quinta-feira, setembro 30, 2010

Ao cuidado da Polícia Judiciária e outros....se é que interessa

A polícia judiciária nestes como noutros casos costuma andar distraída.
Mas, igualmente, certos poderes ditos judiciais também se esquecem .......
Então, e mais uma vez para avivar a memória de uns quantos aqui vai:
*Adivinha do dia *
1 - Tem um processo em curso de investigação;
2 - Negou coisas que o seu chefe disse;
3 - Esteve muito ligado ao PSD;
4 - Sabe fazer umas cantarolas;
5 - Também sabe jogar golfe;
6 - Desde há uns meses nunca mais se ouviu falar dele;
7-  Foi ministro do Cavaco; 
8-  Foi(?) banqueiro;
9-  Agraciado pela câmara municipal de Aguiar da Beira;
10- Foi membro do Conselho de Estado, por nomeação, indigitação ou lá o que quiserem do Cavaco;
11- EU NÃO O CONHEÇO....NUNCA ME FOI APRESENTADO.....E NÃO TENHO VONTADE DE O CONHECER!!! 
De quem falamos?
ACERTOU: É o inconfundível e putativo Dias Loureiro.
A viver actualmente, à grande e à fartazana, em Cabo Verde. É o dono do ‘maior Resort Turístico da Ilha do Sal!!!
(... é aquela ilha, daquele país africano onde o BPN criou umas "sucursais" e um banco mais ou menos virtual, com que se faziam umas operações de lavagens e fugas ao fisco, etc. etc...)
Ps: Alguém já o procurou?
Como vêem, é fácil fazer esquecer um «desvio» superior a mais de 4 mil milhões de euros quando se tem amigos... por todo o lado...
Até em Belém...
A BEM DA NAÇÃO!!!

O «Comunicado»


A frase

Ernâni Lopes: “Jamais me passou pela cabeça que voltasse a haver uma situação como a de hoje”.
Pois é.
Perguntem ao Sócrates e aos amigos como é que foi possível.
As dívidas das câmaras também ENTRAM nesta SITUAÇÃO.
Sabiam???
Uma câmara que vende um imóvel por mais de 32 (trinta e dois) milhões de euros e, NÃO SATISFEITA, ainda pede um empréstimo de 1 milhão e 700 mil euros, é TÃO CULPADA DA SITUAÇÂO COMO o Sócrates.
Ainda há poucos dias eram só rosas: ele era o desemprego a diminuir; eram os índices económicos a melhorar; era a CONFIANÇA.....eheheheh!!!
Só faltou mesmo dizer que a crise já tinha acabado!!!
E, agora...........................
VERGONHOSO!!!
Escumalha MENTIROSA !!!

A Governação FALHADA

Ao Sócrates o país está e ficará eternamente grato.
Sim.
Consegiu colocar-nos na sexta posição dos países CALOTEIROS!!!
Conseguiu que Portugal passasse a ser campeão europeu no IVA.
Obrigado Sócrates.
Sem ti o país era só Fátima, Futebol e Fado.
Agora, também é a terra de um Falso (mentiroso) que um dia foi primeiro-ministro.

HIPOCRISIA

Almeida Santos, o «príncipe da democracia» como o apelidam os «camaradas» do Ps, veio dizer mais uma das suas.

«O presidente do Ps (Almeida Santos) considerou que o esforço pedido hoje pelo Executivo com novas medidas de austeridade “não são sacrifícios incomportáveis” e que “o povo tem que sofrer as crises como o Governo as sofre”.
Leram bem???
Não são sacrifícios incomportáveis, são mesmo INSUPORTÁVEIS.......
Ou seja para o dito príncipe destruir o estado social, que é o que está implícito em todo este PEC enésimo; subida do IVA para 23%; cortes nos vencimentos; cortes nos apoios sociais .....não é incomportável????
Depois das pontes dinamitadas!!!
Depois da parvoíce toda que tem dito, este príncipe devia era pegar num pano de pó e limpar a «salinha» que lhe deram de presente aqui pela Guarda.
Ficava-lhe bem e ...já era comportável na asneira!!!
Esta demência opaca define o coitado príncipe.
Essa de se dizer ««O povo tem que sofrer as crises como o Governo as sofre», faz lembrar a anedota do «faz força que eu gemo»
Sofre, então não sofre por ser incompetente ao fazer o mais fácil corajosamente, como se a chantagem não compensasse.
Sofreria eleitoralmente por ser mentiroso e sem credibilidade, mas não se perspectivam eleições nem temos povo para desacatos e revoltas.
Sofre por ser presidido por um atoleimado narcisista, intrusivo nas instituições, coleccionador de suspeitas, e, no entanto, sempre em pé, acima de qualquer um que furte cebolas no hipermercado.
Deve ser por isso que agora tal Governo se acha no direito e até no dever de fazer-nos sofrer carnal, psíquica, moralmente, aniquilando o que falta da economia e do ânimo colectivo.
Este Almeida e o seu País-Ps, Ps-Paraíso de e para a Clientela - Ps, multidão intocada de apadrinhados, beneficiários de benesses e filhos dilectos, gente incapaz de sofrer, só capaz de gastar, — ora tal Almeida é um caso admirável de internamento falhado.
Ainda sou do tempo em que os «almeidas» limpavam as ruas!!!!
Hoje já são príncipes da ASNEIRA!!!

quarta-feira, setembro 29, 2010

O mestre de cerimónias


O mestre de cerimónias, espécie de cretino cego, cujos óculos a política tomou por órgãos visuais. Quando se fazia passar por estudante, e se deliciava, nas  tabernas da cidade, com o vinho tinto, que jorrava nos copos pago pelas plebeias serranas, a troco das moedinhas que caíam no regaço.
Tinha por uma das íntimas, a italiana. E, nas prosaicas dos serões das pândegas com os dedos besuntados de banha de porco, se entretivesse a discretear sobre se a inclinação da torre de Pisa seria propositada, ou devida a qualquer abalo de terra.
Para  o «grande» homem, cerimonioso, era só justificável, tal inclinação, por um abalo de terra, sem dúvida!!!
- Olhem as pirâmides do Egipto.....seus pacóvios!!!

A manipulação orquestrada

Noam Chomsky elaborou uma lista das “dez estratégias de manipulação”.
Uma dessas estratégias, mais usadas, é a “Estratégia da Distracção”.
O elemento primordial do controle social é a estratégia da distracção que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pela elites políticas e económicas, mediante a técnica do dilúvio ou inundações de contínuas distracções e de informações insignificantes. A estratégia da distracção é igualmente indispensável para impedir ao público de interessar-se pelos conhecimentos essenciais, na área da ciência, da economia, da psicologia, da neurobiologia e da cibernética.
“Manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado, sem nenhum tempo para pensar; de volta à granja como os outros animais, citação do texto «Armas silenciosas para guerras tranquilas».
Esta é precisamente a estratégia usada e abusada pelo presidente, da Assembleia Municipal da Guarda, nas reuniões em que os temas para debate são melindrosos para o «seu» executivo.
O regimento e, não as «cortesias», no seu artigo 28.º no ponto 3. diz taxativamente que « O período de “Antes da Ordem do dia” terá um máximo de sessenta minutos (60 minutos), para a Assembleia e um máximo de trinta minutos, para a Câmara Municipal participar na discussão e/ou responder às questões formuladas».
Ora, na última sessão ordinária da Assembleia Municipal do dia 24 de Setembro de 2010, o período do “Antes da Ordem do Dia” teve só uma duração de 6 (seis) horas.
Para uma agenda com 12 (doze) pontos, imagine-se a dificuldade de apresentar, debater e votar os restantes pontos da ordem de trabalhos.
Tudo a correr e sem qualquer tempo para nada, senão para votar.
Chomsky bem tinha razão «manter o público ocupado, ocupado, ocupado, sem nenhum tempo para pensar; de volta à granja como os outros animais....».
Caladinhos....isso mesmo caladinhos....votem que é tempo de voltar à granja.
Percebido??

