terça-feira, agosto 31, 2010

Só cá faltava este!!!

Soares, o Mário, pede entendimento entre PS e PSD!!! [Aqui]
Num artigo que escreveu para um jornal diário, o paizinho dos «xuxas» vem apelar a um entendimento entre Sócrates e Coelho.
Para Soares há momentos em que o interesse nacional deve ser posto acima de tudo e a aprovação do Orçamento é um deles.
Claro, e depois como era com a fundação Mário Soares???
E, as benesses vitalícias de Soares & Família??
Muito em breve, o CP vai iniciar a publicação de alguns excertos do famoso livro Contos Proibidos - Memórias de Um PS Desconhecido de Rui Mateus (ex-companheiro de partido de Mário Soares).
O livro Contos Proibidos - Memórias de Um PS Desconhecido de Rui Mateus é um dos vários livros banidos e censurados pela actual democracia «representativa».
Publicado há onze anos atrás, esgotou rapidamente graças à polémica que o envolveu – e diz-se que também devido a ter sido retirado de circulação.
Teve sempre muita procura mas a sua editora, Dom Quixote, afirma que não o reedita.
Lá saberá o porquê!!!
Quem não sabe porque é que este livro está banido, nada melhor do que começar por ler a série de crónicas sugestivamente intituladas O Polvo, publicadas entre Setembro e Outubro de 2005 na revista Grande Reportagem e escritas pelo na altura seu director, o jornalista Joaquim Vieira.
Aliás, Vieira foi despedido da direcção dessa revista por ter publicado essas crónicas e, segundo a jornalista Felícia Cabrita, «por ter permitido a publicação de escutas do processo Casa Pia que envolviam dirigentes do PS».
Para aperitivo aqui fica a crónica, «O POLVO»
O Polvo não é só Ferreira Torres, Isaltino, Valentim ou Felgueiras.
Há muito mais!!!
Além da brigada do reumático que é agora a sua comissão, outra faceta distingue esta candidatura de Mário Soares a Belém das anteriores: surge após a edição de Contos ProibidosMemórias de Um PS Desconhecido, do seu ex-companheiro de partido Rui Mateus.
O livro, que noutra democracia europeia daria escândalo e inquérito judicial, veio a público nos últimos meses do segundo mandato presidencial de Soares e foi ignorado pelos poderes da República.
Em síntese, que diz Mateus?
Que, após ganhar as primeiras presidenciais, em 1986, Soares fundou com alguns amigos políticos um grupo empresarial destinado a usar os fundos financeiros remanescentes da campanha.
Que a esse grupo competia canalizar apoios monetários antes dirigidos ao PS, tanto mais que Soares detestava quem lhe sucedeu no partido, Vítor Constâncio (um anti-soarista), e procurava uma dócil alternativa a essa liderança.
Que um dos objectivos da recolha de dinheiros era financiar a reeleição de Soares.
Que, não podendo presidir ao grupo por razões óbvias, Soares colocou os amigos como testas-de-ferro, embora reunisse amiúde com eles para orientar a estratégia das empresas, tanto em Belém como nas suas residências particulares.
Que, no exercício do seu «magistério de influência» (palavras suas, noutro contexto), convocou alguns magnatas internacionais – Rupert Murdoch, Silvio Berlusconi, Robert Maxwell e Stanley Ho – para o visitarem na Presidência da República e se associarem ao grupo, a troco de avultadas quantias que pagariam para facilitação dos seus investimentos em Portugal.
Tudo bons rapazes, um  Murdoch, um Berlusconi com amigos destes quem se mete???
Mais tarde surgiria a EMAUDIO, audiovisuais.
Note-se que o «Presidente de todos os portugueses» não convidou os empresários a investir na economia nacional, mas apenas no seu grupo, apesar de os contribuintes suportarem despesas da estada.
E que foi feito dos negócios do Presidente Soares?
Pela relevância do tema, ficará para próximo desenvolvimento.
Brevemente os próximos capítulos.
ATENÇÃO: Todos os links para páginas com referência ao livro são BANIDOS DA NET!!!
Quem sabe se não nos vão calar??
Quem sabe??
NUNCA O CONSEGUIRAM SEUS PIDESCOS DE AVIÁRIO!!!

Dívidas & Devedores

A Câmara da Guarda vai ter que recorrer à Banca para assumir a sua parte do défice da sociedade Polis. 
Segundo se sabe, a «sociedade» foi dissolvida com um passivo de cerca de 2,6 milhões de euros.
Só que dissolveu-se mas.....prestar contas NADA!!!
E, já lá vão 10 anos desde o «seu» início!!!
Do acordo com o Estado, detentor de 60 por cento do capital social da entidade criada em 2000, a câmara da Guarda terá de pagar a parte que lhe diz respeito.
De acordo com o documento(??), o município terá que liquidar cerca de de um milhão de euros, em virtude de ser responsável por 40 por cento da sociedade, tendo revertido para a Câmara o bloco habitacional do Rio Diz, avaliado em cerca de 860 mil euros.
Assim, foi aprovada a primeira revisão às Grandes Opções do Plano e ao Orçamento do ano de 2010, que contempla um aumento da despesa de cerca de 2,5 milhões de euros, «cujo maior valor é para pagar o défice do Polis».
Mas, a revisão contempla, de igual modo, a contracção de um empréstimo de longo prazo no valor de de 1,7 milhões de euros.
Mais um!!!
E vão muitos.....
Importa recordar que o projecto inicial do POLIS tinha um orçamento de 30 milhões de euros que desapareceram sem que as obras «faraónicas» tenham sido construídas.
Se é que alguma vez alguém pensou construí-las.......
Onde estão, por exemplo, obras anunciadas como o mono carril, o túnel da Igreja da Misericórdia até à Sé, o Museu da Água, o Jardim da Ciência, o lago com gaivotas ou o Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental???
Alguém as conhece?
Mas, se de obras nem vê-las......de derrapagem, isso sim, houve muito!!
Um passivo de 2,6 milhões de euros!!!!
Só!!!
Só em eventos, comunicação e publicidade, do que este executivo tanto gosta, para se vangloriar, gastaram-se, pasme-se, cerca de 800 mil euros!!!!
Depois, porque são maus pagadores esbanjaram só em juros de mora a fornecedores 912 mil euros!!!
A isto se chama ESCANDALEIRA FINANCEIRA!!!
Esbanjar tudo o que têm e principalmente o que não têm!!
Alguém, no futuro vai ter que pagar este despesismo de acéfalos e coxos mentais!!!
Justificar os gastos com obra feita é no mínimo ter uma visão minimalista da situação.
Queriam ter gasto o dinheiro e não haver obra??
Ainda seria bem pior.
Quem lhes mandou ter mais olhos que barriga???
Fazer um Parque Urbano de dimensão gigantesca sem saber que uma coisa são os custos da realização e outros, bem expectáveis, são os custos, onerosos, da sua manutenção.
De facto a cidade tem dois(??) parques.
Só que ambos degradados e ao abandono.
Se é que o parque da cidade já não é mais do que uma área de arrumação, de despejo e de «call center»!!!
Soubessem ter projectado com saber e calculado com rigor os custos de manutenção e, hoje não haveria necessidade de aumentar, colossalmente, a dívida da câmara.
De dívidas e endividamentos contínuos, da delapidação e degradação do património se constrói a FALÊNCIA TOTAL.
Esperar para ver!!!

segunda-feira, agosto 30, 2010

Os apoios ao chefe

Eles chegam de todo o lado.
Aqui fica a publicidade ao autocarro gratuito, com direito a passeio e almoço em S. Pedro do Sul
Depois, visita a Viseu e lanche no Fontelo.
E, pelas 20h 30min chegada a Mangualde para o comício com o grande chefe.
Está aqui tudo.
Só consultar.
Chamaram-lhe «rentrée Ps - Viseu 2010, Mangualde».
Isto de ser Viseu 2010 e depois realizar-se em Mangualde terá alguma coisa a ver com olimpíadas, mundial ou saltos para a piscina?
Mais bilhar de bolso....ou jogo da sueca!!!
A ida a S. Pedro de Sul terá alguma coisa a ver com os incêndios?
Será para lembrar que há promessas por pagar?

