redentor.
Depois virá o Face que já é Oculta. NADA se dirá….
Assim como já foi noutros e tantos casos, Macau, Melancias, Emaudio, Moderna, Independente …..a perder de vista.
Mas, por cá, na volta da parvónia paroquial, ficou-se a saber que a cultura …só mesmo a do milho.
Pois a verdadeira cultura, a que forma, educa e como diz Ortega y Gasset, in «O Livro das Missões», «A cultura é uma necessidade imprescindível de toda uma vida, é uma dimensão constitutiva da existência humana, como as mãos são um atributo do homem», reduzida aos mínimos ou extinta.
Fecha-se uma Casa de Cultura, em Famalicão, por razões financeiras, dizem.
Desligam a iluminação pública, por razões…..financeiras!!!
Afinal para quem só sabe viver e gerir com impostos e empréstimos, um dia a casa tinha de vir abaixo.
Nem com as prendinhas e cortesias se lá vai….
Tudo a ver com prendas e cortesias, por estranho que possa parecer!!
Depois, admiram-se que os portugueses se estejam nas tintas para a cidadania e para a participação em actos eleitorais.
Sejam sinceros e honestos, pedir muito?
Tudo isto é uma triste comédia.
Que saiam de cena os péssimos actores e apaguem as luzes…para poupar!!!
(Artigo publicado no Jornal "O Interior")

terça-feira, fevereiro 22, 2011

Um cretino

«Cansamo-nos de tudo menos de compreender » - Virgílio.
Mentir aos portugueses, dizendo que a redução do déficit é «obra» do Governo, de um Sócrates, é o mesmo que pescar uma carpa de verdade.
Os verdadeiros heróis da redução do déficit são os portugueses.
Pagam-na com os seus vencimentos, os cortes nos abonos de família, nas outras prestações sociais e na carestia de vida, aumento exorbitante dos combustíveis, da electricidade, dos restantes bens.
Tudo em prol da famigerada redução do déficit.
Chegará???
Não se acredita!!!
Um dia destes novo PEC .... o enésimo....a perder de vista!!!

segunda-feira, fevereiro 21, 2011

A ULS da Guarda

A Unidade Local de Saúde da Guarda (ULS) é sempre notícia ...... mas, raramente pelos melhores motivos!!!
Agora não é o caso das violações de correspondência.....aguarda-se pelo tribunal!!!
Também não é ocaso das DIFAMAÇÕES....aguarda-se.....
Também não é o caso dos pagamentos indevidos....espera-se.....
Hoje falamos de dois casos que, parecendo nada terem a ver são na realidade bem o reflexo de toda a incompetência que por ali reina e que, querem escamotear com recurso à publicidade enganosa.
Comecemos exactamente pela publicidade...a enganosa!!!
Ficou-se a saber que houve um estudo, mais um.....
O Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação da Universidade Nova de Lisboa (ISEGI) «fez» um estudo, muitos estudos se fazem neste País, que se encontra aqui.
O INQUÉRITO e, é de um inquérito que se fala e, telefónico, diz-nos logo do grau de proficiência do mesmo.
Nulo ou quase nulo.
Mas, mesmo assim a ULS da Guarda obtém dos piores resultados em qualquer dos itens, icluindo o serviço das consultas externas.
Só o serviço de Cirurgia Ambulatória obtém registo satisfatório.
Diga-se que o «inquérito» telefónico, tipo sondagens, refere-se ao ano de 2009.....
É assim a investigação em Portugal...tardia e sem resultados práticos.....
Fica a satisfação dos quase 28 mil utentes, que responderam ao inquérito, que apesar dos sucessivos atropelos e restrições que tem sofrido, apesar disso, os hospitais do Serviço Nacional de Saúde continuam a ter nota muito positiva na apreciação dos utentes....apesar do muito de mau que se tem feito na consecução dos objectivos iniciais, frise-se.
O outro caso, é que a ULS da Guarda não deu cumprimento ao objectivo definido pelo Governo de reduzir em 15 por cento nos custos operacionais.
Resta dizer que a ULS da guarda não é caso virgem....há bem mais que não cumpriram com os cortes.
Ou seja, uns não cumprem com as medidas de restrição e....ainda são «agraciados», outros PAGAM A CRISE!!!
Segundo o Ps e o PSD os gestores públicos, os «crânios» não vão ver os seus BRUTAIS vencimentos restringidos por quaisquer tectos!!!
Ou seja, é fartar........que a factura alguém a vai pagar!!!  