A abreacção

Os democratas-novos» portugueses, todo esse fastidicioso chorrilho de paranóicos, epiléticos e comilhões de orelha e tromba de cerdo, a cada um dos quais, uma vez defunto, o mais travadinho dos historiadores acorre a pôr o chinó dum cognome banabóia, afectos a ver a sua inútil pessoa divinizada e indiscutida à testa do rebanho, supondo por hipótese que eram transferidos para a vida  paroquial, tenha-se por garantido que não davam uma para a caixa no que quer que fosse.
Mas, lá se servem e são morgadios dos moderadores e donos plásticos.

terça-feira, setembro 28, 2010

Aventuras do João e de um Caldeirão (II parte)

Na última Assembleia Municipal a presidente da junta de freguesia do Marmeleiro insurgiu-se contra o facto da sua freguesia ter poucos apoios, por parte da câmara municipal da Guarda, ao contrário do que acontecesse com outras freguesias.
A discussão foi acesa entre a presidente da junta e o líder parlamentar da bancada do executivo camarário.
Aquando da apresentação das informações do presidente da câmara, a presidente de junta voltou a intervir e a justificar que, pela análise do documento se dissipavam quaisquer dúvidas sobre o fraco apoio que a freguesia do Marmeleiro tinha, comparando as actividades enunciadas na informação com as realizadas na sua freguesia.
Mas, o insólito aconteceu quando a presidente da junta de freguesia do Marmeleiro sobe à tribuna para usar da palavra e.....o líder parlamentar que sustenta o executivo camarário, ou será antes sustentado(??), abandona abruptamente a sala, atirando com a porta.
REVELADOR da falta de democracia, de ética e de civismo e se quiserem FALTA DE RESPEITO por quem vai intervir, no seu legítimo direito de deputada e presidente de uma junta de freguesia.
Mas, já sabemos que é assim que reagem certos democratas ao confronto das ideias.
Ficou-se a saber, pela voz do próprio, que o líder parlamentar é docente na Ensiguarda, cooperativa particular, cujo principal accionista é a família Raimundo, com um valor residual da câmara municipal da Guarda. Ora, a questão que se coloca, é saber se o referido docente ensina tais comportamentos aos seus alunos?

segunda-feira, setembro 27, 2010

Um professor doutor

No Instituto Politécnico da Guarda (IPG) tudo se passa e tudo se passou.
Final do ano lectivo de 2010.
Exame final, de uma disciplina de um curso da Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto.
Um ilustre professor, proprietário de um jornal da Guarda, marca o exame de uma disciplina da qual é regente, para as 10 horas.
Os alunos comparecem como o determinado pela pauta de exame.
São 10h e....espanto dos espantos do professor NADA.
São 10h 30 minutos e professor nem vê-lo!!!
São 11h e....professor continua sem aparecer e, sem dar de si!!!
Os alunos dirigem-se à secretaria e questionam a funcionária sobre a FALTA do professor.
A funcionária, procura acalmar os alunos e ....telefona ao dito professor.
A funcionária «informa» o douto professor que estão alunos desde as 10h à espera dele para um exame da sua cadeira.
Pela coversa toda ela perceptível, dado que o volume do telefone assim o permitiu soube-se que:
1.º - o professor tinha-se esquecido do exame;
2.º - solicitou à funcionária que o justificasse perante os alunos, dizendo-lhes que tinha faltado porque tinha o carro avariado.
Pois é!!! 
O exame veio a ser marcado para o dia seguinte ... à tarde.
É assim que funciona o ensino superior?
É assim que funciona o Instituto Politécnico da Guarda, nomeadamente a Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto?
Como anda este país onde para ALGUNS TUDO VALE!!!
Um esquecimento acontece a todos!!!
Mas, mentir é muito pior.
Então um docente!!!

Trabalhar é crime?

Um aluno do Instituto Politécnico da Guarda terminou a área curricular e quer iniciar o seu estágio, como o determina o curso.
Para melhor elaborar o seu currícilum vitae pede ajuda a um psicólogo do Instituto.
Quando o técnico termina a leitura do currículo, já elaborado pelo aluno, faz a seguinte observação:
- Senhor (nome do aluno) não deve referir no currículo que trabalhou numa pizzaria. 
O aluno em questão, estupefacto, pergunta ao técnico a razão de tal facto.
- Mas eu fui trabalhador-estudante porque tive necessidade de trabalhar, retorquiu o aluno.
- Não o deve fazer dado que causa má imagem.
Pergunta-se: Trabalhar é assim tão desprestigiante? Não ter pais na algibeira e ver-se na necessidade de trabalhar para pagar as propinas exorbitantes, os custos inerentes à vida de estudante e...ter dinheiro seu é assim tão ofensivo para quem quer concorrer a um estágio???
Que país é este onde trabalhar é pouco...dignificante???
Será que só os parasitas, filhos do papá e jobs of boys é que podem ousar ter um emprego?
Trabalhar não é dignificante?
Já se sabia que neste país a valorização pessoal e profissional pouco ou nada interessa.
Importa é a cunha e a vigarice.
Porco e sujo país que alimenta tal escumalha!!! 

Afinal para que servem?

Com um gasto enorme nos «Cagalhâes», por parte dos contribuintes portugueses, eis que o resultado é este, só 8% dos professores do 1.º ciclo fazem uso do computador.
É que já se conhece o verdadeiro destino do «Cagalhães»!!!
Nas feiras por este país já se vêem os «Cagalhães» à venda.
Custam 140€.
No chão ou em cima de pequenas bancas improvisadas, entre amontoados de roupa ou ao lado de volumes de tabaco de contrabando, pilhas de óculos escuros e telemóveis, o computador 'Magalhães' já é presença assídua na Feira da Ladra, em Lisboa, por exemplo, como noticiava o «Expresso».
Para o Governo de Sócrates, é uma riqueza, um slogan de aldrabice. Nas feiras já é vendido ao desbarato.
Sem piratarias informáticas.
No ecrã lá está o símbolo do e-escolinha, o programa lançado pelo Governo para a distribuição de portáteis a crianças do primeiro ciclo. E lá está também o software da Caixa Mágica.
É assim, quer na mais popular feira de bens usados de Lisboa, Feira da Ladra, assim como na Feira do Relógio ou em plena Rua Morais Soares, em Lisboa, mas também já por muitas feiras do país, lá está o «Cagalhães».
E, este não é o único computador dado pelo Governo à espera de comprador.
Há mais e muitos mais.
E nem a ASAE nem a polícia podem intervir, a menos que o portátil seja roubado. O que não é o caso na grande maioria das vezes.
Nos últimos meses, a PSP só recebeu cinco queixas de furto de 'Cagalhães', a nível nacional.
Quem os quer???
Mas, o 'Cagalhães' também já anda pelo 'prego'.
Em tempo de crise, são os próprios pais que optam por se desfazer do computador dos filhos para conseguirem algum dinheiro. E legalmente não há nada que os impeça. A partir do momento em que o portátil é entregue pela escola, passa a ser propriedade plena dos encarregados de educação.
O negócio até pode ser bastante rentável. Das 400 mil crianças inscritas para receber o computador, 100 mil não tiveram de pagar nada por serem beneficiárias do escalão mais elevado do abono de família. Entre as restantes, as famílias desembolsaram, no máximo, 50 euros, quase um terço do preço pedido nas feiras ou nas lojas de compra e venda de artigos usados, onde também não é difícil encontrar os portáteis, apesar de o Ministério da Educação assegurar não ter conhecimento de casos.
Claro, do que sabe o ministério???
"Vêm cá muitos pais tentar vender os 'Magalhães', assim como os portáteis do e-escolas, dados aos miúdos mais velhos, do 2º e 3º ciclos e do secundário. Compramo-los a cerca de 150 euros e vendemo-los pelo dobro", conta um funcionário da loja CashConverters de Alfragide.
Ao contrário do que acontece com o 'Magalhães', no caso dos computadores distribuídos aos jovens a entrega do equipamento obriga a um contrato de fidelização com uma das três operadoras móveis devido ao acesso à Internet de banda larga. Ainda assim, nada que tenha impedido muitos pais de os vender.
Para ganhar algum dinheiro também há famílias com dificuldades económicas que optam por penhorar os portáteis. Vão pô-los no 'prego' por valores que variam entre os 100 e os 150 euros e acabam por recuperá-los ao fim de um mês, pagando mais 20% do que receberam.
Mas, os 8% da sua utilização também tem a ver com o facto de o 'Cagalhães' ter sido posto a um canto na casa de algumas famílias, já que os pais não têm dinheiro para pagar o arranjo de avarias provocadas por má utilização.
E, as famílias não têm capacidade económica para os mandar arranjar.
E os «Cagalhães» que o Sócrates dizia que os assessores também tinham. Onde andam???
Na feira? Ou será que de tão bons foram para os centros de emprego para apagarem os ficheiros dos desempregados?
Assim vai o «Cagalhães» memo ( na linguagem da Ministra) no lixo, sem capacidade para o tal desporto do cérebro!!!!
Acéfalo!!!
A política falhada de um Sócrates, que um dia «chegou» a 1.º ministro!!!

domingo, setembro 26, 2010

Tão amigos e...CAMARADAS

Na entrevista ao Diário de Notícias, Soares diz tudo sobre as presidenciais sem dizer nada.
À pergunta se o Presidente se candidatar, acha que é possível à esquerda evitar que Cavaco Silva vença as eleições à primeira volta?
Não sei, não faço ideia, não tenho informação suficiente sobre isso. Tenho estado ocupado com as questões da governação e com as questões do futuro do País e não com essa questão presidencial neste momento.
Toma valente Alegre!!!
É assim agora....o Ps virou à esquerda......já se chamam CAMARADAS, eheheheh!!!
Que amigos e camaradas eles são, então não é?
Ternurento.
A ternura dos .....camaradas, claro!!!!