A virgem em casa de alterne

Este Paulo Portas (PP), cada vez mais, se assemelha a uma virgem em casa de alterne.
No seu regresso de banhos, da praia dos tomates, PP parece uma virgem sem passado, nas ruas de má fama.
Toda a gente lhe conhece a lábia de virgem ofendida.
Como sempre, este PP fala de tudo. Conhece TUDO. Uma verdadeira rameira à porta da casa com loureiro, à espera dos clientes que hoje o preço é reduzido. 
Soluções para todos os males nas pomadas da banha da cobra vendidas ao cêntimo pelo charlatão do costume.
Atente-se na última proposta do PP: "uma empresa que contrate um desempregado receba a verba que este auferiria se continuasse sem trabalho".
Claro PP e, depois, despedem-se por sms!!!
Se a «proposta» do PP vai ter «acolhimento» no gémeo, então é que vai ser um "vê se te avias" de despedimentos para voltarem a contratar logo de seguida.
Só faltava mesmo o Estado pagar também os salários aos trabalhadores dos "call-centers" ou às meninas da caixa do Belmiro.
É só mandarem-nos para o despedimento.
Depois readmiti-las e o Estado estar a pagar aos parasitas dos patrões os subsídios de desemprego.
Vergonha de proposta.
Se todas as outras que diz ter estudado, na praia dos tomates, forem iguais a esta, grande descanso teve este PP com os tomateiros!!!!
Cuidem-se.
Abriu a gaiola da asneirada......
Quanto à proposta dos «apanhados em flagrante delito» nada mais a acrescentar.
Responda o caso dos submarinos, dos sobreiros e das armas vendidas aos americanos.
Mas, com processos claros...nada de alternes, nem chunga.

Ao que isto chegou....despedir por sms!!!

Que se utilizem as novas tecnologias para mais fácil se chegar ao conhecimento.
Que as novas tecnologias aproximem, cada vez mais, melhor e a menores custos, as pessoas.
O que já não se entende é que se façam consultas médicas, ditas de «consolidação» pela net.
E, pior é que se despeçam trabalhadores por um simples sms.
Isto é o cúmulo da hipocrisia e da libertinagem.
Não há coragem para falar com as pessoas?
Os trabalhadores não são máquinas, muito menos números.
São seres humanos que vendem mal e porcamente a sua riqueza: o trabalho.
Os trabalhadores são seres com sentimentos.
Por sms???
Haja vergonha.
Só neste país onde os empresários são uns parasitas que, sempre viveram à custa do que lhes davam a ganhar nas benesses do Estado.
Onde é que isto já chegou??
Alterem todas as leis que quiserem para escravizar, explorarem quem trabalha.
Mas, lembrem-se se, um dia, se a força de trabalho parar, o capitalismo rebenta.
Quem vai possibilitar o aumento da riqueza, sem o qual o endeusado capitalismo triunfa?
Quem construiu a Tebas de sete portas?
Nos livros estão nomes de reis.
Arrastaram eles os blocos de pedra?
E a Babilónia várias vezes destruída.
Quem a reconstruiu tanta vezes?
Em que casas da Lima dourada moravam os construtores?
Para onde foram os pedreiros, na noite em que a Muralha da China ficou pronta?
A grande Roma está cheia de arcos do triunfo. Quem os ergueu?
Sobre quem triunfaram os Césares?
A decantada Bizâncio tinha somente palácios para os seus habitantes?
Mesmo na lendária Atlântida os que se afogavam gritaram pelos seus escravos, na noite em que o mar a fez desaparecer.
O jovem Alexandre conquistou a Índia.
Sozinho?
César bateu os gauleses.
Não levava sequer um cozinheiro?
Filipe da Espanha chorou, quando a sua Armada naufragou. Ninguém mais chorou?
Frederico II venceu a Guerra dos Sete Anos.
Quem venceu além dele?
Cada página uma vitória.
Quem cozinhava o banquete?
A cada dez anos um grande Homem.
Quem pagava a conta?
Tantas histórias.
Tantas questões.
PERGUNTAS DE UM TRABALHADOR QUE LÊ - Bertold Brecht

O infortúnio dos que nada têm

Quer seja no Paquistão, em Cabul ou noutra qualquer zona do mundo os que nada têm mais fustigados são pelas calamidades, sejam elas provocadas pelos senhores da guerra, sejam resultado de catástrofes «ditas» naturais.


Que miserável mundo!!!

O sucessor

Ainda o reizinho não morreu mas já se sucedem as «corridas» e , principalmente, as lutas na corte!!
É sempre assim.
O reizinho ainda não deu o último suspiro e já o séquito dos potenciais sucessores se sucedem.
Pior, quando o reizinho não deixa testamento!!!
Não deixa mas previne-se...não vá haver uns quntos que queiram abrir as arcas encouradas.
Seria, deveras, perigoso!!!
No Ps de Sócrates não se foge à regra.
Os socratinos querem segurar os tachos.
Vai daí apostam numa candidatura do «ilhéu» Carlos César.
Sabe-se do seu apego às bainhas do Sócrates!!!
Logo, homem para não levantar questiúnculas para divertir a populaça.
E, por outro lado, Sócrates precavia-se da «entrada» de sempre imprevisível Tó Seguro.
Tó Seguro, que está praticamente "na rua" seria a última coisa que Sócrates desejaria para líder do Ps, dado que, é bom recordar, Tó é um velho "inimigo íntimo".
Quanto a César tem a seu «favor» os 14 anos consecutivos à frente do governo regional dos Açores.
Grande ditadura!!!
Pouco falta para «bater» o outro régulo, o Jardim ou, quiçá, o próprio Salazar!!!
Ainda lá vai chegar!!!
Isto tudo são apenas cenários de um livro de suspense que por aí corre, no cinema da vida deste triste país.
Mas, se convencer César será difícil, dado que as ilhas são garantia de um futuro mais «seguro», difícil também parece estar em convencer o outro Carlos, o Costa do Castelo, que também já terá dito que não lhe interessa a sucessão!!!
Quem ainda não abriu a válvula da trotineta foi o Xico, Assis, o tal pára-quedista  eleito pela Guarda, à câmara dos deputados da AR (Assembleia da República)!!!
Assis deve andar mais «preocupado» com o encerramento da Delphi? Com os incêndios e os 150 000 empregos, mas para as cabras!!! Alguém ouviu o Assis falar destes ou doutros assuntos do distrito? Onde pára o Assis? E já agora, a «nora» da ex governadora civil Maria do Carmo, substituta deputada e já assumida, alguém a ouviu falar de alguma coisa???
Estes deputados que só querem amealhar o seu pecúlio para a reforma dourada, merecem que se lhes pergunte o que por lá andam a fazer???
Esbanjar dinheiro!!!
Mas, votem neles...é votar que eles agradecem e ainda vos chamam burros!!!
O Tó Seguro vai aos incêndios.........APARECE, eheheheh!!!
A deslocação de Seguro, na época mais dura dos incêndios, ao Gerês, à frente de uma delegação de deputados do PS de Braga, irritou de sobremaneira o "status quo" socrático.
Seguro foi às zonas ardidas de Braga três dias depois da visita de Sócrates e Cavaco ao centro de operações e antecipou-se ao líder da oposição, Passos Coelho, que só se deslocou às áreas ardidas a 19 de Agosto.
Tó Seguro terá mesmo dito que "Temos é que iniciar o mais rápido possível a estratégia de prevenção. Até porque é mais barata que a do combate aos incêndios".
Só que a direcção do Ps não gostou.
Pois.....
Percebido!!!!

domingo, agosto 29, 2010

Fim de férias


O casal Silva voltou de férias.
Depois de terem estado «a banhos» na praia dos tomates, regressaram à capital do reino!!
Voltaram e, desde logo, o «senhor Silva» iniciou a sua campanha eleitoral em prol da reeleição do lugar de presidente da colectivade do «pastel de bacalhau».
Apelou à reconciliação entre o bacalhau e a salsa, de forma a que com toda serenidade a Mariazinha inicie a feitura das tão célebres pataniscas.
Com calma, que não há revisão da receita do bacalhau;
Com calma que não vai haver crise para fritar os pastéis, o orçamento vai permitir que o óleo rançoso continue na cozinha.
Isto diz o Sr. Silva hoje, porque há um mês, o homem "que raramente se engana e nunca tem dúvidas" dizia que a situação da dispensa era insustentável.
Mas, isso era há um mês.
Agora, é só calma que a colectividade espera por ele.
A colectividade dos rançosos comensais!!!