sexta-feira, fevereiro 18, 2011

Faz de conta


A produção ao nível do Governo é paupérrima.
Até agora, ainda «produziam» péssimos decretos-lei, portarias e outras papeladas....agora NADA!!!
A produção de decretos-lei do executivo caiu 30% no primeiro ano desta legislatura (de 26/10/2009 a 26/10/2010), quando comparada com igual período da primeira legislatura com José Sócrates à frente do governo (12/03/2005 a 12/03/2006).
O Ministério da Cultura e o Ministério da Ciência e do Ensino Superior, por exemplo, não chegaram a produzir um único decreto-lei desde a tomada de posse, quando na legislatura anterior são da autoria de Mariano Gago sete decretos-lei e José Pinto Ribeiro - à época com a pasta da Cultura - produziu quatro.
Outro ministério com um grande tombo é o da Administração Interna: Rui Pereira, no primeiro ano como ministro, produziu 22 decretos-lei; na segunda legislatura não passou dos três. Entre os ministros de Estado o trabalho legislativo também declinou. A Defesa, que passou das mãos de Nuno Severiano Teixeira para as de Augusto Santos Silva, passou de dez decretos-lei em 2005/2006 para três na actual.
Já a pasta dos Negócios Estrangeiros no primeiro ano deste governo produziu apenas um decreto-lei, que compara com quatro do primeiro executivo de Sócrates.Até o ministério campeão dos decretos-lei se ressentiu depois das últimas eleições.
Com novo rosto, a Agricultura foi autora de menos 16 decretos-lei no primeiro ano deste governo, passando de 47 para 31.
Helena André, na pasta do Trabalho, produziu menos seis diplomas legislativos que Vieira da Silva e Isabel Alçada, herdeira de Maria de Lurdes Rodrigues na Educação, fez cair a actividade legislativa de oito decretos-lei para apenas dois.
Na quebra de produção generalizada, há, porém, excepções.
As Finanças, como era de suspeitar, aumentaram o número de diplomas legislativos, muito a reboque dos vários Programas de Estabilidade e Crescimento aprovados em 2010.
A Saúde, a Economia e as Obras Públicas, que com Mendonça quase duplicaram os decretos-lei, também fogem à regra.
No total, e depois de consultado o Diário da República, o primeiro governo de Sócrates produziu no primeiro ano de exercício 224 decretos-lei, o que compara com 159 em igual período da actual legislatura. O executivo de Durão Barroso, por exemplo, foi mais ambicioso na produção legislativa e chegou aos 312 decretos-lei no primeiro ano. Trimestre horribilis
No último trimestre de 2010, em plena crise política em torno da aprovação do Orçamento do Estado para 2011, o Ministério da Cultura apenas produziu 16 actos legislativos.
Destes, oito foram despachos, cinco deles de nomeação política de colaboradores. A fraca produção legislativa compara, por exemplo, com o último trimestre de 2009 - quando a Cultura teve 81 actos legislativos, entre os quais um decreto-lei e 62 despachos. Já o ministério de Mariano Gago viu a produção legislativa reduzida a oito diplomas, que comparam com 80 do último trimestre de 2009. Dos quatro despachos da pasta do Ensino Superior durante os últimos três meses do ano passado, metade foram de nomeação política.
As quebras de produção legislativa entre o último trimestre de 2009 e o de 2010 sucedem-se nos vários ministérios, mesmo naqueles que tiveram uma produção regular ao longo do ano passado. Nos Negócios Estrangeiros passou-se de 34 despachos para nove - quatro de nomeação política.
No Ambiente reduziu-se de seis decretos-lei para quatro e de 52 despachos para 18 - seis de nomeação ou de renovação de funções.
Na Justiça, Alberto Martins fez 34 despachos no último trimestre de 2009, que comparam com 17 em 2010 - 15 deles de nomeação política ou de delegação de funções.
No Trabalho, um ministério em vias de extinção, o cenário é idêntico: nove decretos-lei em 2009 e 35 despachos comparam com quatro decretos-lei e 27 despachos - 21 dos quais de nomeação, delegação ou renovação de funções.
A Saúde, que teve uma produção legislativa assinalável no primeiro ano de governo desta legislatura, também foi afectada pelo trimestre horribilis. Ana Jorge produziu menos três decretos-lei entre Outubro e Dezembro de 2010, comparando com igual período do ano anterior. A estes números somam-se 29 despachos no ano passado (13 de nomeações) contra 31 em 2009.
As Obras Públicas são, mais uma vez, a excepção, tendo produzido no último trimestre de 2010 o dobro dos decretos--lei que elaborou em 2009 (seis contra três). Já no caso das Finanças, está ela por ela. Os cinco decretos-lei assinados por Teixeira dos Santos no final do ano foram largamente mediatizados. A transferência para o Estado da responsabilidade com as pensões dos trabalhadores da Portugal Telecom (PT), as alterações ao Código do IVA e as medidas adicionais de cortes de despesa levaram a que se escrevessem muitas linhas nos jornais.
Segundo a avaliação que um qualquer funcionário público é sujeito e, aplicada a esta corja, a nota só pode mesmo ser uma : NEGATIVA, SEM DIREITO A PROGRESSÃO!!!
Aliás, dever-se-ia considerar a hipótese de REGRESSÃO!!!
Ou seja: RUA, DESPEDIMENTO COM JUSTA CAUSA - FALTA DE APTIDÃO PARA O DESEMPENHO DO LUGAR!!!
Decididamente, já nada nem ninguém acredita que haja governo...umas sombras, isso sim!!!
Hoje, como ontem ....como amanhã!!!

Face da mesma moeda...

Sócrates falado na Face Oculta.....pois....e daí???
Advogado de um dos arguidos da ‘Face Oculta’ acusa a Justiça de favorecer primeiro-ministro.
Alguém fica admirado???
Um dia haverá um livro PROIBIDO que contará a história e as estórias da história.
Só que aí, haverá alguém, longe numa ilha paradisíaca, deitado ao sol ..... com o guarda-sol dos € a proteger o corpo!!!
Até lá....há uma face...OCULTA!!!

quinta-feira, fevereiro 17, 2011

O FMI já não vem?? Mas, já cá está....

Economia portuguesa já recebeu 63 mil milhões para sobreviver.
BCE gastou 18 mil milhões só para aguentar juros portugueses. Mais um balão de oxigénio. Governo só não pede ajuda porque já está a recebê-la, GRANDE NOVIDADE!!!
A hipocrisia destes parasitas ao que chega...INACREDITÁVEL!!!
Portugal está transformado num filho gastador que ´«paga» aos amigos noitadas, copos, vinho verde e....prostitutas....uma FARRA!!!
Só que exige independência e autonomia para decidir os seus assuntos, não abdicando da mesada para a FARRA!!!
 Sócrates diz, repete e sublinha: "Não precisamos de ajuda. Somos capazes de lidar com os nossos problemas sozinhos."
Só que..... olhando para factos e números, a realidade não poderia estar mais longe desse discurso.
Considerando todos os apoios extraordinários que o Banco Central Europeu (BCE) pôs em marcha para Portugal desde Maio de 2010 - quando estalou a crise da dívida -, e juntando a estes valores as jogadas contabilísticas e as receitas não recorrentes que Teixeira dos Santos vai descobrindo, vamos já em mais de 63 mil milhões de apoio artificial ao tecido económico português.
REPETE-SE: 63 MILHÕES DE EUROS!!!
Se às ajudas internacionais juntássemos ainda as "ajudas" internas - por exemplo, os aumentos de impostos, que em 2010 permitiram que o Estado recolhesse mais 2,3 mil milhões do que em 2009 -, este número seria bem maior.
VIGARISTA E ALDRABÃO DE DISCURSO!!!
"Nós, neste momento, já temos ajuda externa do BCE e do Eurossistema. É um facto perfeitamente óbvio", observou Teodora Cardoso, economista do Banco de Portugal, a 31 de Janeiro.
Os balões de oxigénio
Os juros da dívida têm escalado para valores insustentáveis. No entanto, ninguém duvida que estariam em níveis bem mais elevados se não fosse a intervenção do BCE, que, desde Maio do ano passado, começou a comprar títulos de dívida para responder à crise dos periféricos. Segundo avançou ontem o Société Générale, o banco central já comprou 18 mil milhões de euros só em obrigações portuguesas, o que representa 17% do saldo vivo de obrigações do Tesouro.Além desta táctica de ataque à crise delineada por Trichet, há outra que passa pelo financiamento do sistema bancário nacional.
No final de Janeiro, os bancos portugueses contavam com mais de 40 mil milhões de euros emprestados em condições especiais pelo BCE.
Ou seja, os tais que anunciaram milhões de euros de lucro por dia.......
Daqui saltamos para o mundo empresarial.
Além da receita extraordinária, mas prevista, de 885 milhões de euros com a emissão de obrigações convertíveis da Galp, o governo descobriu no final de 2010 um trunfo de última hora: o fundo de pensões da Portugal Telecom, que não só se disponibilizou a comprar dívida para conter os juros, como prometeu ajudar mais este ano. A operadora deu 1,8 mil milhões de euros ao Estado no final de 2010 - 1,71 mil milhões em títulos de dívida pública -, ficando o Estado com as responsabilidades das reformas da PT. A este valor ainda se vão juntar mil milhões que a empresa vai dar ao Estado este ano e no próximo.
Percebem o TRUQUE do malabarista Teixeirinha???
Ser ou Parecer?
Da mesma forma que o governo já veio a público pedir ajuda externa - desejando apenas que esta não venha com o rótulo do FMI, pois deixaria o executivo mal visto -, a retórica interna do "sozinhos conseguimos" padece do mesmo mal.
Por um lado, o governo sente-se insultado se alguém disser que Portugal precisa de ajuda, por outro, são já mais de 63 mil milhões de euros que o país recebeu em apoios para continuar a sobreviver.
Mas o BCE já avisou: a torneira está a fechar.
Fecha a torneira e depois???
Acaba-se o vinho e o povo deixa de se embriegar com as ilusões de um taberneiro porco, sebento e mentiroso....
O FIM ou o FMI??
Questão de ordem de letras mas com o mesmo significado....... 