A frase da semana

Entrevista ao Diário de Notícias.
«Disse-me há dois anos e meio que Portugal, o Governo, precisava de virar um bocadinho mais à esquerda. Acha que isso foi feito?
No plano político e da afirmação retórica foi, indiscutivelmente. Porque hoje o Partido Socialista tem uma linguagem que não tinha há largos meses. Até já usa a palavra "camarada", já diz outras coisas, que é socialismo democrático.»
Cá está!!!
O Ps «virou um bocadinho mais à esquerda» só pelo facto de ...se chamarem «camaradas».
Mas isto é para rir???
Não, não pode ser.
Tudo isto é demasiado sério para se brincar.
Quem não tem vergonha todo o mundo é seu. Sabiam??
Pois, bem parecia.....
CAMARADAS!!!!
A entrevista devia ser publicada num qualquer almanaque de anedotas.
Só pode!!!

Governação FALHADA........

O número de desempregados que não recebem subsídio não pára de aumentar.
Em Agosto, eram já 208 mil, mais 12 mil (6,3%) que no mês anterior.
Ou seja, mais de um terço (38%) dos desempregados não tem direito a qualquer apoio.
A explicação está no agravamento do desemprego de longa duração (muitos desempregados perdem o direito à prestação antes de conseguirem um trabalho), na crescente precariedade do emprego e também nas regras mais apertadas na atribuição de prestações sociais impostas pelo Governo, obrigado a cortar despesa para cumprir a meta do défice.
No mês passado, a Segurança Social apenas deferiu 11 903 requerimentos de subsídio de desemprego, menos 500 que no mês anterior, e o valor mais baixo desde Agosto de 2008. No mesmo mês, o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) registava mais 50 mil desempregados, num total de 549 654.
A ministra do Trabalho reconhece que o desemprego "não vai inverter-se nos tempos mais próximos". Mas Helena André defende que "o principal problema social" do País não se combate com "o aumento dos subsídios ou o seu prolongamento".
Não se combate mas AJUDA as pessoas a resolverem muitos dos seus DRAMAS.
Que incompetência!!!
Num quadro de contenção orçamental, "ultrapassar esta crise implica responsabilidade e rigor", concluiu a ministra, esta semana, no Parlamento.
Claro que sim!!!
Comprando carros topo de gama???
Aumentando o endividamento das autarquias com despesas supérfluas e MÁ GESTÃO?????
Mas, também os subsídios baixaram.
Em média, cada beneficiário recebeu, no último mês, 472,91 euros, um pouco mais que os 462,57 processados pela Segurança Social em Agosto de 2009.
Assim vai a governação...FALHADA de um governo de um tal de Sócrates e dos seus acólitos incompetentes ministros.
Portugueses só vos falta a albarda!!!
Para quem tem uma vivenda com 12 quartos todo o DRAMA do desemprego lhe passa ao lado.
Bem de ver, claro!!!
E esta gente é o quê???
Chuchalista, pois então.....................

Governação FALHADA....

Num programa da TSF, o papa veio dizer o que TODOS já sabíamos: «só um inconsciente quererá ser primeiro-ministro nesta altura, quer em Portugal, quer na Espanha, quer em França».
Ou seja, a Europa connosco que o papa tanto reivindicava e fazia acreditar aos portugueses transformou-se num barril de pólvora.
Culpa?
As políticas dos vários governos socialistas.
Isso mesmo. Aconteceu em Inglaterra, em Espanha e ....em Portugal.
Enganam os eleitores, estes socialistas tipo cãezinhos rafeiros que um dia uma qualquer dona abastada lhes põe uma corda ao pescoço e ...julgam-se os maiores. Esquecem-se do  lixo que já chafurdaram e agora comem em pratos finos e comida de restaurantes.
A subida na vida, mas com a trela bem presa à dama, neste caso ao capital.
Mas, a situação que o Ps transformou este país leva a que o «papa» venha dizer uma outra afirmação preocupante: «O próprio Passos Coelho tem dito sempre, e é uma forma de inteligência que ele tem demonstrado, que a situação neste momento se houvesse mudança de Governo seria ainda mais catastrófica»!!!
Este papa e o medo que tem de perder as subvenções que os amigalhaços lhe vão dando.
Pois é!!!
Senhor Soares lembre-se que já lá vai o tempo das vacas gordas. Do dinheiro a correr a jorros para os bolsos da família, entenda-se na plenitude da palavra família, claro, e para as viagens à volta do mundo, com passeios em cima de tartarugas e de elefantes.
Já lá vai,
Alguém tem de pagar toda essa palhaçada.
Já a começamos a pagar e de que maneira.
No final da entrevista, sempre a postura deste «papa», a conciliação, pois que o sem euros não há melões, ou serão melancias??
Repare-se na frase, a tal conciliação:«faz parte da função da oposição criticar", mas que "no momento final" o líder do PSD e o Governo chegarão a um entendimento».
Entendam-se, claro e, os portugueses que paguem, então não é?
Já o foi nas SCUTS;
Já o foi no PEC;
Já o foi na reforma judicial;
Já o foi em tanta coisa....
A Bem da Nação, pois claro!!!
Na entrevista Soares faz uma valente crítica à política do Sócrates:«(...)PC (Passos Coelho) é um líder que pode ir longe, desde que ele perceba bem a situação em que Portugal está e bem aquilo que lhe vai custar quando ele um dia for primeiro-ministro»!!
Não descartando que o FMI já apanhou o avião e, em breve estará no aeroporto da sua horta, ahhhh!!! desculpem, da Ota, ohhhhh!!! desculpem de Alcochete, OHHHH!!!, desculpem na Portela, Sacavém!!!
Ou será que virá de TGV e ficará, ali no Poceirão a contar camelos, sendo que o «Areias» lá estará a recebê-los de braços abertos???
Vai buscar valente Sócrates!!!
“Só um inconsciente quererá ser primeiro-ministro” - Soares.
Pelo que espera o Sócrates?
Pelo FMI já percebemos.........

sábado, setembro 25, 2010

Aventuras do João e de um Caldeirão (I parte)