Mais uma golpada

ISTO AINDA VAI ACABAR POR PROVOCAR UMA REVOLUÇÃO E O PIOR É QUE EM VEZ DE SER UM 25 DE ABRIL SÓ PODE VIR A SER UM 28 DE MAIO.

Mais uma golpada - Jorge Viegas Vasconcelos despediu-se da ERSE

É uma golpada com muita classe, e os golpeados somos nós....
Era uma vez um senhor chamado Jorge Viegas Vasconcelos, que era presidente de uma coisa chamada ERSE, ou seja, Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, organismo que praticamente ninguém conhece e, dos que conhecem, poucos devem saber para o que serve.
Mas o que sabemos é que o senhor Vasconcelos pediu a demissão do seu cargo porque, segundo consta, queria que os aumentos da electricidade ainda fossem maiores. Ora, quando alguém se demite do seu emprego, fá-lo por sua conta e risco, não lhe sendo devidos, pela entidade empregadora, quaisquer reparos, subsídios ou outros quaisquer benefícios.
Porém, com o senhor Vasconcelos não foi assim. Na verdade, ele vai para casa com 12 mil euros por mês - ou seja, 2.400 contos - durante o máximo de dois anos, até encontrar um novo emprego.
Aqui, quem me ouve ou lê pergunta, ligeiramente confuso ou perplexo: «Mas você não disse que o senhor Vasconcelos se despediu?».
E eu respondo: «Pois disse. Ele demitiu-se, isto é, despediu-se por vontade própria!».
E você volta a questionar-me: «Então, porque fica o homem a receber os tais 2.400contos por mês, durante dois anos? Qual é, neste país, o trabalhador que se despede e fica a receber seja o que for?».
Se fizermos esta pergunta ao ministério da Economia, ele responderá, como já respondeu, que «o regime aplicado aos membros do conselho de administração da ERSE foi aprovado pela própria ERSE». E que, «de acordo com artigo 28 dos Estatutos da ERSE, os membros do conselho de administração estão sujeitos ao estatuto do gestor público em tudo o que não resultar desses estatutos».
Ou seja: sempre que os estatutos da ERSE forem mais vantajosos para os seus gestores, o estatuto de gestor público não se aplica.
Dizendo ainda melhor: o senhor Vasconcelos (que era presidente da ERSE desde a sua fundação) e os seus amigos do conselho de administração, apesar de terem o estatuto de gestores públicos, criaram um esquema ainda mais vantajoso para si próprios, como seja, por exemplo, ficarem com um ordenado milionário quando resolverem demitir-se dos seus cargos. Com a benção avalizadora, é claro, dos nossos excelsos governantes.
Trata-se, obviamente, de um escândalo, de uma imoralidade sem limites, de uma afronta a milhões de portugueses que sobrevivem com ordenados
baixíssimos e subsídios de desemprego miseráveis. Trata-se, em suma, de um desenfreado, e abusivo desavergonhado abocanhar do erário público. Mas, voltemos à nossa história.
O senhor Vasconcelos recebia 18 mil euros mensais, mais subsídio de férias, subsídio de Natal e ajudas de custo. 18 mil euros seriam mais de 3.600 contos, ou seja, mais de 120 contos por dia, sem incluir os subsídios de férias e Natal e ajudas de custo.
Aqui, uma pergunta se impõe: Afinal, o que é - e para que serve - a ERSE? A missão da ERSE consiste em fazer cumprir as disposições legislativas para o sector energético.
E pergunta você, que não é burro: «Mas para fazer cumprir a lei não bastam os governos, os tribunais, a polícia, etc.?». Parece que não.
A coisa funciona assim: após receber uma reclamação, a ERSE intervém através da mediação e da tentativa de conciliação das partes envolvidas. Antes, o consumidor tem de reclamar junto do prestador de serviço. Ou seja, a ERSE não serve para nada. Ou serve apenas para gastar somas astronómicas com os seus administradores. Aliás, antes da questão dos aumentos da electricidade, quem é que sabia que existia uma coisa chamada ERSE? Até quando o povo português, cumprindo o seu papel de pachorrento bovino, aguentará tão pesada canga? E tão descarado gozo? Politicas à parte estou em crer que perante esta e outras, só falta mesmo manifestarmos a nossa total indignação.
(recebido por mail, devidamente identificado. O «chunga» é que está identificado, obviamente!!!)

Diz-me com quem andas......

Cavaco é «cavaleiro» da ordem de Piana e o Sócretes, «cavaleiro» da ordem de S. Gregório!!!
Tanto cavalo!!!
Bem a cavalo dado, não se olha ao dente......só à palha!!!
Este Ratzinguer é mesmo rato do Hitler!!!

sexta-feira, agosto 27, 2010

Também foi proposta de um governo Ps

Notícia do «Jornal de Negócios»: Cabras-bombeiro. Portugal e Espanha lançam projecto de 50 milhões para limpar florestas. 150.000 cabras-bombeiro vão andar a pastar em Portugal e Espanha. O projecto, de 50 milhões de euros, visa prevenir os incêndios (...).
Finalmente cumpre-se a promessa eleitoral, antiga, de criação de 150 mil novos postos de trabalho.
Quem não se lembra que antes das cabras bombeiras um outro governo socialista já se tinha distinguido em matéria de inovação no combate aos incêndios.
Quem se pode esquecer do ministro que um dia anunciou a solução para os fogos florestais com a distribuição de telemóveis aos pastores?

Não à Guerra

A tão portuguesa cunha

A partir de hoje, a contratação de trabalhadores a termo para os serviços públicos será mais simples!!!
Em vez de os candidatos passarem por uma prova de conhecimentos, avaliação psicológica e, em alguns casos, entrevista, e desde que o dirigente máximo do serviço assim o entenda, bastará fazer a avaliação do currículo e decidir qual o candidato que melhor se adequa ao lugar.
Ou seja, está instalado, se é que o «expediente» já não funcionava de outra forma, a célebre e tão portuguesa cunha quer ela seja na forma de favor, benesse ou simplesmente de interesse político eleitoralista.
É o caciquismo na sua melhor e mais natural forma.
A medida está prevista na proposta de alteração da portaria que regulamenta os concursos de acesso à função pública que o Governo Ps enviou aos sindicatos.
O objectivo desta mudança, diz o Executivo, é encurtar a duração dos concursos, que, em alguns casos, ainda demoram entre nove meses e um ano.
Acelerar os processo??
Pois então quem tem culpa da morosidade da contratação?
Não são de certeza os candidatos ao lugar, pois não???
Tenham vergonha!!!
Acham que todos são burros??
O diploma prevê que nos concursos para preencher lugares do quadro e destinados exclusivamente a pessoal de dentro da administração pública, os candidatos não precisam de passar pelos testes psicológicos nem pela entrevista de avaliação de competências, bastando apenas que prestem provas de conhecimentos ou que passem pela avaliação curricular.
Isto é música para muitos caciques locais e nacionais.
Ora vamos lá ver quantos «novos» filiados se vão fazer por esse país fora.
Viva a democracia da boa pança!!!