Kim - Sung ou a chupeta do chefe

Rebentou a diarreia no Ps!!!
Ele são as cartas do Almeida Santos. o santinho da igreja dos devotos, com direito a sala e tudo, a escrever ao Henrique....
Ele é o Mário, o Soares, a ser alvo de denúncias e mais denúncias desde SEMPRE conhecidas, em especial no livro do «amigo» Rui Mateus, nos célebres Contos Proibidos.....
Agora, a propósito dos estatutos do Ps, um Ramalho, dito Víctor, vem dizer isto: «que os estatutos do partido (Ps) facilitam "a compra de votos" e no próximo congresso, que se realiza em Abril, vai defender alterações que obriguem os militantes a terem mais tempo de partido para poderem votar ou ser eleitos. Ramalho vai levar ao congresso uma moção sectorial em que defende alterações aos estatutos e propõe que passe de seis meses para um ano e meio o tempo entre a inscrição e o direito de votar ou de ser eleito para cargos dirigentes.»
Oh! senhor Ramalho e depois...como eram as concelhias e as distritais...com centenas de pseudo militantes todos eles a viverem num lar de idosos, ou numa qualquer agremiação desportiva, cultural ou de copos de vinho...numa terrinha perdida nas cercanias de uma Estrela???
Ah!! Pois é....
E os espetos...de porca e de porco???
Pois é....
Julga que isto de se ganhar uma concelhia ou distrital é fácil???
"Isso começa a ser uma prática perigosa. Torna os partidos políticos (cada um fala do que conhece) permeáveis aos interesses económicos. É inaceitável"» acrescenta o tal Ramalho.
O ex-deputado Ramalho diz que "fala com conhecimento de causa" e afirma que "qualquer presidente de federação, se falar seriamente, admitirá que é fácil comprar votos".
Brilhante senhor Ramalho!!!
Diga TUDO, MAS TUDO O QUE SABE, vá lá!!!
Sem medos e sem proibições....e sem livros PROIBIDOS....
Grande DEMOCRACIA é esta......
Já agora como se sente um militante do tal partido do Sócrates, Ps, face a tais denúncias???
E isto não mereceria investigação???
Pois é.....segura-te Zé que a ovelha fica tresmalhada, alma do diabo!!!

A avalanche

Depois do anúncio do Governador do banco de Portugal sobre o estado de recessão que JÁ EXISTE!!!
Depois de Cavaco chamar o Santos, Teixeirinha, a Belém devido à subida abrupta do juro da dívida pública...
Eis que....a taxa de inflação disparou para os 11,1%.....mas a taxa real atinge os 13,4 por cento, ou seja, 768 mil desempregados. Os recibos verdes registaram o maior aumento da década.
São na sua maioria mulheres, jovens e licenciados que procuram emprego há mais de dois anos os rostos dos milhares de portugueses sem trabalho em Portugal.
Entre Janeiro e Dezembro do ano passado, houve 55,7 mil pessoas que engrossaram as filas à porta dos Centros de Emprego, a um ritmo de 88 desempregados por dia. Mas, se somarmos a esta taxa oficial os trabalhadores em situações de subemprego – subsistem com biscates – e os que já desistiram de procurar trabalho, temos uma taxa real de desemprego de 13,8 por cento.
VERGONHOSO!!
Além das mulheres, que são 52,2 por cento do total de desempregados, os jovens são dos mais penalizados pela falta de trabalho. Entre os portugueses com 15 a 24 anos de idade, há 93,4 mil desempregados. Nem a licenciatura serve de muito, com uma subida para os 75,6 mil desempregados. A estes há que somar os 34,4 mil licenciados a recibos verdes. No total, são 110 mil portugueses com formação superior no desemprego ou na precariedade.
Os recibos verdes tiveram o maior aumento da década, revela ainda o INE, com 77 mil portugueses a trabalharem com esse vínculo precário no final de 2010.
Se a TUDO ISTO JUNTARMOS os CORTES nos subsídios de desemprego IMAGINE-SE a situação AFLITA em que MILHARES de Portugueses já vivem!!!
Enquanto tudo isto acontece, há uns que ganham MILHÕES por dia, banca e petrolíferas.....sem serem obrigados sequer, a PAGAREM OS RESPECTIVOS IMPOSTOS.
REVOLTANTE.
PORCOS SOVINAS!!!
Mas, a «solução» destes crânios de carneiro e miolos de pedra, ainda é PIOR....
A solução liberal, keynesiana é a própria de um governo de direita...
Ou seja, a IDADE DA REFORMA PODE AUMENTAR......
A ministra do Trabalho, uma tal de André (nome de homem???), admitiu ontem que o Governo está a promover uma "reflexão interna" sobre o aumento da idade da reforma.
Façam o retiro espiritual com ou sem estados gerais que a resposta ao desemprego já é conhecida.
Mexem o rabo, a André até que tem uma padaria considerável, diga-se de passagem..... só para mudar de cadeira no forno...
Diz a André(???) que "Tem a nível interno reflexões sobre a matéria" para "pôr em prática uma verdadeira solidariedade intergeracional que possa responder(???) às necessidades de fazer entrar os jovens no mercado de trabalho, mas de não dispor como descartáveis os trabalhadores mais idosos", disse a André(??) no Parlamento.
Recorde-se que a ditadora Merkel, propõe SÓ que os países da Zona Euro subam a idade de reforma para os 67 anos.
Assim é que fazem entrar os jovens no mercado de trabalho????
ESTÚPIDOS ACÉFALOS!!!
Já agora....aconselho vivamente a ouvirem ou a lerem as declarações do Mubarak do desemprego - Walter Lemos, sobre a subida da taxa de desemprego.....
Leiam.....ouçam .... e depois verifiquem a qualidade intrínseca da governança do país!!!
CRETINA!!!