Dia 24 de Setembro de 2010.
Salão da Assembleia Municipal da Guarda agora, baptizada de sala «Almeida Santos».
Atenção este, o da sala, é o denominado pelas hostes chuchalistas de «príncipe» da democracia.
O rei deve ser o Soares, quem sabe.
A dinastia completa.
Mas, voltemos à Assembleia Municipal, na Guarda.
O início estava marcado para as 14 horas mas, como sempre começou só às 15 horas.
Isso mesmo, uma hora de atraso.
Se um cidadão anónimo chegar com 1 hora de atraso ao trabalho, que lhe acontece???
Falta, desconto no vencimento e ....provavelmente, com a nova «modalidade» Socratina, avaliação negativa.
Tudo isso!!!
Só que uns são patrões deles próprios e, outros são só assalariados e cumprem ordens.
A bandalheira da Assembleia Municipal começa logo aqui.
Depois, há de tudo.
A última tem a ver com o facto do presidente da câmara, Valente, ter «chamado» dois técnicos para responderem a uma pergunta de um deputado do PSD.
No mínimo estranho o «chamar» os técnicos.
Desde logo como soube o presidente, da pergunta do deputado do PSD, para ter os técnicos «ali à mão»???
ESTRANHA-SE!!!
Depois, com que direito os técnicos irrompem pela sala da Assembleia, bem sabemos que lhe deram o nome do tal «chucha», mas isso não lhes dá o direito de mandarem entrar quem muito bem lhes interessa, numa sessão de uma Assembleia Municipal.
Perguntou-se de IMEDIATO ao douto presidente da Assembleia, por acaso, mas só por acaso, também de «graça» Almeida Santos, qual o artigo do regimento que possibilitou a entrada, «a convite» do presidente da câmara, dos técnicos.
A resposta não podia ser melhor.
Com a mão a tapar o microfone, coisa estranha, resta saber se vai constar na acta, o douto comandante da Assembleia justificou tal atitude do presidente como, CORTESIA!!!!
Cortesia???
Mas, se nem o presidente da câmara perguntou, a quem quer que fosse, se podia «convidar» os «seus» colaboradores a entrarem.
Entraram e.....mais nada!!!
A pergunta era só se um determinado prédio estava ou não a violar alguma ou algumas normas de construção.
Imagine-se o constrangimento dos técnicos perante a entidade patronal, leia-se o presidente da câmara, a responderem a tal questão??
EHEHEHE!!!
Hilariante, no mínimo!!! 
Ou seja, ficou-se a saber que um qualquer deputado da Assembleia vai puder ..... POR CORTESIA, convidar quem muito bem entender a entrar pela Assembleia Municipal e ..... palavrear sobre um qualquer tema para justificar, por exemplo, uma recomendação.
Muito simples.
Ou seja a Assembleia Municipal não tem um regimento!!!
Segundo o douto senhor a Assembleia da Guarda rege-se por .....CORTESIA!!!
Para que serve o regimento????
Mas há mais, segundo o douto presidente, da Assembleia Municipal, tudo o que não está previsto no regimento pode ser autorizado!!!
Quem o permite???
A Declaração Universal dos Direitos do Homem, rematou o douto senhor.
É com gente desta que se faz democracia???
Que forma cívica de argumentar.
Onde vamos parar???
INCOMPETÊNCIA é o que é......
(Não perca os próximos capítulos das aventuras do João e de um Caldeirão, ou a forma ditatorial como se faz política, dita democrática!!!)

quinta-feira, setembro 23, 2010

Quem sabe dele?

Por acaso alguém sabe do paradeiro deste pantomineiro?
Segundo se sabe, está para Cabo Verde onde tem uma "quintinha".
Isso mesmo, uma quintinha bem recheada.
Cabo Verde, lembram-se???
O Banco Insular que o BPN tanto utilizou para fazer as negociatas e as trafulhices.
Pois é!!!
Coincidências, claro.
Quem duvida??
A BEM DA NAÇÃO!!!
Já agora, quando será o julgamento?
Qual deles??
A menina dança?

quarta-feira, setembro 22, 2010

Os apoios para uns são de luxo.....

Carlos César. o governador dos Açores. socialista, na calha para substituir(?) Sócrates, atribui bolsa de 10 mil euros a filho da secretária do Trabalho.
Assim mesmo!!!
O filho da secretária regional do Trabalho dos Açores, Miguel Marques Malaquias, recebeu do governo regional liderado por Carlos César uma bolsa de estudo no Continente no valor de 9500 euros, montante a que acrescem despesas inerentes à viagem de ida e volta de avião entre Lisboa e o arquipélago. [Aqui]
A isto acresce o facto de a bolsa atribuída ao filho da governante ter um valor muito superior às dos restantes bolseiros.
Há uns, os privilegiados, e os outros que NADA MERECEM. Só servem para pagar para os tais terem TUDO!!!
Para os outros há um ajustamento nos apoios escolares de 0,37%!!!
É a crise!!!
E a crise não é para TODOS???
Não, não é. Já sabiamos.
Quem duvidava que isto não era assim???
Com os «xuxas» é assim!!!
Só mamas e mamadas, directamente da teta da porca.
Além de introduzir o curso de Piloto de Linha Aérea no regulamento de bolsas, Ana Paula Marques aumentou o valor dos apoios. Nos Açores, as bolsas de estudo são financiadas com um subsídio equivalente a 65% da remuneração mínima mensal no arquipélago, mas a secretária regional decidiu majorar o curso do filho com um subsídio equivalente a 150% da remuneração mínima mensal.
O Malaquias tem direito à bolsa e mais nada.
Arrota pelintra para esta maltrapilha de feios, porcos e maus!!!

O Engenheiro Areias

terça-feira, setembro 21, 2010

A velha receita

O preço dos medicamentos baixa!!!
Mas, os utentes VÃO PAGAR MAIS!!!
VIGARICE!!! 

segunda-feira, setembro 20, 2010

As portagens

Está tudo decidido.
Os portugueses vão mesmo pagar e BEM as portagens nas SCUTS.
Nem com moções apresentadas em Assembleias Municipais, pelos mesmos que votaram Sócrates; nem com manifestações de qualquer género moveram o governo a acabar com as portagens.
Aí estão para alívio e consolo das concessionárias, não é senhor Coelho?
O governo oferece-lhes tudo.
E, os custos também são já conhecidos.
Por exemplo, uma viagem entre a Guarda e Torres Novas custará 12 euros!!!
Usar diariamente as SCUT custará entre 117 e 223 euros.
A isto chama-se SACANAGEM - ROUBO!!!

Se lá fora é assim.....

Se, na própria Alemanha, os 10 maiores bancos necessitam de 50 mil milhões de capital adicional para conseguir cumprir com as novas regras para o sector, que dizer de um país como Portugal?
O número foi avançado pela revista alemã Spiegel, que cita um estudo confidencial do Bundesbank, que vai ser divulgado em breve, pelo banco central germânico.
O estudo concluiu que, com base em dados históricos, cerca de 40 mil milhões de euros desse montante poderão ser arrecadados até 2019 através da retenção de lucros e aumentos de capital. O restante terá que provir de outras fontes.
Que outras fontes??
CUIDADO.
O perigo espreita a todo o momento!!!

domingo, setembro 19, 2010

Memória a Jimi Hendrix

Jimi Hendrix já morreu há cerca de 40 anos mas só agora chegaram às lojas 12 temas nunca divulgados deste artista.
Valleys of Neptune é o mais recente trabalho conhecido do que foi considerado o melhor guitarrista da história.
Não se pode dizer que as músicas sejam completamente desconhecidas, porque algumas estão no YouTube, e as gravações destes temas foram feitas nos idos de 1969, mas para a maioria das pessoas será uma novidade e uma surpresa.

Onde vais? Ao Poceirão

Esta de se dizer que a ligação entre Lisboa e o Poceirão vai ser «suspensa» por razões de ordem financeira tem muito que se lhe diga.
Então, ontem a crise era motivo para fazer a linha Lisboa - Poceirão.
E agora???
A mesma crise já não é motivo mas causa?
Quem percebe??
O senhor Coelho da Mota - Engil não saberá explicar??
É que a proposta espanhola era muito inferior à dos outros, incluíndo a tal Mota do Coelho!!!
Esperar para ver!!!
A surpresa do consórcio espanhol Tave Tejo é enorme.
O consórcio Tave Tejo não entende "a surpreendente decisão" de não adjudicar o concurso, até porque demorou quatro meses a concretizar-se.
Este candidato espanhol, estava à frente na classificação do júri, destacado do segundo lugar, da Mota-Engil, graças a um preço 400 milhões de euros mais baixo.
O grupo português ameaçava impugnar o concurso, eheheheh!!!!
A Tave garante que tinha assegurado o financiamento internacional e sublinha que sempre se manifestou disponível junto das autoridades nacionais para encontrar soluções que fossem ao encontro das "necessidades da economia portuguesa". Por isso, o consórcio, que envolve vários grupos internacionais, "está a reflectir" sobre a "surpreendente decisão com vista à equitativa salvaguarda dos interesses dos seus accionistas".
Já agora, as investigações da judiciária aos escritórios da Mota-Engil querem dizer, precisamente, o quê???
Aguarda-se!!!