Agora sim......

A polícia brasileira «entregou» o processo do Duarte Lima ao governo português!!!
Agora, é que a polícia brasileira vai saber o que é a «acção» de um governo português!!!
Assim sendo, o governo português tem nas mãos o futuro de Lima.
Perceberam???
Vá Coelho acelera os Passos que a coisa ficou preta!!!
Coelho da Páscoa??? Nada disso. Ninguém mais ouvirá o dito Coelho falar de Orçamento, revisão da Carta Constitucional e outros assuntos ditos de estado...mas de sítio!!!
O interrogatório do advogado será pedido na carta rogatória, que seguiu por via diplomática.
Não se percebe a razão pela qual os brasileiros não utilizaram o «expediente» da Interpol.
O processo podia ter acelerado.
Mas, Brasília e os canais sabem bem a razão de tal procedimento.....
Mais um caso, em tudo semelhante ao da Maddie, do governo da dona rainha de Inglaterra, e do governo português e outros enrredos que, um dia se saberão.
NÃO DUVIDEM!!! 
TUDO BONS RAPAZES!!!
Só que, agora há um novo personagem na novela...dá pelo nome de José Miguel Júdice!!
Aqui, é que as «coisas» se podem complicar...já anda muita mosca à volta da truta!!!
José Miguel Júdice é só o advogado de Olímpia de Menezes, filha de Lúcio Tomé Feteira.
E, já veio «defender» que Duarte Lima entregue o dinheiro que recebeu.
Pois é, as coisas complicam-se e de que maneira!!!
"Já se confirmou que recebeu dinheiro da cliente (Rosalina Ribeiro) e se não o declarou é porque não é dele. Não sendo dele ou é da Rosalina Ribeiro ou é da herança", sustenta José Miguel Júdice.
O antigo bastonário da Ordem dos Advogados diz ainda que ao manter o dinheiro consigo, Duarte Lima "levanta suspeitas sobre o seu envolvimento no homicídio" de Rosalina Ribeiro.
GRAVE, MUITO GRAVE!!!!!
Será que a frente ribeirinha não vai fazer calar os «honorários» do Júdice???
Esperar para ver, se é que algum jornalista «finório» conseguirá chegar à espinha da truta!!!

Depois dizem que não há caça às bruxas

Recuperamos, a propósito de umas coisas que muito em breve explicarei, um acontecimento que na altura passou despercebido a muita gente.
Na altura, o ex-vice presidente do banco Goldman Sachs António Borges disse numa entrevista ao jornal Público que o banco perdeu os contratos com o Estado após o economista ter declarado num congresso do PSD, em 2005, que iria contribuir para o reforço da oposição ao Governo.
António Borges acrescentava que, a seguir ao congresso foi chamado ao gabinete do ministro da Economia, Manuel Pinho, onde este lhe comunicou que todos os contratos que o Estado tinha com o banco Goldman Sachs seriam cancelados.
Ainda na mesma entrevista, António Borges afirmava que tinha sido convidado a apresentar um pedido de desculpas por ter também emitido um parecer negativo sobre uma mudança na administração da EDP.
Se o gestor não apresentasse o tal pedido de desculpas os contratos com o banco seriam mesmo interrompidos.
Pinho, o dos corninhos, na altura veio com a desculpa que não se lembrava do «caso»!!
As tais falhas de memória de Manuel Pinho que, quer a ele quer a outros deram e, dão, e de que maneira, sempre muito jeito…
Mas sabendo-se de como o Governo gosta de controlar e de ter na mão certas empresas privadas, consolidar posições para ter poder decisivo.
Sabendo das relações de promiscuídade com certos gestores de empresas que o são não por meritocracia ou competência mas sim por serem afectos ao PS, NADA espanta tal ou tais atitudes.
Os néscios que tudo querem controlar, pisar e CALAR!!!
ENGANADOS SEUS NOJENTOS!!!

Hipócritas

Tal como Hitler que também utilizou certos esquemas para exterminar judeus e ciganos, em defesa da raça ariana, Sarkozy, e parece que também Berlusconi  pretendem expulsar a comunidade cigana dos seus países usando o pretexto da segurança e usando o ”convite” a que os visados respondem “voluntariamente”.
Naquele tempo, de um louco de nome Hitler, nos primórdios da segunda guerra mundial, poucos levaram em conta a louca barbárie que estava a ser cometida.
Hoje, uma Comissão Europeia veio, tardiamente, manifestar «alguma inquietação» com a expulsão de ciganos em França.
É notável que Bruxelas tenha reagido tão tarde e tão tibiamente perante esta violação dos direitos humanos, quando foi tão pressurosa a agir na defesa dos bancos europeus, ainda há pouco tempo.
As declarações das autoridades francesas também surpreendem por afirmarem que os expatriados aderiram voluntariamente a esta acção, como se tivesse sido a seu pedido que tudo isto aconteceu.
Que nojentos dirigentes nos governam por esta Europa?
Enojam.
Assim se compreende o porquê de terem um tal de Durão a presidir a uma comissão dita europeia.
O que fugiu a bem fugir para o El Dourado europeu!!!
As fotografias que diz ter visto, sobre as armas de destruição maciça foram, sem sombra de dúvidas, as mais caras da história dos vil pantomineiros.

quinta-feira, agosto 26, 2010

A videovigilância

Segundo o MÉ (vulgo Ministério da Educação) em Setembro serão 700 escolas com os dispositivos prontos para iniciarem a videovigilância.
Em Dezembro, serão mil.
O contrato foi ganho pela ONI pelo valor de 24 milhões de euros.
Mas, o projecto será pago ao longo de três anos!!!
Mas, não se pense que o contrato foi pacífico.
A instalação deste serviço gerou polémica.
Já era de esperar!!!
Mas, há alguma coisa que este governo faça que não dê em polémica???
A Compta, discordando da adjudicação à ONI, acusou o ministério de falta de transparência e de optar por uma solução dez milhões de euros mais cara.
Só???
E ninguém investigou?
Que anda a fazer o Ministério Público???
Eheheheh!!!
Esta foi uma piada!!!
A Compta apresentou mesmo uma providência cautelar para travar o processo.
Só que.....o caso viria a ser desbloqueado pelo Tribunal de Contas, que aprovou o contrato com a ONI.
Mas, se a transparência dos contratos foi polémica pior, bem pior é a localização das câmaras de vigilância.
As câmaras levantam sérias dúvidas sobre a garantia de privacidade de alunos, professores e funcionários.
Quem vai fiscalizar? A ONI!!! Tudo dito!!
Para garantir a privacidade, a Comissão Nacional de Protecção de Dados estabeleceu regras para a instalação das câmaras nas escolas.
Não podem estar direccionadas para zonas de recreio e salas de aula, mas apenas em locais de acesso à escola e nas suas imediações, segundo foi dito por Isabel Cruz, da comissão.
Foi ainda criado(??) um mecanismo electrónico para agilizar a autorização dada pela comissão a cada escola.
Onde pára tal mecanismo e, quem controla quem e o quê???
Perigoso!!!
A segurança é algo de muito sério para se andar a brincar ao BIG BROTHER!!!
Um dia destes teremos, muito provavelmente, «cenas» obtidas numa qualquer escola, em que uns namorados se beijam ou, talvez outras, a circular por aí, por exemplo, na net!!!!
E, pior será alguém a «chantagear» jovens!!!
Não há nada como dar inicio à doutrinação de obediência ao 'Grande irmão' logo na infância!
Assim, no futuro teremos cidadãos que não se importam de ser 24h por dia vigiados, controlados e que aceitam tudo e mais alguma coisa que as elites da NWO lhes imponham, incluindo a destruição da sua Privacidade.
É claro que o mote/papão é sempre o mesmo!!!
INSEGURANÇA!!!
Só que a violência e a delinquência têm CAUSAS!!!
Importa acabar com elas?
Se calhar não!!!
Dão de mamar a muita filh@ da pita!!!
Que o Presidente da Associação de Directores de Agrupamentos e Escolas Públicas, Adalmiro Fonseca, venha dar pulos de contente, pela medida da «patroa», nada admira!!!
Nunca se morde a mão que nos dá de comer!!!
É feio, fica mal e, principalmente, outr@s virão ocupar o espaço e saberão lamber muito melhor!!!
Resta saber quanto vai custar a manutenção do sistema.
Uma coisa é o custo da instalação.
Outra, o custo da manutenção.
E quem vai pagar?
Será que esta é mais uma medida socialista do tipo hoje funciona para televisões filmarem e, amanhã já está tudo avariado e, alguém, «xico esperto» ficou com a conta bancária bem mais recheada???
De tudo isto, fica uma constatação EVIDENTE. A videovigilância nas escolas prova o que toda a gente SABIA, mas que um governo tosco sempre quis iludir: HÁ VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS!!!
Vai acabar?
Vão terminar os assaltos às escolas??
Desiludam-se.......