quarta-feira, fevereiro 16, 2011

Kim-Sung à portuguesa

Esta «democracia» de sintonias, salamaleques, bajulações ao chefe é a democracia de alterne, neste País à beira-mar plantado.
Agora ficou-se a saber que um Portas, Paulinho, foi eleito pelos pares, nas imparidades do costume, por mais de 95% de votos....
Votação igual à de um qualquer ditador seja ele chinês, africano, sul-americano e EUROPEU!!!
Mas não se fiquem a rir uns quantos hipócritas desta porca democracia de alterne de vísceras mal lavadas...
Um dia destes, não falta muito, vamos ter outro «chefe» a ser eleito com uma percentagem igual e ...outro virá...e depois outro...TUDO NA PAZ DOS ANJOS E DAS VIRGENS!!!
Só viver para acreditar.... 
Não que me fizesse grande diferença a forma como cada um garante o poleiro dentro da sua casa, mas o que me assusta é saber que é gente desta que procura transferir para a escolha do poder no país o mesmo tipo de politica e de pressão sobre quem vota. Basta ver que vivemos num país em que um "pinóquio" compulsivo consegue ser reeleito primeiro-ministro, em que as alternativas de poder são o mesmo pinóquio e um Coelho igual a ele. Infelizmente esta é a democracia de alterne em que nos transformamos.
«Os idiotas, de modo geral, não fazem um mal por aí além, mas, se detêm poder e chegam a ser felizes em demasia podem tornar-se perigosos. É que um idiota, ainda por cima feliz, ainda por cima com poder, é, quase sempre, um perigo.
Oremos.
Oremos para que o idiota só muito raramente se sinta feliz. Também, coitado, há-de ter, volta e meia, que sentir-se qualquer coisa.»
Alexandre O'Neill, in "Uma Coisa em Forma de Assim"

Leilão

Estado endividou-se a um ano com juros a subirem 7,5 por cento em duas semanas.
O Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP) colocou no mercado mil milhões de euros em Bilhetes do Tesouro a um ano (o que significa que se endividou nessa quantia), pagando um juro médio de 3,987 por cento, mais 7,47 por cento do que os 3,710 por cento pagos há duas semanas, no dia 2 de Fevereiro de 2011, por 800 milhões obtidos numa emissão com o mesmo prazo.
Vão-se os anéis e os dedos...vai TUDO....até a intrujice nacional!!!
Para quem não distingue um focinho de porco de uma tomada eléctrica, a tudo se permite!!! 

Agora, quem desmente???

Governador do Banco de Portugal confirma que o país já está em recessão!!!
Os pantomineiros de sempre terão coragem de desmentir o que TODO O PAÍS já sente na carteira???
PANTOMINEIROS!!!
«Nem sempre somos os mensageiros que todos gostariam de ouvir, mas o mensageiro não modifica a mensagem. O que há a reter é que quando ela está tecnicamente fundamentada e tem uma solidez indiscutível, não vale de nada ignorar a mensagem. Mais tarde ou mais cedo o seu conteúdo atinge-nos. Ora se estamos a dizer que vamos ter um período de menor crescimento económico, de recessão económica».
TUDO BOAS NOTÍCIAS SÓCRATES!!!
MENTIROSOS!!!

Justiça cega???

O Campus de Justiça de Lisboa, inaugurado em Julho de 2009, custa ao Ministério da Justiça mais 10 milhões de euros em rendas e condomínio que as anteriores instalações, a maioria das quais alugadas.
Isso mesmo é admitido pelo Instituto de Gestão Financeira e de Infra-Estruturas da Justiça (IGFIJ), na explicação das contas de 2009.
Nesse ano estavam previstos para a locação de edifícios 5,6 milhões de euros, tendo a despesa real obrigado a uma correcção no orçamento.
No final do ano gastaram-se mais de 16,3 milhões, a maioria dos quais atribuídas a despesas com rendas no Campus de Justiça.
No momento da assinatura do contrato de arrendamento com a Norfin (uma sociedade gestora de fundos de investimento imobiliários), o então ministro da Justiça, Alberto Costa, garantia que a transferência de instalações ia permitir uma poupança(??) de quase 900 mil euros mensais e que cinco imóveis detidos pelo Estado ficariam disponíveis para vender.
Calculava que, em condições normais, os negócios poderiam render cerca de 30 milhões de euros ao Estado.
Contudo, algumas alienações nem sequer avançaram. Foi o que aconteceu com o edifício onde funcionava o Tribunal da Boa Hora, que esteve para albergar um hotel.
Apesar dos custos elevados, as queixas sobre o campus continuam.
A falta de salas de audiências adequadas às necessidades é uma delas.
Começa(??) o debate instrutório de um dos mais mediáticos processos judiciais, o da Face Oculta, e o Tribunal Central de Instrução Criminal teve que se transferir para Monsanto, porque no campus não existe uma sala com capacidade para albergar os 36 arguidos do caso.
O mesmo já aconteceu com o caso BPN.
Só que as «transferências» só se dão com casos que envolvem os «DONOS» do gamanço!!!
Os outros, os da ralé, para esses há salas em barda...pois claro!!!
Perceberam???
Já agora quem LUCRA com tais RENDAS???
Esclareçam.......

A justiça é cega???

«Se o homem falhar em conciliar a justiça e a liberdade, então falha em tudo» - Albert Camus.