O fumo com fogo

A Polícia Judiciária esteve nas instalações da empresa Liscont, pertencente ao grupo Mota-Engil e responsável pelo terminal de contentores de Alcântara, onde recolheu um conjunto de documentos relacionados com o contrato de concessão, em regime de serviço público.
Manobra de diversão?'
Se foi só para diversão é grave.
Importa que a investigação seja rigorosa e acertiva.
Para distrair há por aí muitos divertimentos, muito mais interessantes e, custam bem menos aos contribuintes.

Não vai com foguetes, vai à picareta!

Assinalado com pompa e circunstância o «início» do ano lectivo, como se tratasse de uma romaria à Santa da Ladeira, eis que os podres do sistema vão aparecendo.
Desde os apoios sociais «miseráveis», eis que, uma semana depois do arranque do ano lectivo, ainda há crianças e jovens sem aulas, sem professores e até sem escola, devido ao atraso nas obras dos novos centros escolares.
A tudo isto o governo não LIGA!!!
Desligou da corrente.
Só falam do que lhes interessa, já é hábito.
Alguns municípios, nada satisfeitos com a FACTURA DOS TRANSPORTES, pediram reunião com ministra mas, não receberam resposta.
Pois claro, é a defesa da escola pública, então não é?
Está-se mesmo a ver que sim.
HIPÓCRITAS!!
Diz-se e comenta-se, que a ministra da (in)educação deste país das maravilhas, do Sócrates, está a realizar um curso acelerado de português numa escola da Somália. Logo, ausente do país, por motivo de Novas Oportunidades!!!
Compreensível, pois então!!!
Seria mais «natural» dada a linguagem que, segundo por aí se diz é utilizada no futebol, que a putativa senhora seja de IMEDIATO convidada para seleccionadora nacional de futebol.
Coisas de bolas.....e da tal «ginástica do cérebro»,  então não é «MEMO»!!!

Que coerência?

Henrique Raposo no Expresso de hoje, escrevia que:« O problema está, isso sim, na hipocrisia da esquerda caviar. De manhã, os nossos progressistas metem seus filhotes no colégio privado (ou naqueles liceus públicos que, misteriosamente, estão sempre nas mãos da "gente de bem"), e, depois, à tarde, defendem a escola pública e cantam loas ao eduquês. Pior: estes progressistas-de-limusina atacam aqueles que querem dar aos mais pobres a possibilidade de colocarem os seus filhos nos colégios privados (ou naqueles liceus públicos que, não sei porquê, são sempre monopolizados pelos bem-nascidos).»
Alguém desmente???
Ou será que TUDO isto também tem a ver com uns «investimentos» em acções descobertos há alguns tempos.
Esta falta de coerência começa a ser preocupante!!!!
Não para nós, para PARA ELES!!!

sábado, setembro 18, 2010

O Abismo

Já não falta mesmo NADA.
A cada hora que passa o país, este país que um dia se chamou Portugal, caiu no abismo.
O endividamento a cada hora que passa é só de €2.500.000 à hora.
Algum carro, avião ou foguetão atinge tal velocidade?
Só o supositório do Sócrates!!!
O Governo está  perto de ultrapassar a dívida prevista para 2010, espanto!!!
E, o ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, disse hoje que é “absurdo” colocar em dúvida se o Governo vai ou não reduzir a despesa pública no próximo ano, garantindo que o Orçamento do Estado para 2011 será de “rigor e contenção da despesa do Estado”.
Quem acredita???
Já NINGUÈM NOS QUER EMPRESTAR DINHEIRO.
Quando não houver dinheiro para os vencimentos, reformas, hospitais e outros organismos então, o país acordará da letargia em que mergulhou graças ao discurso da treta do Sócrates e outros acéfalos.
A HISTÓRIA VOS JULGARÁ seus vigaristas políticos.
Cada vez há mais mansinhos por aí...ai, há, há!!!

Money, Money

A Portugal Telecom (PT) pagou 1.797.544 euros aos dois administradores executivos que cessaram funções em Março, “respeitante às remunerações até ao final dos respectivos mandatos e à compensação pelo pacto de não concorrência pago a um dos administradores”, refere o grupo no relatório do primeiro semestre deste ano.
Viva a república dos xicos «espertos»!!
Há cada vez mais mansos neste país!!

A Vigarice dos cursos

Vamos lá a perceber uma coisa tão simples: a vida de um jovem trabalhador agora que tanto se fala em «entradas» nas universidades, importa SABER o que se passa quando se ACABA um curso, se é que há dinheiro para acabar, claro!!!
Um jovem terminou o seu curso e ..... vai iniciar a sua vida de trabalho como professor.
Tiste sina.
Mas, em frente....
Sabem quanto vai receber???
Vai receber 8 euros por hora dos 15 que o Ministério paga a uma empresa que o contrata e coloca.
Volte a ler, por favor.
Leu??
E dizem os aldrabões que defendem o emprego digno, defendem a educação.
DEFENDEM NADA!!!
DEFENDEM OS TACHOS DELES MAIS NADA!!!
Claro que se esse jovem vier a faltar, mesmo que por motivos de doença, não recebe e, ainda vai ter de compensar a empresa no valor que deveria receber.
Isto é, o que tem de trabalhar lixa-se, todos nós somos "roubados" nos dinheiros dos nossos impostos e alguns ganham um "negócio da China".
Perceberam???
Já me disseram que a lei não permite este tipo de contratos, (parece que ainda só é permitido na América). Talvez.
Mas, que já se pratica por cá com o «memo» da Alçada ou, com o «desporto para o cérebro» é VERDADE!!!!
Hipócritas e LADRÕES!!!
Já houve a geração dos 500. Agora chegou a geração dos 8.
Onde é que isto vai parar??
Jovem, se és burro, acéfalo asinino inscreve-te no partido do poder.
Se tiveres sorte e, um «padrinho» vais ser um dia primeiro ministro de um país de coitos de coios indigentes e coxos mentais.

sexta-feira, setembro 17, 2010

Comemorar o quê?

Comemorar o quê?
Desculpe. 
É capaz de repetir, por favor?

Comunicação não oficial


By Henrique Monteiro daqui

Alguém entende?

Num momento em que o desemprego atinge valores históricos, o governo de um Sócrates devolve fundos de apoio ao desemprego.
Alguém entende?
Perto de 75 por cento, ou seja, 2,4 milhões, foram devolvidos.
A burocracia é a principal causa das perdas.
Em vez de andar sistematicamente a desmentir os valores do desemprego do Eurostat, seria preferível que o iluminado e polivalente Valter Lemos  TRABALHASSE no sentido de aproveitar os tais 75% que por inércia, inépcia e incompetência foram deitados fora.
Ignorantes é o que são!!
É esta «competência» que nos vais afundando no pântano do imobilismo.
Quem os chama à pedra?
NINGUÉM....
Impunes para o todo sempre!

quinta-feira, setembro 16, 2010

Que apoios??

Demorou a sair. Mas, lá saiu.
Finalmente, e já o ano lectivo tinha começado, surgiu a portaria (antes porcaria) que «anuncia os apoios escolares.
VERGONHA!!!
O Governo(??)  «anunciou» que fez um ajustamento relativamente à aquisição de manuais escolares, tendo em conta o aumento que os livros sofreram este ano.
Não foi relativamente à CRISE SOCIAL que os portugueses vivem, sublinhe-se!!!
E os portugueses ficaram à espera do anúncio.
Mas que anúncio??
O anúncio chegava por «despacho».
E, pasme-se com os ajustes!
Os ajustes anunciados vão desde os 30 cêntimos aos incríveis 1 euro e pouco.
Ou seja, um «ajuste» de 0,37%, é a percentagem do aumento da comparticipação dos manuais escolares.
A percentagem de aumento nos apoios aos mais pobres do sistema: os beneficiários do escalão máximo do abono de família.
Já os «cagalhães» mantêm-se gratuitos até ao 3.º escalão do abono de família e a 50 euros para todos os outros, do "Zé" ao Rui Pedro Soares e aos assessores do outro.
VERGONHOSO!!!!
Mais e mais água da pia para os incautos lerdos.

INCOMPETÊNCIA II

Mais e mais da INCOMPETÊNCIA!!!
Agora, neste vídeo, a mensagem está corrigida e anotada!!!
Já agora, não se esqueça da recomendação: NÃO TENTE COMENTAR ESTA MENSAGEM NA PÁGINA DO MINISTÉRIO ESSA HIPÓTESE NÃO ESTÁ CONTEMPLADA!!!!
Percebeu???