A mamada na cabra

Afinal havia um remédio tão simples para acabar com os incêndios e, nunca ninguém se lembrou dele.
Promover as cabras para prevenir os incêndios.
É um projecto transfronteiriço que tem o apoio dos Governos português e espanhol e vai utilizar, a partir de 2011, 150 mil cabras na limpeza de terrenos para prevenção de incêndios florestais.
Brilhante!!!
Um projeto que aposta na utilização de cabras para prevenção de incêndios florestais em territórios transfronteiriços foi apresentado na Guarda por um agrupamento de cooperação territorial, que abrange 187 entidades de ambos os lados da fronteira.
Segundo José Luís Pascoal, presidente do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Duero-Douro, o projecto denominado Self-Prevention visa a prevenção de incêndios com recurso à reintrodução de 150 000 cabeças de gado caprino e o "desenvolvimento económico e rural" das zonas raianas dos distritos da Guarda, Bragança, Zamora e Salamanca.
O responsável que apresentou o plano referiu que a ideia é fazer com que os animais actuem como "limpadores naturais" dos campos agrícolas abandonados e montes, "deixando livres de vegetação zonas de potencial perigo de incêndio".
A partir de 2011 serão distribuídas 150 mil cabras pela área do AECT e os animais funcionarão como um "método natural para a limpeza das florestas e dos campos", disse.
José Luís Pascoal também salientou que o projecto garantirá "a sustentabilidade social, económica e ambiental" das regiões abrangidas, estando prevista a criação de 558 postos de trabalho em diversas áreas, "desde pastores até comerciais".
O Self-Prevention, com um investimento de 48 milhões de euros, contemplará a criação de uma empresa, com capitais públicos e privados, que ficará responsável pela distribuição dos efectivos caprinos e pela criação de equipamentos que sustentem a rentabilidade económica do projecto.
O presidente do AECT disse que serão construídas 12 queijarias, uma central de comercialização, 15 lojas e dois matadouros para abate dos animais (um em Portugal e outro em Espanha), entre outros serviços, que permitirão receitas anuais estimadas em 30 milhões de euros.
"A rentabilidade económica criada nos campos e terras será para as gentes que moram nelas", disse o responsável, reconhecendo que a actividade pecuária "será profissional e rentável".
O projecto que vai ser apoiado pelos Governos de Portugal e de Espanha e por fundos comunitários é encarado pelo governador civil da Guarda como "uma flor de esperança para a região".
Santinho Pacheco admitiu que a partir do momento em que 150 mil caprinos estiverem no terreno, consumirão mato e vegetação que já não irão arder com "os calores tórridos do verão", contribuindo para a diminuição dos incêndios florestais.
O governador civil de Bragança, Jorge Gomes, também reconheceu que um projecto desta natureza "não pode falhar", desejando que o mesmo "seja executado no seu todo" e os resultados atingidos.
Já para o subdelegado do Governo de Espanha em Salamana, Jesús Málaga Guerrero, o Self-Prevention representa "uma revolução" e "interessará à Europa, a Portugal e a Espanha".
Quem tiver terrenos ao abandono «entrega-os» à tal empresa público-privada que ...depois vai arrendá-los a quem aparecer(???).
Em contrapartida os «verdadeiros donos» receberão(??) algum lucro se os houver, palavras do Santinho Pacheco. Ou seja, dizendo já que não vai haver lucros nenhuns, claro!!!
O problema é que não há pessoas que queiram «entrar» no projecto!!!
Quanto vai custar? Quanto vão receber? Nada é dito.
O problema é que já não há condições para a tal distribuição de 150 mil cabras ao longo da fronteira.
Daqui por uns anos vamos ver onde estará o projecto.
Aguarde-se!!!
Como diz o outro:
Quando eu nasci a minha mãe não tinha leite

Fui criado como um bezerro enjeitado
Mamei em vacas em tudo que tinha leite
E assim deste jeito
Fiquei mal habituado

Hoje sou homem e arranjei uma cabritinha
E passo o dia a mamar
Nos peitinhos da Fofinha

Eu gosto de mamar
Nos peitos da Cabritinha
Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha

Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha

Mamo à hora que eu quero porque a cabrita é minha.
Eu gosto de mamar
Ai, nos peitos da cabritinha
Mamo a hora que eu quero porque a cabrita é minha

A cabritinha gosta de boa comida, boa cama e boa vida
Adora luxo e bem-estar

Ela adivinha a hora que chego em casa
E vai logo preparar
Os peitinhos para eu mamar

Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha
Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha

Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha
Mamo a hora que eu quero porque a cabrita é minha

Só mamadas, agora nas cabritinhas!!!
Se o processo «pega» o país fica transformado num cabril.
Porque não começam já aqui na Guarda?
Há por cá potenciais zonas de perigo de incêndio.
Na zona da avenida monsenhor Mendes do Carmo, já denunciadas por nós aqui no CP.
Aproveitem!!!
É só mamadas!!!
Tanto emprego, tanto desenvolvimento....agora é que vai ser!!!
Quem disse que a cabra era um animal de país pobre e atrasado???
Engano!!!
Só cabras!!!
Não falta quem queira mamar, agora que as vacas e as porcas vão escasseando!!!

Matrioska!

Há sempre outr@ escondida!!!
Mudam os tamanhos mas a figurinha é sempre a mesma!!!

O desemprego

Os falsos números do desemprego podem agora ser objecto de análise através de gráficos.
Aqui ficam os gráficos porque, os números não enganam.

Os que já ficaram sem subsídio:
Agora, comparem-se estes dados com os que são publicados e anunciados pelo governo.
Tirem as conclusões!!!
ALDRABÕES!!!

A economia a crescer...claro

Desde 2008, foram extintas mais de 78 mil sociedades e criadas perto de 66 mil.
Portugal perdeu mais de 12 mil empresas em apenas dois anos
Fragilizadas pela crise e incentivadas pela simplificação dos encerramentos, muitas sociedades deixaram de constar nos registos oficiais.
A grande maioria das empresas que fecharam, pertencia ao sector da comercialização e reparação de automóveis.
Este cenário resulta da difícil conjuntura económica, que teve impacto sobre a tesouraria das empresas e colocou entraves no acesso ao crédito.
Mas também há que ter em conta o facto de o Governo ter avançado com a simplificação da dissolução de sociedades, em 2008, o que terá impulsionado estes números.
Os números não enganam!!!

Afinal já os há..