O tribunal de Gondomar substituiu o juiz-presidente que iria julgar o processo da Quinta do Ambrósio, que tem Valentim Loureiro como um dos arguidos, depois de a Relação do Porto validar o pedido de escusa da magistrada inicialmente sorteada.
Fonte judicial disse à Lusa que o pedido de escusa foi validado porque a magistrada invocou relações de amizade com uma das partes do processo.  
Raramente, os tribunais de Relação aceitam pedidos de escusa de juízes e, em Gondomar, o caso mais mediático foi o do juiz Carneiro da Silva que viu indeferido o seu pedido para não julgar o processo Apito Dourado relativo a corrupção no futebol. 
No caso do processo da Quinta do Ambrósio, cuja data de julgamento continua  por marcar, está em causa, de acordo com o Ministério Público, uma operação  de compra e revenda de um terreno que, em pouco tempo, deixou de estar na  Reserva Agrícola Nacional (RAN) para passar a ter capacidade construtiva, permitindo aos intervenientes um lucro de três milhões de euros.   
No termo do debate instrutório deste processo, o juiz de instrução Pedro  Miguel Vieira decidiu, a 16 de Abril de 2010, levar a julgamento o presidente da Câmara Municipal de Gondomar, Valentim Loureiro, por crime de burla qualificada, em co-autoria.  
Além de Valentim Loureiro, foram pronunciados para julgamento o vice-presidente  da Câmara de Gondomar, José Luís Oliveira, e o advogado Laureano Gonçalves, ambos pela alegada prática, em concurso efectivo, de burla qualificada  e de branqueamento de capitais.   
Jorge Loureiro, filho do autarca de Gondomar, e o advogado António Ramos Neves vão igualmente a julgamento por alegada co-autoria em branqueamento de capitais.
Agora foi a substituição do juiz-presidente....ontem foi o cão da vizinha que se atravessou à frente do carro...amanhã será a dona Joaquina que terá uma enxaqueca e, finalmente, .....o caso prescreveu.
A BEM DA NAÇÃO...
Paz à sua alminha caridosa....
Tão benfeitor que tudo dava aos pobrezinhos de Cristo, até electrodomésticos...
Uma alma santa e caridosa, como diria o bispo de Viseu....
«O único fim dos tribunais é o de manter a sociedade no seu estado actual»- Léon Tolstoi.

segunda-feira, fevereiro 14, 2011

O 'GRANDE' MÁRIO SOARES !!!

«Tudo o que aqui relato é verdade. Se quiserem, podem processar-me. Eis parte do enigma. Mário Soares, num dos momentos de lucidez que ainda vai tendo, veio chamar a atenção do Governo, na última semana, para a voz da rua.
A lucidez, uma das suas maiores qualidades durante uma longa carreira politica. A lucidez que lhe permitiu escapar à PIDE e passar um bom par de anos, num exílio dourado, em hotéis de luxo de Paris.
A lucidez que lhe permitiu conduzir da forma "brilhante" que se viu o processo de descolonização.
A lucidez que lhe permitiu conseguir que os Estados Unidos financiassem o PS durante os primeiros anos da Democracia.
A lucidez que o fez meter o socialismo na gaveta durante a sua experiència governativa.
A lucidez que lhe permitiu tratar da forma despudorada amigos como Jaime Serra, Salgado Zenha, Manuel Alegre e tantos outros.
A lucidez que lhe permitiu governar sem ler os "dossiers"...
A lucidez que lhe permitiu não voltar a ser primeiro-ministro depois de tão fantástico desempenho no cargo.
A lucidez que lhe permitiu pôr-se a jeito para ser agredido na Marinha Grande e, dessa forma, vitimizar-se aos olhos da opinião pública e vencer as eleições presidenciais.
A lucidez que lhe permitiu, após a vitória nessas eleições, fundar um grupo empresarial, a Emaudio, com "testas de ferro" no comando e um conjunto de negócios obscuros que envolveram grandes magnatas
internacionais.
A lucidez que lhe permitiu utilizar a Emaudio para financiar a sua segunda campanha presidencial.
A lucidez que lhe permitiu nomear para Governador de Macau Carlos Melancia, um dos homens da Emaudio.
A lucidez que lhe permitiu passar incólume ao caso Emaudio e ao caso Aeroporto de Macau e, ao mesmo tempo, dar os primeiros passos para uma Fundação na sua fase pós-presidencial.
A lucidez que lhe permitiu ler o livro de Rui Mateus, "Contos Proibidos", que contava tudo sobre a Emaudio, e ter a sorte de esse mesmo livro, depois de esgotado, jamais voltar a ser publicado.
A lucidez que lhe permitiu passar incólume as "ligações perigosas" com Angola, ligações essas que quase lhe roubaram o filho no célebre acidente de avião na Jamba (avião esse transportando de diamantes, no
dizer do então Ministro da Comunicação Social de Angola).
A lucidez que lhe permitiu, durante a sua passagem por Belém, visitar 57 países ("record" absoluto para a Espanha - 24 vezes - e França - 21), num total equivalente a 22 voltas ao mundo (mais de 992 mil
quilómetros).
A lucidez que lhe permitiu visitar as Seychelles, esse território de grande importância estratégica para Portugal, aproveitando para dar uma voltinha de tartaruga.
A lucidez que lhe permitiu, no final destas viagens, levar para a Casa-Museu João Soares uma grande parte dos valiosos presentes oferecidos oficialmente ao Presidente da Republica Portuguesa.
A lucidez que lhe permitiu guardar esses presentes numa caixa-forte blindada daquela Casa, em vez de os guardar no Museu da Presidência da Republica.
A lucidez que lhe permite, ainda hoje, ter 24 horas por dia de vigilância paga pelo Estado nas suas casas de Nafarros, Vau e Campo Grande.
A lucidez que lhe permitiu, abandonada a Presidência da Republica, constituir a Fundação Mário Soares. Uma fundação de Direito privado, que, vivendo à custa de subsídios do Estado, tem apenas como única
função visível ser depósito de documentos valiosos de Mário Soares. Os mesmos que, se são valiosos, deviam estar na Torre do Tombo.
A lucidez que lhe permitiu construir o edifício-sede da Fundação violando o PDM de Lisboa, segundo um relatório do IGAT, que decretou a nulidade da licença de obras.
A lucidez que lhe permitiu conseguir que o processo das velhas construções que ali existiam e que se encontrava no Arquivo Municipal fosse requisitado pelo filho e que acabasse por desaparecer
convenientemente num incêndio dos Paços do Concelho.
A lucidez que lhe permitiu receber do Estado, ao longo dos últimos anos, donativos e subsídios superiores a um milhão de contos.
A lucidez que lhe permitiu receber, entre os vários subsídios, um de quinhentos mil contos, do Governo Guterres, para a criação de um auditório, uma biblioteca e um arquivo num edifico cedido pela Câmara
de Lisboa.
A lucidez que lhe permitiu receber, entre 1995 e 2005, uma subvenção anual da Câmara Municipal de Lisboa, na qual o seu filho era Vereador e Presidente.
A lucidez que lhe permitiu que o Estado lhe arrendasse e lhe pagasse um gabinete, a que tinha direito como ex-presidente da República, na... Fundação Mário Soares.
A lucidez que lhe permite que, ainda hoje, a Fundação Mário Soares receba quase 4 mil euros mensais da Câmara Municipal de Leiria.
A lucidez que lhe permitiu fazer obras no Colégio Moderno, propriedade da família, sem licença municipal, numa altura em que o Presidente era... João Soares.
A lucidez que lhe permitiu silenciar, através de pressões sobre o director do "Público", José Manuel Fernandes, a investigação jornalística que José António Cerejo começara a publicar sobre o tema.
A lucidez que lhe permitiu candidatar-se a Presidente do Parlamento Europeu e chamar dona de casa, durante a campanha, à vencedora Nicole Fontaine.
A lucidez que lhe permitiu considerar José Sócrates "o pior do guterrismo" e ignorar hoje em dia tal frase como se nada fosse.
A lucidez que lhe permitiu passar por cima de um amigo, Manuel Alegre, para concorrer às eleições presidenciais mais uma vez.
A lucidez que lhe permitiu, então, fazer mais um frete ao Partido Socialista.
A lucidez que lhe permitiu ler os artigos "O Polvo" de Joaquim Vieira na "Grande Reportagem", baseados no livro de Rui Mateus, e assistir, logo a seguir, ao despedimento do jornalista e ao fim da revista.
A lucidez que lhe permitiu passar incólume depois de apelar ao voto no filho, em pleno dia de eleições, nas últimas Autárquicas.
No final de uma vida de lucidez, o que resta a Mário Soares?
Resta um punhado de momentos em que a lucidez vem e vai. Vem e vai. Vem e vai.
Vai.... e não volta mais.»
Clara Ferreira Alves, in Expresso.
Alguém TEVE A CORAGEM DE DIZER O REI VAI NU!!!
O Soares é FIXE, então não é???
Nunca gostei de HIPÓCRITAS!!!!
Ontem um ex-presidente dizia que eram só «cortesias», agora um «pai» da democracia com um rol bem cheio de GRANDES prendas pessoais!!!
Pai???
Chamem-lhe «pai» que, o que ele quer é tratar da «família», da sua......!!!!
A lucidez ainda tem um rol BEM MAIOR.....
Esperem pela volta....