A INCOMPETÊNCIA

Esta é a corja de incompetentes que nos governa.
É esta a quem chamam ministra de educação de um país da Europa, seja no século XXI seja no tempo dos calhaus rolados???

O dia tem 24 horas?????
Aprenda senhora putativa escritora de livros para acéfalos!!!
Senhora putativa faça uma vez na vida, já que nunca o fez a considerar o que disse e, principalmente, as asneiras ditas nesta mensagem,  «desporto do cérebro», ou seja DEMITA-SE!!!
O que há a esperar de um país, em termos educacionais se, a própria ministra da educação tem este tipo de discurso asinino??
Que esperar????
Os incompetentes, ditadores e acéfalos  só sabem «mandar» quando escolhem para «seus» colaboradores seres ainda mais incompetentes e asininos que eles próprios.
VERGONHA DE PAÍS!!!
Não há um parlamento, um presidente da república que chame o dono do governo e lhe diga que esta senhora que, imagine-se é professora, NÃO SERVE PARA MINISTRA???
Já teria sido AVALIADA NA SUA ESCOLA???
Que avaliação obteve???
Quem a avaliou???
NEM PARA PROFESSORA SERVE!!!!
NINGUÉM TEM CORAGEM PARA A DEMITIR???
Que país é este???
Só vos falta mesmo a albarda.

Agrupamentos acusados de discriminar pais

A Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap) diz que as associações do básico estão a ficar fora dos conselhos pedagógicos.
A Confap está indignada com a forma como alguns dos novos mega agrupamentos de escolas estão a seleccionar os representantes dos encarregados de educação nos conselhos pedagógicos.
Acusa-os de favorecer as associações de pais de escolas secundárias em prejuízo das restantes.
Uma situação que poderá mesmo motivar o recurso aos tribunais.
Em nome da "adequação dos projectos educativos ao objectivo de uma escolaridade de 12 anos", o Governo avançou, já para este novo ano lectivo, com a criação de 84 "mega grupamentos", que resultam da agregação de cerca de 200 outros agrupamentos e escolas isoladas.
Estas novas unidades - que vão integrar até 3000 alunos, do pré- -escolar ao 12.º ano - passarão, por regra, a ter secundárias como escolas-sede, sendo as diferentes direcções substituídas por comissões administrativas provisórias (CAP) nomeadas pelas direcções regionais de Educação.
A esta estrutura cabe nomear, também a título provisório, os representantes dos pais em órgãos como o conselho pedagógico. E é aqui que surgem as queixas.
Segundo a Confap há casos de discriminação dos representantes de pais das escolas básicas 2.º, 3.º, e também de escolas com 1.º ciclo e pré-escolar, em benefício, sobretudo, das secundárias.
Uma situação que, põe em causa a defesa dos interesses dos alunos mais novos.
Na origem do problema está a articulação entre o regime de gestão escolar (D.-L.75/2008) e os despachos ministeriais que vieram regulamentar a agregação de escolas nos novos mega grupamentos que, segundo o Ministério da Educação não dá representatividade aos pais do 1.º ciclo e pré-escolar nos conselhos pedagógicos.
Para isso servem os mega agrupamentos, uma passadeira vermelha para os doutos «chefes» e a porta das traseiras para a serventia.
Eu quero, posso e mando - regime ditatorial, com toda a certeza!!!
Quem não concordar só tem uma saída: RUA - SANEADO - INADAPTADO PARA «SERVIR»!!!