Só que «não trabalhava» para o Santos.
Vendia tecnologia usada pelas forças norte-americanas e da NATO para Macau e Hong Kong.
Espiões há os por todo o lado....
Ficou-lhes no sange dos vampiros que agora voltaram em força.
Cuide-se leitor.
O seu colega de trabalho, o seu vizinho o seu padeiro ou mesmo a mulher que lhe vende a fruta....pode ser um DELES!!!
Olhos, ouvidos do reizinho, profissão tão ou mais antiga do mundo, como a prostituição.
São mesmo prostitut@s.
Os bufos de sempre.
Só que estes «cagam» informações a troco de benesses e de promoções.
FEIOS, PORCOS E MAUS.
Eunucos da merda!!!
El@s andam por aí!!!!
CUIDADO se não quer perder o seu emprego!!!

Arrota pelintra

O presidente da Câmara do Cartaxo «fez» aprovar, em reunião do executivo camarário, uma deliberação em que será a autarquia a pagar as custas judiciais inerentes ao processo por posse ilegal de arma.
De igual modo, a autarquia terá de pagar as custas da vereadora Rute que é acusada de, abusivamente, ter cedido uma viatura da câmara a um funcionário da autarquia.
Resta dizer que os advogados que a câmara vai pagar pertencem a escritórios de reconhecida fama.
Pergunta-se, porque razão, sendo a câmara a custear as despesas não foi constituído um advogado oficioso nomeado pelo tribunal.
Mais barato ficava aos cofres da porca das finanças públicas.
Mamava menos..............
Assim vai este país que se ufana e profana!

Os pobres de sempre

É preciso que se saiba...

... que os portugueses comuns (os que têm trabalho) ganham pouco mais de metade:
    (55%) do que se ganha na zona euro.


Mas os nossos gestores recebem em média:

- mais 32% do que os americanos;

- mais 22,5% do que os franceses;

- mais 55 % do que os finlandeses;

- mais 56,5% do que os suecos"


E são estas "inteligências" que chamam a nossa atenção, dizendo que"os portugueses gastam acima das suas possibilidades"; que é preciso aumentar a produtividade; que é preciso alterar as leis laborais; que os trabalhadores portugueses são uns ociosos, que isto e aquilo e a pita que os pariu!!!!
Até quando haverá pachorra para aguentar com esta gente?!!!

Quem é este?

Uma leitura do Curriculum Vitae de Pedro Passos Coelho  verifica-se que o topo da hierarquia da carreira de administrador não executivo, por correspondência, em regime de teletrabalho com isenção de horário laboral, é o cargo mais desempenhado pelo reizinho do reino da laranjada.
O que será isso de administrador não executivo?

Paulo Portas tem razão

«Nenhum criminoso, nenhum bandido, apanhado em flagrante, é julgado!»
Claro senhor Portas, então quem seria apanhado em submarinos?
Em flagrante a vender «fisgas» aos americanos???
Quem?
Senhor Portas...essa do flagrante tem piada, claro que tem!!!
E a Moderna também!!!
Não fale em flagrante...pode-lhe entrar fagulha para o olho!!!

E guardados a setenta chaves

Que os fechem bem!!!
Não vá alguém descobri-los!!!

quarta-feira, agosto 25, 2010

O discurso de sempre....

Os ladrões modernos

O dinheiro transferido de Portugal para contas e aplicações em paraísos fiscais voltou a subir em flecha.
Só nos primeiros seis meses do ano, o dinheiro aplicado corresponde ao que foi retirado dos offshores em todo o ano passado.
Na Madeira, o Governo Regional publicou um despacho para deixar as empresas do offshore a salvo dos impostos do PEC.
Segundo o boletim estatístico do Banco de Portugal, citado pelo Diário de Notícias, o dinheiro colocado por portugueses nas praças offshore já quase atinge o equivalente ao que foi retirado no ano passado, quando a necessidade de liquidez foi maior para o conjunto das empresas.
São ao todo 1,2 mil milhões de euros, dizem os números que são fornecidos ao Banco de Portugal pelos bancos.
O único offshore sob administração portuguesa está em funcionamento na Madeira, cuja zona franca é responsável por uma parte da fuga aos impostos em Portugal.
O PSD/Madeira defende-a com unhas e dentes e José Sócrates sempre se recusou a encerrá-la.
A «esquerda», dos tendencialmente, a servir os interesses do capital e, este nem é de casino!!!
Com um despacho agora publicado, o Governo Regional prepara-se para isentar essas empresas do pagamento da derrama regional introduzida pelo PEC.
Apesar de aumentar os impostos aos contribuintes madeirenses, o governo de Alberto João Jardim publicou esse despacho que determina que as empresas da zona franca da Madeira - que são isentas de IRC ou sujeitas a uma taxa reduzida - fiquem dispensadas de pagar a derrama regional de 2,5% sobre o montante dos lucros acima dos dois milhões de euros.
Todas as restantes empresas sujeitas à taxa normal de IRC terão de pagar este imposto criado pelo pacote das medidas de austeridade negociado e aprovado pelo PS e o PSD.
Esta a política fiscal de um PSD que se prepara para ser governo aqui no continente!!!
Foge cão que ainda te fazem barão, para onde se me fazem visconde!!

Só boas notícias para os agiotas

Bancos portugueses ganham 7,7 milhões por dia em comissões.
No primeiro semestre do ano, os cinco maiores da banca nacional arrecadaram 1,38 mil milhões de euros em comissões.
O valor representa uma subida de 12,6%.
Para alguns só lucros pagos por todos nós.
Quanto a impostos?
Isso que os paguem os outros.
Uma classe à parte!!
Agiotas com a cobertura dos poderes.

Piolhento

Espião, s. m. - Indivíduo que, por conta própria ou por mandado de outrem, observa secretamente os movimentos, conversações e actos de terceiro.
Esta é a definição de espião.
Agora, um ministro de Sócrates, quem houvera de ser, claro, vem dizer que vai haver uma célula de espiões portugueses no Líbano e, imagine-se, no Afeganistão!!!
Sabe o que disse o «bronco» do Santos, que também é Silva??
Com a divulgação de tal prática militar, o «Agostinho» põe em risco as actuais e, futuras, «presenças« dos militares portugueses naqueles, como noutros territórios.
Só não percebo porque não deu também os nomes e as moradas dos nossos espiões.

Assim, a coisa ficava toda completa, a malhação, claro!!!

Este senhor, o tal da «malhação», que tem especial prazer em malhar na esquerda, lembram-se?
Vem agora, continuar a dizer parvoíces próprias de um ministro lambe-botas de um Sócrates.
Só mesmo um ministro de Sócrates podia dizer tais asneiras.
Pedantes destes está o país cheio!!!
Por isso somos o que somos.
Haja vergonha e sanidade.
Vão morrer longe seus porcos sebentos.

Assim se faz uma mentira

Este governo continua a sua senda campestre de enganar parolos.
Aqui há uns dias, anunciava-se a «passagem» de milhares de precários, da Administração Pública a «contratos a tempo indeterminado», a nova tipologia inventada pela esquerdalha do Ps, nomeadamente, pelo Sócrates.
Agora, o todo-poderoso «presidente do conselho», Teixeirinha, dos Santos, manda dizer que vai continuar a vetar os concursos públicos que os camaradas do Conselho insistem em tentar abrir para o pessoal dos seus ministérios.
Está aqui para que não digam que mentimos!!!
O que é hoje dito como uma verdade, amanhã é desmentido!!!
Quem ainda acredita nestes palhaços???

terça-feira, agosto 24, 2010

Precários

Quem «inventou» os contratos a prazo?
Quem «inventou» os contratos a termo indeterminado?
O mesmo Ps, apoiado  no PSD/CDS, que agora bate com a mão no peito e jura que é de esquerda!!! 

O clima se fosse um banco, estava salvo!!!


Activistas contra as alterações climáticas montaram tendas mesmo ao lado das instalações do Royal Bank of Scotland (RBS), em Edimburgo, Escócia.
Segundo os activistas do "Campo contra as Alterações Climáticas", o RBS é o banco do Reino Unido que mais dinheiro investe na indústria do petróleo.