domingo, fevereiro 13, 2011

A Música do Ps


Esta é a música do Ps em resposta à música dos Deolinda.
Uma música já muito conhecida de cor e salteado!!!

sábado, fevereiro 12, 2011

sexta-feira, fevereiro 11, 2011

Coincidências???

O estudo do Ministério da Administração Interna ao «caso» dos cartões de cidadão que não conseguiram votar nas presidenciais 2011, foi elaborado pela Universidade do Minho!!!
Até aqui TUDO parece normal!!!
Parece!!! Mas não é....pelo menos no que à divulgação do mesmo diz respeito TUDO MENTIRA.....NORMAL. Conhecê-lo??? NADA.
Será que existe???? Até ser conhecido....NÃO EXISTE, claro!!!
Agora que seja a mesma Universidade a «elaborar» o dito relatório e, a «fazer» o estudo da «situação» dos serviços da câmara da Guarda, já nos parece estudo a mais.......para a mesma instituição.
Já agora quanto pagou o governo, ou seja o contribuinte?
É que, pelo que foi dito aqui na Guarda, o «estudo» da câmara foi a custo zero.....só foram pagas umas despesas, de pequena monta, almoços, deslocações e ..estadias!!!
Será que também houve lugar a «cortesias»???
Qual a razão de ser apenas a Universidade do Minho a teatralizar tais situações???
Será por não existir mais nenhuma instituição universitária a fazê-lo???
Será pelo facto de o executivo camarário da Guarda e o governo do Sócrates serem do Ps???
Esclareçam....

Para uns fartura....outros pagam a factura

BPN: Oliveira e Costa lucrou 9 milhões de euros num dia!!!
Uma operação de compra e venda de acções da SLN permitiu ao antigo presidente da holding que detinha o BPN, Oliveira e Costa, lucrar 8,7 milhões de euros num único dia, foi revelado em tribunal.
As coelhas reproduzem-se bem, muito bem!!!
O negócio, descrito pelo inspector tributário Paulo Jorge Silva, testemunha arrolada pelo Ministério Público no julgamento do caso BPN, ocorreu a 29 de Dezembro de 2000, envolvendo sociedades 'offshore' com contas no BPN Cayman e na sucursal do BPN em Paris. 
Oliveira e Costa recebeu 15,95 milhões de euros da 'offshore' Venice (do grupo SLN) nesta data pela venda de cerca de 7 milhões de títulos da  empresa pelo preço de 2,20 euros cada, depois de as ter adquirido horas antes, no mesmo dia, ao preço unitário de um euro. Ou seja, segundo a testemunha, o antigo banqueiro realizou uma mais valia de 8,7 milhões de euros neste negócio relâmpago.
Paulo Jorge Silva precisou que, no ano seguinte, Oliveira e Costa declarou os ganhos obtidos nesta operação na sua declaração de IRS, pagando o imposto à taxa de 10 por cento, num montante de 870 mil euros. 
"Esta foi das poucas mais valias de que tenho conhecimento que foi declarada", por Oliveira e Costa, relatou a testemunha, que é especialista em auditorias financeiras.
Em 2001, Oliveira e Costa pagou um total de 886 mil euros em sede de IRS, sendo 870 mil euros resultantes de um único negócio.
A testemunha disse ainda que Oliveira e Costa, principal arguido neste  caso, "tinha interesse pessoal de obter mais valias".
A sessão de julgamento no Campus da Justiça de Lisboa foi durante a manhã dominada pela descrição das várias formas de controlo accionista e de aumentos de capital do grupo SLN que permitiram o encaixe de mais valias significativas graças ao recurso a um circuito entre sociedades 'offshore',  que usavam contas a descoberto para fazer as transações.
José Oliveira e Costa, ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, está a ser julgado por crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação de documentos, branqueamento de capitais, infidelidade, fraude fiscal qualificada e aquisição ilícita de acções.
São também julgadas outras 14 pessoas e a empresa Labicer por crimes diversos, desde abuso de confiança a burla qualificada, passando por fraude fiscal e falsificação de documentos, entre outros ilícitos. 
Desde que o Banco Português de Negócios (BPN) foi nacionalizado, o Estado já teve de injectar cerca de 4,7 mil milhões de euros para cobrir o ‘buraco financeiro' deixado na instituição por Oliveira e Costa e restantes arguidos.
É fartar.....