A Igreja católica apostólica romana a..... nu

Na história da Igreja há Papas violadores, homossexuais, fetichistas, incestuosos e até zoofílicos.
São mais de 300 páginas com centenas de histórias pouco santas sobre a vida sexual dos Papas da Igreja Católica. O livro do jornalista peruano Eric Frattini, recém-chegado às livrarias portuguesas e editado pela Bertrand, percorre, ao longo dos séculos, a intimidade secreta de papas e antipapas, mas não pretende causar "escândalo". Apenas "promover uma reflexão sobre a necessária reforma da Igreja ao longo dos tempos".
O escritor admite, aliás, que alguns dos relatos possam ter sido inventados, nas diferentes épocas, por inimigos políticos dos sumos pontífices. Lendas ou verdades consumadas, no livro "Os Papas e o sexo" há de tudo. Desde Papas violadores e zoofílicos a Papas homossexuais e fetichistas, além de Santos Padres incestuosos, pedófilos ou sádicos, passando por Papas filhos de Papas e Papas filhos de padres.
Alguns morreram assassinados pelos maridos das amantes em pleno acto sexual. Outros foram depostos do cargo, julgados pelas suas bizarrias sexuais e banidos da história da Igreja. Outros morreram com sífilis, como o Papa Júlio II, eleito em 1503, que ficou na história por ter inventado o primeiro bordel gay de que há memória.
Bonifácio IX deixou 34 filhos, a que chamava, carinhosamente, de "adoráveis sobrinhos". Martinho V encomendava contos eróticos, que gostava de ler no recolhimento do seu quarto.
Paulo II era homossexual e Listo IV, que cometeu incesto com os sobrinhos, bissexual. Inocêncio VIII reconheceu todos os filhos que fez e levou-os para a Santa Sé. Um deles tornou-se violador. João XI (931-936) cometeu incesto com a própria mãe, violava fiéis e organizava orgias com rapazes.
Sérgio III teve o infortúnio de se apaixonar por mãe e filha e não esteve com meias medidas: rendeu-se à prática da ménage à trois. Bento V só esteve no Governo da Igreja 29 dias, por ter desonrado uma rapariga de 14 anos durante a confissão. Depois de ser considerado culpado, fugiu e levou boa parte do tesouro papal consigo.
João XIII era servido por um batalhão de virgens, desonrou a concubina do pai e uma sobrinha e comia em pratos de ouro enquanto assistia a danças de bailarinas orientais. Os bailes acabaram quando foi assassinado pelo marido de uma amante em pleno acto sexual. Silvestre II fez um pacto com o diabo. Era ateu convicto e praticava magia. Acabou envenenado.
Dâmaso I, que a Igreja canonizou, promovia homens no ciclo eclesiástico, sendo a moeda de troca poder dormir com as respectivas mulheres. Já o Papa Anastácio, que tinha escravas, teve um filho com uma nobre romana, que se viria a tornar no Papa Inocêncio I (famoso pelo seu séquito de raparigas jovens). Pai e filho acabaram canonizados.
Leão I era convidado para as orgias do Imperador, mas sempre se defendeu, dizendo que ficava só a assistir. Mesmo assim, engravidou uma rapariga de 14 anos, que mandou encerrar num convento para o resto da vida. Bento VIII morreu com sífilis e Bento IX era zoófilo. Urbano II criou uma lei que permitia aos padres terem amantes, desde que pagassem um imposto.
Alexandre III fazia sexo com as fiéis a troco de perdões e deixou 62 filhos. Foi expulso, mas a Igreja teve de lhe conceder uma pensão vitalícia, para poder sustentar a criançada.
Gregório I gostava de punir as mulheres pecadoras, despindo-as e dando-lhes açoites. Bonifácio VI rezava missas privadas só para mulheres e João XI violou, durante quatro dias, uma mãe e duas filhas. Ao mesmo tempo.
1. João Paulo II
Acusado de ter um filha secreta
Em 1995, o norte-americano Leon Hayblum escrevia um livro polémico, em que dizia ser pai da neta de João Paulo II. Durante a oupação nazi da Polónia, Wojtyla terá casado, secretamente, com uma judia. Do enlace nasceu uma rapariga, que o próprio pai entregou, com seis semanas, a um convento local. No seu pontificado especulou-se muito sobre as namoradas que teve antes do sacerdócio. O Papa admitiu algumas, mas garantiu nunca ter tido sexo. No Vaticano, fazia-se acompanhar por uma filósofa norte-americana, Anna Teresa Tymieniecka, com quem escreveu a sua maior obra filósofica. Acabaram zangados, supostamente por ciúmes.
2. Paulo VI
Homossexual?
Assim que chegou ao Vaticano, Paulo VI mostrou-se muito conservador em relação às matérias ligadas à sexualidade. Em 1976, indignado com as declarações homofóbicas de Paulo VI, um historiador e diplomata francês, Roger Peyrefitte, contou ao mundo que, afinal, o Papa era homossexual e manteve uma relação com um actor conhecido. O escândalo foi tremendo: Paulo VI negou tudo e o Vaticano chegou a pedir orações ao fiéis do mundo inteiro pelas injúrias proferidas contra o Papa. Paulo VI morreu em 1978, aos 81 anos, depois de 15 pontificado, vítima de um edema pulmonar causado, em boa parte parte, pelos dois maços de cigarros que fumava por dia.
3. Inocêncio X
Amante da cunhada
Eleito no conclave de 1644, Inocêncio X manteve uma relação com Olímpia Maidalchini, viúva do seu irmão mais velho – facto que lhe rendeu o escárnio das cortes da Europa. Inocêncio X não era, aliás, grande defensor do celibato. Olímpia exercia grande influência na Santa Sé e chegou a assinar decretos papais. A dada altura, o Papa apaixonou-se por outra nobre, Cornélia, o que enfureceu Olímpia. Mesmo assim, foi a cunhada quem lhe valeu na hora da morte e quem assegurou o funcionamento do Vaticano quando Inocêncio estava moribundo. Quando morreu, em 1655, Olímpia levou tudo o que pôde da Santa Sé para o seu palácio em Roma, com medo de que o novo Papa não a deixasse ficar com nada.
4. Leão X
Morreu de sífilis
Foi de maca para a própria coroação, por causa dos seus excessos sexuais. Depois de Júlio II ter morrido de sífilis, em 1513 chega a Papa Leão X, que gostava de organizar bailes, onde os convidados eram somente cardeais e onde jovens de ambos os sexos apareciam com a cara coberta e o corpo despido. O Papa gostava de rapazes novos, às vezes vestia-se de mulher e adorava álcool. “Quando foi eleito tinha dificuldade em sentar-se no trono, devido às graves úlceras anais de que sofria, após longos anos de sodomia”, escreve Frattini. Estes e outros excessos levaram Lutero a afixar as suas 95 teses – que lhe garantiram a excomunhão em 1521. Leão X morreu com sífilis aos 46 anos.
5. Alexandre VI
O Insaciável
Gostava de orgias e obrigou um jovem de 15 anos a ter sexo com ele sete vezes no espaço de uma hora, até o rapaz morrer de cansaço. Teve vários filhos, que nomeou cardeais. Assim que chegou ao Papado, em 1431, trocou a amante por uma mais nova, Giulia. Ela tinha 15 anos, ele 58. Foi Alexandre VI quem criou a célebre “Competição das Rameiras”. No concurso, o Papa oferecia um prémio em moedas de ouro ao participante que conseguisse ter o maior número de relações sexuais com prostitutas numa só noite. Depois de morrer, o Vaticano ordenou que o nome de Alexandre VI fosse banido da história da Igreja e os seus aposentos no Vaticano foram selados até meados do século XIX.
6. João XXIII
Violou irmãs e 300 freiras
Não aparece na lista oficial de Papas e acabou preso em 1415. O antipapa conseguia dinheiro a recomendar virgens de famílias abastadas a conventos importantes. Mas violava-as antes de irem. Tinha um séquito de 200 mulheres, muitas delas freiras. Criou um imposto especial para as prostitutasde Bolonha. Tinha sexo com duas das suas irmãs. Defendia-se, dizendo que não as penetrava na vagina e que por isso não cometia nenhum pecado. Foi julgado, acusado de 70 crimes de pirataria, assassinato, violação, sodomia e incesto. Entre outros factos, o tribunal deu como provado que o Papa teve sexo com 300 freiras e violou três das suas irmãs. Foi deposto do cargo e preso. Voltou ao Vaticano, anos mais tarde, como cardeal.
7. Bento IX
Sodomizava animais
Chegou a Papa em 1032 com 11 anos. Bissexual, sodomizava animais e foi acusado de feitiçaria, satanismo e violações. Invocava espíritos malignos e sacrificava virgens. Tinha um harém e praticava sexo com a irmã de 15 anos. Gostava, aliás, de a ver na cama com outros homens. “Gostava de a observar quando praticava sexo com até nove companheiros, enquanto abençoava a união”, escreve Eric Frattini. Convidava nobres, soldados e vagabundos para orgias. Dante Alighieri considerou que o pontificado de Bento IX foi a época em que o papado atingiu o nível mais baixo de degradação. Bento IX cansou-se de tanta missa e renunciou ao cargo para casar com uma prima – que o abandonaria mais tarde.
8. Clemente VI
Comprou bordel
Em 1342, com Clemente VI chega também à Igreja Joana de Nápoles, a sua amante favorita. O Papa comprou um “bordel respeitável” só para os membros da cúria – um negócio, segundo os documentos da época, feito “por bem de Nosso Senhor Jesus Cristo”. Tornou-se proxeneta das prostitutas de Avinhão (a quem cobrava um imposto especial) e teve a ideia de conceder, duas vezes por semana, audiências exclusivamente a mulheres. Recebia as amantes numa sala a poucos metros dos espaços em que os verdugos da Inquisição faziam o seu trabalho. No seu funeral, em Avinhão, foi distribuído um panfleto em que o diabo em pessoa agradecia ao Papa Clemente VI porque, com o seu mau exemplo, “povoara o inferno de almas”.
9. Xisto III
Violou freira e foi canonizado
Obcecado por mulheres mais novas, foi acusado de violar uma freira numa visita a um convento próximo de Roma. Enquanto orava na capela, o Papa, eleito em 432, pediu assistência a duas noviças. Violou uma, mas a segunda escapou e denunciou-o. Em tribunal, Xisto III defendeu-se, recordando a história bíblica da mulher que foi apanhada em adultério. Perante isso, os altos membros eclesiásticos reunidos para condenar o Papa-violador não se atreveram a “atirar a primeira pedra” e o assunto foi encerrado. Xisto III foi, aliás, canonizado depois de morrer. Seguiu-se-lhe Leão I, que também gostava de mulheres mais novas e que mandou encarcerar uma rapariga de 14 anos num convento, depois de a engravidar.
10. João XII
Morto pelo marido da amante
Nos conventos rezava-se para que morresse. João XII era bissexual e obrigava jovens a ter sexo à frente de toda a gente. Gozava ao ver cães e burros atacar jovens prostitutas. Organizou um bordel e cometeu incesto com a meia-irmã de 14 anos. Raptava peregrinas no caminho para lugares sagrados e ordenou um bispo num estábulo. Quando um cardeal o recriminou, mandou-o castrar. Um grupo de prelados italianos, alemães e franceses julgaram-no por sodomia com a própria mãe e por ter um pacto com o diabo para ser seu representante na Terra. Foi considerado culpado de incesto e adultério e deposto do cargo, em 964. Foi assassinado – esfaqueado e à martelada – em pleno acto sexual pelo marido de uma das suas várias amantes.
A história e as estórias de uma igreja também ela pecadora.

quarta-feira, setembro 15, 2010

O chefe de mesa

Com a abertura do ano lectivo «sucedem-se», por este país que vai indo, cantando e rindo, as «solenes» sessões solenes de «apresentação» de nada e coisa nenhuma.
Elas são as reuniões para receber os colegas, «chamam-lhe» integração; são os «encontros» dos desencontros de professores; são os pedagógicos onde os «chefinhos» papagueiam o discurso oficial para que a «escolinha» não seja «investigada»; são os cumprimentos, bajulações, salamaleques que o tempo é de subserviência e submissão.
Quem refila RUA!!!
São rituais de baptismo, nas pias «sacras» de súbditos e NÃO DE CIDADÃOS!!!
Qualquer semelhança entre o que se vai promovendo, através da fantasia mil vezes ensaiada, em discursos bacocos e parolos, de um provincianismo pedante, eleitoralista e, as sevícias que se cometem nas praxes académicas são tão só, o mesmo.
O poder do quero, posso e mando do «douto» sobre o «caloiro»!!!
Mas, se as procissões ao senhor das almas pedantes se faz com muito incenso que dizer da promoção de uma escola privada, sim a câmara da Guarda só detém um valor residual no património da ENSIGUARDA, com patrocínio de um almoço a alunos e professores e restantes convidados, no Hotel Turismo da Guarda.
Valor residual que, tem os «seus» interesses directos e indirectos.
Dá de comer à paróquia, ora bem!!!
Imagine-se e pasme-se, no Hotel Turismo da Guarda «vendido» aos amigos Patrão-Sócrates  e agora também ao Pedreira.
Qual a razão da realização de um tal almoço, no Hotel Turismo da Guarda, para alunos, funcionários da Ensiguarda e vereadores da câmara?
Quem pagou tal banquete?
A crer na ementa, arroz de pato, algum pato abriu os cordões à bolsa.
Quem???
Não será difícil a resposta. Os mesmos de sempre claro!!!
A avaliar pela quantidade de discursos também não será difícil descobrir.
Mas, vamos saber e, depois diremos.
Acrescentar que nenhum aluno, pelo menos os alunos, não pagaram.
Quem pagou tamanha festança??
Dinheiro para justas indemnizações aos trabalhadores INJUSTAMENTE DESPEDIDOS do Hotel Turismo, não há.
Pois!!!
Já agora, qual a razão porque não realizam almoços para TODAS as escolas do concelho?
Só algumas merecem??
E as outras???
As outras, são as «tais» públicas que este Ps tanto faz crer, que quer defender??
HIPÓCRITAS!!!