Mentiras

Quem quiser acreditar nas «novas» ideias, ditas de «esquerda», de Sócrates que o faça mas que não procure iludir ninguém.
Somos dos que acreditam que este Sócrates é um mentiroso compulsivo.
Fá-lo na razão directa dos «seus» interesses.
Quem desbaratou o Serviço Nacional de Saúde, com taxas e mais taxas moderadoras; quem entregou a empresas privadas a gestão dos hospitais; quem cedeu face ao poder económico das farmácias e empresas farmacêuticas; quem entregou às farmácias privadas a gestão dos espaços nos hospitais; quem encerrou centros de atendimento; quem não possibilita a entrada de mais enfermeiros tão necessários aos serviços; quem «cortou» nos transportes dos doentes; quem aumentou a lista dos cidadãos que não têm médico de família; quem permitiu que se abrissem sem controlo mais e mais unidades hospitalares em vão de escada?
Sócrates.
Quem arrasou a escola Pública com facilitismos; quem desencadeou o encerramento indiscriminado das escolas; quem promoveu a concentração de escolas nos mega agrupamentos; quem possibilitou a criação das «novas oportunidades» com total falta de rigor; quem abriu as portas do negócio dos «cagalhães»; quem promoveu uma gestão à imagem do «senhor», do quero, posso e mando; quem acabou com a democracia nas escolas; quem «promoveu» as aulas de substituição verdadeiras formas de restringir o direito das crianças e jovens a terem o seu tempo livre; quem impôs as propinas; quem determinou que num tempo de maior acesso à educação e à cultura os mesmos fossem cada vez mais caros?
Sócrates.
Na dita Constituição que agora o Ps vem «dizer» que defende, está INSCRITO QUER PARA A SAÚDE QUER PARA A EDUCAÇÃO a célebre frase TENDENCIALMENTE GRATUITO!!!!
Para quê agora tanto alvoroço.
Há uns tempos, poucos, ninguém se LEMBROU do tal «tendencialmente»????
Que ânsia de esquerdismo lhes deu na cabeça???
Hipócritas!!!
Hoje em dia neste Ps ter arrepios de esquerda é tão comum como ter uma dor de cabeça!!!
Coisas de pinóquios!!!

segunda-feira, agosto 23, 2010

Não custa nada!!!

Aqui pela Guarda demora-se a adquirir os bons costumes.
Os despejos das águas continuam a fazerem-se, tal como na idade média, em plena via pública.
«Aí vai água..... » e lá foi mais um chuveiro!!!
Uma cidade medieval.....também em termos de limpeza.
Outro hábito que os guardenses não têm e ...provavelmente nunca irão ter é respeitar a circulação nas escadas rolantes.
Bastava encostarem-se à direita e deixar livre a passagem para quem quiser circular.
A circulação nas passadeiras rolantes é mais um motivo para a «cavaqueira lusitana».
Os cumprimentos sucendem-se, beijos à prima e ao cão da sogra.
Eles são grupos, tipo excursionistas do pastel de bacalhau e garrafão que conversam alto e bom som.
São papagaios, pulgas, piriquitos e demais animais insólitos.
São os gritos com as crianças.
Uma festa!!!
Falam das compras, do preço do chicharro, do cão da vizinha, da prima francesa, das beatas e tudo mais!!!
Colocam sacos, malas e todo o género de compras nas passadeiras impossibilitando, quem está com pressa, a sair rapidamente daquela confusão.
Não custa nada, já se faz isso por muita cidade civilizada, é só encostar à direita e deixar passar os outros cidadãos.
Custa assim tanto?
Pelos vistos.......
Vamos lá a ser civilizados e respeitadores.

Afinal ..... existe!!!

Durante os incêndios...desapareceu!!!
Só veio dizer aquela atordoada das nacionalizações dos terrenos não limpos!!!
Depois, bem depois ...foi a banhos!!!
Agora, voltou .....numa caçada aos patos.
Isso mesmo, o ministro(??) da agricultura deu de si, na morte dos pombos!!!
Cuidado, a sua colega «tiazinha» anda com a mania das «chumbadas», ainda apanha alguma, cuide-se senhor ministro.
E, de preferência não abra muito a boca, não vá entrar pombo ou...cagadela!!!

Os homens do presidente

Polícia brasileira suspeita de Duarte Lima no «caso» Rosalina Ribeiro!!!

domingo, agosto 22, 2010

A razão de ser

«Deus fez o homem à sua imagem e semelhança, e fez o crítico à semelhança do gato.
Ao crítico deu ele, como ao gato, a graça ondulosa e o assopro, o ronrom e a garra, a língua espinhosa e a câlinerie.
Fê-lo nervoso e ágil, reflectido e preguiçoso; artista até ao requinte, sarcasta até à tortura, e para os amigos bom rapaz, desconfiado para os indiferentes, e terrível com agressores e adversários. Um pouco lambeiro talvez perante as coisas belas, e um quase nada céptico perante as coisas consagradas; achando a quase todos os deuses pés de barro, ventre de jibóia a quase todos os homens, e a quase todos os tribunais, portas travessas.
Amigo de fazer jongleries com a primeirra bola de papel que alguém lhe atire, ou seja um poema, ou seja um tratado, ou seja um código.
Paciente em aguardar, manso e pagado, com um ar de mistério, horas e horas, a surtida de um rato pelos interstícios de um tapume, e pelando-se, uma vez caçada a presa, por fazer da agonia dela uma distracção; ora enrolando-a como um cigarro, entre as patinhas de veludo; ora fingindo que lhe concede a liberdade, atirando-a ao ar, recebendo-a entre os dentes, roçando-se por ela e moendo-a, até a deixar num picado ou num frangalho.
Desde que o nosso tempo englobou os homens em três categorias de brutos, o burro, o cão e o gato – isto é, o animal de trabalho, o animal de ataque, e o animal de humor e fantasia – porque não escolheremos nós o travesti do último? É o que se quadra mais no nosso tipo, e aquele que melhor nos livrará da escravidão do asno, e das dentadas famintas do cachorro.
Razão porque nos acharás aqui, leitor, miando pouco, arranhando sempre, e não temendo nunca.”
- Fialho de Almeida, Prefácio de «Os Gatos», 1857 - 1911.

sábado, agosto 21, 2010

Hoje foi......

Hoje houve festa!!
Parabéns a vocês.

Ainda há quem se espanta???

O Instituto Português do Sangue (IPS) lança concurso para aparelho fornecido pelo filho do presidente!!!
Em Maio, o IPS lançou um concurso público internacional (n.º 1 90040/2010) para "Aquisição de Testes a Determinação Automática do Valor da Hemoglobina na Pré-doação de Sangue" no valor de 200 mil euros cujo critério principal de selecção é o preço.
No caderno de encargos especifica-se que os equipamentos a distribuir pelos vários centros regionais de sangue (Lisboa, Porto e Coimbra) devem ser não invasivos, "isto é, sem necessidade de agulha ou picada de agulha". Sucede que das quatro empresas concorrentes apenas terá apresentado um equipamento capaz de preencher este requisito, porque as outras usam os métodos que obrigam a picada no dedo.
Trata-se da empresa Med-First Lda, que se propôs a concurso com o tal equipamento israelita inovador.
A assinar a proposta aparece o sócio e director médico da empresa, Nelson Olim, que é filho do presidente do Conselho Directivo do IPS.
Só por simples acaso é filho.....do presidente, mais nada!!!
Quem se espanta???
Neste país VALE MESMO TUDO!!!!
Hipócritas com discursos da trampa!!!
Apelar à Justiça???
Qual Justiça???
Alguém a viu por aí???
Anda a banhos...TODO O ANO, só pode!!!

Mas quando é que declaram falência?