Vamos lá às PROMESSAS!!!

Por hábito, em qualquer campanha eleitoral, os candidatos fazem as suas «brilhantes e ardilosas promessas».
As chamadas «trampas» para as moscas caírem......
Aliás houve, recentemente, um dirigente partidário, Passos Coelho que surgiu, inclusivé, que os políticos que não cumprissem o que prometiam fossem criminalmente imputados. Lembram-se???
Pois é!!!
Então vamos ao primeiro....e logo a um do PSD...eheheheh!!!
Isto, os HIPÓCRITAS MENTIROSOS, há os em TODO O LADO......
Este senhor da imagem Paulo Rangel, cabeça de lista às eleições europeias em 2009, pelo PSD e, secundado na mesa por Álvaro Amaro, de Gouveia, e um tal de Constantino, Rei no Instituto Politécnico da Guarda veio dizer esta coisa espantosa......«HAVERÁ UM DEPUTADO RESPONSÁVEL POR DEFENDER OS INTERESSES DA GUARDA NA EUROPA».
«Como o candidato da Guarda não estava em lugar elegível, o distrito iria ter um deputado europeu com a função de defender os interesses da Guarda, distrito, na Europa.»
Segundo o senhor Rangel, o grupo de deputados que o PSD venha a ter na Comissão Europeia(???), cada um seja responsável por uma área geográfica do País.
«Não haverá um deputado para cada distrito mas teremos certamente um deputado responsável por conjuntos de distritos, A QUEM AS PESSOAS DEVEM DEPOIS PEDIR RESPONSABILIDADES», disse o Rangel.
Mas acrescentou mais o Rangel, dizendo que «será necessário um estatuto especial para todo o INTERIOR do País para fazer face à descriminação negativa face ao abandono a que tem sido votado». 
Muito bem senhor Rangel...
Então diga-nos lá, quem é o tal deputado «responsável» pelo distrito da Guarda. Quem é?
É que ou não existe ou anda escondido.....ninguém sabe quem é!!!
E, já agora a existir(??) o que anda a fazer o tal deputado RESPONSÁVEL, acrescente-se, em defesa dos interesses da Guarda na Europa?
Diga homem....
É que os cidadãos da Guarda, distrito querem PEDIR-LHE RESPONSABILIDADES.......
Desemprego, mais que muito na Guarda!!!
A Zona da da Serra da Estrela das mais POBRES do País, segundo dados recentemente publicados....
Eu, cidadão deste distrito interessado no desenvolvimento da região e principalmente cidadão que detesto que me MINTAM exijo respostas concretas do tal deputado.
Exijo que se retrate ele, o tal deputado e TODOS os outros ALDRABÕES que por aí pupulam na parvónia ou fora dela.
Já agora gostava de saber que estatuto especial existe, se é que existe, para TODO O INTERIOR DO PAÍS para fazer face à descriminação negativa face ao abandono que CONTINUAMOS a ser votados.
É que votos sabem eles pedir, mas responsabilidades está quieto não há nada para ninguém.
Abre a pestana e acorda povo do distrito da Guarda.

POEMA da 'MENTE'...

Há um Ministro que mente...
Mente de corpo e alma, completa/mente.
E mente de modo tão pungente
Que a gente acha que ele mente, sincera/mente.
Mas mente, sobretudo, impune/mente...
Indecente/mente.
E mente tão habitual/mente, tão hábil/mente,
Que acha que, história afora, enquanto mente,
Nos vai enganar eterna/mente.
Nota: Não sei quem é o autor... com tal mente

Para uns a FARTURA...outros a FACTURA

Depois dos bancos com lucros diários de 4 milhões de euros, eis que a Galp energia anuncia lucros de 43% em 2010.
Quem lhe ofereceu tais lucros???
Nós os contribuintes!!!
O lucro da Galp Energia aumentou 43 por cento em 2010 face a 2009, atingindo os 306 milhões de euros, segundo comunicou a petrolífera portuguesa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).
A FARTURA DE UNS É A FACTURA DE MUITOS!!!!
Ladrões....tanto são os que vindimam os portugueses, como os que ficam a guardar a porta da vinha!!!

Quem dá mais?

A dívida pública nacional no leilão dos agiotas.
Alguém sabe (ou quer saber) das condições da venda da dívida pública?
Por acaso, mas só por acaso, algum deputado já questionou o Sócrates sobre a venda da dívida?
Pois é.....

As luvas

Figo investigado por apoio ao PS.
Queixa da Entidade das Contas ao Ministério Público sobre financiamento ilegal ao PS está relacionada com o apoio do ex-jogador.
As luvas para aquecerem as mãos!!!
Não há almoços grátis e pequenos também não!!!

quinta-feira, fevereiro 10, 2011

A coelhinha invisível



É a mania das fobias, estúpido!!


Nos Estados Unidos da América do Norte, vulgo USA, começou a «caça» desenfreada aos fumadores.
Proíbe-se fumar até nos espaços públicos....ruas, avenidas, jardins, nas varandas...tudo está interdito aos fumadores.
Verdadeira caça aos fumadores...esquecendo-se que os maiores poluidores são os americanos.
Esquecendo-se que a poluição ambiental é devida aos norte americanos.
Que a destruição dos ecossistemas são devidos, em grande parte, aos norte americanos.
Só que se esquecem....e a poluição que um cigarro causa é, para eles, tão perigosa como os milhões de gazes enviados para a atmosfera pelos poluentes carros que circulam numa 5.ª avenida!!!
Hipócritas.

quarta-feira, fevereiro 09, 2011

Lusíadas actualizado

I

As sarnas de barões todos inchados
Eleitos pela plebe lusitana
Que agora se encontram instalados
Fazendo aquilo que lhes dá na real gana
Nos seus poleiros bem engalanados,
Mais do que permite a decência humana,
Olvidam-se de quanto proclamaram
Em campanhas com que nos enganaram!