Ser LIVRE

«É mais difícil ser livre do que puxar a uma carroça.
Isto é tão evidente que receio ofender-vos.
Porque puxar uma carroça é ser puxado por ela pela razão de haver ordens para puxar, ou haver carroça para ser puxada. Ou ser mesmo um passatempo passar o tempo puxando.
Mas ser livre é inventar a razão de tudo sem haver absolutamente razão nenhuma para nada.
É ser senhor total de si quando se é senhoreado.
É darmo-nos inteiramente sem nos darmos absolutamente nada.
É ser-se o mesmo, sendo-se outro.
É ser-se sem se ser.
Assim, pois, tudo é complicado outra vez.
É mesmo possível que sofra aqui e ali de um pouco de engasgamento.
Mas só a estupidez se não engasga, ó meritíssimos, na sua forma de ser quadrúpede, como vós o deveis saber.»

Vergílio Ferreira, in 'Nítido Nulo'.
Sei que nem sempre fiz o que me apeteceu, mas ainda assim sou livre.
Sei, isso sei, que sempre fiz o que os outros não queriam que eu fizesse.
Gosto de ser livre.
Embirro com os que gostam de ditar caminhos.
Não sou de caminhar pelos caminhos dos outros.
Quero sempre ir pelos caminhos que eu escolher.
Só por esses.
Se cair, levanto-me.
Podeis crer!!
Hei-de chegar, mas chegarei.
Só os que chegaram - à liberdade - e às vezes a sentem, perigar, gritarão sempre, convictamente, decididamente: viva a liberdade!, liberdade ou morte!

Um cidadão merece dignidade

Há 1200 doentes portugueses à espera de uma vaga para internamento da rede nacional de cuidados continuados integrados neste momento.
Os recursos, sejam eles camas, unidades e pessoas formadas, têm crescido desde que o programa começou em 2006, mas os objectivos em termos de camas disponíveis estão abaixo de 50% do previsto para 2013 e, no caso dos cuidados paliativos, estão em 30%.
Assim vai o dito apoio social, aos mais carenciados, neste país de tamanhas desigualdades.
Nem nos cuidados, aos mais frágeis este governo se preocupa.
Haja respeito e que se dê dignidade a TODOS e não só a uns quantos.
VERGONHOSO!!!

terça-feira, setembro 14, 2010

Socretino Mystery Mother

Leio isto e fico perplexo.....
Que diz a tudo isto o Ministério Público???
Retirado daqui, com a devida vénia mas, não posso, não devo FICAR INDIFERENTE E MUITO MENOS CALADO.
«A mamã Adelaide e a misteriosa pensão superior a 3000 euros
Divorciada nos anos 60 de Fernando Pinto de Sousa, “viveu modestamente em Cascais como empregada doméstica, tricotando botinhas e cachecóis…”.(24 H)
Admitamos que, na sequência do divórcio ficou com o chalé (r/c e 1º andar).
Admitamos ainda, que em 1998, altura em que comprou o apartamento na Rua Braamcamp, o fez com o produto da venda da vivenda referida, feita nesse mesmo ano.
Neste mesmo ano, declarou às Finanças um rendimento anual inferior a 250 €.(CM), o que pressupõe não ter qualquer pensão de valor superior, nem da Segurança Social nem da CGA.
Entretanto morre o pai (Júlio Araújo Monteiro) que lhe deixa “uma pequena fortuna, de cujos rendimentos em parte vive hoje” (24H).
Por que neste momento, aufere do Instituto Financeiro da Segurança Social (organismo público que faz a gestão do orçamento da Segurança Social) uma pensão superior a 3.000 € (CM), seria lícito deduzir – caso não tivesse tido outro emprego a partir dos 65 anos – que , considerando a idade normal para a pensão de 65 anos, a mesma lhe teria sido concedida em 1996 (1931+ 65).
Só que, por que em 1998 a dita pensão não consta dos seus rendimentos, forçoso será considerar que a partir desse mesmo ano, 1998 desempenhou um lugar que lhe acabou por garantir uma pensão de (vamos por baixo): 3.000 €.
Abstraindo a aplicação da esdrúxula forma de cálculo actual, a pensão teria sido calculada sobre os 10 melhores anos de 15 anos de contribuições, com um valor de 2% /ano e uma taxa global de pensão de 80%.
Por que a “pequena fortuna “ não conta para a pensão; por que o I.F.S.S. não funciona como entidade bancária que, paga dividendos face a investimentos ali feitos (depósitos); por que em 1998 o seu rendimento foi de 250 €; para poder usufruir em 2008 uma pensão de 3.000 €, será por que (ainda que considerando que já descontava para a Segurança Social como empregada doméstica e perfez os 15 anos para poder ter direito a pensão), durante o período (pós 1998), nos ditos melhores 10 anos, a remuneração mensal foi tal, que deu uma média de 3.750 €/mês para efeitos do cálculo da pensão final. (3.750 x 80% = 3.000).
Ora, como uma pensão de 3.000 €, não se identifica com os “rendimentos “ provenientes da pequena fortuna do pai, a senhora tem uma pensão acrescida de outros rendimentos.
Como em nenhum dos jornais se fala em habilitações que a senhora tenha adquirido, que lhe permitisse ultrapassar o tal serviço doméstico remunerado, parece poder depreender-se que as habilitações que tinha nos anos 60 eram as mesmas que tinha quando ocupou o tal lugar que lhe rendeu os ditos 3.750 €/mês.
Pode-se saber qual foram as funções desempenhadas que lhe permitiram poder receber tal pensão?
E há mais…
A Adelaide comprou um apartamento na Rua Braamcamp, em Lisboa, a uma sociedade off-shore com sede nas Ilhas Virgens Britânicas, apurou o Correio da Manhã.
Em Novembro de 1998, nove meses depois de José Sócrates se ter mudado para o terceiro andar do prédio Heron Castilho, a mãe do primeiro-ministro adquiria o quarto piso, letra E, com um valor tributável de 44.923.000 escudos – cerca de 224 mil euros –, sem recurso a qualquer empréstimo bancário e auferindo um rendimento anual declarado nas Finanças que foi inferior a 250 euros (50 contos).
Ora vejam lá como a senhora deve ter sido poupadinha durante toda a vida.
Com um rendimento anual de 50 contos, que nem dá para comprar um mínimo de alimentação mensal, ainda conseguiu juntar 224.000 euros para comprar um apartamento de luxo, não em Oeiras ou Almada, na Picheleira ou no Bairro Santos, mas no fabuloso edifício Heron, no nº40, da rua Braamcamp, a escassos metros do Marquês de Pombal consideradas mais nobres e caras zonas de Lisboa.
Notável exemplo de vida espartana que permitiu juntar uns dinheiritos largos para comprar casa no inverno da velhice.
Vocês lembram-se daquela ideia genial do Teixeira dos Santos, que queria que pagássemos imposto se déssemos 500 euros aos filhos?
Quem terá ajudado, com algum cacau, para que uma cidadã, que declarou às Finanças um RENDIMENTO ANUAL de 50 contos, pudesse pagar A PRONTO, a uma sociedade OFFSHORE, os tais 224.000 euros ?»
Não se investiga???
Onde anda o Ministério Público???