Mais apoios sociais e transferências para a saúde explicam (??) o aumento de 3,8% da despesa do Estado.
Apoios sociais???
Que apoios sociais???
Então não «cortaram» nas prestações sociais? Fundo de desemprego? Rendimento mínimo? Complementos de solidariedade e outros que tais?
VIGARISTAS!!! 
O aumento  foi superior à subida da receita em 3,6%.
Arrota pelintra!!! 
A diferença entre os dois mostra um défice de 8,9 milhões de euros, mais 347,1 milhões face ao período Janeiro-Julho de 2009.
O défice do subsector Estado, que inclui as contas da Administração Pública e da Segurança Social, cresceu e está perto dos nove mil milhões de euros negativos (8,9 mil milhões).
Ou seja, as contas públicas agravaram-se em 347 milhões de euros.
Vamos lá, mais um empurrão e...............FALÊNCIA TOTAL!!!
Sabendo que em Julho aumentaram (quem ainda não deu por tal ??), todas as taxas do IVA, mesmo assim HOUVE um agravamento da despesa total do Estado em mil milhões de euros desde Janeiro, uma subida de 3,8% face a 2009.
Vá lá...estamos quase lá!!!
Então não se ficou a saber que, em 2015 seremos o PAÍS MAIS POBRE DA EUROPA???
Mais um empurrão...falta pouco seus incompetentes!!

A quem interessa que os CTT não funcionem?

Está instalada a guerra entre o Banco de Portugal (BdP) e a Deco.
O regulador (BdP) nega ter recebido qualquer queixa da associação de defesa do consumidor sobre a inclusão pelos bancos de cláusulas que revêem de forma unilateral os juros acordados nos contratos à habitação.
A Deco reafirma que a participação foi encaminhada em Junho.
Andam por aí uns doutos parasitas que quando a «coisa» não lhes interessa dizem, peremptoriamente, que não receberam NADA!!!
Nem mesmo com cartas registadas e com avisos de recepção!!!
É que nem assinam os avisos de recepção ou, então, alguém (???) faz uma rubrica estranha indecifrável para que não se saiba quem recebeu.
Muita gente!!!
Pois é, a alguns eunucos convém mesmo que os CTT não funcionem.
Claro, não é???

Palhaços

Que a «tiazinha» tenha anunciado que TODAS as escolas com 20 ou menos alunos iam fechar, ANUNCIOU!!!
Agora verifica-se que há escolas e escolas!!!
Ou seja para algumas a medida é mesmo para encerrar até, nalguns casos com mais de 20 alunos.
Outras, com muito menos de 20 alunos SIMPLESMENTE NÃO FECHAM!!!
A «tiazinha», a da «chumbada» explique porque razão, por exemplo, a escola do 1.º ciclo de Famalicão, aldeia aqui perto da Guarda, NÃO ENCERRA tendo APENAS 13 ALUNOS INSCRITOS!!!
13 ALUNOS!!!
Sim senhor!!!
Será que é pelo facto de ser a terra «natal» do presidente da Assembleia Municipal da Guarda e, simultaneamente, assessor do senhor Sócrates???
Será??
A ser verdade que é esse o motivo, então MUITO GRAVE!!!
Que havia portugueses de 2.ª e 3.ª já TODOS sabíamos!!!
Agora, pelos vistos, também há terrinhas....santas terrinhas bem de ver!!!
VERGONHOSO!!!!!
Vivam os porc@s no espeto e a PALHAÇADA!!!

sexta-feira, agosto 20, 2010

Quando os ricos fazem a guerra, são sempre os pobres que morrem


Dizem que começaram a sair de uma terra que nunca deviam ter invadido!!
Dizem!!!
Sei que este foi o discurso de um soldado americano, (vejam antes que o vídeo seja banido da net).
O soldado apareceu morto meses depois do discurso.
A autópsia revelou ter sido um ataque cardíaco ( depois de um discurso desses, é difícil acreditar em ataque cardíaco. A menos que tenha sido provocado... não seria de estranhar).
«Se os meus soldados pensassem, já não haveria nenhum nas filas» - Frederico II.

Nós por cá.......os outros também


O senhor ministro, no princípio de Agosto, elogiava a eficiência e dizia que a área ardida era inferior à do ano passado.
Em meados de Agosto o senhor ministro garantia eficácia e afirmava que a área ardida era inferior à de dois mil e três.
Na terceira semana de Agosto o senhor ministro dizia que a área ardida era mais do que em 2003 e 2005 mas, 1/5 da de 2003 e 1/3 da de 2005. 
Em finais de Agosto o senhor ministro reconhece que nunca ardeu tanto mas que também nunca as condições foram tão adversas, congratulando-se com a eficácia das medidas do seu ministério, assegurando a inocência do primeiro ministro e registando a preocupação do senhor presidente da república!
Em Outubro o senhor ministro acabará a dizer: a Rússia teve mais área ardida!

A frase da semana

"O dispositivo de combate a fogos no Gerês actuou para proteger pessoas e bens"
Ao autor da frase desculpa-se, coitado não sabe mais!
É ministro de Sócrates!
Mas que dizer da comunicação social que lhe dá destaque?!
Mas há mais!!
Outras variantes da notícia, tendo sempre o mesmo nódoa como autor:
O dispositivo protegeu sempre pessoas e bens.
"O dispositivo reagiu protegendo sempre o essencial, pessoas e bens"
Gerês: primeira missão era «proteger pessoas e bens».
"A nossa principal preocupação é salvar pessoas e bens e tudo correu bem nesse sentido"
"A nossa primeira preocupação quando é um fogo florestal é salvar pessoas e bens."
Que mais há a esperar desta gente??
Arrastem-se....no tempo e no espaço!!!
As arrastadeiras de serviço!!!

Os artistas de circo

O antigo primeiro-ministro britânico Gordon Brown pede 100 mil dólares (78 mil euros) por discurso, uma retribuição modesta se comparada com a do seu antecessor Tony Blair, cujo 'cachê' pode chegar aos 400 mil euros, revelou a imprensa britânica.
Mas também a  mulher do Gordon, a Sara, poderá entregar prémios em cerimónias oficiais por 16 mil euros.
Eu nem dados quero os discursos desta gente, que escreve com mãos cheias de sangue de uma guerra que fizeram contra um povo, com falsas declarações, falsos argumentos e falsos documentos.
Armas de destruição maciça???
Onde??? Assassinos!!!
Agora abandonam o Iraque mas deixam ficar a destruição e milhares e milhares de mortos.
PORCOS, FEIOS E MAUS!!!
Metam os discursos FALSOS num sítio que cá sei!!!

Um apagão...só isso!!!

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego em Portugal caiu 0,7 por cento em Julho, face a Junho, e aumentou 10,3 por cento face ao mesmo mês do ano passado.
Só que, terão sido apagados da lista 334 mil pessoas desde o início do ano.
Perceberam???
Alguém ainda acredita nesta gente???
De acordo com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), no final de Julho encontravam-se inscritos nos centros de emprego 548 067 desempregados, mas segundo as contas de Eugénio Rosa, este número só não é superior porque o IEFP terá apagado ficheiros de desempregados das listas. Para o economista e membro da CGTP, há uma diferença não contabilizada em Julho entre o número de pessoas inscritas contra os que foram colocados .
 "Como é que o IEFP consegue este milagre da redução do desemprego? Eliminando dos ficheiros dos centros de emprego, só no mês de Julho de 2010, 49 106 desempregados, cujas razões continua a recusar-se divulgar", refere Eugénio Rosa.
Se aplicarmos o mesmo raciocínio aos dados verifica-se que desde o início do ano o IEFP, segundo o especialista, já apagou das listas de inscritos nos centros de emprego 334 303 mil fichas de desempregados.
Agora, o IEFP diz que "os critérios de anulação de desempregados são os mesmos há mais de 20 anos".
Ou seja, o zelo dos funcionários é rigoroso de MAIS!!!
VERGONHA!!!!
Um dia se saberá TUDO, descansem os vigaristas!!!