II

E também as jogadas habilidosas
Daqueles tais que foram dilatando
Contas bancárias ignominiosas,
Do Minho ao Algarve tudo devastando,
Guardam para si as coisas valiosas.
Desprezam quem de fome vai chorando!
Gritando levarei, se tiver arte,
Esta falta de vergonha a toda a parte!

III

Falem da crise grega todo o ano!
E das aflições que à Europa deram;
Calem-se aqueles que por engano
Votaram no refugo que elegeram!
Que a mim mete-me nojo o peito ufano
De crápulas que só enriqueceram
Com a prática de trafulhice tanta
Que'ainda andarem à solta, só me espanta.

IV

E vós, ninfas do Coura onde eu nado
Por quem sempre senti carinho ardente
Não me deixeis agora abandonado
E concedei engenho à minha mente,
De modo a que possa, convosco ao lado,
Desmascarar de forma eloquente
Aqueles que já têm no seu gene
A besta horrível do poder perene!

Uma escola do outro mundo


O director do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), de nome Constantino, Rei, decidiu-se por uma «operação» de charme.
Vai daí «convidou» os jornalistas para.....espanto dos espantos.....«mostrar» a sua (dele) escola - IPG.
Hoje, decididamente, a escola da propaganda do «chefinho» Sócrates faz e fez furor.
Tudo só propaganda.
Ele são convites para «lagaradas». São encontros onde não se conclui NADA mas se GASTAM EUROS dos contribuintes.
Tudo isto é só PROPAGANDA. Exactamente a IMAGEM DE MARCA DOS REGIMES TOTALITÁRIOS - só para justificarem que existem, que esbanjam dinheiros que não lhes pertencem e, principalmente, aparecendo......
Ou seja publicidade enganosa.
As letras miudinhas dos «encontros» indecifráveis.....
Só que há coisas verdadeiramente estranhas....
Numa dessas cerimoniosas visitas guiadas ao IPG um jornalista, mais atento, disparou a máquina e ....espanto dos espantos um placard indicativo de WC - Sanitários continha três figuras....uma indicativa de wc para senhoras, outro para senhores e............espanto dos espantos uma terceira imagem para extraterrestres!!!
Isso mesmo......
Confirme na imagem que o Notícias de Gouveia publicou numa das suas últimas edições.
Este IPG é vanguardista em tudo....até em wc para extraterrestres!!!
Será que o Sócrates sabe??? Ou o Gago???
Quem sabe se tal placard não fará aumentar o emprego e a fixação de empresas, vindas talvez de uma qualquer Galáxia, para desenvolver este distrito.
Quem sabe???
É que lunáticos, marcianos e outros que tais, já os há e muitos, por terras da Estrela.

O mentiroso


Quando «ele» diz não, é por que é SIM!!!


terça-feira, fevereiro 08, 2011

A vida é um bordel - Berlusconi



O carteiro que não sabe bater à porta


O Presidente da ULS da Guarda será julgado por um crime de violação de correspondência, na forma de retenção, por ter impedido o envio das referidas cartas, em papel timbrado e a expensas da ULS, para os partidos políticos e primeiro-ministro.
As cartas continham um abaixo-assinado que um grupo de médicos pretendia enviar para os grupos parlamentares e ao primeiro-ministro.
A fase instrutória já terminou no Tribunal da Guarda, tendo o juiz confirmado o entendimento do Ministério Público no despacho de acusação de Fernando Girão e determinado o arquivamento dos crimes de difamação, peculato de uso, abuso de poder e injúrias de que estavam indiciados  dois médicos do Hospital Sousa Martins.
A primeira decisão já não é passível de recurso, pelo que o presidente da ULS vai mesmo responder em tribunal.
O que Fernando Girão está acusado é pela chamada LEI DA ROLHA - tão simples, ao não ter deixado seguir as referidas cartas, em papel timbrado e a expensas da ULS, para os partidos políticos e primeiro-ministro».
Relembrar que houve médicos que, neste processo conduzido na ULS foram condenados ao pagamento, efectivo, de uma multa de 32 mil euros!!!
Agora, o tribunal, com os mesmos dados, já a conclusão foi radicalmente oposta.
O que prova que o assunto foi conduzido com elementos viciados no hospital
Para já ESPERA-SE E DESEJA-SE que um prepotente, carteiro, zelador do «chefinho» vá a tribunal por um crime de violação de correspondência, na forma de retenção; depois, que o capataz, testa de ferro do serviçal PAGUE a indemnização cível por danos morais perpetrados contra os médicos; e, ainda que o Tribunal DEVOLVA os 32 mil euros aos médicos.
SÓ JUSTIÇA!!!
Os médicos em questão já disseram que, caso o presidente da ULS seja condenado, o valor a que têm direito, alguns milhares de euros, reverterão  para a Casa de Pessoal do Hospital.
VAI BUSCAR ABELHA!!!.
A HIPOCRISIA desta tramóia é de tal ordem que os clínicos foram dois dos 57 médicos que, em Setembro de 2009, subscreveram o documento dirigido a José Sócrates, acerca da intenção governamental de fechar algumas maternidades da região e, só os dois médicos foram «penalizados» pela administração..
Contactada pelo gabinete do primeiro-ministro, a administração do hospital decidiu levantar processos disciplinares apenas aos dois médicos que, já anteriormente, seriam considerados incómodos pelos gestores da unidade hospitalar.
Convém entretanto saber como está o caso da administradora que recebeu, indevidamente, milhares de euros???
Convém saber se o «caso» já foi resolvido ou será que os 32 mil euros «sacados» aos médicos vão servir para cobrar as cortesias indevidas???
Este Girão é o mesmo que restringiu o transporte de doentes ao Hospital da Guarda.
E, este Girão é o mesmo que defende a união da ULS da Guarda com os Hospitais da Covilhã e de Viseu.
Este é o Girão da administração da ULS da Guarda que, contrariando normas de saúde, andou a distribuir flores pelas enfermarias do Hospital Sousa Martins.
Teriam sido rosas???
São «rosas» claro, senhor!!!
Serão as rosas de um senhor Girão que pertenceu à Comissão de Honra da candidatura de Manuel Alegre?
Será que se escolhe quem se quer ou quem se oferece, e com que fins....
Este é o senhor todo-poderoso, mais um, da seita parasitária socretina.
É preciso dizer mais???
Detesto lambe botas ordinários e porcos....